Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

83

Otimização só deve ser feita se realmente for muito necessário. Eu duvido que esta otimização valha a pena em qualquer cenário. A regra básica para seleção do tipo quando eles podem ser confundidos é para que vai usá-los. Números representam quantidades. CPF ou CNPJ são quantidades? Não, são identificadores que podem até mesmo mudar, que podem um dia ter ...


74

Vou falar aqui de forma como as pessoas entendem. Se você for estudar teoria dos tipos verá que algumas coisas aí são diferentes disto. Há uma certa confusão em vários termos sobre este assunto. Em alguns casos não há uma definição formal aceita universalmente. Popularmente as linguagens são classificadas pela sua tipagem, então linguagens estáticas ...


69

Todas as respostas acrescentam ótimas informações, mas gostaria de dar uma resposta mais direta. Representando uma moeda (dinheiro) A forma mais indicada é usar números inteiros (int ou long). O motivo para evitar números de ponto flutuante são os problemas de representação binária que causam diferenças nos valores mesmo em operações muito simples. Além ...


64

Amigo, deixo aqui um pouco da minha experiência, trabalho com sistemas de automação comercial utilizando o Microsoft SQL Server, e sugiro fortemente que utilize campos monetários com tipo DECIMAL. Na empresa em que trabalho já chegamos a utilizar números de ponto flutuante para dinheiro, mas no entanto tivemos problemas sérios após os valores serem ...


58

Já foi dito que string é apenas um alias para o tipo String. Para deixar claro, não há diferença em performance ou forma como o código é gerado. Há exatamente zero diferença no tratamento de ambas. Ambos podem fazer as mesmas coisas, e todos os membros estão disponíveis em qualquer um deles, afinal assim se comporta um alias. Diferenças úteis na utilização ...


57

Mesmo que minha mãe e alguns programadores achem que o computador toma suas próprias decisões, ele só é capaz de fazer o que humanos determinam. Claro que um computador pode produzir resultados errados sem um humano errar usando ele. Mas isto significa que um humano projetou o computador ou pelo menos algum componente dele de forma errada. Ou a ...


44

is verifica toda a estrutura de herança do objeto; typeof() devolve o tipo exato do objeto. Para ilustrar melhor: class Animal { } class Cachorro : Animal { } var a = new Cachorro(); Console.WriteLine(a.GetType() == typeof(Animal)) // false Console.WriteLine(a is Animal) // true Console.WriteLine(a.GetType() == typeof(Cachorro)) //...


38

Um pouco de história A discussão sobre o uso de null é discutido por desenvolvedores de diversas plataformas. Já ouvi muito isso em Java também. Certa ocasião, conversando com um colega após um NullPointerException ter estourado em produção, ele estava argumentando que null não deveria existir, que alguém, não sei onde, estava tentando remover o null do ...


37

Antes de analisar seus requisitos vou adicionar algumas definições: Interoperabilidade Interoperabilidade é a capacidade de um sistema (informatizado ou não) de se comunicar de forma transparente (ou o mais próximo disso) com outro sistema (semelhante ou não). Para um sistema ser considerado interoperável, é muito importante que ele trabalhe com padrões ...


37

Geral Em algumas linguagens não há inicialização, é o caso de C, aí tem que fazer manual. Em C há um acesso bruto à memória e se o programador não cuidar da inicialização pega o que estiver na memória, ou seja, sujeira, o que foi largado por aplicação que tinha aquela área reservada, ou mesmo a mesma aplicação já que há um sistema de memória virtual. Isto ...


34

Decimal. Nunca use tipos com ponto flutuante (float, single, double, etc). Uma outra alternativa conhecida é armazenar os valores em centavos, como int's ou long's. Ou seja, ao invés de armazenar 12,34 (reais) você armazenaria 1234 (centavos). Isso só é viável se você trabalhar só com uma moeda pois o número de casas decimais varia de moeda para moeda. ...


34

O local em que a alocação da memória é feita é somente determinado pelo seu tempo de vida e não pelo tipo de dado. Em C# existem instâncias de duas formas de valores: value types (o valor em si) e referências para outras instâncias. Existe o conceito de "locais de armazenagem" que podem armazenar valores. Todo valor manipulado por um programa está em um "...


33

No c# não existe diferença, pois, string é apenas um atalho para System.String. Veja a lista completa de aliases: object: System.Object string: System.String bool: System.Boolean byte: System.Byte sbyte: System.SByte short: System.Int16 ushort: System.UInt16 int: System.Int32 uint: System.UInt32 long: System.Int64 ulong: System....


33

Se você realmente quer precisão exata para operações com ponto flutuante, terá que utilizar uma biblioteca tal qual a GMP. O usuário @Maniero deu uma introdução razoável sobre aonde encontrar mais informações sobre ponto flutuante (que não é um problema da linguagem C em sí, e sim do modo como ponto flutuante é implementado dentro do processador). A ...


31

Na verdade sizeof retorna um tipo size_t, devendo ser do tipo unsigned. O problema ocorre na conversão binário signed para binário unsigned, caso o programador não tenha cuidado. A conversão de um número binário para um inteiro decimal negativo como -1, por exemplo, é feito em C pelo complemento de dois do seu equivalente positivo. Exemplo de como o ...


31

boolean é um tipo primitivo, ou seja é um número que ocupa 1 byte (ainda que não seja especificado que tenha esse tamanho) e é considerado um tipo por valor, ou seja, seu valor é sua própria identidade, ele existe em si só. A comparação de valores é direta. O valor padrão dele é false. Ele pode ser convertido implicitamente para um texto ("false" ou "true")...


30

Existem diversos posts sobre isto aqui no site (esse por exemplo). Você não consegue fazer isto em nenhuma linguagem com número com ponto flutuante binário que é o caso de float e double. Você precisa montar uma estrutura de dados ou tratar os dados de uma forma diferente. Normalmente é a forma decimal ou monetária. Comumente os números são tratados com se ...


29

O retorno void significa ausência de retorno. Já um tipo void * significa um ponteiro genérico, um ponteiro de um tipo desconhecido ou não especificado, um ponteiro para qualquer coisa, um endereço de memória qualquer. Eles aparecem bastante na linguagem C, embora nem sempre o programador os perceba. Por exemplo, a função malloc retorna um ponteiro do tipo ...


27

O Decimal é o tipo ideal para cálculo de valores. Tem uma amplitude enorme (79,228,162,514,264,337,593,543,950,335 até -79,228,162,514,264,337,593,543,950,335) e possui uma das menores margens de erro para arredondamento. Double é mais adequado para cálculos científicos gerais, onde a margem de erro não é desprezível, mas é tolerável. Apesar de ter um ...


24

Utilize Decimal, pois este tipo irá representar valores descritivos (isto é, valores exatos). Valores monetários e quantidades absolutas são exemplos deste caso; Os tipos de ponto flutuante (ex: float) servem para representação de valores contínuos (isto é, valores que representam uma aproximação, ou que "tendem a"). Exemplos da "vida real" seriam: peso, ...


23

Em geral não há porque usar um short em aplicações, especialmente em .NET. Um caso para usar é se você tiver um volume muito grande dados numéricos dentro da faixa que cabe em um short (-32768 à 32767). Em um volume muito grande, diminuir de 4 para 2 bytes pode dar alguma vantagem. Mas note que esse volume precisa realmente ser muito grande mesmo. É muito ...


23

Qual a diferença entre uma linguagem estática e dinâmica? Não existe o conceito de "linguagem estática" ou "linguagem dinâmica". O que o artigo original em inglês fala - e que a tradução em português falhou em expressar - é em linguagens com sistema de tipos estático vs. dinâmico. Traditionally, dynamically typed languages allow for rapid development but ...


23

Primeiro entenda que muitas vezes fazemos simplificações para dar entendimento de quem ainda não domina o assunto. Conforme a pessoa, que é muito leiga, vai evoluindo ela pode se atentar aos detalhes. Não vou passar todos aqui mas vou um pouco além da simplificação normalmente feita em respostas dadas para quem está aprendendo e ainda não consegue conversar ...


23

Ele pode ter a opinião que quiser. Ele falou por que? Sempre tente entender o porquê, mais do que entender o que. Se ele discorda do que todo mundo faz ele deveria justificar. Algumas pessoas podem achar que é otimização prematura. Mas acho muito academicismo achar isso. Os chamados tipos primitivos possuem melhor performance. Os tipos não primitivos são ...


22

Isso chama-se notação húngara (a pergunta original não falava o que era). É correto... se tiver um motivo para fazê-lo. Ou é errado se fizer só porque viu alguém fazendo. Olhando assim esses tipos básicos não parecem muito danosos. Em geral não se recomenda fazer assim. Além de ser um indicativo de que o nome da variável não está dizendo qual é sua função ...


21

Sempre defendi usar VARCHAR, pois eles são uma string que coincidentemente ocorre de serem uma sequência de dígitos. Diferentemente de um INT aonde a finalidade de ser um número é permitir que você possa efetuar operações matemáticas, algo que não tem sentido nenhum em um CPF ou CNPJ. O mesmo caso ocorre com o RG, aonde cada estado tem um formato diferente, ...


21

Boolean com letra maiúscula no começo é uma classe, é o mesmo que java.lang.Boolean boolean é um tipo primitivo de comparação de dois valores, true ou false. Você pode usar ambas com mesmo objetivo, a diferença é que a classe tem métodos para converter para string por exemplo, ou converter de string (ou fazer um parse) Métodos da classe java.lang.Boolean ...


20

Depende do que você quer. Quer ter um código organizado ou basta "funcionar"? Você pode deixar o erro acontecer no seu ponto final. Ou você pode mostrar antes onde ocorreu o erro verdadeiramente. Código poluído Eu não chamaria de poluição algo que é útil. Poluição é coisa desnecessária. Se você opta por facilitar a manutenção do código, da utilização por ...


19

A vantagem é justamente a que você viu e demonstrou na pergunta. O compilador tem condição de verificar se o tipo do dado usado no retorno corresponde ao que foi especificado pela função/método, gerando um erro logo no local onde ele foi causado e não propagado para outros locais do código onde fica mais difícil descobrir (se a linguagem fosse totalmente ...


18

Para os campos endereço, e-mail e telefone/celular eu recomendo utilizar VARCHAR por ele possuir um tamanho variável e salvar corretamente os dados. Porque VARCHAR e não CHAR? VARCHAR possui um tamanho variável de acordo com o registro contido nele. Exemplo: Vou inserir a palavra "Yuran" que contém 5 caracteres em uma coluna VARCHAR(20) e o mesmo registro ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam