Novas respostas marcadas com a tag

0

Você pode guardar o objeto ou array() dentro da $_SESSION assim: $_SESSION['jogo'][$id] = $row; echo '<link href="home/vendor/bootstrap/css/bootstrap.min.php" rel="stylesheet">'; echo '<link href="style.php" rel="stylesheet">'; $stmt = $conn->query('SELECT * FROM JOGO'); foreach ($stmt as $row){ ...


0

Olá, esta consulta resolve o seu problema: SELECT fd.id, fd.nome, fd.cpf, fd.cursos FROM funcionariosdoc AS fd WHERE fd.cursos LIKE '%NR-35%' AND NOT EXISTS (SELECT 1 FROM funcionarioscursospdf AS fc WHERE fd.id = fc.id_func AND fc.pdf LIKE '%NR-35%') Explicando: alterei a sua condição fc.pdf NOT ...


0

Bom dia Uma forma de eliminar varredura em uma tabela seria reaproveitar o dado para ambas as situações. Neste caso, é possível a aplicação. SELECT SUM(CASE WHEN l.created_at >= DATE(CURRENT_DATE) - interval '30 days' THEN 1 ELSE 0 END) AS last_login_x1, SUM(CASE WHEN l.created_at < DATE(CURRENT_DATE) - interval '30 days' THEN 1 ELSE 0 END) ...


1

O Joel me lembrou que existia mais uma query sendo rodada junto com o código acima, que é uma trigger Befor Update: UPDATE cadastro_mp SET estoque_atual = old.movimentacao_almox.quantidade + new.movimentacao_almox.quantidade WHERE cadastro_mp.cod_promob = movimentacao_almox.cod_promob AND cadastro_mp.almoxarifado = movimentacao_almox.almoxarifado; eu ...


0

Pode tentar criar duas variáveis e utilizar as variáveis ao invés da data propriamente dita Vide imagem abaixo


2

De acordo com a documentação do MySQL, pode ser usado o Full-text search. https://dev.mysql.com/doc/refman/8.0/en/fulltext-search.html Há várias formas de se usar, como por exemplo, pegando-se primeiro e último nome: SELECT * FROM usuarios WHERE MATCH (nome) AGAINST ('+João +Silva' IN BOOLEAN MODE);


1

Faz o replace dos espaços por % no termo de pesquisa antes que o utilizar na query. Assim apanhará nomes que existam pelo meio. select * from usuarios where nome like '%João%da%Silva%'; Adimitindo o seu exemplo com o nome da base de dados registado como "João Ferreira da Silva", este caso server para termos de pesquisa como: João da Silva João F da Silva ...


0

Wordpress não é tão esperto para saber que a url dele é diferente da url do request. Assim você deve usar ambas na mesma porta. Se para teu wordpress a porta do apache é a 80, no container exponha a porta 80 também e use-a.


0

Parece-me estás a definir o valor do ID_Candidato incorretamente. Em vez de {1} não deverias ter algo do tipo {id_candidato}? Tipo assim: id_candidato = <ID do candidato aqui> cursorUrl.execute(f'insert into tweets (ID_Candidato, Conteudo_Tweet) values ({id_candidato}, "{tweet}")')


1

Como é possível verificar pela mensagem de erro, mais especificamente em near 'Pessoal, recebi, o problema não é nos caracteres citados, mas sim nas aspas do texto. Neste link há um exemplo melhor de como fazer este tipo de insert: https://stackoverflow.com/a/12902951/1256062 sql = "insert into tweets (ID_Candidato, Conteudo_Tweet) values (%s, %s)" ...


1

Se eu entendi corretamente, você vai subir no docker 2 containers, um com o banco e outro com sua API utilizando o NodeJS + Express. Você pode fazer o vínculo de ambos utilizando o docker-compose. Aqui tem um exemplo de arquivo docker-compose.yml version: "3.4" volumes: data_sistema: services: db_sistema: image: mysql:5.6 ports: - "3306:...


0

Estou tentando fazer um condição que impeça de salvar o mesmo nome de login de outro usuário já registrado. Sua pergunta não tem relação com o problema em si, porque sua solução é problemática e não resolve o que quer. Mesmo que sua ideia funcionasse, ele ainda apresenta um problema de race-condition. A solução para o seu caso é utilizar o UNIQUE, ...


-1

$this->db->where('idUser',$this->session->userdata('id'));


-1

Só uma pergunta é o framework codeigniter que esta usar, se estiver acho que ai na sua condição: $this->db->where('idUser', $this->session->userdata('id')); No codeigniter ou usa o( = ) ou ( , ) quando quiser usar a função de igualmente entre dois valores.


0

Resolvi fazendo uma consulta fazendo um where no login $stmt = $DB_con->prepare("SELECT * FROM usuario WHERE login='$login'"); $stmt->execute(); if($stmt->rowCount() > 0) { $errMSG = "Por favor Insira um login diferente"; }


0

Ao referenciar uma foreign key você deve possuir antecipadamente o id do registro que fará a relação. Em sua modelagem as duas tabelas possuem foreign key uma para a outra. Dessa forma uma impede a outra de inserir, pois precisa ter o id da outra. Não é necessário usar foreign key nas duas tabelas. É preciso referenciar apenas uma delas. Bom, então qual ...


1

Presumindo que seu campo final_vigencia sejam do tipo DATE faça: SELECT codigo, MAX(final_vigencia) FROM sua_tabela GROUP BY codigo;


0

Tenta assim: SELECT distinct movimentacao.ID, movimentacao.DATA, movimentacao.COD, CADASTRO_MP.DESCRICAO, CADASTRO_MP.GRUPO, CADASTRO_MP.SUBGRUPO, movimentacao.QUANTIDADE, cadastro_mp.UNIDADE, movimentacao.ENTRADA_SAIDA, movimentacao.ALMOXARIFADO, CADASTRO_MP.ULTIMO_PRECO, CADASTRO_MP.ULTIMO_PRECO * movimentacao.QUANTIDADE FROM movimentacao left JOIN ...


1

Experimente desta forma, e veja se funcionou: INSERT INTO pacientes_backup_novo(foto) SELECT p.foto FROM pacientes p, pacientes_backup pk WHERE p.nome = pk.nome; Porém antes de o fazer, certifique-se de que o banco esteja vazio, já que se trata de uma inserção e não um update. E verifique se os demais campos aceitam nulo, pois caso contrário, você ...


0

Funcionando aqui, simples e prático. UPDATE pacientes_backup SET pacientes_backup.foto =(SELECT pacientes.foto FROM pacientes WHERE pacientes.nome = pacientes_backup.nome)


0

Porta que vc vai usar para sua aplicação acessar -> 3307:3306 <- porta que o container abriu internamente, utilize a porta 3307 na conexão da sua aplicação. const connection = mysql.createConnection({ host: 'localhost', port: 3307, user: 'root', password: 'password', }); Ou: const connection = mysql.createConnection({ host: 'mysql-docker', ...


3

Você precisa ficar muito atento ao campo que utilizará como chave, pois pode acabar atualizando todas as linhas da tabela backup e, aparentemente, não é o que quer. Utilizei tabelas temporárias para ilustrar a solução: DECLARE @pacientes TABLE (Nome VARCHAR(20), Foto VARCHAR(10)) DECLARE @pacientes_backup TABLE (Nome VARCHAR(20), Foto VARCHAR(10)) INSERT ...


2

Retorne a substring antes da primeira ocorrência do delimitador "-": SELECT SUBSTRING_INDEX('foo-bar-bar', '-', 1) as result; Outputs result = "foo"


0

O salt deve ser único para cada senha, fazer $salt = 'Cf1f11ePArKlBJomM0F6aJ'; é um tanto inutil, isto deixaria de ser um salt e passaria a ser um pepper. Então, respondendo a primeira pergunta: É mais adequado armazenar no BD o salt ? Sim. Não é só mais adequado... Isto é a própria definição de salt, já que ele requer que seja único por senha, isso ...


0

Depois de uma pausa para respirar e pensar um pouco, resolvi o problema modificando a função select desta forma: public function selectDB($sql,$params=null,$class=null){ $q = $this->connect(); $stmt = $q->prepare($sql); $stmt->execute(); $res = array(); if (isset($class)) { foreach($stmt as $row) ...


