Novas respostas marcadas com a tag

1

Para transformar um valor em porcentagem, você precisa dividir esse valor pela soma de todos os valores. Vejamos um exemplo: select userInteration, country from usersInfo Resultado: userInteration country 25 Brasil 25 Brasil 20 EUA 10 China 10 China 10 China select uit, country, concat(cast(((uit / y.valor_total) * 100) as char(2)),'%') as ...


0

O objetivo é trazer os contatos de cada participante, que hoje estão na tabela contato, para essa nova tabela da consulta. Essa consulta pode ser realizada de várias formas, vou demonstrar duas formas, sendo a primeira seguindo o estilo da sua consulta original e a segunda utilizando o comando CASE. 1ª Forma - Estilo da Consulta Original - Usando ...


0

Execute a consulta da seguinte forma: select `u`.*, `p`.*, `o`.* from `pack` as `p` inner join `order` as `o` on `p`.`id` = `o`.`id_pack` inner join `user` as `u` on `p`.`id_user` = `u`.`id` WHERE `p`.`id_user` = 1


1

Sobre a View Preciso puxar a quantidade de partidas jogadas, quantidade de gols marcados, criar uma média de gol por partida (média de gols = Quantidade de partidas / Quantidade de gols) tudo em uma View De acordo com sua estrutura do banco de dados, acredito que a view seguinte retorne o que você precisa: create view partidas_gols as Select (select ...


0

Uma forma de fazer isso, talvez não seja a mais eficiente, mas que atenderia a demanda, seria.. Antes de mais nada, tenha backup de tudo! adicionar uma função no arquivo functions.php do seu tema, que será disparada assim q o primeiro acesso ao site for realizado, restringindo ao usuário admin (pelo menos). É possível adicionar outras verificações para ...


0

Arthur, acho que você pode sim utilizar o not exists. Segue sugestão para testes: select contrato.IdContrato as ID, parcela.ValorParcela as Parcela left join parcelas on parcelas.IdContrato = contrato.IdContrato where contrato.IdContrato = 666666 and not exists ( select 1 from parcelas as s where s.IdContrato = ...


-1

Amigo, boa tarde ! Esses combos são preenchidos(selecionados pelo usuário certo ? ) Já pensou em antes de realizar a consulta verificar se algum combobox foi preenchido? Se ele tiver algum valor ai sim vc adiciona ele na sua query. //verificar se o combo está preenchido. var value = select.options[select.selectedIndex].value; if ( value != null || value != &...


0

Você pode usar AND para satisfazer todas as condições. Ficaria: where contrato.IdContrato = 666666 and parcela.ValorParcela != null


3

Pode fazer isso usando um CASE WHEN dentro do SUM, retornando "extrato_valor" quando "extrato_tipo" for igual a 'e' e "extrato_valor * -1" caso contrário, o que vai fazer somar e subtrair: SELECT SUM(CASE WHEN extrato_tipo = 'e' THEN extrato_valor ELSE (extrato_valor * -1) END) FROM nome-da-tabela; Pode ver a ...


-3

Basicamente, você passa para o while o resultado da busca que fez ao banco, que está armazenado na variável $result, e depois as separa em variáveis específicas: while ( $arr = mysql_fetch_assoc($result) ) { $nome = $arr['nome']; $fornecedor = $arr['fornecedor']; $conferente = $arr['conferente']; $date = $arr['date'...


0

Pedro, está faltando vc passar o conector na função mysqli_query($conn, $sql) Deixe desta forma que vai funcionar: $sql = mysqli_query($conexao, "INSERT INTO usuarios(Usuario, Senha) VALUES ('ADMIN','SENHA')");


0

Problema resolvido depois que mudei o código para a seguinte forma/sintaxe: def funcao_1(): # função/método responsável por buscar código correspondente no banco de dados e retornar dados na tela cursor = mydb.cursor() codigo = pdv.inserir_codigo.text() pdv.inserir_codigo.clear() if '*' in codigo: entrada = codigo.strip().split('*')...


0

Olá! Tente assim: SELECT Id, Name, CreateDate FROM Clientes WHERE CreateDate >= DATE_ADD(SYSDATE(), INTERVAL -1 MONTH)


0

Experimente remover a segunda tabela no seu "FROM". Deixe apenas "FROM tbl_cupom_gerado" e tente executar o código.


0

Consegui resolver o problema. A classe PDO não estava sendo localizada, para usa namespace preciso inserir uma barra ao contrario antes de definir PDO. Ex: $dados->fetch(\PDO::FETCH_OBJ);


0

Lendo no documento enviado pelo Augusto Vasques, verifiquei o que estava configurado na global sql_mode da VPS, e percebi que no meu local haviam duas flags diferentes que estavam aparentemente fazendo esta verificação. https://dev.mysql.com/doc/refman/8.0/en/sql-mode.html MariaDB [(none)]> SELECT @@GLOBAL.sql_mode; +---------------------------------------...


-2

Coloca a função <a> entre ele. Resolveu meu problema <a><button></button></a>


-1

Faça um novo select utilizando a função MIN() do mysql. Cria um parâmetro novo e executa assim: sqlPrecoMinimo = "SELECT MIN(preco) FROM produtos"; E coloca ele no lugar do 15, exemplo: cmd.Parameters.AddWithValue("**@estoque", sqlPrecoMinimo**);


-3

Um modo prático, mas não tão bonito seria: $string = "d'agua" $resultado = str_replace("'","\'",$string);


-2

Eu sugiro que você use o number_format, veja a documentação aqui $preco = number_format ($row->preco, 2, ',' ,'.'); Aqui, se você passa 10000, ele retorna 10.000,00. Eu no seu lugar, faria duas funções auxiliares, uma que já faz o que você faz e outra com o código acima para o retorno


0

Outra opição, se estiver usando mysql versão 8+, é usar o ROW_NUMBER() OVER, para gerar um número de "ordem" para cada historico, baseado no id_protocolo: WITH UltimoHistorico AS ( SELECT h.*, ROW_NUMBER() OVER (PARTITION BY id_protocolo ORDER BY id_historico DESC) AS id_ordem FROM historico AS h ) SELECT * FROM UltimoHistorico WHERE id_ordem = ...


0

Você pode fazer uma subconsulta pra carregar primeiro os id_historico que serão exibidos; com isso, poderá carregar no select os dados (id_local e id_situacao) daquele item específico, restrigindo isso no where: SELECT id_historico, id_local, id_situacao, id_protocolo FROM historico WHERE id_historicoIN (SELECT MAX(id_historico) FROM historico GROUP BY ...


-1

São variáiveis superglobais do PHP, em que está disponível em todos os Escopos do script $_SESSION é uma array que armazena todas as informações da sessão do usuário, dura por padrão 14 minutos todas as informações na variável. $_POST é uma array que armazena todos os parâmetros do tipo POST da requisição. $_GET é uma array que armazena todos os parâmetros ...


0

2 opçoes: INNER JOIN LEFT OUTER JOIN Com INNER JOIN SELECT campo_tabela1,campo_tabela2 FROM TABELA_1 INNER JOIN TABELA_2 ON idx_tabela2 = idx_tabela1 Neste caso vc vai ter resultados SO no caso onde o INNER JOIN esta OK. Ao seja, se tem na TABELA_1, um registro que não tem idx_tabela2 = idx_tabela1, ele não vai aparecer. Então caso de uma tabela de ...


1

Como sugerido no comentário pelo @Sorack, é preciso gerar uma sequencia de datas e fazer o LEFT JOIN (ou RIGHT JOIN dependendo do lado que estão as datas geradas) com tabela de vendas. Eu uso um exemplo baseado nesse link: https://www.shayanderson.com/mysql/generating-a-series-of-dates-in-mysql.htm Aqui para referência: SELECT DATE(cal.date) FROM ( ...


1

Para alcançar o resultado desejado é necessário colocar as suas consultas em ordem e de maneira que sejam executadas após o callback da query, de forma que é necessário apenas reorganizar o seu código Segue um exemplo de como pode ser feito: module.exports = { async listarAnual(req, res, next) { const ano = req.body.ano; const ...


2

Minha dúvida é se devo diretamente inserir os no HTML (exemplo: Solteiro(a) e etc). Ou, se devo criar uma tabela no banco de dados chamada estado_civil, e inserir nela dados como id = 1, descricao = "Solteiro(a)", capturando estas informações e criando os dinamicamente através de um loop com o PHP. A resposta mais correta, parece ser: Depende, ...


1

Não conhecendo exatamente os campos de cada tabela eu tenho dificuldade de lhe ajudar mais. Contudo, deixo abaixo uma explicação das funções que em minha visão podem te ajudar a solucionar as questões. Questão 1 Mostrar o valor total das mensalidades pagas por alunos por curso (só para alunos que tenham se matriculado em alguma disciplina). Resposta Nesta ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas