Respostas interessantes marcadas com a tag

5

Que tal agrupar usando sum() com um somatório condicional: SELECT sum( CASE WHEN usado = '0' THEN 1 ELSE 0 END ) quantidade, codigosuprimento FROM public.estoque GROUP BY codigosuprimento ORDER BY codigosuprimento;


5

select COUNT(*) from tabela Pega todas as colunas da tabela durante a consulta, aí todos os dados estarão disponíveis na memória para o SGDB fazer a operação de contagem e outras coisas. Se não houver otimização. Mas muitos DBs otimizam isto de alguma forma para uma expressão simples assim, alguns podem fazer isto até mesmo em tempo constante O(1). Caso ...


5

Você pode usar uma combinação de soma com condicional para somar zero ou um conforme o caso. Exemplo compatível com diversas bases: SELECT SUM(CASE WHEN a.pedido IS NULL THEN 0 ELSE 1 END) AS total Exemplo para MySQL: SELECT SUM(IF(a.pedido IS NULL, 0, 1)) AS total


5

Como se trata de um sorteio em que não há repetição de valores nas colunas, pode usar o operador IN: SELECT COUNT(*) FROM sorteiosanteriores WHERE 20 IN (bola1,bola2,bola3,bola4,bola5,bola6 ... bola15) Veja funcionando no SQL FIDDLE. Agora, precisa ver se essa modelagem "horizontal" é a melhor solução. Provavelmente uma tabela ...


4

Segue um exemplo de consulta: SELECT t.NOME_TOPICO , count(c.id) qtd_comentarios FROM TABELA_TOPICOS as t left join TABELA_COMENTARIOS as c on c.fk_uf = t.id group by t.id order by count(t.id) desc


4

De que banco de dados está falando? Em que base de dados? Quando se fala de performance é difícil fazer asserções definitivas. Pode mudar de acordo com a implementação, então o SQL Server pode dar uma coisa e o PostgreSQL dar outra. Pode mudar de uma versão para outra, pode mudar de acordo com a configuração daquele banco ou do sistema todo. Pode variar de ...


4

Não tem porque complicar, se quer somar várias coisas é uma operação aritmética simples. SELECT (SELECT count(*) from OBRAS) + (SELECT count(*) from TITULOS) + (SELECT count(*) from AUTORES); Coloquei no GitHub para referência futura. Seria interessante outra solução se a lista de tabelas fosse muito grande, mas essencialmente envolveria código que ...


4

Você pode usar o SUM mas tem dois pontos: - Somar todas as colunas - Agrupar por cada sim/não/sem preenchimento Daria para fazer num único SELECT, somando as colunas (sum(col1)+sum(col2)+...), mas teria o problema dos valores individuais... Então poderia usar um CASE WHEN: (sum(CASE WHEN col1=1 THEN 1 ELSE 0 END)) para cada valor e cada coluna... Essa é ...


4

Do jeito que você está fazendo a consulta, a função COUNT() fará uma contagem de todos os registros retornados. Entretanto, você quer fazer a contagem de dependentes para cada colaborador, logo, você precisa agrupar os resultados com a cláusula GROUP BY. Dessa forma a função COUNT() contará os dependentes dentro daquele grupo definido, ao invés de todos os ...


4

Esta resposta ignora o facto de o valor 20 não se poder repetir visto ser uma das regras de negócio este valor não poder estar repetido em várias colunas do mesmo sorteio. SET @valor = 20; select (select count(Bola1) from sorteiosanteriores where Bola1 = @valor) + (select count(Bola2) from sorteiosanteriores where Bola2 = @valor) + (select ...


4

Uma possibilidade é utilizar count, distinct e group by Essa consulta apresenta a quantidade de bairros por cidade e bairro. SELECT city, neighborhood, count(neighborhood) as qtd_bairros FROM <nomenclatura da tabela> GROUP BY city, neighborhood ORDER BY city, neighborhood DESC Essa consulta apresenta a ...


3

Tente JOIN com COUNT definindo o campo que será contado pois ele ignora os registros nulos. SELECT bairro, COUNT(idCarro) AS qtde_carros, COUNT(idMoto) AS qtde_motos FROM bairro b LEFT JOIN carros c ON (c.idBairro = b.idBairro) LEFT JOIN motos m ON (m.idBairro = b.idBairro) GROUP BY bairro


3

As consultas de Count(*) ou Count(coluna ou qualquer outra coisa), não tem diferença em niveis de performance, inclusive foi um dos assuntos abordados no blog do Gustavo Maia na categoria "Mitos do SQL Server", mais detalhes em: http://gustavomaiaaguiar.spaces.live.com/blog/cns!F4F5C630410B9865!658.entry?sa=267685225 Mais em questão de boas práticas é ...


3

Você pode fazer assim: SELECT (SELECT COUNT(publications.id) FROM publications) AS total1, (SELECT COUNT(deejays.id) FROM deejays) AS total2)


3

Use o COUNT com o GROUP BY. Não conheço sua estrutura, mas é isso que você tem que fazer. SELECT IFNULL(COUNT(COMENTARIOS.ID), 0) AS QUANTIDADE_COMENTARIOS FROM COMENTARIOS GROUP BY ID_TOPICO ORDER BY QUANTIDADE_COMENTARIOS


3

Conforme a documentação é para obrigar a implementação do método Count(). É usada em classes de coleções de dados que precisam de forma padronizada de obter a contagem de todos itens contidos nela. Em geral se espera que a complexidade ela seja O(1), para isso a estratégia mais adotada é guardar a contagem do objeto em algum membro e qualquer alteração nela ...


3

Você não precisa do distinct, o group by faz o serviço todo nesse caso: SELECT cliente, status, count(cliente) as qtd_cliente FROM portal.pedidos group by cliente, status; Se você usar distinct(status) como no seu exemplo, ele vai pegar os status sem repetir, omitindo os clientes.


3

Para resolver esse problema, podemos utilizar a função IFNULL que retorna um valor numérico ou string, dependendo do contexto no qual é usado: mysql> SELECT IFNULL(1,0); -> 1 mysql> SELECT IFNULL(NULL,10); -> 10 mysql> SELECT IFNULL(1/0,10); -> 10 mysql> SELECT IFNULL(1/0,'yes'); -> 'yes' Então aplicando ao seu problema, ...


3

Caso você não esteja tão preocupado com performance, pode utilizar a consulta abaixo: select sum(total) from (SELECT count(*) as total from OBRAS union all SELECT count(*) as total from TITULOS union all SELECT count(*) as total from AUTORES) as totalConsultas


3

Pergunta simples mas, ao mesmo tempo, curiosa. Há algumas soluções. Por exemplo, além das soluções propostas por rLinhares e Maniero, eis outra: -- código #1 with C1 as (SELECT count(*) as Q from OBRAS), C2 as (SELECT count(*) as Q from TITULOS), C3 as (SELECT count(*) as Q from AUTORES) SELECT C1.Q + C2.Q + C3.Q from C1 cross join C2 cross join C3; ...


3

O seu repositório retorna um async Task<IEnumerable<object>>, então você precisa de um await para acessar a coleção (que possui o método Count) `(await new AltaUtiService().GetPendenciasByUser(hospitalId)).Count()` Eu realmente espero que este seu AltaUtiService.GetPendenciasByUser não esteja chamando um ToListAsync antes de devolver a coleção. ...


2

Saudações! SELECT par.id_pa as Parcela, par.valor_parcela, valor_pago FROM parcelas AS par LEFT JOIN (SELECT id_parcela, SUM(valor_bruto) as valor_pago FROM pagamentos GROUP BY id_parcela) as pgtos ON pgtos.id_parcela = par.id_pa A consulta acima te mostrará o Id da Parcela, o valor da parcela e o valor pago até o momento (se houver pagamento para a ...


2

Na maioria das linguagens de programação, cada chamada de função precisa de alguns bytes da pilha de execução e em geral existe um limite máximo para o tamanho da pilha. Num computador de Desktop hoje em dia esse limite normalmente é da ordem de centenas de milhares de chamadas mas em Python o limite é bem baixo de propósito: > import sys > sys....


2

Costumo fazer assim: select count(clientes.id) as coluna1, count(titulos.id) as coluna2, sum(titulos.valor) as total from clientes, titulos Retorna algo assim: coluna1 | coluna2 | total 10 | 25 | 50 Se precisar de mais colunas com alguma fórmula chame no select adicionado vírgula para separar.


2

O erro que você está tendo não é no Count. É aqui: var query = PessoasVinculadas .AsEnumerable() .Where(x => x.Field<int>("tipo") == TipoVinculo && x.Field<int>("pessoa_referenciada_id") == idPessoaReferenciada && x.Field<int>("...


2

O que poderia ser feito para armazenar o valor do query.Count() em uma variavel do tipo int ou para utilizar em if()? Você pode converter sua consulta para um lista e usar a propriedade Count var count = PessoasVinculadas.AsEnumerable() .Count(x => x.Field<int>("tipo") == TipoVinculo &...


2

Esse jeito é com Inner Join. Mas se quiser algo mais organizado mesmo, faça o que o Wallace postou. <?php $anuncios = Categoria::orderBy('cat-nome') ->join('anuncios', 'anuncios.cat-id', '=', 'categoria.cat-id') ->selectRaw('*, count(anuncions.cat-id) as cat-total') ->get();


2

Pela questão eu entendi que você quer todos os amigos em comum entre dois usuários. SELECT u.usuario, u.pnome, u.snome, u.foto, COUNT(c.id) as comum FROM amizades a INNER JOIN usuarios u ON (u.usuario = a.amigo1 AND a.amigo1 <> '$userPagina') OR (u.usuario = a.amigo2 AND a.amigo2 <> '$userPagina') LEFT JOIN (SELECT id FROM amizades WHERE (amigo1 ...


2

Sim, é uma interface padrão do PHP. Serve para tornar um objeto compatível com a função count(). Se a sua classe implementa Countable e possui um método count, esse método será invocado quando uma instância da classe for passada para a função count global do PHP. Por exemplo: <?php class Lista implements Countable { private $items = []; private ...


2

No Oracle o "group by" tem de ser o mesmo do "select" select f.numemp, f.numcad, f.nomfun, f.codcar, c.titcar, count(*) from R034fun f join R024car c on f.codcar = c.codcar where f.codcar in ('0001157','800739','800852') and f.sitafa <> 7 group by f.numemp, f.numcad, f.nomfun, f.codcar, c.titcar


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam