Respostas interessantes marcadas com a tag

5

Você pode desabilitar a verificação de constraint através de um ALTER TABLE : ALTER TABLE tabela DISABLE CONSTRAINT nome_da_constraint; Porém esteja ciente que isso pode gerar problemas de duplicidade em sua tabela caso você não arrume a constraint.


4

Seu banco de dados já tem as seguintes constraints: PK_AM_ADVOGADO UN_AM_ADVOGADO_CPF UN_AM_ADVOGADO_RG UN_AM_ADVOGADO_OAB Use outro nome para as constraits que está criando agora (ou remova as constraits antigas se for o caso)


3

Esse erro ocorre porque a resolução de nomes de domínios do Java esta querendo o nome do host. Para resolver use: HostnameVerifier hv = new HostnameVerifier() { public boolean verify(String hostname, SSLSession session) { return true; } }; Assim a resolução do nome será ignorada. Coloque esse código antes antes da chamada de conexão ...


3

Descobri como resolver o bug. No caso o aplicativo está iniciando um host utilizando o nome da máquina localdomain e tentando acessa-la pelo nome, como este nome não tem nenhum IP relacionado ele está dando este erro. Eu editei o arquivo /etc/hosts e adicionei a seguinte linha: 127.0.0.1 localdomain Isso foi suficiente pra ele reconhecer o nome do ...


2

Consegui uma forma de acessar todas as tabelas e o restante dos objetos que eu não enxergava. O usuário que estou fazendo login está associado ao esquema 'x' que visualiza poucos objetos do BD, mas tem acesso aos outros objetos que por alguma limitação de acesso está visível apenas no esquema 'y'. Então só precisei localizar o esquema fazendo o seguinte: ...


2

Faça algo assim: delete from #tarifasad where ndo in ( select ndo from ( SELECT AD.[vch_od], MK.NDMarket, MK.TypeMercado, MK.NDOrigin as Praça, TR.Analyst, -- DTB.Season, -- DTB.EvDef, AD.[dtt_data_captura], AD.semana, AD.DataMes, AD.NDO, AD.NDOGroup, -- PR.valorpremium, AD.[Flt Type], IND.[Flt Type], AD.[...


2

Para utilizar o Oracle SQL Developer 17.3, deve-se antes instalar o Java Development Kit (JDK) 8, conforme consta na página Oracle SQL Developer 17.3 Release Notes. Nessa documentação também é citado que If SQL Developer cannot find a local JDK, you will be prompted to enter the location path for the JDK. Note that the prompt wants only the folder, not the ...


2

Primeiro é necessário verificar se já existe a SEQUENCE da tabela PERSON. É interessante usar uma SEQUENCE para gerar os valores para chave primária. Use a instrução CREATE SEQUENCE para criar uma seqüência, que é um objeto de banco de dados do qual vários usuários podem gerar inteiros únicos. Você pode usar seqüências para gerar automaticamente valores ...


2

O comando SUBSTR precisa de 3 argumentos: SUBSTRING( string, start_position, length ) Nesse caso as linhas abaixo podem ser substituídas de: SUBSTR(observacao,INI) AS DE, SUBSTR(observacao2,LM) AS PARA, Para: SUBSTR(observacao, 10, LEN(observacao) - 10) AS DE, SUBSTR(observacao2, 10, LEN(observacao2) - 10) AS PARA, Por favor, veja se isso te ajuda.


2

Você deve criar as tabelas que são usadas como referencias nas chaves estrangeiras primeiro. Sugiro a seguinte ordem: CREATE TABLE situacao ( Id_Situacao INTEGER NOT NULL, Situacao VARCHAR(10) NOT NULL, CONSTRAINT SITUACAO_ID_SITUACAO_PK PRIMARY KEY(Id_Situacao) ); CREATE TABLE MARCA ( Id_marca INTEGER not NULL, Marca VARCHAR(128) not NULL, ...


1

Em Oracle isto pode ser feito através da criação de uma coluna virtual. Quando a tabela é acedida as colunas virtuais aparentam ser iguais às colunas ditas normais, no entanto o seu valor é derivado/calculado ao invés de ser guardado em memória. A sintaxe para definir uma coluna virtual é a seguinte: NOME_DA_COLUNA [TIPO_DE_DADOS] [GENERATED ALWAYS] AS (...


1

Tenta os seguintes passos 1- Abre o CMD 2- digita: sqlplus "/as sysdba" 3- digita: ALTER USER [SEU_USUARIO] IDENTIFIED BY [SUA_SENHA]; EXEMPLO: ALTER USER SYSTEM IDENTIFIED BY 1234; 4- digita: COMMIT; 5- digita: EXIT Após realizar esses passos tenta fazer o login com a senha que você digitou acima.


1

DECLARE vf_Arquivo SYS.UTL_FILE.FILE_TYPE; vs_caminho varchar2(25); vs_arquivo varchar2(50); vs_linha varchar(4000); CR CHAR(1) := Chr(13);--CARRIEGE RETURN BEGIN vs_caminho := '... utl ...';--DIRETORIO PASTA UTL_FILE FOR REMP IN (SELECT ID_EMPRESA FROM cf_empresa emp WHERE emp.ID_ADMINISTRACAO = 298) ...


1

Para os casos do exemplos acima, eu declaro uma variável usando define, declare não funciona. Além disso, para conseguir trabalhar com a variável em um select eu devo adicionar && à frente do nome da variável no momento da consulta: define a integer :=30 select 'x' from dual where &&a = 31; select 'x' from dual where &&...


1

Clique com o direito na tabela em que deseja adicionar a FK, selecione o menu Constraint e então selecione Add Foreign Key. Na janela que abrir, preencha as informações: Name: nome da sua FK Column Name: é a coluna da sua tabela de chave estrangeira Reference Table Name: é a tabela de chave primária Referencing Column: é a chave primaria da sua tabela de ...


1

Para solucionar este problema você necessitará abrir um bloco anonimo de sql, conferir antes se existe e caso não exista criar: Criar se não existir declare nCount NUMBER; v_sql LONG; begin SELECT count(*) into nCount FROM dba_tables where table_name = 'EMPLOYEE'; IF(nCount <= 0) THEN v_sql:=' create table EMPLOYEE ( ID NUMBER(3), NAME VARCHAR2(30) NOT ...


1

Utilizando a syntax &variavel, o valor atribuído a mesma é temporário, ou seja, só irá ser utilizada na cláusula SQL atual. Se utilizar a syntax &&variavel, o valor atribuído é permanente, ou seja, pode ser utilizada a mesma variável em diversas cláusulas SQL. A documentação pode te ajudar.


1

Basicamente, o oracle salva os dados de seus schemas dentro de tablespaces, das quais dentro ficam os datafiles, esse que são arquivos físicos, e as vezes compartilhados entre schemas. Para saber qual tablespace seu schema esta utilizando, pode executar o script: SELECT owner,tablespace_name FROM dba_segments WHERE owner = 'SEUSCHEMA' GROUP BY ...


1

Consegui resolver assim : Crio o seguinte script em arquivo .sql (texto) set linesize 10000 set pagesize 10000 Indo em Ferramentas / Preferencias / Banco de Dados aponto este arquivo Não sei se é a melhor das soluções , pois o nome das colunas fica truncado. e aponto o caminho


1

Você não pode usar o nome de uma coluna apelidada com as no Group By. Tente isso: select ESCALAO,COUNT(*) AS QTD from ( select case when sal BETWEEN 0 and 100000 then 1 when sal BETWEEN 100001 and 200000 then 2 when sal BETWEEN 200001 and 300000 then 3 when sal BETWEEN 300001 and 400000 then 4 ...


1

Você pode utilizar o commando: ALTER PACKAGE PKG_NOME COMPILE DEBUG; Isso fará que seja possível debugar sua package. Então em SQLWindow clique com o direito em sua package, e selecione: "Edig Spec & Body", então coloque os break points onde deseja testar então execute seu teste em um "Test Window", como exemplo: declare result boolean; begin ...


1

Em conversa pelo chat, a @DanielaMaia disse que não poderia ser usado ROWNUM, apenas o MAX. Portanto, a resposta original foi substituída por essa agora. Para evitar o uso do ROWNUM, uma CTE (Common Table Expression) pode ser usada, como mostrado abaixo: with publicacao_cte (nome,nr_publicacoes) AS ( select candidato.nome, Count(1) as ...


1

Solução: Instalação do JDK 8.0_45 Depois de instalado passou a funcionar normalmente.


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam