Novas respostas marcadas com a tag

0

Não sei se entendi exatamente o que você queria, mas não seria só retornar o vtc no método pesquisa_bin? Alterei também o que está sendo salvo no txt, esta marcado no código onde alterei. Encontrado na posição: 49 | Tempo gasto:1.3941877 | Número procurado: 11 Encontrado na posição: 499 | Tempo gasto:8.3070148 | Número procurado: 55 Encontrado na posição: ...


0

Pelo que foi comentado sua classe esta +/- assim public class MainActivity extends Activity { @Override protected void onCreate(Bundle savedInstanceState) { // ... setContentView(R.layout.activity_main); WebView WebView = (WebView) this.findViewById(R.id.web); /// ^ esta definida localmente // ... } @...


0

Você pode realizar um join entre as tabelas para mostrar os nomes ao invés dos códigos e repassar essa mudança para seu código. Vamos supor que sua tabela seja dessa forma (SQLFiddle), então o select abaixo produz o resultado: select t1.`nome`, `gols_time1`, t2.`nome`, `gols_time2` from partida inner join `time` t1 on (`time1` = t1.`idtime`) inner join `...


0

Faça um replaceAll para remover as aspas: originado.setCount(Integer.parseInt(values[5].replaceAll("\"", ""));


0

Boa Tarde Consegui resolver o meu problema. Não sei ao certo porque a biblioteca KSOAP2 age dessa forma, mas de jeito nenhum eu consegui serializar um array de forma automática conforme faço com atributos de tipos primitivos. A solução que eu encontrei foi passar a lista como um parâmetro separado e adicionar ao objeto no momento de montar a requisição. ...


0

Bom Laio, segue abaixo um exemplo bem simples: public static void main(String[] args) { Scanner scanner = new Scanner(System.in); Usuario usuario = new Usuario(); System.out.printf("Informe o nome do usuário:\n"); usuario.setNome(scanner.nextLine()); System.out.printf("Informe o telefone do usuário:\n"); ...


1

Provavelmente seu Accept request header pede um JSON e seu end-point não está retornando isso, por isso o status 406. A resposta com string funciona porque JSON é essencialmente uma string. No caso do inteiro, a conversão da resposta para JSON deve ser feita de forma explicita, pois a conversão só é feita de maneira implicita quando a anotação @ResponseBody ...


0

TEnte assim: Random r = new Random(); @RequestMapping(path = "/teste", method = RequestMethod.GET, produces = "text/plain") public ResponseEntity<String> teste() { Integer numero = r.nextInt(); return new ResponseEntity<String>(numero.toString(), HttpStatus.OK); } Bom, testei desta maneira e deu certo.


3

Acho que isso te ajuda.. String teste = "345,421,888,211"; //Vou dividir a string quando encontrar o caractere "," String[] teste2 = teste.split(","); //Aqui vou percorrer o array criado e printar o código for(int i=0; i<teste2.length; i++) { System.out.println("Codigo:" + teste2[i]); }


0

Bom Dia, Você pode fazer desta forma: import java.util.LinkedList; import java.util.List; public class FilaAnimais { private List<Animal> animais = new LinkedList<Animal>(); public void insere(Animal animal) { this.animais.add(animal); } public Animal remove() { return this.animais.remove(0); } ...


1

Oi! Você pode criar um método auxiliar para fazer isso para você. Segue um exemplo: public static void main(String[] args) { String frase1 = "TECNOLOGIA ENVOLVE SERVICO RECURSOS ESTRATEGIA"; String frase2 = "TECNOLOGIA ENVOLVE SERVICO RECURSOS ESTRATEGIA E AERODINAMICA"; System.out.println(contaLetras(frase1)); System.out.println(...


0

Problema resolvido. for (HashMap<String, String> cartaInventario : listaCartasInventario) { cartasInventario.add(cartaInventario.get(Config.TAG_ID_CARTA_INVENTARIO)); for (HashMap<String, String> cartaDeckInventario : listaCartasDeckInventario) { if (cartaInventario.get(Config.TAG_ID_CARTA_INVENTARIO) ...


1

Acredito que o problema esta ocorrendo porque você esta tentando pegar os elementos na raiz da classe, antes do onCreate, ou seja, antes de executar o setContentView(R.layout.activity_main); //Recuperar os widgets private Button botao = (Button) findViewById(R.id.botaoVerificaId); private EditText valorAlcool = (EditText) findViewById(R.id.numeroAlcoolId); ...


0

Tente usar Thread.sleep(); package com.journaldev.threads; public class ThreadSleep { public static void main(String[] args) throws InterruptedException { long start = System.currentTimeMillis(); // pausa ede 2 segundos Thread.sleep(2000); System.out.println("Sleep time in ms = "+(System.currentTimeMillis()-start)); ...


1

Obrigado aos que viram o post, porém eu e um amigo já encontramos uma solução que consiste em colocar as informações que estão armazenadas no ListView em um ArrayList, vou mostrar o código: //Cria a variável usuariosArray na classe Adapter private ArrayList<Usuarios> usuariosArray; Instância do Adapter: public AuxliaresAdapter(Context ctx, List<...


2

Não sei se isso que procura, mas você pode usar a sobrecarga do método Connection.prepareStatement(String sql, int autogeneratekeys) que aceita uma flag indicando como chaves auto-geradas devem ser retornadas. Passe a constante Statement.RETURN_GENERATED_KEYS como flag indicando que as chaves auto-geradas devem estar disponíveis para consulta. Para ...


2

Você pode sobrescrever o método toString() retornando uma String concatenada com os dados que você quer... Exemplo: public String toString(){ return "Nome: " + this.nomeCompleto + ", Nascimento: " + this.dataNas + ", Email: " + this.email; } Sobre o método construtor acredito que você possa fazer isso de um jeito melhor... O método construtor precisa ...


0

Tente desta forma: URL url = SomeClassInEar.getClass().getClassLoader().getResource("/META-INF/arquivo.properties"); File file = new File(url.getPath()); FileInputStream fis = new FileInputStream(file); Espero ter ajudado


2

No meu sistema, usando NamedParameterJdbcTemplate do Spring, faço assim: public boolean tabelaExiste(String tableName) { HashMap<String, String> param = new HashMap<>(); param.put("table_name", tableName); return namedJdbcTemplate.query("select 1 from sqlite_master where name = :table_name COLLATE NOCASE and type = 'table'", param, ...


1

O Syncronized funciona de 3 maneiras diferentes: public synchronized void foo() { } Esta versão de foo() é um método de instância, ou seja, threads diferentes podem invocar foo() simultaneamente desde que as chamadas sejam realizadas em instâncias diferentes. O lock é feito na instância em que foo() foi invocado. public static synchronized void foo() { } ...


0

troque public class Pedido { por public class Pedido implements Serializable { e public class Item { por public class Item implements Serializable { Se suas classes não forem serializadas não poderão ser enviadas ao backend, isso já deverá resolver o problema :D


0

A sua melhor opção nesse cenário é usar o padrão de projeto DAO - Data Access Object. Esse padrão de projeto permite que você crie uma camada de abstração entre a sua aplicação e a fonte de dados. Dessa forma você pode trocar essa fonte de dados no futuro sem impactar as outras camadas do seu código. Você vai precisar de poucas classes para implementar esse ...


1

Fala Vitor Henrique, preciso colocar minha aplicação Android para funcionar em segundo plano (notificações e alertas sonoros), oque está faltando habilitar neste código? Forte abraço package com.aapbd.borakhdriver.Activity; /** *@Developer Faysal ** **/ import android.annotation.SuppressLint; import android.app.Activity; import android.app.Dialog; ...


1

Para resolver esse problema, eu segui os seguintes passos: Criar um ArrayList do tipo dos dados que nesse caso é Candidato. ArrayList<Candidato> copiaLDE = new ArrayList(); EstruturaDeDados LDEClassificados = new EstruturaDeDados(); Feito isso, em um laço de repetição, adiciono todos os candidatos no ArrayList. while (UA != null) { ...


-2

1 - Verifique seu banco - Veja se vc ja criou seu script corretamente. 2- Comece fazendo seus cruds e suas persitencias (DAO). 3- Faça sua interface para entender o que precisa acontecer quando fazer cada ação. apartir disso a solução vai começar a vir sozinha na camada de controle.


0

Boa tarde! Tente com a classe ArrayUtils da seguinte forma String[] fruitsArr = ArrayUtils.toStringArray(fruitsList);


5

Uma boa razão é que uma herança é um acoplamento muito mais forte que uma interface. Acoplamento é quando partes do seu código estão dependentes. Imagine que você tem uma função que calcula as coordenadas de uma nave na tela. Ela possivelmente é dependente das funções java.math para realizar os cálculos. Então ela possui certo grau de acoplamento com java....


0

Cara, eu estava fazendo um aplicativo desktop java que precisava executar som em mp3, wav, etc. No inicio eu tentei utilizar essa classe que você está usando, o AudioClip, porém sem sucesso. O problema pelo que parece não é código mas sim o fato de não ser um applet (acredito que seja o mesmo com esse seu projeto. Você está criando um applet?). Estão mudei o ...


3

Depende muito do que você que abstrair. Em casos onde se que padronizar assinaturas de métodos, pode ser usado a interface, já em casos onde se que reaproveitar os atributos de uma classe e também implementar ou sobrescrever métodos via polimorfismo, pode ser melhor utilizar a herança.


1

Se está preocupado com processamento, talvez não devesse usar streams, já que elas têm o seu custo e por isso são mais lentas que um loop tradicional. Outro ponto é que talvez você esteja complicando o código à toa. Nem sempre você precisa de streams. O seu código poderia ficar assim: public void adicionarItem(Produto produto, BigDecimal valorUnitario, int ...


0

Não é preciso necessáriamente salvar fora do container docker, isso acontece pois você não possui um volume para sua aplicação, tente realizar a montagem de um volume seguindo a documentação https://docs.docker.com/storage/volumes/ que dará tudo certo, o docker é como uma maquina virtual, toda vez que reiniciado limpa seus "caches" para não consumir volume ...


3

A operação System.out.println é bastante lenta. Você faz uma sequência de 100 instruções System.out.println(lista.get(i)); na thread principal, e portanto fora da thread1 e da thread2. A thread 1 vai acrescentar 10 elementos na lista e a thread 2 vai acrescentar outros 10. O resultado é que haverão 20 elementos. Logo, a thread principal vai fatalmente obter ...


1

Para PARAR o loop, utiliza-se o comando break. O continue na verdade pula para o próximo item do loop. Existe um erro de lógica no código abaixo: if (line.charAt(i) != ' ' || line.charAt(i) != '=') Repare que o if está verificando se o char é diferente de ' ' OU diferente de '='. Como não existe a possibilidade de o char ser igual a ambos, a condição ...


0

Essa lógica resolve, dessa forma a String instruction não vai ter espaço em branco e o símbolo de igualdade. for (int i = 0; i < line.length(); i++){ if (line.charAt(i) == ' ' || line.charAt(i) == '='){ continue; } instruction += line.charAt(i); }


0

Gustavo, você pode usar o break; e ajustar alguns detalhes do seu código, como fechar o "}" do laço for também. Segue exemplo: for (int i = 0; i < line.length(); i++){ if (line.charAt(i) != ' ' && line.charAt(i) != '='){ instruction += line.charAt(i); } else { break; } }


1

Utilize o break ao invés do continue for (int i = 0; i < line.length(); i++) { if (line.charAt(i) == ' ' || line.charAt(i) == '=') { break; } instruction += line.charAt(i); }


1

Você está executando o comando para gerar a build? Para fazer isso se você está usando spring tools ou eclipse você deve clicar com o botão direito no projeto escolher "Run as" -> "Maven build.." e colocar em "Goals": clean package e executar. Se você tem o maven instalado e quiser gerar a build por fora do spring tools ou eclipse navegue pelo terminal até o ...


1

Você pode simplesmente adicionar uma nova condição ao seu if pra verificar se tem algum curso com o mesmo nome, o seu for ficaria assim: for(int i=0;i<catalogoCursos.length;i++){ if(catalogoCursos[i]!=null && catalogoCursos[i].getname().equals(novoCurso.getname())) { return; //aborta um método void sem adicionar o novo curso ...


1

Olá, acredito que não. A ideia por detrás das exceções é que quando você usa a palavra-chave try, você está dizendo a linguagem para fazer uma copia da pilha de execução da thread atual. Lá estão as variáveis da função atual e das funções que chamaram ela. E estas variáveis apontam para os objetos no heap. Quando ocorre a exceção, sua pilha está em um ...


0

Consegui resolver mudando um pouco a estratégia e usando outra Classe, a solução ficou assim : DetachedCriteria subSelect = DetachedCriteria.forClass(Envolvido.class, "env"); subSelect.add(Restrictions.eq("env.isenIdp", isenIdp)); subSelect.add(Restrictions.eq("env.isenIds", isenIds)); subSelect.setProjection(Property.forName("...


1

A melhor maneira de você fazer isso é usando ajax, para o JSF existe um componente para você trabalhar com ajax usando richfaces é o a4j. No showcase deles você pode ver esse exemplo. Lembrando que o richfaces foi descontinuado em 2016 então para novos projetos usando JSF seria bom você buscar outras alternativas.


2

Você pode utilizar o StringUtils, StringUtils.rightPad(minhaString, 10) http://commons.apache.org/proper/commons-lang/javadocs/api-2.6/org/apache/commons/lang/StringUtils.html#rightPad(java.lang.String,%20int,%20char)


2

Este carinha não está instanciado ou está nulo. tbProduto.setModel(new ProdutoTableModel(new ProdutoDAO().listarTodos())); Instancie-o que dará certo.! Espero ter ajudado.


0

Se quer apenas rodar um código simples, pode usar a interface CommandLineRunner na sua classe main. O próprio spring injetar uma implementação para sua classe UserRepository. OBS: Toda vez que iniciar o servidor, seu banco será populado, se você quer trabalhar com migração de dados sugiro usar Liquibase ou Flyway @SpringBootApplication public class App { ...


0

Use o método between da interface CriteriaBuilderque testa a primeira expressão para ver se esta está entre a segunda e terceira expressão. No exemplo uso seu código para soma as vendas no mês de abril. Única alteração significativa no seu código é o trecho em destaque: EntityManagerFactory emf = Persistence.createEntityManagerFactory("belezaPU"); ...


1

Consegui achar uma "solução", no Enum coloca a seguinte anotação: import com.fasterxml.jackson.annotation.JsonFormat; @JsonFormat(shape = JsonFormat.Shape.NUMBER) public enum DiaSemanaEnum { ..... isso retorna o valor numérico pelo JSON, só que, no meu case eu coloquei os valores (por exemplo) LIVRE(1), OCUPADO(2), só que ele esta retornando não o valor ...


0

Faça primeiro o if antes de criar a nova instância, veja abaixo: public void execCadastro() { Scanner cad = new Scanner(System.in); if(indice >= Q){ System.out.println("Todos os espaços foram preenchidos"); return; }else this.pp[indice] = new Produto(); System.out.println("Codigo: "); int codigo = cad.nextInt();...


0

Eu fiz de uma forma e testei algumas vezes e consegui. Porém ainda sinto que falta alguma coisa hahah. Segue código: public int segundoMaior () { return segundoMaior(raiz); } private int segundoMaior(No i) { int segMaior=i.elemento; if (i.dir!=null ) { if(i.dir.dir!=null) { segMaior=...


0

Pelo que entendi, você está lendo um código de barras no client side e gostaria de armazenar isso caso desse erro, correto? Eu olharia para Session Storage ou um IndexedDB, para armazenamento local do lado cliente.


0

Você tem que adicionar a biblioteca dentro do netbeans. Vá em Arquivo, Propriedades do Projeto, Bibliotecas, Adicionar JAR/Pasta. Vá em propriedades do projeto Agora em Bibliotecas, click em Adicionar JAR/Pasta, selecione o .Jar do Jfoenix. Click em Ok, agora é só reconstruir o projeto. Referencia: https://github.com/jfoenixadmin/JFoenix/issues/62


As 50 principais respostas recentes são incluídas