0

Uma das possibilidades é: SELECT empreendimentos.id, emprendimentos.nome FROM empreendimentos WHERE EXISTS (SELECT 1 FROM imoveis WHERE imoveis.id_empreendimento = empreendimentos.id AND imoveis.dormitorios = 3);


1

Utilize o LEFT OUTER JOIN para trazer os dados, mesmo quando um deles estiver NULL: SELECT cidade.nome, ppref.nome as Prefeito, pvice.nome AS Vice FROM cidade LEFT OUTER JOIN pessoa ppref ON cidade.idPrefeito = ppref.id LEFT OUTER JOIN pessoa pvice ON cidade.idVice = pvice.id;


0

Tente agrupar antes de ordenar, por exemplo: MODEL $this->db->select(); $this->db->group_by(); $this->db->order_by(); $this->db->get();


1

Você provavelmente especificou o MAX_FILE_SIZE no formulário HTML, e o arquivo PDF excede este tamanho, como é dito na documentação: https://www.php.net/manual/en/features.file-upload.errors.php UPLOAD_ERR_FORM_SIZE Value: 2; The uploaded file exceeds the MAX_FILE_SIZE directive that was specified in the HTML form. O error => 2 é representado ...


0

Eu arrumei a solução galera, você modifica o banco de dados e coloca public acess, funcionou, não sei se é a melhor forma , mas funcionou.


0

Solução: Quando se esta na cláusula Join na API do Criteria, só é possível selecionar a chave primária da sua entidade, tornando as outras propriedades inacessíveis.


-1

Tenta trocar: $resultado->bindValue(":email", $email); $resultado->bindValue(":senha", $senha); por: $resultado->bindValue(":email", $Cliente->email); $resultado->bindValue(":senha", $Cliente->senha);


0

O que você precisa fazer é transformar os campos em arrays. Por exemplo, ao invés de: <input type="text" name="nome_item"> Alterar para <input type="text" name="nome_item[]"> Desta forma, você poderá criar quantos formulários quiser. Ao fazer o post, você faz um loop pelos elementos do array e grava em registros separados. $nome_item = $...


2

Basta fazer o join duas vezes, uma ligando idPrefeito e outra idVice, usando alias diferentes para cada uma: SELECT cidade.nome, ppref.nome as Prefeito, pvice.nome AS Vice FROM cidade JOIN pessoa ppref ON cidade.idPrefeito = ppref.id JOIN pessoa pvice ON cidade.idVice = pvice.id; Veja aqui um exemplo funcionando: http://sqlfiddle.com/


-1

Não se utiliza por aspas (pelo menos no MySql) no nome da tabela. Remova as aspas que funcionará. CREATE TABLE NOME_TABELA e não 'NOME_TABELA' CREATE TABLE $new_room (id int(255) NOT NULL, de varchar(255) NOT NULL, para varchar(255) NOT NULL,msg varchar(400) NOT NULL,hr varchar(20) NOT NULL)


0

consegui resolver o problema da seguinte maneira IF (SELECT COUNT(COLUMN_NAME) AS resultado FROM INFORMATION_SCHEMA.COLUMNS WHERE TABLE_NAME = 'procedimentos_planos_tratamentos' AND COLUMN_NAME = 'tipo') THEN BEGIN ALTER TABLE procedimentos_planos_tratamentos ADD COLUMN tipo VARCHAR(1); END; END IF;


0

Você misturou no seu código 2 API's diferentes do PHP para consulta ao MySQL. Iniciou seu código conectando (new PDO()) via PDO, e na hora de executar a query (mysql_query), utilizou o mysql (que inclusive foi removido para a versão 7 do PHP, que é o possível motivo do erro que você mencionou). Para executar a query, já que você iniciou a conexão via PDO, ...


1

Assumindo que nenhuma proposta pode ser repetida para cada leilão, é possível fazer a seguinte query SELECT c1.* FROM comentario c1 INNER JOIN (SELECT ci.id_user, MAX(ci.proposta) AS maiorproposta FROM comentario ci GROUP BY ci.id_post) c2 ON (c1.proposta = c2.maiorproposta); Para isso, assumi que é usado MySQL 5 com a seguinte estrutura ...


0

Acabou que nem precisei da sub-query, pois acontece o seguinte no Sphinx: Eu tenho um arquivo de configuração no qual eu coloco o SELECT em que ele irá fazer no banco para indexar os registros, nesse arquivo eu consigo usar o INNER JOIN, pois ele segue a linguagem SQL do banco em que ele irá fazer o índice. Depois do índice feito, ele tem uma linguagem ...


0

Toda a solução foi relatada nos comentários: Pessoa.java @AllArgsConstructor @NoArgsConstructor @Data @Entity @Inheritance(strategy = InheritanceType.JOINED) @Table(name="pessoa") public abstract class Pessoa implements Serializable { private static final long serialVersionUID = 1L; @Id @GeneratedValue(strategy=GenerationType.IDENTITY) @...


0

O MySQL está considerando ambos ID_PRO e Id_Pro no teu where como Id_Pro que é passado como entrada da sua procedure. Neste caso, se fosse desativado o Safe Update, todos os registros seriam atualizados, caso encontrada alguma coluna com nome válido. O mesmo pode acontecer quando a sua procedure for utilizada fora do MySQL Workbench. Como há diferenças de "...


1

Pra fazer o JOIN precisaria de haver um relacionamento com chave estrangeira entre as tabelas. Por exemplo, seria inserir em qual projeto o orientador esta: ALTER TABLE orientador ADD COLUMN projeto_id INTEGER; ALTER TALBE orientador ADD CONSTRAINT fk_projeto_orientador FOREIGN KEY (projeto_id) REFERENCES projeto(id); Ai o SQL de JOIN poderia ser usado: ...


0

Você precisa preencher o ComboBox com os dados das especialidades: Supondo que sua classe seja algo assim: public class Especialidade { public int Id {get;set;} public string Nome {get;set;} } Você deve obter uma lista de especialidades do banco de dados e atribui-la ao combobox: List<Especialidade> lista = //...Select do banco.... ...


0

Nâo precisa muito para perceber que o código que escreveu não faz sentido para aquilo que deseja fazer. UPDATE picture pc INNER JOIN cars AS c ON c.image = pc.ImName SET pc.ImName = c.image; Utilizou o UPDATE sendo que deseja inserir novos registros; fez um JOIN em tabelas não relacionadas (ou pelo menos você não comentou que existe uma chave ...


0

UNION combina o resultado de execução das duas queries. $result = "SELECT DATE_FORMAT(data,'%m/%Y') as data, COUNT(quantidade) as qnt, SUM(quantidade) as soma FROM usuarios GROUP BY MONTH(data), YEAR(data) ORDER BY YEAR(data), MONTH(data) UNION SELECT DATE_FORMAT(data_saida,'%m/%Y') as ...


1

Existem diversas formas de se resolver isso, uma delas é utilizando a função SUBDATE() Ela serve para decrementar qualquer tipo de informação de um campo DATETIME. Exemplo: UPDATE sua_tabela SET hora = SUBDATE(hora, INTERVAL 1 HOUR); Segue um exemplo no SQLFiddle.


-1

Crie uma View semelhante a esta: create view Mostrar_Professor as select ID_PROF as CÓDIGO, NOM_PROF as NOME, IDADE, GENERO, EMAIL, tabespe.NOM_ESP as ESPECIALIDADE from tabelaprofessor tabprof join TabelaEspecialidade tabespe on tabprof.ID_ESP = tabespe.ID_ESP Crie um Procedimento semelhante a este: DELIMITER $$ CREATE PROCEDURE Mostrar_Professor() ...


0

Consegui gerar os controladores e views, mas tive que resolver muitos problemas além dos que postei aqui. Vou deixar listado os problemas com a solução que encontrei. Object reference not set to an instance of the object Além de atualizar a versão do MySQL for Visual Studio, também colocar temporariamente os modelos no mesmo projeto da interface apenas ...


1

Resolvido! Encontrei a solução inserindo JOIN ... ON, segue a solução abaixo: UPDATE calls_cstm cc JOIN ( SELECT lp.reference_id , count(lp.name) AS sum_attr FROM insof_lista_presenca lp , calls c where lp.deleted = 0 and lp.reference_id = c.id and c.deleted = 0 and c.status = 'Planned' ...


1

Não tem segredo nenhum - a linguagem SQL foi feita para parecer inglês e só seguindo a lógica do seu "where" fica fácil entender que não vai ter nenhum registro para o qual o "a.subprojeto" seja NULL e que tenha um equivalente "NULL" em q.código. Esta query deve funcionar: select a.codigo, q.nome as nomesubprojeto, a.subprojeto from comprovante a, ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas