Novas respostas marcadas com a tag

0

A razão é estar a ser usado o método getLastLocation() que retorna a última localização conhecida(pelo provider) e que pode não corresponder à localização actual. Para verificar que é essa a razão, execute uma qualquer aplicação existente no dispositivo, que use a sua localização, como o Google Maps. Depois volte a executar a sua aplicação. Para ...


-1

Você poderia remover o input usando javascript quando clicar. Element.prototype.remove = function() { this.parentElement.removeChild(this); } NodeList.prototype.remove = HTMLCollection.prototype.remove = function() { for(var i = this.length - 1; i >= 0; i--) { if(this[i] && this[i].parentElement) { this[i]....


0

Para gerar o ZPL do ZebraDesigner: Arquivo -> Imprimir Dentro da janela 'Imprimir' selecionar a opção 'Print To file' Clicar em 'Imprimir' Dar um nome para o arquivo e clique em 'Salvar' O arquivo gerado vai estar no formato ZPL Para entender melhor cada comando ZPL, tem o link do manual: https://www.zebra.com/content/dam/zebra/manuals/printers/common/...


0

Cara não entendi a que se refere sua classe DAO, mas vamos la... Pra inicio de conversa obviamente se quer fazer um loguin tens que ter no banco de dados as informações do loguin... Recomendo não salvar a senha de forma visivel lá, ja que qualquer um com acesso ao banco de dados vai poder ver todos os usuários e suas senhas... recomendo usar uma MD5 ou ...


0

Não há conversão, mas há um cast implícito, então apesar de tecnicamente o seu literal ser um int, se ele puder ser considerado um short isto será feito. O compilador sabe entender o int como se fosse um short sem custo algum.


0

Sendo sincero nen li uma linha do código acima.. pelo que vi da pergunta o que você precisa é de um modo de atualizar sua jtable depois de um update... Bom no meu caso toda vez que eu chamo um metodo DAO responsável por um update eu retorno um boolean dizendo se deu certo ou não... e também tenho no meu jframe atual sempre um procedimento que atualiza a ...


1

Oi, Eu não colocaria essa lógica de existente ou novo cadastro no mesmo serviço (rest) eu acho que o controller deveria ter um método para cadastrar novo (POST) e um método para atualizar um existente (PUT), até mesmo para aproveitar a semantica (significado dos métodos HTTP, PUT = atualizar, POST = inserir, DELETE = remover, etc) Ficaria algo assim @...


0

Pode fazer da seguinte forma: public static void main(String[] args) { List<String> lista = new ArrayList<>(); BufferedReader reader = Files.newBufferedReader(Paths.get("/caminho/para/meu/arquivo.txt")); String linha; while( (linha = reader.readLine()) != null ) { lista.addAll(linha.split(" "); } reader.close(); ...


0

Obrigado, Gustavo. Eu consegui resolver o problema. Realmente era isso mesmo... Só a parte de executar a query em que você colocou no código editado, que não deu certo. Mas eu entendi como deve ser agora. Você colocou assim e estava errado, segundo o IDE: resultSet.executeQuery(); Aí eu coloquei como você citou no primeiro exemplo: resultSet = stmt....


1

Olá, Vc declarou resultados e resultSet como null na classe ProdutoDAO e elas não estão recebendo nenhuma instância depois. Elas continuam nulas: List<Produtos> resultados = null; ResultSet resultSet = null; E além disso, está faltando executar sua query: ResultSet rs = stmt.executeQuery(); Segue código editado: public List<Produtos> ...


1

Se sua intenção é meramente fazer uma comparação atômica, você pode usar o método allMatch com predicado de comparação simples. Boolean equality = (IntStream.range(0,lista1.size()) .allMatch(i -> lista1.get(i) == lista2.get(i))); Se você precisar ordenar em alguma lista antes de comparar os itens, pode simplesmente usar método sort ...


1

Você pode usar a api de Streams para filtrar a interseção entre listas. List<Integer> collect = lista1.stream() .filter(lista2::contains) .collect(Collectors.toList());


1

Você pode utilizar algoritmos de ordenação e técnicas de interseção e União, siga estes passos em sua ordem: Ordenar os Array Verificar a Interseção dos Array Unir a Interseção dos mesmos. Da Ordenação: Você pode utilizar um algoritmo existente denominado MergeSort, onde ele utiliza a estratégia "dividir-para-conquista" e a complexidade do mesmo no ...


1

Acho que tá bem legal seu código. A minha sugestão é criar mais duas classes. Usuario e UsuarioDAO Um objeto do tipo Usuario vai servir para guardar o id. Um objeto do tipo UsuarioDAO vai ser responsável por acessar o banco da dados utilizando a ConnectionFactory que vc criou. Um exemplo seria: class Usuario { Long id; public Usuario(Long id) { ...


4

Tem vários erros conceituais aí e por isso causa o problema. Quase todo mundo comete o erro conceitual que cometeu, alguns até insistem que está certo, e se for apresentar para alguém avaliar pode ser que seja o que a pessoa quer. E o o erro que obteve já mostra como isso está errado. Se fosse modelado da forma correta não teria esse erro. Tem um detalhe ...


2

Seu código tem vários problemas e melhorias que podem ser feitas, mas em resumo, a resposta da sua pergunta é: Porque você está dizendo que c é uma instância de Cliente e essa classe não tem os métodos getCpf e getCnpj. Para utilizar esses métodos você precisa informar qual a classe utilizada, como por exemplo: System.out.println("\nCPF:" + ((PessoaFisica ) ...


1

Olá, Vc quer clonar a lista pra uma classe de testes, mas se vc fizer uma instância da sua classe Gerenciador na sua classe de testes vc terá lista sem a necessidade de clona-la. Acredito que não ficou mt claro como seria esse teste que vc quer fazer, mas de qualquer forma o clone() funciona. Na sua classe Gerenciador, vc poderia fazer o seu método ...


1

Tente da seguinte forma LinkedList segundaLista = new LinkedList(); segundaLista = (LinkedList) listAcidentes.clone();


1

A pergunta não foi respondida, mas eu consegui descobrir qual o problema, no loop ele estava buscando as tabs a partir do primeiro index. Acontece que após remover as primeiras o index das outras tabs mudavam e dava erro exatamente depois da metade do número total. Eu apenas fiz o método buscar a partir da última posição e ir removendo. Atualizado na ...


1

Eu já tive esse problema de referências, se não quiser ficar dando New Object no método add da List, você fazer sua classe InscricaoEspera implementar a interface Cloneable e depois usar o metodo clone() para retornar uma cópia dos valores. OU vc pode criar um construtor que faz a cópia dos dados, e usar ele para instanciar antes de adicionar na List; ...


0

O ideal seria que você tivesse postado as tags do seu form, pois isso influencia em como os dados são enviados, mas basicamente, seu form deveria estar assim: <form action="#" th:action="@{/admin/tecnico/adicionarTecnico}" th:object="${tecnico}" method="post"> E no seu controller, você recebe somente o objeto técnico: @RequestMapping(value = "/admin/...


0

Ola pra começa de facto a sua pergunte esta muito aberta, mas penso ter percebido o ideal na sua situação seria de facto usar algo para gerir HTTP REQUESTS O RetroFit 2 pode ajudar-te nao e nada de complicado mas eu pessoalmente demorei um pouco a entender que esse framework faz o handle todo por nos No entanto e necessario criar uma classe que sera a ...


-1

Ok podes sempre declarar uma variavel Boolean publica no layout onde esta o teu botao, e aceder ao valor da mesma fazendo depois um teste se este foi acionado ou nao ... if(ActivityDoBotao.booleanPublica) { O botao foi acionado } ... Espero ter ajudado EDIT Penso que seria necessário também gerar um getter da informação nova e concatenar ...


1

Se você só quer validar o formato "vários dígitos, vírgula, dois dígitos", basta usar: Pattern pattern = Pattern.compile("^\\d+,\\d{2}$"); O quantificador + significa "uma ou mais ocorrências", então \\d+ é "um ou mais dígitos", que é exatamente o que tem antes da vírgula. (Lembrando que em uma String Java, cada \\ se torna um único caractere \, por isso o ...


0

O arquivo ARFF contém informações sobre o clima (temperatura, humidade, se está sol ou nublado). Ele treina através desse arquivo ARRF e gera a precisão da predições através de um algoritimo de árvore de decisão.


1

Os dados do banco provavelmente estão sendo retornados corretamente, apenas devem estar sendo apresentados de maneira incorreta na tela. Sobrescreva o toString da sua classe Cargo para expressar o valor desejado: public class Cargo { ... @Override public String toString() { return nome; } } Então o nome será apresentado na sua tela. ...


1

O código é confuso e por isso fica até difícil encontrar o erro, e fácil cometê-lo. É um método grande demais com muita repetição de código, mas não vou tentar arrumar isso. Pelo menos deixe as coisas mais próximas, mantenha as construções menores, não precisa ter um try tão grande. Na verdade eu sou crítico do uso de exceção para este tipo de coisa, mas aí ...


1

Oi, Acho que você precisa fazer um commit. suaConexao.commit();


0

Olá, No seu método principal vc está passando uma lista vazia na chamada do método Imobiliaria.ListarDisponivel(lista1); e é em cima dessa lista que o método da classe Imobiliaria está trabalhando. A lista na qual vc está adicionando os valores, é a da classe Imobiliaria, portanto vc não precisa passar nada no método. Altere o seu método ListarDisponivel ...


0

Implemente a seguinte linha em seu código para receber informações detalhadas das operações do firebase : FirebaseDatabase.getInstance().setLogLevel(Logger.Level.DEBUG); Após isso, execute o código e verifique o logcat, que certamente mostrará o que o firebase estiver fazendo. Se ainda assim tiver dúvidas, adicione o logcat em sua pergunta.


-1

Douglas quando nos referimos as variaveis de uma classe JAVA utilizamos a nomenclatura campo ou field. Quanto a sua questão você se esqueceu de realizar a chamada do método setR() antes de chamar getR() segue como deveria estar escrito seu código: public class TesteSoma { public static void main(String[] args) { Atributos o = new ...


5

Vejo alguns problemas neste código, todos conceituais. O que você chama de atributo na verdade chama-se campo. Ei sei, tem monte de lugar ensinando errado, não é culpa sua. Este código provavelmente deveria ter um construtor. Tudo leva a crer que é mais adequado (com pouca informação, não posso cravar). E aí tem que pensar se deveria ter getters e setters, ...


0

O método carrinho espera um argumento, um vetor de inteiros. switch (opcao){ case 1: carregarcatalogo(); break; case 2: carrinho(codigo); case 3: finalizarcompra(); } Lembrando que o vetor deve ser inicializado antes se não ...


0

Lisandro, você precisa criar um objeto do tipo ConsoleReader, desse jeito: ConsoleReader console = new ConsoleReader(); Depois, use este comando para alterar a cor do fundo: console.getTerminal().setBackgroundColor("RED"); //PARA VERDE: "GREEN" Tudo isso você deve colocar dentro de uma condicional, de sua preferência, para ocorrer somente quando desejar. ...


0

Ola, Você tem que deixar o OutputStream aberto enquando você estiver escrevendo dados, o método escrever não deve abrir o OutputStream, você tem que alterar a lógica do seu programa para para criar um OutputStream apenas uma vez e usar ele para todos os clientes que você for escrever, entendeu? Como você chama o método escrever várias vezes irá lançar ...


0

Recomendo você utilizar um client para chamar a API, e eliminar alguns problemas de configuração na chamada que você pode vir a ter (como esse 403 por exemplo). Para Java você pode utilizar a PokeAPI pokekotlin, a chamada fica muito mais simples conforme no exemplo da documentação: public static void main(String[] args) { PokeApi pokeApi = new ...


0

Seu código possui um problema principal que é a comparação de Strings, você pode ler mais sobre isso nessa questão. De qualquer forma, existem formas melhores de fazer o que você precisa: import java.util.Arrays; import java.util.List; import java.util.function.Predicate; import java.util.stream.Collectors; import lombok.Data; import lombok....


0

O problema está na sua modelagem de dados, sua implementação da classe GalleryModel nâo possui suporte para múltiplas fotos visto que você está guardando em uma string: @Column(name="image", nullable=false) private String image; Rodei seu projeto e fiz alguns ajustes, mas de fato os arquivos chegam ao seu app (conforme evidência abaixo) Ao verificar as ...


3

Sua observação sobre contratos está correta, você tem apenas um contrato, mas então não está correto que haverá invocação do método de uma das interfaces, não existe método nelas, tem só contratos de métodos (até tem isto a partir de Java 8, mas não é um caso que a pergunta quer saber). A invocação será o método que está na classe, só isso. A invocação ...


2

Quando você diz que sua classe ClasseQualquer implementa uma interface, isso é apenas um contrato que existe durante o tempo de compilação. Veja por outro lado: implementações implícitas. Em algumas linguagens, você não precisa declarar que classe X implementa interface Y, você apenas declara a interface Y, e se a classe X implementar todos o métodos ...


1

Tem algumas coisas esquisitas nesta classe. A primeira delas é chamar o super()em uma classe que não herda de nada a não ser Object, já dá para afirmar que isto não é necessário, afinal o construtor de Object faz nada. Não faz sentido o código externo passar um array no construtor ou acessar isso diretamente, na verdade código externo nem deveria saber que ...


0

O código da resposta anterior funciona perfeitamente, porém no caso em questão é preciso converter tanto essa String de passagem newText como a String que está dentro do Adapter com a qual você vai comparar, no meu caso ficou assim: @Override public void onCreateOptionsMenu(Menu menu, MenuInflater inflater) { inflater.inflate(R.menu....


0

voce precisara de uma classe que inicia e retorna o driver antes de comecar os testes e depois carregar esse driver ate o fim da execucao como voce ja faz em seus contrutores. as classes que recebem esses drivers precisam extender da classe que cria o driver. pois assim voce utiliza a mesma instancia. Exemplo metodo que cria a instancia do driver: public ...


-1

Bom, se o sistema possui uma api de login, voce pode chamar essa api de login e guardar o token da sessão, quando acessar a pagina novamente voce passa esse token de sessão como parâmetro no HEADER da pagina. pode ser que funcione.


0

pode tentar o seguinte: ChromeOptions options = new ChromeOptions(); options.setHeadless(true); System.setProperty("webdriver.chrome.driver", "C:\\libjava\\chromedriver2.exe"); WebDriver driver = new ChromeDriver(options);


0

Fala carinha, blz? olha de cara eu falaria que o caminho do driver esta incorreto. já verificou isso? tenta colocar ele em uma pasta dentro do projeto por exemplo: System.setProperty("webdriver.chrome.driver", ".//src//test//resources//chromedriver");


0

A String de conexão estava incorreta. O locale era necessário. Feito isso, tudo funcionou.


1

Com Primefaces 6.2 você pode utilizar o seguinte comando dentro do seu Managed Bean: PrimeFaces.current().ajax().update("form:id:meu:campo"); No caso do JSF puro, você deve adicionar o id do seu campo no contexto de renderização parcial da view: FacesContext.getCurrentInstance().getPartialViewContext().getRenderIds().add("form:id:meu:campo"); Ao decorrer ...


1

Olá. Está um pouco difícil visualizar o erro pela mensagem de resposta do Postman e sem todas as classes entidades, mas vamos lá. Tente substituir o mapeamento do seu relacionamento para a seguinte forma: @Id @GeneratedValue(strategy = GenerationType.AUTO) private int id; @ManyToMany @JoinTable(name = "viagem_has_passageiros", joinColumns = @...


0

O seu erro tem a ver com a maneira como escreveu os objetos para o ficheiro. Não pode existir append de objetos numa stream aberta posteriormente à primeira stream pois a stream ficará corrupta. Está a escrever Cliente e fecha a stream, isto fará com que um novo header seja adicionado ao seu ficheiro (este header serve para o processo de leitura por parte ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas