Respostas interessantes marcadas com a tag

4

@Magno, Fiz uma adaptações, veja se isso resolve a tua dúvida. https://www.db-fiddle.com/f/iDMiXohGAFLqxBG2bm2HvX/0 Veja que um dos casos não vai retornar conforme o esperado (o 666), uma vez que a data do tipo PENDENTE é maior que o da ANOMALIA. A posição de inserção não é o que irá determinar o registro, mas a data que a consulta está ordenando. with ...


3

Você pode fazer uma query que conta as ocorrências na tabela em que a referência está dentro dos valores propostos, utilizando a cláusula COUNT. Depois disso basta usar a cláusula HAVING para verificar se o número de ocorrências é igual ao número de referências, como por exemplo: SELECT o.idOrder FROM @order o WHERE o.altcode IN ('77777777777', '...


3

Tenta isso. SELECT * FROM nome_tabela WHERE tela NOT IN ( SELECT tela FROM nome_tabela GROUP BY tela HAVING Count(*) > 1 ) Ou pode tentar isso SELECT tela FROM nome_tabela GROUP BY tela HAVING Count(*) = 1


3

Existe o programa mysqlcheck para essa tarefa. Por exemplo, para procurar por erros nas tabelas de todas as bases (check, ou -c, é a operação padrão e pode ser omitida): $ mysqlcheck -u usuario -p --all-databases Ou, de bases específicas: $ mysqlcheck -u usuario -p --databases db1 db2 ... Observo que você não precisa expor o usuário administrativo root. ...


2

Para obter o resultado desejado você deve usar na cláusula FROM a tabela que contém os dados principais, que neste caso são os Estados. Portanto mude a ordem dos seus JOINs para conseguir o restante dos dados a partir disso. É importante usar o LEFT para remover a obrigatoriedade. No WHERE verifique os campos apenas se o id da tabela em questão for NULL, ...


2

Tente fazer o select com join apenas entre as tabelas its_region e its_microRegion para obter todos os estados. As demais tabelas com left join: SELECT ITR.uf, ITR.regionName, COUNT(VAN.kundeid) AS qtdCotacoes from its_Region ITR inner join its_microRegion IMR on IMR.uf = ITR.id LEFT join gadresse GA on GA.postfachplz = IMR.id LEFT join gpartner GP on GP....


2

Você pode usar Event Scheduler As tarefas agendadas desse tipo também são às vezes conhecidas como " gatilhos temporais " Um pequeno exemplo pode ser achado na documentação deles: CREATE EVENT [IF NOT EXIST] event_name ON SCHEDULE schedule DO event_body


2

Acontece que a função DATE_FORMAT retorna uma string. Não use esta função para fazer filtro ou ordenação, não faz sentido algo assim. O select deveria ser SELECT id, DATE_FORMAT(created_at, '%d/%m/%Y %H:%i:%s') as created_at FROM use_card WHERE created_at BETWEEN "2019/05/01 00:00:00" AND "2019/06/13 18:05:32" ORDER BY created_at ASC Veja ...


1

O código seguinte calcula o para cada valor de V_de_Busca o primeiro valor de V_Encontrado maior que esse valor de V_de_Busca. x$Maior <- sapply(seq.int(nrow(x)), function(i){ if(x[i, "V_de_Busca"] == 0){ 0 } else { j <- i + which(x[i:nrow(x), "V_Encontrado"] > x[i, "V_de_Busca"]) - 1 if(length(j) > 0) x[j[1], "V_Encontrado"] ...


1

Tente utilizar UNION para as junções de cada tipo de mídia: SELECT tipoMidia, titulo, acessos FROM ( (SELECT tipo_midia.tipo, videos.titulo, COUNT(acesso_registro.data_acesso) AS acessos FROM acesso_registro INNER JOIN tipo_midia ON (acesso_registro.id_tipo_midia = tipo_midia.id) INNER JOIN videos ON ...


1

É possível assim, talvez seja mais rápido e mais prático: SELECT idOrder, altcode from @ORDER where altcode in ( SELECT ALTCODE FROM ( SELECT COUNT(*) AS QT, ALTCODE FROM @ORDER GROUP BY ALTCODE ) a WHERE QT > 1 ) GROUP BY idorder, altcode ORDER BY idorder


1

Tente: SELECT SUM(valor) AS soma, GROUP_CONCAT(id) AS ids FROM valor V WHERE V.status = 1 Corrigido.


1

Faltou ajustar o join. Você está dando select em duas tabelas sem "linkar" as mesmas. Insira uma condição viaturas.CampoRelacionado = despacho_ocorrencias.CampoRelacionado para evitar um select da combinação das mesmas. Como disseram nos comentários, não está fazendo sentido o group by visto que não há agregação na query.


1

A questão é esse AND. Provavelmente seu resultado como 'abastecedor de linha de produção' não possui curr.fk_status... igual a 2. Quando vc coloca o or, ele intepreta assim: prof.nome like 'abastecedor..' OR (prof.nome like 'abastecedor' and curr.status = 2) Tira o and do final e faça o teste.


1

Isto me parece um []byte, não "diversos números qualquer". Ele é mostrado como "diversos números" porque o []byte é um []uint8. Um []byte pode usar usado diretamente no json.Unmarshal. Talvez, se você especificar o tipo (já que o banco de dados tem tipo definido, não faz sentido usar interface{}), você talvez possa usar string ou especificar como []byte. ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam