Respostas interessantes marcadas com a tag

34

boolean é um tipo primitivo, ou seja é um número que ocupa 1 byte (ainda que não seja especificado que tenha esse tamanho) e é considerado um tipo por valor, ou seja, seu valor é sua própria identidade, ele existe em si só. A comparação de valores é direta. O valor padrão dele é false (que seria um 0). Ele pode ser convertido implicitamente para um texto (&...


26

Cada caso é um caso. Toda vez que eu vejo alguma recomendação do tipo "não faça desta forma", "isto é má prática", "evite isso", eu espero a explicação do motivo logo em seguida. Se não houver um motivo pelo qual a técnica deve ser evitada, eu faço com a recomendação o que eu faço com propagandas no Youtube: ignoro em cinco segundos. Vou dar um exemplo no ...


22

Boolean com letra maiúscula no começo é uma classe, é o mesmo que java.lang.Boolean boolean é um tipo primitivo de comparação de dois valores, true ou false. Você pode usar ambas com mesmo objetivo, a diferença é que a classe tem métodos para converter para string por exemplo, ou converter de string (ou fazer um parse) Métodos da classe java.lang.Boolean ...


14

Não existe nenhum grande mistério por traz desse código, é apenas uma prática de programação para evitar indentações. No seu exemplo pode parecer trivial, mas imagine blocos de códigos maiores. Você pode ter 3 ifs aninhados, resultando em 3 indentações, ou 3 continue que não geram nenhuma indentação. Qual dos dois códigos você acha mais elegante? for (...


12

Booleano, no contexto que entendi que está perguntado, é um tipo de dado que representa apenas dois estados, verdadeiro ou falso. Isso tem uma relação direta com os bits do computador que só possuem dois estados 0 ou 1. Muitas pessoas programam mas não sabem que o computador só entende essas duas informações, e só sabe fazer três operações, a adição (or), ...


12

Regras de linguagens de programação não podem mudar, o mundo inteiro depende delas estáveis, quebraria tudo o que as pessoas fizeram. Bem, na verdade até mudam quando havia um erro grave na linguagem, ou estamos falando de PHP que não se importa em quebrar um monte de coisa e deixar todo mundo na mão. Mas nem sei se isso é ruim porque eles melhoram vários ...


11

Geralmente quando você vê um código em um if comparando com false ou true, está fazendo algo supérfluo, já que o if sempre espera um booleano, portanto, só pode ser esses 2 valores. Qualquer expressão que resulte um booleano satisfaz a necessidade. O operador relacional, que estabelece se a grandeza é a mesma, diferente, maior, menor, sempre retorna um ...


10

Isso não é nenhum problema na sua lógica. Isso é uma armadilha do JavaScript. No JavaScript do seu navegador, quando você declara uma variável no escopo global, ela se torna uma propriedade do objeto window. Assim como outros elementos do html como head, body, div, etc, o objeto window também possui uma propriedade chamada name. Essa propriedade name porém ...


9

Neste caso específico a pessoa fez assim porque quis fazer. Não tem uma motivação clara e que deveria ser assim, então você está coberto de razão. Para os adeptos de boas práticas, isso não é errado, mas não é uma boa prática porque criou um desvio de fluxo mais difícil de acompanhar, ainda que para este exemplo isso não seja tão relevante, passaria ser ...


9

Basta utilizar o not. condition = False if not condition: print('Entrou no if')


9

Isso não é uma armadilha do JavaScript, na verdade é uma "armadilha do JavaScript em navegadores" Quando você usa name no escopo principal ele vai entender que se refere ao window.name, que por padrão já vem setado como uma string vazia, o valor de "10kg" / 10 será NaN, como a propriedade Window.name só aceita string ele vai fazer um &...


8

Veja este código: class Main { public static void main (String[] args) { int x = 10; boolean cond = x == 10; System.out.println(cond); if (cond) System.out.println("executou"); cond = metodo(); System.out.println(cond); if (cond) System.out.println("executou"); System.out....


8

Isso nada tem a ver com Kotlin ou outra linguagem, é só uma convenção que se costuma usar para indicar que a variável é booleana, é para dar legibilidade mostrando a semântica dela. Tão pouco tem a ver com set, embora possa ser usado nele. Alguns consideram uma forma disfarçada de notação húngara, outros consideram que não já que mostra o significado real da ...


7

A melhor opção é esta: #include <stdbool.h> Isto requer um compilador compatível com C99, que virtualmente são todos que contam, você poderá usar o tipo _Bool. Se não tiver um compilador assim, o mesmo que o padrão faz: #define bool _Bool #define true 1 #define false 0 #elif defined(__GNUC__) && !defined(__STRICT_ANSI__) /* Define _Bool, ...


7

Isso ocorre porque false é igual a 0 e true é igual a 1. Então seria a mesma coisa que: a = [200,100] a[1] Saída >>> 100 a = [200,100] a[0] Saída >>> 200 Em Python qualquer valor diferente de 0 automaticamente é true quando você for fazer alguma verificação lógica, por exemplo: (3 == true) //true (0 == true) //false


7

Comecemos com isso: (~ABC)+(A~B~C)+(AB~C)+(ABC) Vamos reordenar as expressões: (~ABC)+(ABC)+(A~B~C)+(AB~C) Vamos colocar o BC e o A~C em evidência: BC(~A+A)+(A~C)(~B+B) Toda expressão na forma X+~X é verdadeira. Logo: BC+(A~C) Nota-se que a sua expressão original (~ABC)+(A~B~C)+(AB~C)+(ABC) tem uma propriedade interessante: Ela diz exatamente quais ...


7

Vou partir do princípio que usou com maiúsculo, porque em minúsculo ou não funciona, ou então está usando variáveis chamadas true ou false, que são nomes um pouco ruins para variáveis. Estritamente os primeiros servem para nada. O primeiro entrará no bloco do if todas as vezes, o segundo nunca entrará, então não tem porque usar aquilo. Pode ser usado ...


7

Verificar a existência de um tipo primitivo Se você quiser verificar a existência de um tipo primitivo, pode utilizar o indexOf ou includes: const list = [1, 2, 3, 4, 5]; console.log(list.indexOf(9)); // -1 console.log(list.indexOf(4)); // 3 console.log(list.includes(8)); // false console.log(list.includes(3)); // true Conforme você pode ...


7

Boa parte das operações com um algoritmo deve executar é tomar uma decisão. Além de seguir o fluxo normal ou desviar e fazer manipulações de dados, é só o que precisa fazer. A decisão precisa ser simples, o computador não é um humano que pode processar coisas complexas de uma vez. A decisão precisa ser sim ou não, ou faz ou não faz algo. O computador só sabe ...


6

Julgo que existirão várias formas de o fazer. A que me ocorre agora é: Usar a expressão (b & (1 << i)) != 0 para verificar se o bit na posição i do byte está "setado" e guardar o resultado na respectiva posição no array. public static boolean[] byteToBooleanArray(byte b) { boolean[] array = new boolean[8]; for (int i=0; i<8 ;i++){ ...


6

Argumentos booleanos, em geral, não são bons. Essa frase é correta? Em geral não são bons. Se sim, qual o problema com booleanos? Porque booleanos não são bons argumentos? Ele dá pouco significado, torna o código menos legível. Então ele não causa problema técnico, é só uma questão de estilo. Não me lembro se o livro explica isso ou não. Eu sei que ...


6

Primeiro, Python diferencia letras maiúsculas de minúsculas, portanto true é diferente de True. No Python, existem os valores True e False, mas não existe true e false; no seus exemplos daria erro indicando nomes não definidos. Vamos supor, então, que seja True e False. if True: print('Executei') Não tem função alguma. A estrutura condicional serve ...


6

Usando Array Você pode usar o "in", veja este exemplo X = 2 if X in [1, 2, 3, 4]: print("ok") Eu representei os valores usando um array [1, 2, 3, 4], então eu uso o "in" para verificar se o valor de "X" esta dentro do array. Usando Tupla Executar Seguindo a dica do nosso amigo Giovanni Nunes X = 2 if X in (1, 2, ...


5

se estou negando uma variável false, ela vira true correto? Não, você está invertendo o valor contido na variável, você não altera a variável. Ali estou dizendo, enquanto i for menor que o tamanho do vetor E !finished for true continue? Isso, mas eu leria "enquanto i for menor que o tamanho do vetor E não for finished". Ou melhor ainda, "enquanto i for ...


5

Adicionou #include <stdbool.h>? Está usando um compilador pelo menos compatível com C99? Precisa. Esse código tem outros problemas. Documentação.


5

Porquê é ruim ? Porque, como já alguns aqui mencionaram, anula o princípio de coesão, onde funções com apenas um propósito, passam a desempenhar duas ou mais tarefas do que as originalmente projectadas, deixando o código difícil de se reestruturar quando necessário, reduz a legibilidade (nem sempre), ou até mesmo duplicação de código ou responsabilidade, ...


5

Basta fazer isto: ADMINISTRADOR = reader["ADMINISTRADOR"] as string == "S"; //se tem S ou N Como a coluna originalmente não é um booleano e sim uma texto, deve-se comparar com o texto que representa o estado verdadeiro. Embora seja tarde, aconselho não usar nomes tudo em maiúsculo e prefixos em nomes.


5

Um booleano de 3 estados é o que tem o falso, o verdadeiro e o indefinido. Então em Java existe um natural que é o Boolean, não confundir com boolean (Qual diferença entre Boolean e boolean?). O primeiro aceita um null, então há um terceiro estado. Em C# pode usar um bool?. Tem linguagem que só tem o booleano de 3 estados, e muita gente nem se dá conta ...


5

Enquanto muitas vezes se usam elétrons ou fótons para se representar qubits, prefiro usar outra partícula fundamental da natureza. O gato. Tomemos, então, um sistema de 3 qubits de gatos. Cada gato, para poder funcionar corretamente como qubit, precisa estar isolado do mundo. Se ele estiver de algum modo perceptível pelo mundo, toda troca de informação ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam