Novas respostas marcadas com a tag

-3

Here it worked running with this code: double double_value = 0; DecimalFormat format_to_be_chosen = new DecimalFormat("#.##"); double_value = Double.parseDouble(format_to_be_chosen.format(double_value)); I'm using IDEA INTELLIJ 2020.3.2 With java 16


0

Tente trocar no seu html th:value="${curso.id}" para th:value="${curso.id_curso}"


0

Você pode colocar o seu try/catch dentro de um loop infinito, e deixa-lo rodando até que um inteiro válido seja digitado: while (true) try { System.out.println("Informe o primeiro valor: "); vetor[0] = entrada.nextInt(); } catch (Exception erro) { System.out.println("Valor inválido."); entrada.next(); // para consumir a ...


2

O Manifest do Android possui uma propriedade chamada android:usesCleartextTraffic, que permite ou bloqueia requisições HTTP (não criptografadas). A partir da API 28, o valor padrão passou a ser de "não permitir", conforme citado aqui: A partir do Android 9 (nível de API 28), a compatibilidade com texto simples é desativada por padrão. Conform ...


1

Bom dia. quando a requisição não é segura vc precisa criar permissões especiais para ela. Faça o seguinte crie um arquivo xml em res/xml com o nome network_config.xml neste formato abaixo com a lista dos dominios em http q vc vai requisitar: <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <network-security-config> <domain-config ...


3

Basicamente o mesmo critério que qualquer pessoa deveria adotar quando cria uma aplicação Java ou o critério a ser adotado em outra linguagem, esse conceito é universal e deveria não depender da tecnologia. Claro que pode haver uma certa subjetividade na escolha, mas entre essas duas coisas é uma questão de se encaixar mais com o objetivo, de ser ...


0

Normalmente, quando erros ocorrerem assim, tente verificar o caused by descrito no log. Vemos o seguinte no seu erro: Caused by: java.lang.ClassCastException: class org.hibernate.mapping.SingleTableSubclass cannot be cast to class Esse erro acontece devido a problemas de implementações de herança. Se você puder, poste os casos de mapeamento de herança que ...


0

O problema é que seu código está estruturado de forma errada. Primeiramente a condição do while parece invertida se sua intenção é repetir algo enquanto a entrada for inválida. Segundo, o while não faz nada, o ponto-e-vírgula ao final dele deveria ser um bloco de código para ser repetido ou então você teria ter usado um bloco do antes do while (como é feito ...


0

Realmente o Erro era o espaço, só precisei me livrar dele e funcionou String ne = String.valueOf(valueBank.getText()); String g = ne.replace(".", ""); String f = g.replace(",", "."); String h = f.replaceAll("\\s+",""); Toast toast = ...


0

Isso acontece porque o método show está imprimindo o conteúdo da variável students, que não contem nenhum elemento. Acho que o que você gostaria de fazer é: for(int i = 0; i < markingCriteria.size(); i++) { System.out.println(markingCriteria.get(i)); } return markingCriteria;


1

Em primeiro lugar, a procedure está gravada no banco? Porque normalmente uma procedure é um procedimento que fica vamos dizer "armazenado no banco" e você chama para que ele seja executado. Ou você quer criar a procedure através de uma chamada em java? Isso não compreendi 100%. Vamos supor que a procedure esteja em banco. Se estiver, vou passar ...


0

Tente depois que fecha o for o seguinte código: System.out.println("O último número é: " + n);


0

Uma boa prática no StackOverFlow é mandar código utilizando o próprio editor de texto do site (como no código abaixo), e não em imagem! Sobre sua pergunta: class Main { public static void main(String[] args) { String palavra = "abacate"; char buscar = 'c'; int indice = -1; for(int i=0;i<palavra.length();i++) { char atual =...


0

Eu costumo usar nesses casos a classe scanner do java.util.Scanner; // seu codigo antes do while scanner = new Scanner( row ).useDelimiter(","); // ai vc acessa cada campo scanner.nextInt(); // caso o valor seja inteiro scanner.next(); // caso seja String e outros tipos...


-1

Amigo, boa tarde ! Esses combos são preenchidos(selecionados pelo usuário certo ? ) Já pensou em antes de realizar a consulta verificar se algum combobox foi preenchido? Se ele tiver algum valor ai sim vc adiciona ele na sua query. //verificar se o combo está preenchido. var value = select.options[select.selectedIndex].value; if ( value != null || value != &...


-2

Se o ArrayList tem 10 posições alocadas, ao se adicionar um novo elemento ela aumenta 50% seu valor; já as Linkedlist, aumentam em 100%.


0

Acho que descobri o meu erro, if(identificar_alvo == 1){ return true; }else if(atiradores_prontos == 1){ return true; }else if(municiar_carregador == 1){ return true; }else if(alimentar_armamento == 1){ return true; }else if(ordem_destravar_armamento == 1){ return true; }else { return true; <<<<<------ Deve termina em false.... } } .... ...


0

se for um projeto java, dá passar apenas o caminho da imagem dentro do seu resources que também ele encontra quando for fazer a compilação do seu jrxml. Exemplos: String logoPath = getClass().getResource("/images/logo.jpg"); params.put("logo", logoPath);


0

Sua classe Cadastro tem o atributo private LoginClasse logar; porém você não inicializa ele em nenhum momento. Com isso, você está tentando chamar o setLogin de uma variável que não foi inicializada, e isso acaba gerando um erro. Para resolver isso você poderia, modificar a sua main e chamar setLogar da classe cadastro passando um objeto LoginClasse, ...


0

Opa, beleza? Não sei se você está usando um custom adapter, porém eu faria meu listView com um custom adapter (aqui tem um exemplo de como fazer). A lista a ser exibida seria uma lista do tipo Item (List) (Item é uma classe para representar os itens, dei o nome de Item mas pode ser o nome que você desejar) e, nessa classe, teria um atributo para representar ...


-1

Talvez utilizando o .equals() funcione. if(ff.equals("w")) { System.out.println("você esta indo para frente"); System.out.println("um inimigo apareceu o que fazer? w= atacar c=correr"); ff = in.nextLine();....


-2

como esta resposta está muito tempo sem complemento vai ai: ///crio um Gallery Gallery gallery1; //declara um array de imagens já coladas no Drawable como pic0....: Integer[] imagensID = { R.drawable.pic0, R.drawable.pic1, R.drawable.pic2, R.drawable.pic3 }; no onCreate eu inicio e faço a logica para pegar as imagens //////////galeria de fotos, carroussel e ...


0

O problema é que o nextInt() não consome o caractere de quebra de linha \n, então a chamada subsequente de nextLine() o consome, fazendo com que o programa pule para a leitura da string b. Você precisa consumir o line break \n antes de ler a string a. import java.util.Scanner; public class MainD { public static void main(String[] args) { ...


1

Os operadores > < == só podem ser utilizados em tipos primitivos (int, bool, etc). A classe BigDecimal implementa um comparador (a.compareTo(b)). O comparador retorna: Um número maior que zero se a > b Zero se a == b Um número menor que zero se a < b Ou seja, utilize por exemplo: Array_mediaVoltas.get(i).compareTo(Array_mediaVoltas.get(i)) < ...


-1

Faltou um @Autowired no ClienteService: @Service public class AtualizacaoService { @Autowired private AtualizacaoRepository atualizacaoRep; @Autowired private ClienteService clienteServ; @Transactional public Atualizacao salvar(Atualizacao atualizacao) { ... } E faltou um @Repository na interface ClienteRepository: @...


1

<option th:each="cliente : ${clientes}" th:value="${cliente}" th:text="${cliente.nome}">Cliente</option> neste ponto você está setando o th:value com o objeto cliente, porém, o thymeleaf converte este valor para uma String (o campo value não aceita objeto), ou seja, o value está ...


0

Cria as operacoes em arquivos separados, um para CREATE e outro arquivo para os INSERTs. Verifica se os nomes estao seguindo as convensoes. Lembrando que a numeracao do CREATE deve ser anterior a dos INSERTs. https://flywaydb.org/documentation/concepts/migrations#naming


0

Complementando a outra resposta, há várias diferenças entre esses dois métodos (referência). Uma já foi citada: Arrays.asList retorna uma lista que pode ser modificada (mas com ressalvas, veja logo abaixo), enquanto List.of retorna uma lista que não pode ser modificada: // esta lista pode ser modificada (posso mudar elementos já existentes) List<String>...


0

Os identificadores no banco de dados não podem conter caracteres inválidos, como neste caso o '-', ou seja, o nome de sua tabela "TB-PRODUTO" é inválido. O nome correto deveria ser "TB_PRODUTO".


1

Boa noite. O problema é que tu está chamando o get do Optional sem testar se ele está vazio. Você pode fazer desta forma: @Service public class LancamentoService { @Autowired private PessoaRepository pessoaRepository; @Autowired private LancamentoRepository lancamentoRepository; public Lancamento salva(Lancamento lancamento) { ...


0

Boa noite Dayson, tenta realizar desta forma, assim ele vai mandar a exceção pro controller e do controller vc pode tratar ou enviar o log ou enviar a exceção com o throw para quem requisitar ou simplesmente tratar no controller. public Lancamento salva(Lancamento lancamento) throws PessoaInexistenteOuInativaException{ Optional<Pessoa> ...


0

Você pode criar um objeto chave\valor onde a chave é o KeyCode do botão pressionado e o valor pode ser uma função que seta a direção. Fiz o exemplo em js, pois é mais prático e você consegue visualizar por aqui mesmo. Você consegue replicá-lo na maioria esmagadora de linguagens, portanto não se preocupe com isso, o importante é o conceito. class Snake { ...


1

Compartilho da resposta dos colegas, só coloco um ponto a ser considerado. Em algum momento o CPF pode ser numérico e vir sem os zeros a esquerda, então sugiro verificar primeiro se temos 11 dígitos, para evitar uma exceção ao tentar acessar o ponto 11 com o substring. Ficaria algo assim: public static String formatarCPF(String cpf){ String cpfCompleto =...


0

tente utilizar o increment do firebase. movimentacaoSaldoMensalRef = firebaseRef.child("saldoMensal") .child(idUsuario) .set(firebase.database.ServerValue.increment(valor)) este método incrementa caso o nó já tenha um valor e cria caso não exista. lembrar que este calculo é realizado no servidor. e não no cliente.


0

Boa tarde Alexsander, tudo depende da ordem que o seu projeto gira, se é em torno do usuário ou do curso, pelo que eu vi você precisa ter o curso já inserido no banco para depois poder inserir o aluno, outro ponto a se considerar, na sua classe aluno você possui a classe curso como atributo? se não pode ser isso, já que o SpringBoot resolve as relações desta ...


-1

Bom dia/Boa noite Maria... vamos lá! O tipo String não é reconhecido como primitivo como o int, boolean, double, char... tudo que começar em PascalCase no Java é uma classe, logo "podemos" considerar como um objeto... Para podermos comparar objetos, nós precisamos utilizar o método equals() que está presente em todas as classes, pois é herdada da ...


-1

Como você está convertendo um double para String, poderia usar o format. Substitua essa parte: String resultadoCalculoFinal = String.valueOf(resultadoCalculo); Por está: String resultadoCalculoFinal = String.format("%.2f", resultadoCalculo); Lembrado que o resultado terá virgula, exemplo: 19,58 Você pode fazer um replace caso precise ...


-1

Se sua classe ApirestApplication estiver na raiz do projeto não precisa ter essa configuração @EntityScan("com.produtos.apirest.models") Pois o Spring irá ler tudo desde que esteja na raiz. Com relação ao erro que você está tomando pode ser que seja a propriedade abaixo: spring.jpa.hibernate.ddl-auto=update Mude para: spring.jpa.hibernate.ddl-auto=...


0

Ainda fiquei em duvida sobre algumas coisas, mas veja só. Dentro do "Dados da Viagem" vc tem o atributo Placa e dentro de Viagem vc um atrubuto com nome fixo q seria uma placa pelo q to vendo. O problema é que o codigo abaixo atualiza a placa q ta dentro de Dados da Viagem, porem a placa q tem no Viagem é fixo. mDatabase.child("Dados da Viagem&...


0

Você precisa tirar o List<CadastroCliente> clientes = new ArrayList<>(); de dentro do método cliente(), pois da forma que está escrito, a variável clientes está com visibilidade local, ou seja, apenas dentro do método. Declare fora do método para que a variável possua visibilidade em toda a classe. Segue um exemplo funcional: import java.util....


-1

Adicione no AndroidManifest.xml Depois vai dispositivo Android em: Configurações -> Apps -> Avançado -> Gerenciamento de Permissão-> Arquivos e Mídia -> Seu App -> Permitir gerenciamento de todos os arquivos Enjoy and Test your code again!!!


1

O que acontece quando vc digita qualquer coisa? Essa coisa é colocada em s, e em seguida vc percorre toda a matriz e coloca s em todos os elementos dela. Se quer que cada elemento tenha um valor diferente, então a leitura tem que ficar dentro do loop: Scanner sc = new Scanner(System.in); String m[][] = new String[5][5]; principal: for (int i = 0; i < m....


1

Boa Noite @dayson rodrigues, seria correto vc possuir uma classe form ou simplesmente colocar a entidade no paramentro, o spring boot tem a capacidade de converter os dados vindos do HTML pro java, desde que eles possuam o mesmo nome e tipo, assim ele pode receber os dados com vc somente precisando chamar o método save() passando a entidade recebida pelo ...


1

O bloco que elimina o item deveria ser algo como: remover = vet[K]; for(int k = K; k < size() - 1; k++) { vet[k] = vet[k+1]; } A ideia é fazer uma "dança das cadeiras", eliminando o item K copiando o item da posição K+1 para cima dele, e depois fazer o mesmo para todas as posições adiante. Se o vetor era a b c d e f e deseja remover a ...


0

Consegui resolver dessa forma. Na classe Pedido a relação ficou assim: @OneToMany(cascade = CascadeType.ALL) @JoinColumn(name = "id_pedido") private List<PedidoServico> pedidoServicos = new ArrayList<>(); e na classe pedido_servico fiz associação apenas para classe serviço, dessa forma: @ManyToOne() @JoinColumn(name = "id_servico&...


-1

Seu método dever retornar uma string. Ele está imprimindo no próprio método ao invés de retornar o texto como resultado. String situacao( ) { String retorno; if (icmsResidencial() <= ICMS1) { retorno = "Você esta Isenta de imposto ICMS"; }else if(icmsResidencial() > ICMS1 && icmsResidencial() == ICMS1) { ...


0

Seu método de serviço não está anotado com @Transactional, dessa forma as operações não são executadas dentro de um bloco transactional. @Transactional public Pedido salvarPedido(CriarPedidoRequest request) { ... } Como você está utilizando Spring, atente-se para utilizar a anotação do Spring Mas o que um bloco transacional faz? Primeiro vamos entender ...


0

Para considerar validação de classes internas, você deve utilizar a anotação @Valid da JSR-303, conforme descrito nessa sessão da documentação Dessa forma, sua declaração da classe Endereco ficaria desta forma: @Valid @Embedded private Endereco endereco; Um exemplo dessa utilização também encontra-se nessa sessão da documentação.


1

Não fixe o valor do nome em 5 pois nem todo nome terá este tamanho, por exemplo "André Luiz Santos" teria o tamanho de 3 apenas. Já que está trabalhando com array basta pegar o ultimo elemento que é o tamanho do array -1. Se tamanho igual a 3 o índice do ultimo elemento do array será 2. Outro ponto a considerar é que o array pode estar vazio e ...


-1

Se vc precisar usar o Arrays.asList() de qualquer jeito, então vc pode fazer dessa forma para evitar o erro. List list = new ArrayList(Arrays.asList())


As 50 principais respostas recentes são incluídas