Respostas interessantes marcadas com a tag

48

Não existe provavelmente porque é pouco necessário e dá para resolver desta forma. De qualquer forma esta construção é usado essencialmente em macros (acho que você já sabia disto pelas tags originais da pergunta). Ele serve para agrupar vários comandos sem causar erros quando o pré-processador expande o código. Exemplo: #define MACRO(x) do { funcao(x); x++; ...


29

Sendo também um novato, fiquei interessado na pergunta e encontrei um artigo interessante sobre a mesma. Aqui vai uma solução de acordo com o artigo. $array = array( 'stack' => 'Overflow', 'linguagem' => 'Português', 'tags' => array('PHP', 'Iteração', 'Array') ); $keys = array_keys($array); $size = count($array); for ($i = 0; $i <...


26

Todos eles são usados para laços. Até existem alguns usos "criativos", mas sempre serão repetições controladas. while A estrutura de controle de fluxo enquanto repete o bloco de comandos até a condição estabelecida resultar em falso. O bloco pode nunca executar já que a condição é anterior, e nesse ponto específico é como um if, onde entra no bloco ...


20

Um laço continua (executa o próximo passo) se sua condição for verdadeira, e não continua se for falsa. Em C, zero é considerado "falso" e tudo o mais é considerado verdadeiro. Sendo assim: while(0) significa "nunca entre no loop". Sozinho, não faz nenhum sentido (pois seria mais fácil simplesmente não ter o loop...), mas como apontado por pmg e Renan ...


16

Em nenhuma situação precisamos realmente do do ... while a não ser para deixar o código mais elegante e expressar melhor a intenção de que a execução do bloco deve ocorrer pelo menos uma vez antes de decidir se ele se repetirá ou não. Sempre é possível fazer o mesmo só com o while. Claro que o código poderá ter que ser um pouco maior e menos elegante, ter ...


16

Aqui tem um artigo cientifico que trata só dessa comparação. Além disso, a performance depende claramente da aplicação em particular e do compilador da linguagem utilizada. Em C#, FOR é um pouco mais rápido. FOR teve uma média de 2,95-3,02 ms. O While média de cerca de 3,05-3,37 ms. Execute você mesmo o código e veja: class Program { static ...


14

Também é possível iterar um array usando as funções, array_walk() ou array_walk_recursive(), o primeiro argumento é o array que deseja iterar, o segundo é a função que deve ser aplicada em todos os elementos, essa função pode ser uma já declarada ou uma anônima(clousere) $array = array( 'stack' => 'Overflow', 'linguagem' => 'Português', '...


14

Você precisa entender o que são expressões. E que elas podem ser formadas por sub expressões. Java é uma linguagem razoavelmente bem escrita e não faz mágicas. Tudo tem um critério. Se entender esses critérios, pode entender qualquer coisa na linguagem, mesmo sem saber do que se trata. Essa é a diferença entre aprender a programar e seguir receita de bolo. ...


13

No meu entender, o for é açúcar sintático para um caso de uso comum do while, que é utilizar uma variável como contador e uma condição baseada no valor dessa variável (ou seja, pare quando a variável chegar em x). Em pseudocódigo: int i = 0; while(i < 10) { // faz algo i++; } Não sei se dá pra dizer que um é melhor que o outro, mas em casos em que ...


13

Não me contive sem ter que dar a minha palinha por aqui Uma outra boa forma de se fazer essa iteração de uma array, sem o foreach, seria com um while, iterando em cima de uma instância de ArrayIterator. Veja: $it = new ArrayIterator($array); while ($it->valid()) { $indice = $it->key(); $valor = $it->current(); $it->next(); } ...


12

Ainda falando de objetos poderíamos fazer assim também: $array = array( 'stack' => 'Overflow', 'linguagem' => 'Português', 'tags' => array('PHP', 'Iteração', 'Array') ); $arrayobject = new ArrayObject($array); $iterator = $arrayobject->getIterator(); while($iterator->valid()) { echo $iterator->key() . ' => ' . $...


12

A maioria dos compiladores produzirão códigos idênticos e não haverá diferença, mas só testando na versão específica de um compilador para saber. Fica a sugestão para fazer e descobrir por conta própria. Exemplo de código gerado para for: 40047f: c7 45 f4 00 00 00 00 movl $0x0,-0xc(%rbp) 400486: eb 0a jmp 400492 <main+0x1e&...


12

Uma solução usando somente CSS .aumentaFi:hover { width: 200px; height: 200px; } .aumentaFi { transition: all 0.1s; } <img src="https://sites.google.com/site/mplayerplugin/louvor/1.jpg" width="128px" height="128px" class="aumentaFi" /> <img src="https://sites.google.com/site/mplayerplugin/louvor/2.jpg" width="128px" height="128px" ...


12

O mesmo que em outras linguagens, é só um controle de fluxo. Ela é uma marcação para um laço saber onde ele começa. Ele é considerado um label. Note que não é uma função, é uma palavra-chave que determina o que o código deve fazer, podemos dizer que é um comando. Ele é usado em um while que podemos chamar de invertido. Ou seja, primeiro entra no laço, sem ...


11

Existe uma forma de demonstrar que um seja melhor que o outro? Geralmente o while é usado enquanto uma determinada condição não é atendida. Exemplo: boolean continua = true; while(continua) { //alguma lógica... continua = checaSeDesejaContinuar(); } Enquanto o for geralmente é usado quando se deseja iterar uma sequência de dados. Exemplo: int[] ...


11

Segue uma solução usando o embaralhamento de Fisher-Yates. Esse algoritmo tem a característica de não repetir os dados, pois ele simplesmente troca a posição dos membros. O algoritmo é um loop bem simples, ele inicia do primeiro ítem, e troca com algum dos seguintes aleatoriamente (até com "ele mesmo") e pode ser considerado "embaralhado" já. Isto é feito ...


11

Você pode utilizar o array_walk: $array = array( 'stack' => 'Overflow', 'linguagem' => 'Português', 'tags' => array('PHP', 'Iteração', 'Array') ); array_walk($array, function ($value, $key){ var_dump($key, $value); }); Caso o índice seja irrelevante, array_map pode ser utilizado $array = array( 'stack' => 'Overflow', '...


11

Vou responder o óbvio: não muda nada, é gosto. Do ponto de vista de performance o AP já sabe, não importa. Mas se quer saber se há uma diferença mínima, parece que tinha em versões antigas, conforme análise feita pelo ircmaxell em sua ótima resposta no SO. Mudou na versão 5.5 e ficou idêntico. Pode mudar de novo no futuro, ainda que eu duvide. A maioria ...


11

Neste caso deve usar um and e não um or. Na forma atual a condição sempre será verdadeira porque pelo menos uma das duas sub-expressões será verdadeira, é impossível algo ser igual a duas coisas diferentes, sempre uma será diferente. Se a letra for f ela será diferente de m e se for m, será diferente de f se for outra coisa, ambas serão verdadeiras, mas nem ...


10

Uma outra maneira de fazer isso é utilizando a função each. Ela pega o ponteiro atual do array e transforma em outro array, contendo o valor do índice e valor desse array. Em seguida, ele passa para o próximo elemento do array. Exemplo; each($array); Resultado: Array ( [1] => Portugus [value] => Portugus [0] => linguagem [key] =...


10

Isso é simplesmente um laço/ciclo do while, mas apenas com uma linha de código logo não leva as chaves { e }. Normalmente seria escrito assim: do { //codigo a repetir no laço/ciclo } while (condicaoDeFim); Se só tens uma linha podes escrever assim: do /*unica linha de código*/ while (condicaoDeFim); Logo o código apresentado poderia ser escrito ...


9

Já foi dito que a diferença básica é a semântica que você quer dar ao código. Quando o for foi inventado ele era mais limitado a dar uma sequência numérica. Quando inventaram de dar mais flexibilidade para ele começou competir mais diretamente com o while, embora já competia antes em algumas situações. Tem linguagem que só tem o for. Se pensar bem não ...


9

Você pode construir um design patterns de interação, conforme o exemplo abaixo, que é baseado no PHP Iterator ( http://php.net/manual/pt_BR/class.iterator.php ): <?php //entrada de elementos $myCollection = [ new stdClass(), new stdClass(), new stdClass(), new stdClass(), ]; /** * :::: Iterator ...


9

É possível tratar-lo como objeto assim: $array = array( 'stack' => 'Overflow', 'linguagem' => 'Português', 'tags' => array('PHP', 'Iteração', 'Array') ); $A = $array; while(!is_null(key($A))) { var_dump(current($A)); next($A); } http://php.net/manual/pt_BR/language.oop5.iterations.php


9

Tudo que existe um certo padrão é possível abstrair e tornar o código genérico. Então é possível criar um método que faça esse código de forma genérica "preenchendo as lacunas" que são especializadas. Exemplo (não necessariamente o melhor): private void FillElements(Node no, String nomeNo, String valor) { Element elemPessoa = (Element)no; Iterator&...


9

O erro é que a função input sempre retorna um texto e você está verificando se um texto pertence a uma lista de inteiros. Esta condição jamais será satisfeita. print('1' in [0, 1, 2]) # False Se você quer verificar se um inteiro pertence a uma lista de inteiros, precisa fazer a conversão: while usuario not in lista: usuario = int(input('Escolha um ...


8

As duas construções são completamente diferentes, elas não fazem a mesma coisa. Então isto provavelmente explica porque um é mais usado que outro. Provavelmente a segunda forma é menos necessária que a primeira. A primeira executará zero ou mais vezes. A segunda executará uma ou mais vezes, dependendo da condição, claro. Mas a segunda garante uma execução ...


8

Talvez porque seja mais simples determinar a invariante do loop através do while (e do for) do que do do..while. E a invariante é algo que é sempre necessário para se entender a semântica do código, esteja ele colocado de forma explícita ou implícita (i.e. só na cabeça do programador). Invariante Todo código [imperativo] possui um conjunto de variáveis que ...


8

O while(1) é normalmente usado para ciclos infinitos while (1) { /* ciclo infinito, por exemplo */ system("stayactive"); // mantem a aplicacao activa, mesmo que ela crashe } O while(0) é normalmente usado como parte final dum ciclo do para agrupar um número de instruções numa macro e manter a sintaxe de C no que respeita a ponto-e-virgula #define ...


8

É infinito porque essa expressão sempre será verdadeira: while((operacao != '*') || (operacao != '/') || (operacao != '-') || (operacao != '+')); Vamos pegar a primeira comparação: operacao != '*' Consideremos que operacao valha *. Por ser igual o resultado seria false, já que está perguntando se é diferente. Aí vamos olhar para a seguinte comparação? ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam