Novas respostas marcadas com a tag

1

Mailson, esse é um dos vários problemas quando se utiliza IDENTITY ou SEQUENCE. Determinadas tabelas utilizam chave substituta como chave primária, no lugar de chave natural. Geralmente essa chave substituta é um valor numérico, sequencial e crescente. Em algumas aplicações não pode ocorrer salto na geração dessa sequência. Algo que parece simples torna-se ...


0

Para descobrir se o banco de dados está atualmente em uso, a maneira mais precisa seria descobrir se qualquer sessão tem qualquer bloqueio no banco de dados específico, consultando sys.dm_tran_locks. Aqui está uma função auxiliar para retornar um bool se o banco de dados está em uso ou não: bool BancoDeDadosEmUso(string NomeDoBancoDeDados) { using (...


1

use o case, no campo de origem: No final seria o ideal fazer um group by DESCRICAO, mas nos meus testes não deu certo. SELECT Month(d.[doacao_sdt_data]) AS MES, Year(d.[doacao_sdt_data]) AS Ano, Sum(d.doacao_mon_valor) AS 'Valor_doacao', Count(d.pessoa_lng_codigo) AS 'Quantidade doações', (case when d....


1

Pelo que entendi um join usando os dois sql como tabelas virtuais , de resto é manipular os campos alinhados. SELECT * FROM ( SELECT MONTH(created) AS 'MES' , YEAR(created) AS 'ANO' , COUNT(Number) AS 'TOTAL' FROM [ServiceNow VR01].[dbo].[incident] WHERE created > '2013-01-01' GROUP BY YEAR(created), MONTH(created)) TC, (SELECT MONTH([Closed ...


0

Você pode incluir uma clausula where validando se já existe, por exemplo com not exists: INSERT INTO [BILLING].dbo.tbl_UserStatus (id, Status, DTStartPrem, DTEndPrem, Cash, Bonus) SELECT Account, '1', '2019-08-01 13:04:12.400','2019-08-01 13:04:12.400', '1','0' FROM inserted WHERE NOT EXISTS (SELECT * FROM [BILLING].dbo.tbl_UserStatus ...


-1

Amigo, e se for contrário, os registro do Select vindo antes das linhas NULL, limitando um valor máximo de linhas(10 por exemplo). Isto é, as linhas NULL dinâmicas, se os registro apresentarem 8 linhas, a query deve trazer apenas 2 linhas NULL se considerar um limite de 10 linhas de espaço.


0

Tens aqui a solução. Mas falta criar a tabela temporária, sabes como criar? DECLARE @hDoc int DECLARE @XML XML SET @XML = '<rows> <row> <tracking> JU148345357BR</tracking> </row> <row> <tracking> PM318855649BR</tracking> </row></rows>' EXEC sp_xml_preparedocument @hDoc OUTPUT, @XML ...


0

SELECT * FROM Cartao INNER JOIN Registo ON Registo.ID_Cartao=Cartao.ID_Cartao INNER JOIN Clientes ON Registo.ID_Cliente=Clientes.ID_Cliente WHERE Clientes.ID_Cliente=Registo.ID_Cliente AND Clientes.ID_Cliente NOT IN (2)


2

NEWID() é uma função interna do sql-server, ela não pode ser usada sendo processada no código assim: req.input('chave', sql.VarChar, 'NEWID()'); Para usá-la, inclua diretamente no comando SQL: "INSERT INTO columname (chave) VALUES (NEWID())" Assim, quando executar a query, todo o comando será passado para o banco de dados executar, que vai executar ...


0

Bom galera, consegui resolver a situação que eu tinha com alguns insights que tive com a resposta de todos. Basicamente fiz o select que eu já tinha duas vezes, trazendo apenas os campos de "A pagar" e "A receber" se parados e depois fiz um terceiros select para poder trazer as informações formatadas e com as exceções tratadas devidamente. Vou deixar abaixo ...


1

MySQL tal como outros serviços (SQL Server, Oracle, etc), tal como acabaste por explicar na tua descrição, permite multiplas consultas. Ou seja, o motor de base de dados recebe as coneções com o pedidos e estes são processados em fila, pela ordem de chegada, inclusive os mais demorados. Existe forma de melhorar, podes analisar aqui técnicas que existem, mas ...


5

Duas questões que posso considerar no seu código: int[] seller_id = new int[gestorVendedor.Count]; Mude para: var seller_ids = gestorVendedor.Select(x => x.Id).ToArray(); Para fazer a consulta eu não usaria o FromSql e sim passaria a consulta via linq que fica bem mais fácil: return _dbContext.Pedido.Where(x => seller_ids.Contains(x.seller_id))....


3

Você não precisa usar uma query SQL se já está usando o EF. public List<Pedido> GetByUsuario(List<GestorVendedor> gestorVendedor) { return _dbContext.Pedido.Where(p=> gestorVendedor.Select(x => x.GestorVendedorId).ToArray().Contains(p.SellerId)).ToList() } Você transforma a lista em Array e utiliza o Contains obs: Não sei se a sua ...


1

a lógica do das faturas e do saldo colocaria desta forma. Quando quero N linhas agrupadas no resultado (numa só row e column). , 'FATURA' = ISNULL( (SELECT STUFF((SELECT ', ' + F.[ID] FROM [dbo].[fatura_lines] F WITH (NOLOCK) WHERE F.ID = CC.ID FOR XML PATH('')), 1, 1,'') AS FATURA)...


1

Olá substitui a parte que comentaste por este código...não criei a tabela para validar, mas será algo por aí. Valida e dá feedback. DECLARE MSN_CURSOR CURSOR FOR SELECT * FROM #temp_msn_one; OPEN MSN_CURSOR FETCH NEXT FROM MSN_CURSOR INTO @nickname, @u_id, @apelido_in, @unknown_1, @unknown_2, @unknown_3, @...


5

Basta utilizar o valor que você possui, em segundos, adicionado ao dia 01/01/1970: SELECT DATEADD(SECOND, Column_Name, CAST('1970-01-01 00:00:00' AS DATETIME)) FROM Table_Name WHERE Condição What is the unix time stamp? The unix time stamp is a way to track time as a running total of seconds. This count starts at the Unix Epoch on January 1st, ...


2

cria uma nova aplicação usando sqlserver com uma tabela de teste e EF etc só pra garantir que vc não está esquecendo de alguma referencia. depois compare o web.config. adicione as referencias que vai usar. preserve o nome da conexao. troque somente o banco no video abaixo ele faz o update-database em 13:40 https://www.youtube.com/watch?v=sZEvfQ0D8Mg ...


0

Acredito que isso resolva seu problema SELECT v.* FROM tbVeiculo v WHERE v.id NOT IN (SELECT i.id_veiculo FROM tbImagemVeiculo i INNER JOIN tbTipoImagem t ON i.id = t.id_tipo)


4

Você só precisa a cláusula NOT EXISTS: SELECT * FROM tbVeiculo v WHERE NOT EXISTS(SELECT 1 FROM tbImagemVeiculo iv WHERE iv.VeiculoId = v.VeiculoId) E para verificar por tipo de imagem, faça um CROSS JOIN com a tabela tbTipoImagem: SELECT v.*, ti.* FROM tbVeiculo v CROSS JOIN tbTipoImagem ti WHERE NOT ...


0

Oi, Sem saber as chaves primária e externa fica dificil mas você pode usar um NOT IN algo parecido com isso SELECT veiculos.* from tbVeiculo veiculos where veiculos.id NOT IN (SELECT imagem.id_veiculo from tbImagemVeiculo imagem join tbTipoImagem tipo on imagem.id = tipo.id_tipo )


3

Porque não é possível converter um tipo smalldatetime para int. Imagine dizer ao SQL "converta 01/01/2019 para um número inteiro", como ser isso? Como supostamente ele deveria converter? Dividir 1 por 1 e depois por 2019? Ele não sabe exatamente o que fazer nessa conversão. Para varchar funciona porque é um texto, então é possível armazenar os dados como ...


0

Levi, no SQL Server o tipo de dados TIMESTAMP não guarda data/hora, pois ele é um contador do banco de dados e que é incrementado para cada operação de inserção ou atualização executada em uma tabela. Detalhes em ROWVERSION.


2

Conforme já foi respondido na pergunta mencionada, você pode utilizar o SEQUENCE do Sql Server para obter um código sequencial sem repetição. Você pode criar ele no Sql Server com o seguinte comando: CREATE SEQUENCE dbo.NomeSequence START WITH 1 INCREMENT BY 1 ; Para executar este comando utilizando o EntityFramework Code-First, você precisa ...


2

Levi, como trata-se de um campo int, o MAX vai te atender perfeitamente, pode continuar utilizando dessa forma.


0

Você consegue criar um template XML com o código que você quer automatizar, e importar o snippet através do menu "Ferramentas" - "Gerenciador de trechos de códigos..." Aqui tem um exemplo de template, a consulta vai dentro do CDATA[] disponível no nó "Snippet": <?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?> <CodeSnippets xmlns="https://schemas....


2

A propriedade Timeout se refere a o tempo limite em segundos para criar a ligação com o BD. Porém o nome correto seria Connect Timeout. Você pode consultar a lista de todas propriedades da connectionString para Sql Server aqui


1

Esse valor é em segundos se o seu banco for o sql sever, acredito que mude de acordo com cada banco, uma vez que essa string de conexão é enviada ao DBMS (Data Base Management System), ou seja, ao servidor do banco. Esse parâmetro é responsável pelo tempo limite que a aplicação irá estabelecer a conexão com o servidor DBMS, e não o tempo de execução do ...


1

Utilize ROW_NUMBER: UPDATE x SET x.CODIGOVENDA = x.NOVO_CODIGOVENDA FROM ( SELECT ROW_NUMBER() OVER (ORDER BY CODIGOVENDA) AS NOVO_CODIGOVENDA FROM VENDAS V ) x WHERE x.CODIGOVENDA IS NOT NULL; ROW_NUMBER Retorna o número sequencial de uma linha em uma partição de um conjunto de resultados, iniciando em 1 para a primeira linha de ...


0

Danilo, caso isso não tenha gerado um loop infinito, você deve ter uma outra linha dentro do while somando o @CONTADOR com ele mesmo mais um: SET @CONTADOR = @CONTADOR + 1 Outro ponto importante, é que seu update sempre vai fazer o SET para todos os registros da tabela, você precisa verificar se tem alguma condição ( WHERE ) que pode ser feita, caso ...


1

Boa noite Gabriel. O erro não ocorre por conta dos valores passados incorretamente nos parâmetros pois o segundo exemplo esta certo, mas sim porque esta escrevendo as variáveis como string. Incorreto VALUES ('@DeviceIMEI', '@TimeStamp', '@Value') Correto VALUES (@DeviceIMEI, @TimeStamp, @Value) Segue uma breve correção no código: PROCEDURE [dbo].[...


1

Cara acredito que faltou comparar o codigo dos pacientes na clausula having: SELECT DISTINCT osm_pac, osm_dthr FROM osm WHERE osm_serie BETWEEN 115 AND 119 AND osm_str = 'GLA' GROUP BY osm_pac HAVING MAX (osm_dthr) = osm_dthr


0

Uma forma de fazer o que você quer é usar uma junção da tabela original com o resultado da consulta que você já montou. Algo assim: SELECT a.* FROM blacklist a, (SELECT Telefone, MAX(data_cadastro) data_cadastro FROM blacklist GROUP BY Telefone) b WHERE a.Telefone = b.Telefone AND a.data_cadastro = b.data_cadastro;


1

No seu subselect, vc deve remover o TOTAL, a sua consulta deve ficar assim: DELETE FROM PROGRAMAS WHERE ID_GERAL IN (SELECT ID_GERAL FROM PROGRAMAS WHERE Programa LIKE '%BEM ESTAR%' AND Programa NOT LIKE 'Bem Estar - Gilenya' AND Programa NOT LIKE 'Bem Estar Melanoma' AND Programa NOT LIKE 'Bem Estar - ILARIS' GROUP BY ...


1

Fernando, você pode utilizar o procedimento sp_whoisactive para atividades de monitoramento, inclusive auxiliar na detecção da origem do lock. Sugestão de leitura: Different techniques to identify blocking in SQL Server Understanding and resolving SQL Server blocking problems


4

Se a versão do SQL Server é 2016 (ou mais recente), experimente: -- código #1 SELECT E.ID, rtrim (ltrim (SS.[value])) as Telefone from dbo.tbEmpresa as E cross apply String_Split (E.Telefones, ';') as SS; Entretanto, se for anterior a 2016, eis outra solução: -- código #2 SELECT E.ID, ltrim (rtrim (SS.Item)) as Telefone from dbo....


0

Teste assim: var pool = async function(){ var conn = await new sql.ConnectionPool(config, async function(err){ var request = await new sql.Request(conn); //console.dir(request); return request; }); return conn; } Se funcionar, faz o teste assim (talvez precisa de async/await somente na conexão) var pool = function(){ ...


0

O erro acima se da por conta da forma que estava escrevendo o código com arrowFunction onde o mesmo possui um contexto global, segue abaixo a resolução do problema: //Antes FormulasDAO.prototype.getFormulas = (callback)=>{ this._connection.query('select * from usuario', callback); } //Depois FormulasDAO.prototype.getFormulas = function(...


2

De fato é só um conceito e até onde eu sei não tem nada no SQL Server ou outro banco de dados que defina isso claramente como um mecanismo (em MySQL apenas usando MyISAM existe o termo para outra coisa completamente diferente). Uma tabela estática é aquela que não deveria ser mudada, ela é praticamente read-only. Não quer dizer que nunca possa ser mudada, ...


2

Até um tempo atrás eu enviava vários registros para uma procedure da seguinte forma: convertendo o resultado do select para XML, a procedure esperava como parâmetro um VARCHAR(7999) e era utilizado o OPENXML para ler o XML e inserir os registros em uma tabela temporária. Só que eu descobri uma forma mais elegante de fazer isso: usando Table-Valued Parameters ...


1

O ExecuteScalar pega somente a primeira coluna da primeira linha. Para listar os registros, use o ExecuteReader(). Por exemplo: SqlDataReader reader = command.ExecuteReader(); while (reader.Read()) { string valor = reader["Value"].ToString(); DateTime data = Convert.ToDateTime(reader["TimeStamp"]); // fazer o que quiser com os valores }


3

Como o erro já diz (em tradução livre): Erro no INSERT: Existem mais colunas na instrução INSERT do que valores especificados na cláusula VALUES Nos campos do seu INSERT você informa 24 campos mas nos VALUES você tem dois SELECT. Isso causa o segundo erro mostrado na imagem: Only one expression can be specified in the select list when the subquery is ...


0

O problema é exatamente o que o erro descreve, você está tentando inserir 6 valores (IDCRMRAT, CODCOLIGADA, STATUS, TIPO, IDCRMCLIENTE e IDCRMCOLABORADOR) mas na parte dos valores apenas selecionou 3 valores (max(IDCRMRAT) + 1), CODCOLIGADA e Status. Você precisa dizer os outros valores, por ordem, para conseguir inserir os valores.


1

O que você esqueceu foi declarar a variável,o próprio console mostrou isso: Msg 1087, Nível 16, Estado 1, Procedimento spConsulta, Linha 6 [Linha de Início do Lote 0] É necessário declarar a variável de tabela "@NameTable". Msg 1087, Nível 16, Estado 1, Procedimento spConsulta, Linha 7 [Linha de Início do Lote 0] É necessário declarar a variável de tabela "@...


0

Para que consiga realizar a leitura do Cursor sem necessariamente ter que passar linha a linha, basta utilizar o comando FETCH ABSOLUTE ao invés de FETCH NEXT,e logo em seguida o número da linha desejada, por exemplo, para acessar a linha 10: FETCH ABSOLUTE 10 FROM CURSOR1 É importante ressaltar que para usar qualquer argumento diferente de NEXT é ...


0

Olá, quando você diz apenas 1 item desse, você quer dizer o primeiro resultado da tabela E120DLS? Se sim, você pode ao invés de utilizar um LEFT JOIN, fazer um subselect para o campo. EX: SELECT ped.codfil, i.seqipd, i.codpro, p.codref, i.qtdped, i.unimed, i.usu_pesbar, ...


1

Consulte @@rowcount para saber se retornou alguma linha na execução de SELECT. -- código #1 SELECT Value from AVL_AnalogInput1 where TimeStamp = (select max(TimeStamp) from AVL_AnalogInput1); IF @@rowcount = 0 PRINT 'nada a declarar'; Detalhes em @@rowcount.


As 50 principais respostas recentes são incluídas