Novas respostas marcadas com a tag

0

Pessoal valeu aí pela ajuda. Após alguns testes e alterações na sintaxe, resolvi da seguinte forma: SELECT p.PadraoId, p.Tag, p.Nome, c.CertificadoId, c.PadraoIdFk, c.Laboratorio, c.DataCalibracao, v.VerificacaoId, v.PadraoIdFk, v.Status FROM Verificacoes v INNER JOIN (Certificados c INNER JOIN Padroes p ON c.PadraoIdFk = p.PadraoId) ON v....


-1

tente usar um CONVERT(DATE, GETDATE()) DATA ou CAST(GETDATE() as DATE) DATA


0

O que pode estar ocorrendo é que a a variável "user" tem o conteúdo retornado por " await User.find(email);" const user = await User.find(email); Se o usuário não for localizado, o "user" não vai o método update. Isso justifica o erro. Uma forma de evitar a mensagem de erro seria verificar se "user" tem conteúdo ...


1

se entendi a pergunta tente usar o "select distinct c.Empresa, p.Nome, c.data,c.NumeroOC, c.fornecedor, pe.nome from evita repetições.


4

Você precisa usar um alias no segundo nome para poder retorná-lo: SELECT DISTINCT andamento_processual.licenciamento_cod, andamento_processual.inter_simplificada_cod, andamento_processual.inter_pretendida_cod, andamento_processual.processo_numero, andamento_processual.processo_situacao, licenciamento....


-2

De fato, o tamanho máximo do varchar era 255. Como podemos notar, 255 seria exatamente o tamanho de 1Byte, ou 8 bits, que era o tamanho máximo do endereçamento. O número 255 em binário é 11111111, ou seja, todos os bites "setados" em "UP". Hoje em dia, nos SGBDs mais modernos, já é possível aumentar esse armazenamento.


0

No fim cheguei a seguinte solução, partindo da sugestão dos comentários acima e buscando por solução de pivot tables: SELECT user, max(case when periodo = '92020' then percentual else null end) as mes_9, max(case when periodo = '82020' then percentual else null end) as mes_8 FROM a4 group by 1


2

Se consegui entender o que deseja talvez: select c.empresa, p.nome, SUM(CASE WHEN OrdemAut = 'N' THEN 1 ELSE 0 END) as 'Com cotação', SUM(CASE WHEN OrdemAut = 'S' THEN 1 ELSE 0 END) as 'Sem cotação' from compras c inner join pessoas p on (c.empresa = p.codigo) where c.data between '01/01/2020' and '29/09/2020' group by c.Empresa, c.nome possa atende-lo.


0

Você pode usar uma CTE para selecionar apenas as ultimas manutenções e então utilizar no JOIN, acaba ficando mais semântico. Exemplo (lembre-se de adequar às tabelas existentes): Aqui um sqlfiddle: with ultima_manutencao as ( select max(m.data_manutencao) data_ultima_manut , m.equip_id from manut m group by m.equip_id ) select *...


-1

A principal falha é não identificar de onde vem as variaveis na cláusula ON. Aqui identifico as tabelas por uma letra e vinculo as variáveis a respectiva tabela. Também alterei de INNER para LEFT JOIN pois toda manutenção deveestar vinculada a um equipamento. Mas caso queira manter manutenções sem equipamentos vinculados sua consulta não está errada. SELECT ...


3

Para iterar sobre um resultado de um SELECT utilize um CURSOR. Aplicado no seu exemplo ficaria assim: CREATE PROCEDURE curdemo() BEGIN DECLARE done INT DEFAULT FALSE; DECLARE id INT; DECLARE nome CHAR(16); DECLARE cur CURSOR FOR SELECT id, nome FROM usuario; DECLARE CONTINUE HANDLER FOR NOT FOUND SET done = TRUE; OPEN cur; read_loop: LOOP ...


-2

Engane o Oracle. Você pode pegar de mil em mil e juntar os vários INs com ORs, já que o Oracle não deixa pegar mais de mil, const int qtde = 1000; var sql = "SELECT l.LOGM_CD_USUA_OPERACAO, " + " l.LOGM_IN_OPERACAO, " + " l.LOGM_DT_OPERACAO, " + " l.LOGM_TX_DADO_INICIAL, " + " ...


0

Resolvi o problema botando parenteses ao redor do primeiro join (de acordo com essa resposta https://stackoverflow.com/questions/35305904/paradox-db-sql-multiple-joins) a consulta final ficou sendo string command = $@"select TF.*, {FUNCAUXatr}, TFE.bdCONJUGEBRASIL from (TFUNCION as TF inner join TFUNCAUX as TA ...


1

Segue abaixo uma proposta de consulta. A estratégia na escrita de uma CTE recursiva é começar de um conjunto inicial de elementos e, na etapa recursiva, fazer a junção desse conjunto inicial com o conjunto de elementos que você deseja obter recursivamente. Ou seja, neste caso específico, o conjunto inicial é o conjunto de empresas que estão no mesmo grupo ...


-2

Sua tabela funcionario não está normalizada, porque o campo nome pode repetir de valor para diferentes empresas, para o mesmo funcionário, nome | empresa Mário da Silva Sauro | Toaldo Túlio Ltda. Mário da Silva Sauro | João Falarz Ltda. ^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^ desnormalização Você pode fazer exatamente o que você fez no LINQ: agrupar por nome ...


0

Você precisa passar o tipo da coluna também, exemplo, supondo que seja varchar: ALTER TABLE tbl_livros ALTER COLUMN id_autor VARCHAR (20) NULL;


0

Não sei se resolvi da melhor forma, mas para os casos que testei, funcionou utilizando a seguinte consulta: with chamadotroca as ( select a.No_do_chamado as chamado, a.Data_conclusao_chamado as encerramento, a.funcionario_concluiu as funcionario, ...


0

Consegui arrumar aqui with subquery as ( select * from mytableteste INNER JOIN ( SELECT ROW_NUMBER() OVER (ORDER BY numg_iddoobjeto) AS rn, numg_iddoobjeto as numg_iddoobjetoC from mytableteste ) AS PKrows ON mytableteste.numg_iddoobjeto = PKrows.numg_iddoobjetoC -- repeat the following JOIN for each column you want to randomize INNER JOIN ( SELECT ...


0

Olá, Você também pode trazer direto do banco de dados, utilizando a função row_number(): select -- o 'order by' abaixo deve ser o mesmo ... -> row_number() over (order by ranking) sequencia , * from doadores --> deste 'order by' order by ranking limit 5 offset 0 Um exemplo: sqlfiddle


0

Você pode fazer usando uma nova query, onde o resultado dela será apenas a média dos salários. SELECT AVG(Salario) FROM Empregado No query principal ficaria, de forma reduzida SELECT * FROM Empregado e WHERE e.Salario < (SELECT AVG(Salario) FROM Empregado)


0

Meu amigo chefancasb, muito grato!! Deu certinho e consegui chegar na informação que precisava. O comando final ficou assim: SELECT MAX(Código) as ID, ChaveControle FROM BancoCliente WHERE RIGHT(ChaveControle,1)<>"D" GROUP BY ChaveControle HAVING COUNT(*) > 1 Agora o que preciso é pegar esse resultado e realizar um UPDATE modificando o ...


0

Você esqueceu de usar o decorator @csrf_protect Documentação do django @csrf_protect def add_user(request): template_name = 'accounts/add_user.html' context = {} if request.method == 'POST': form = UserForm(request.POST) if form.is_valid(): f = form.save(commit=False) f.set_password(f.password) f.save() messages....


1

O texto da sua query não possui a coluna id, apenas a nome. Todos os campos que você pretende obter devem estar no SELECT: ... String sql = "select id, nome from contatos where id = " + id; ... Um outro ponto é o que o hkotsubo comentou. Utilize o campo como parâmetro ao invés de concatenar na query: ... stmt.setInt(1, id); ResultSet rs = stmt....


1

De certo é possível fazer uma busca em Bancos de dados diferentes ao mesmo tempo. para acessar bancos de dados diferentes basta passar dentro do select o database, a table e os campos que deseja pegar. SELECT banco_01.vendas.* FROM banco_01.vendas; Mas como são tabelas diferentes, apenas o select não seria o suficiente para listar as informações corretamente....


0

1 - Inverta a variável e seu formato assim 2 - A referencia externa precisa definir ao que ela se conecta na tabela e não pode ser criada a uma tabela que ainda não foi criada. terá que defini-la depois de criar a segunda tabela. CREATE DATABASE estoque; USE estoque; CREATE TABLE produtos( codP INT, nomeP CHAR (20), precoP FLOAT, PRIMARY KEY (codP) )...


-1

Assumindo que a tabela tem, para alem dos campos que indica, um campo que identifica univocamente cada entrada, que par exemplo chamamos ID. Com a expressão em baixo, obtemos apenas um resultado por cada ChaveControle duplicada. SELECT * FROM BancoCliente WHERE (ID, ChaveControle) IN ( SELECT MAX(ID), ChaveControle FROM BancoCliente GROUP BY ...


0

Re-formatando a expressão de SQL: SELECT C.NRO_CONTA, C.NOME, C.SALDO , ROUND(SUM(FA.COTAS * FA.VALOR_COTA),2) AS SALDO_APLIC FROM CONTA C JOIN ( SELECT FA.NRO_CONTA, FA.COD_FUNDO, FA.NRO_COTAS AS COTAS, DC.VALOR_COTA AS VALOR_COTA FROM FUNDOS_APLIC FA JOIN ( SELECT COD_FUNDO, MAX(DATA_COTA) ...


0

Solucao: Coloque o seguinte no seu application.properties: spring.datasource.initialization-mode=always Renomear o arquivo import.sql para data.sql Certifique que o arquivo data.sql está localizado em src/main/resources Coloque @Column em cima das variáveis/colunas nome e quantidadeDeAcompanhante Se vc possuir um script de criacao das tabelas, o script ...


1

Eu trocaria o tipo_lancamento por um tipo int para ganhar mais performance e ser mais preciso. Faltou colocar o nome da tabela em outra parte também mas o resto eu faria assim: em Firebird: Select ( (SELECT SUM(valor) from lancamentos WHERE tipo_lancamento = 'receita') - (SELECT SUM(valor) from lancamentos WHERE tipo_lancamento = 'despesa') )from rdb$...


-1

Você está testando se existe um parâmetro de post para nome, caso exista, ele somente monta a query para este campo. Caso não exista você monta o que me parece um retorno copmpleto para todos os registros paginados da tabela. Uma possível solução seria montar a base da query, e então testar cada um dos parâmetros possíveis como filtros e ir concatenando na ...


1

SELECT NFE.CD_CLIENTE AS "COD. DO CLIENTE", EMP.NOME_COMPLETO AS "CLIENTE", COUNT(NFE.NF) AS "QUANTIDADE_COMPRAS_PERIODO" FROM FANFISCA NFE LEFT JOIN GEEMPRES EMP ON EMP.CD_EMPRESA = NFE.CD_CLIENTE WHERE NFE.DT_EMISSAO BETWEEN TO_DATE('01/05/2020', 'DD/MM/YYYY') AND TO_DATE('31/08/2020', 'DD/MM/...


1

Basta usar a função RAND para selecionar um valor inteiro aleatório de uma tabela. No exemplo a seguir criei a tabela valores com uma coluna de identificação (id) e com uma coluna valor com os dados possíveis: CREATE TABLE valores( id INTEGER NOT NULL, valor INTEGER NOT NULL ); INSERT INTO valores(id, valor) VALUES(1, 101), ...


0

SOLUÇÃO: A solução foi concatenar os campos no where, estava passando 2 campos, concatenei e comparei depois. Segue abaixo: INSERT INTO table two ( campos ) SELECT DISTINCT campos FROM table one a WHERE NOT EXISTS (SELECT DISTINCT * FROM table two b WHERE CASE WHEN (a.nome IS NOT NULL AND a.data_nasc IS NOT NULL AND a.cpf IS NOT ...


1

SELECT TOP(1) p.descricao, SUM(i.quantidade) AS quantidade_total FROM ttcupomfiscalitem i INNER JOIN tcprodutos p ON p.produto = i.produto WHERE i.produto <> '222110165' AND EXISTS(SELECT 1 FROM ttcupomfiscalitem i2 WHERE i2.cupom = i.cupom AND i2.produto = '222110165') GROUP ...


1

Para resolver este problema, podemos utilizar a cláusula EXISTS, que de acordo com a documentação: Especifica uma subconsulta a ser testada quanto à existência de linhas. Então, para o exemplo que você deu, a query ficaria da seguinte forma: SELECT * FROM table1 t1 WHERE NOT EXISTS ( select * from table2 t2 WHERE t2.id=t1.id AND t2.DateStart=t1.DateStart ...


0

Parece que os parênteses estão desbalanceados nas condições do filtro. Tente select avg(fn_media(NotaP1, NotaP2)) as "Media Exame" from notas wherer DisciplinaId = Var_DisciplinaId and (fn_media(NotaP1, NotaP2)) >= 4.0 and (fn_media(NotaP1, NotaP2)) <= 6.9


0

Apesar da modelagem ser bem esquisita tente: SELECT empregado.cod WHERE NOT EXISTS (SELECT cod FROM arquiteto WHERE empregado.cod = arquiteto.cod UNION SELECT cod FROM paisagista WHERE empregado.cod = paisagista.cod UNION SELECT cod FROM gerente WHERE empregado.cod = gerente.cod) ou SELECT empregado.cod WHERE NOT IN (...


-1

Creio que com meu problema possa ajudar em algo: Tenho um problema parecido, mas construi de modo diferente pois não achei matéria específica. Depois de ter homologado a tabela de inclusão de dados segui com virtual tables no SLQLITE até encontrar um problema que já estou a muito tempo remexendo nele. Primeiramente deve-se ter em conta que tudo que se ...


-2

Consulte a página https://www.postgresql.org/docs/9.1/libpq-envars.html Está tudo lá. Exemplo: cls SET PGPASSWORD=postgres SET PGUSER=postgres SET PGHOST=LOCALHOST SET PGDATABASE=unico psql.exe -c "select nome from entidade"


0

Você deve utilizar a cláusula WHERE na sua query de consulta de eventos para filtrar pelo usuário autenticado. Supondo que seu usuário está na $_SESSION no índice usuario, e o valor armazenado nesta variável seja apenas o seu id, e também que a coluna usuario na tabela events é a chave estrangeira de usuario; adicione a seguinte linha para concatenar o ...


0

Boa tarde, beleza? Tente agrupar de forma genérica, como eu faço em diversos cases aqui.. Exemplo : select i.ref, r.nome,n.qtde,sum(n.vlr_tot) from geitens as i inner join gerefer as r on r.cod = i.ref inner join gelannfs as n on n.item = i.cod inner join gecadnfs as c on c.doc = n.doc where c.serie = 'Z' and n.mes = :mes and n.ano = :ano and c.mes = ...


0

Tenta fazer da seguinte forma abaixo que ira retornar os valores NULL: SELECT credor.nome, banco.descricao FROM credor INNER JOIN banco ON ( if(credor.banco is null, 0, credor.banco) = if(banco.codigo is null, 0, banco.codigo) )


-2

Esse erro ocorre por causa da sua sub query que está retornando uma coluna. Veja se uitilizando o IN resolve: Exemplo: WHERE NOME_CAMPO IN (SELECT .... )


-1

Eai cara beleza? Já me deparei com uma situação parecida, não tenho o fonte pra olhar como foi resolvido na época.. mais na parte de SQL, lembro que algo assim resolveu : select if ( exists ( select * from nota_geral where tipo_notafiscal = ? and ide_mod = 65 ), 'EXISTE', 'NÃO EXISTE' ); Tente adaptar esse if em troca da CLÁUSULA WHERE NOT EXISTS ... Se ...


0

Eu não tenho POSTGRESQL, testei no SQL-SERVER. Veja se consegue adaptar a lógica para a sua necessidade. select count(*) as tab1, tab2, tab3 from tbl001 a left join ( select count(*) as tab2 from tbl700 ) b on 0 = 0 left join ( select count(*) as tab3 from tbl140 ) c on 0 = 0 group by tab2, tab3 Veja que eu tenho 3 counts de ...


-1

Olá, Encontrei a solução num fórum do github Fazendo downgrade pra versão do professor (3.0.0), provavelmente vá funcionar o código. Coloca no terminal: yarn add sqlite@^3.0.0 A versão >4 do Sqlite requer alguns parâmetros diferentes pra abrir o DB, por isso não está batendo com o que você está tentando.


0

Resolvi. Era erro na sintaxe mesmo. Ficou assim: AND refs.rv_domain = (CASE when ST.cod_sistema = 'LS' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_LS' when ST.cod_sistema = 'IH' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_IH' when ST.cod_sistema = 'CF' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_CF' when ST.cod_sistema = 'CA' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_CA' when ST.cod_sistema = 'CR' THEN '...


0

Só um detalhe, na sua query a primeira condição do WHERE é ST.cod_sistema = 'LS'. Ou seja, você só está pegando os registros com cod_sistema igual a "LS". Sendo assim, no CASE não faz mais sentido testar se cod_sistema tem um valor diferente (não terá), então bastaria testar se refs.rv_domain = 'DA_GRP_TPO_SERVICO_LS'. Mas, em um caso mais geral, ...


0

Creio ser isto ... em geral se usa CASE como coluna mas dá para usar no where. ... (CASE WHEN ST.cod_sistema = 'LS' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_LS'; WHEN ST.cod_sistema = 'IH' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_IH'; WHEN ST.cod_sistema = 'CF' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_CF'; WHEN ST.cod_sistema = 'CA' THEN 'DA_GRP_TPO_SERVICO_CA'; ...


0

Estava passando por uma situação similar a dessa pergunta. Estava querendo pegar os e-mails dos usuários com os ids que constavam naquele '$array'. Resolvi da forma abaixo: $array = [1,5,9]; $ids = implode(',',$array); $conn = new Conexao(); $conexao = $conn->conectar(); $query = &...


As 50 principais respostas recentes são incluídas