Respostas interessantes marcadas com a tag

11

Não é fácil fazer uma lista extensiva, vou tentar colocar o que é mais importante sem preocupação com pequenos detalhes (exemplo: não ter que usar void para garantir que uma função não tem parâmetros). Lembrando que não é que seja proibido usar, mas é bom se acostumar com as partes específicas do C++, que é inclusive uma linguagem em mutação, então a melhor ...


7

É necessário atribuir um valor para uma variável em C assim que declaramos a mesma? Não, isso fazia menos sentido no compiladores mais antigos do que agora. Os primeiros compiladores C obrigavam declarar a variável no começo da função antes de ter qualquer execução real, então se fosse obrigado atribuir um valor na declaração haveria uma execução (custo de ...


3

O motivo principal é que você está tentando comparar strings com o == quando o certo é usar a função strcmp(). E ainda tem outro problema que não está exatamente comparando duas strings, um dos operando é um caractere mal formado, porque o uso de aspas simples indica que você tem um caractere, e não uma sequ~encia deles, então o resto será ignorado, então o ...


3

O fato de algo funcionar não quer dizer que deva usar sempre, alguns casos funcionam por coincidência, em uma situação específica, eu faria do jeito mais semântico sempre. Basicamente consigo lembrar de um caso normal (pode ter outros que eu não lembre ou truques possíveis) que é o uso dos membros nomeados em vez de posicional: TIPO v3[10] = {{ .s = "FOO", ...


2

A pergunta não está muito clara pra mim, porém não tenho pontuação para comentar, então vou responder baseado em que eu entendi. De acordo com o que eu interpretei você quer ler vários números num único scanf e salvar em um vetor. Código: int vetor[4]; scanf( "%i %i %i %i", &vetor[0], &vetor[1], &veto[2], &vetor[3]); Se não for isso que ...


2

%[^\n]: lê uma cadeia de caracteres até encontrar um '\n' (final de linha). %*1[\n]: este * logo após o % indica que o que for lido não será atribuído a nenhuma variável (no caso é para desprezar o ENTER).


2

.dat é só um nome qualquer, isso indica nada sobre o que ele tem dentro, não existe sequer especificação que diz que um .dat deve ser de um jeito ou de outro, assim como um `.txt também não, embora costuma-se usar um texto sem formatação alguma. Costumam usar isso para dizer que tem dados lá dentro, nada mais que isto, cada uso pode ser de um jeito. ...


2

O enunciado não é tão claro, então eu nem me preocuparia muito se isto está certo, apenas focar no resultado, o que daria até pra trapacear já que nem dá para saber exatamente o que o desafio pede por ambiguidade do texto. Lá nada pede para fazer com que o limite seja sempre o maior valor digitado e acho que isto é um erro do algoritmo, mas eu deixei assim. ...


2

Uma possível visualização #include <stdio.h> int main() { int tab, mult, result; printf("Tabuada de 1 a 9.\n"); tab = 1; for (tab = 1; tab <= 9; tab++) { mult = 0; while (mult <= 9 && tab <= 9) { mult++; result = tab * mult; printf("%d * %d = %d \n", ...


1

No meu ambiente (Ubuntu) rodou normalmente: #include <stdio.h> int main() { printf("Naipes: ♠ ♣ ♥ ♦ ♡ ♢ ♤ ♧ \n"); return 0; } :~/Testes/C$ gcc -o naipes naipes.c :~/Testes/C$ ./naipes Naipes: ♠ ♣ ♥ ♦ ♡ ♢ ♤ ♧ Aqui também: https://ideone.com/Aoq6Xv


1

Mano na real o enunciado ta claro tem 2 int o primeiro eh o numero que tu precisa achar o multiplo, o segundo eh o limitador do multiplo, ou seja tu tem que achar o maior multiplo e ele tem que ser menor ou igual ao numero 2 entao tu nao precisa deternimar o maior numero if (num1 > num2) { int temp = num1; num1 = num2; num2 = ...


1

Segue um exemplo conforme solicitado, utilizando \t (tabs): #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include <math.h> int main() { int i, num, rsoma, rsubtracao, rmultiplicacao; float rdivisao; i = 1; printf("Informe um numero inteiro: \n"); scanf("%i", &num); printf("Adição\t\tSubtração\t\tMultiplicação\t\...


1

Após algumas tentativas e erros, identifiquei que era o tipo das variáveis e o cálculo para os milissegundos. Pelo que consegui entender na hora que o compilador montava o meu bloco de código ele estava utilizando os tipos primitivos errados long ms = tp.tv_sec * 1000 + tp.tv_usec / 1000; nesse ponto do código. Tentei manter a estrutura inicial alterando o ...


1

Ao invés de guardar toda a palavra no membro estadocivil use apenas um caractere para representar o que você quer. Sendo: S para solteiro; C para casado; D para divorciado; Assim você pode usar uma função estadoCivilQuantidade e especificar qual estado civil você quer obter a quantidade no argumento estadoCivil, veja um exemplo abaixo: #include <...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam