Estamos recompensando usuários que escrevem perguntas & reputações serão recalculadas! Saiba mais.

Respostas interessantes marcadas com a tag

16

Em nenhuma situação precisamos realmente do do ... while a não ser para deixar o código mais elegante e expressar melhor a intenção de que a execução do bloco deve ocorrer pelo menos uma vez antes de decidir se ele se repetirá ou não. Sempre é possível fazer o mesmo só com o while. Claro que o código poderá ter que ser um pouco maior e menos elegante, ter ...


8

As duas construções são completamente diferentes, elas não fazem a mesma coisa. Então isto provavelmente explica porque um é mais usado que outro. Provavelmente a segunda forma é menos necessária que a primeira. A primeira executará zero ou mais vezes. A segunda executará uma ou mais vezes, dependendo da condição, claro. Mas a segunda garante uma execução ...


8

Talvez porque seja mais simples determinar a invariante do loop através do while (e do for) do que do do..while. E a invariante é algo que é sempre necessário para se entender a semântica do código, esteja ele colocado de forma explícita ou implícita (i.e. só na cabeça do programador). Invariante Todo código [imperativo] possui um conjunto de variáveis que ...


7

Esse fluxo, me diz o seguinte: Execute tarefa A Faça a comparação B; se der verdadeiro, saia do laço Execute a tarefa C Volte para o passo 1 Note que o fluxo no passo 4 é um desvio incondicional retornando para o passo 1. Esse desvio acaba por criar um laço infinito (enquanto B não for satisfeito). De modo geral, eu faria assim: while (true) { // passo ...


7

Estratégias esotéricas A resposta do @Ruy Neto trata do principal. Mas a pergunta não se limita a resoluções práticas, lembra mais um exercício. Já que é um exercício, vamos exercitar? goto int main() { int op; goto INICIO; SAIDA: saudacoes_tchau(); return 0; INICIO: saudacoes_oi(); VOLTA: op = le_operacao(); trata_operacao(op); if (op)...


4

O do/while garante que o bloco de código seja executado ao menos uma vez. No caso do while, uma condição é testada antes do bloco de código ser executado. Embora sejam diferentes, eu arrisco dizer que o while é mais utilizado simplesmente por facilitar a leitura. Enquanto no do/while você vai precisar descer no código para entender qual a condição que ...


4

Já do...while possui verificação no final, ou seja, o código da estrutura de repetição é executado pelo menos um vez. Você mesmo respondeu. O do...while existe quando queremos executar o código que está dentro da estrutura de repetição pelo menos uma vez sem passar pelo teste lógico. Existem situações em que isso é útil, embora não seja tão frequente. ...


4

Primeiro que a variável escolha não aparece declarada neste código. Mas o grande problema é que você usou || ao invés de &&. Olhe isso: escolha!=1||escolha!=2 Pense bem, se escolha for 1, temos que ela é diferente de 2, então continua no do-while. Se ela for 2, então é diferente de 1 e também continua. O que você queria era isso: escolha != 1 &...


3

Acho que você quer que funcione assim: #include <stdio.h> #include <stdlib.h> int main(void){ float x,y; int operador; do{ printf("\n\nEscolha a operacao:"); printf("\n\t1-SOMA\n\t2-SUBTRACAO\n\t3-MULTIPLICACAO\n\t4-DIVISAO\n\t5-SAIR\n"); scanf("%d",&operador); if(operador>0 && operador&...


3

admitindo que os nomes das colunas sejam cliente e telefone Para o caractere § em todos os casos abaixo, utilizei header("Content-type: text/html; charset=windows-1252"); exemplo funcional Tabela do exemplo funcional. dados para conexao.php $hostname="localhost"; $username="USUARIO"; $password="SENHA"; $db = "Nome_DB"; Usando PDO $...


3

Isso? printf("Selecione a opcao desejada:\n 1 - Destinos \n 2 - Custos \n 3 - Sair\n"); scanf("%d", &op); switch(op) { case 1: printf("\n1 - Destinos:\n\n Codigo da cidade Valor da passagem por pessoa\n\n"); printf(" 1 - Nova York ===> R$3.231,00\n"); printf(" 2 - Londres ===> R$3.789,00\n"); printf(" 3 - ...


3

Tudo depende da sua lógica de fazer as coisas. Pode dar uma olhada na solução que coloquei aqui: Problema em laço for Nesta situação ele utilizava a mesma variável do input para a condição do while, a única saída dele sem usar do... while era colocar um valor arbitrário que não caísse no laço na primeira vez ou então criar uma flag. Novamente, tudo ...


3

O problema é que não está reiniciando o valor da variável res quando vai calcular novamente: #include <iostream> using namespace std; int main() { int vetor[10], i; char op; do { float res = 0; //agora toda vez que for repetir o pedido vai zerar a variável for (i = 0; i <= 9; i++) { printf("\nInforme um ...


3

O problema é que a variável res não tem seu valor reiniciado na próxima iteração do loop do..while. Isso pode ser corrigido de duas formas 1- Movendo a declaração da variável res para dentro do loop do...while: do { float res = 0; for (i=0; i<=9; i++) { Observe que desta forma o correto é remover a declaração prévia da variável res, já que ...


3

O código sequer compila. A variável i não varia. Tem várias situações onde pode ocorrer um erro aí e tem coisas no código que eu faria muito diferente, mas vou só resolver o problema apresentado: #include <stdio.h> int main() { struct pessoas { int codTC; //codigo do consumidor para falar se é 1-Residencial 2-Comercial 3-Industrial ...


2

Estás a ler para consumidor[i].codTC mas a verificar consumidor[i].num. scanf("%i", &consumidor[i].codTC); // ... while(consumidor[i].num != 0) Só lês para consumidor[i].num quando a primeira leitura for 1, 2, ou 3. Se a primeira leitura for 0, o consumidor[i].num fica com um valor inválido.


2

O problema aqui é que no inicio do seu do .... while você esta armazenando o valor digita dentro de consumidor[i].codTC e no seu while você valida se o valor de consumidor[i].num é diferente de zero. Porém como o valor digitado em consumidor[i].codTC foi zero ele não passa em nenhum de seus ifs e logo não seta o valor zero dentro de consumidor[i].num ...


2

A principal é que a condição do enquanto é avaliada logo na sua entrada, portanto pode nem executar nada do laço se a condição já for falsa, enquanto (desculpe o trocadilho :) ), que a condição do repita só é avaliada pela primeira vez ao final da primeira execução do bloco. Também é diferente porque enquanto continha enquanto (sem trocadilho) a condição ...


2

Quando se compara strings, deve-se utilizar o método equals(). Pois, os comparadores == irão comparar a referências dos objetos (se são o mesmo objeto). O método equals() irá comparar se o valor de um objeto é o mesmo que o valor passado como parâmetro. Logo, seria: while(opcao.equals("S")); Entretanto, eu imagino que o seu código deve repetir enquanto a ...


2

A primeira coisa que precisa mudar é eliminar a chama recursiva que vai acabar trazendo problemas. Pode não causar nada no exercício, mas vai aprender errado. Isto estourará a pilha em uma execução prolongada. Resolva isto com um laço. Aí é só manter a inicialização do contador fora do lalo que manterá o número que estava. Na verdade muita coisa neste ...


2

Pra ler um caractere, basta usar scanf mesmo. char ch; scanf(" %c", &ch); printf("%c", ch); Repare que no scanf tem um espaço ants do %c. Isso serve pra indicar que a função ignore todos os espaços em branco adicionais que vem do teclado e leia apenas o caractere. E evite usar getche, eu acho que essa função não é padrão do C. Edit: char op; while (1)...


1

Você poderia utilizar a sintaxe de IF, usando a lógica do OU, aonde ele será basicamente assim act1="$vartest1" act2="$vartest2" act3="$vartest3" act4="$vartest4" if [ "$act1" == "teste" ou "$act2" == "true" ] then echo "Verdade" else echo "Falso" if["$act2" == "true"] sleep 1s else echo "Verdade" elif [ "$act2" == "false" ] then echo ...


1

Você está digitando a resposta com a letra minúscula? Se esse for o caso, o programa só identifica se for S ou N maiúsculo. Tente fazer assim: while (escolha=='S' || escolha=='s'); Com isso ele deve aceitar respostas em maiúsculo e minúsculo


1

Tome sempre extrema atenção aos avisos do compilador, pois eles são quase sempre erros. No seu caso existem várias confusões com os tipos nos scanf assim como o facto de ter ou não &. Pontos relevantes a perceber: scanf tem de receber o endereço de memória onde vai colocar os dados lidos & permite-lhe obter um endereço de memoria associado a uma ...


1

Ás vezes fica uma espécie de "lixo" no buffer do teclado que é quando você aperta o enter, aí ao entrar no próximo scanf ele recebe esse enter novamente e pra ele é como se já tivesse inserido um valor, para resolver você pode usar essa linha antes do scanf fflush(stdin); (No windows, no Linux é outro comando, se não me engano) ou apenas dê um espaço dentro ...


1

Nesse caso, o ideal é usar o do-while pois vocês quer mostrar o menu antes de pedir a opção do usuário: int opcao = 0; do { printf("\n0 - SAIR"); printf("\n1 - Op 1"); ... scanf("%d", &opcao); } while (opcao != 0);


1

O código está bem confuso, não consegui reproduzir o problema do título, acho até estranho. Na verdade essa variável nem precisa existir. Vou deixar pra lá os possíveis erros que podem ocorrer em circunstâncias fora do que se espera, comentei de forma simples. Se quiser veja sobre o TryParse(). procure declarar as variáveis mais próximo de onde vai usar. ...


1

Acho que o problema está no fato de você estar usando a função na condição, quando na verdade você teria que usar a variável na condição do do-while. Tente dessa forma e veja o que acontece: do { printf("\nDeseja realizar novo teste (s/n) ?"); op = getche(); }while(op != 's' || op != 'n');


1

O problema real é que o sua ordenação não considera todas as possibilidades. Por exemplo, você não tem um if verificando se o n1 é o maior número. Eu te aconselharia a separar essa parte da ordenação em um método separado e não consigo pensar no momento em um método que não ficaria muito grande comparando número por número, então simplifiquei utilizando um ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam