Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

6

Não, não é bug no PyCharm, muito menos funciona no computador do seu colega. Não funciona porque o código está errado. Primeiro, indentação. A indentação define os blocos de código no Python e é fundamental que ela esteja correta. Diferente da maioria das linguagens, o código não funcionará com a indentação errada. Seu primeiro laço está indentado em ...


5

Mesmo que ele digite 1 ou 1.0 será string de qualquer forma, uma string pode ter formato numérico normalmente, só porque 1 é um numero não quer dizer que o tipo dele vai ser int. O que você pode fazer é usar duas regex para detectar qual formato a string se assemelha e então fazer o cast, por exemplo: import re entrada = input() if re.match('^\d+$', ...


5

Certamente não porque o PyCharm é só um editor de código. E também não é no Python, porque duas coisas exatamente iguais só podem dar o mesmo resultado, mesmo que tivesse um bug. bugs não são mágicos que aparecem e desaparecem. Mas se não é tudo exatamente igual, aí pode dar resultado diferente, e não dá para culpar o IDE pelo problema, o problema está no ...


5

Porque Python tem uma feature muito legal de comparações que permitem que mais de uma comparação com o mesmo elemento sejam escritas na mesma notação que usamos em matemática. Então, se queremos saber se um número está entre "5" e "7", em vez de escrever "se x > 5 e x < 7", como pensamos ao programar, dá pra escrever "se 5 < x < 7", como fazemos em ...


3

O problema é que os nomes corretos, verdadeiros, das pastas que você citou, são os nomes em inglês mesmo, Users e Documents. O que ocorre é que existe um gancho de visualização definido nos arquivos ocultos desktop.ini: [.ShellClassInfo] LocalizedResourceName=@%SystemRoot%\system32\shell32.dll,-21770 IconResource=%SystemRoot%\system32\imageres.dll,-112 ...


3

Isso não tem a ver com a linguagem - (código fonte não tem "cores" é só texto, de qualquer forma) - e sim, com a ferramenta que você está usando - no caso o PyCharm. O PyCharm é uma IDE, e IDEs provem suporte para escrever projetos grandes que vão além da linguagem em si. No caso, o qu efaz com que a cor seja mudada é que há uma prática entre ...


3

Talvez você saiba que esta forma não é muito phytonica. Quando você quer garantias no código, é melhor usar outra linguagem. Este provavelmente é o motivo do PyCharm reclamar disto. Ele não vai muito longe para verificar se está tudo em ordem. Então ele não vê o método implementado ali e acha que é um problema. Não é. O importante é ter o método ...


3

Módulos em outras linguagens não são usáveis diretamente a partir do Python. O fato do módulo ser importado é por que o Python pode importar módulos .so no Unix ou .dll no Windows - mas esses módulos tem que ter estruturas específicas dentro para que elementos de Python sejam visíveis na linguagem. Para isso é necessário se colocar algumas estruturas de ...


2

Realmente isso é uma peculiaridade do PyCharm, você precisa informar para o PyChar que no diretório onde estão os teus códigos também existem módulos que podem ser importados. Para fazer isso basta clicar com o botão direito em cima da pasta onde se encontram os teus códigos e ir até a opção "Mark Directory as" e clique na opção "Sources Root". Isso será ...


2

Também encontrei uma solução para o erro WARNINGS: ?: (1_8.W001) The standalone TEMPLATE_* settings were deprecated in Django 1.8 and the TEMPLATES dictionary takes precedence. You must put the values of the following settings into your default TEMPLATES dict: TEMPLATE_DIRS No stack em inglês Defina debug no dicionário OPTIONS das configurações dos ...


2

Bom, existem várias maneiras de resolver seu problema. Duas maneiras bem simples são usando recursão e um simples loop: def fat1(n): if n <= 1: return 1 return n*fat1(n-1) def fat2(n): resultado = 1 for i in range(1, n+1): resultado *= i return resultado Outra opção, em um estilo mais funcional: from functools ...


2

Para o problema de fatorial é bem simples resolver usando uma função recursiva: def fatorial(n): if n<=1: return 1 else: return n*fatorial(n-1)


2

File->Settings->Inspections Spelling, desmarcar a opção Typo.


2

Simplismente porque você não está usando o modulo que você fez import, use em algum lugar do codigo e o warning deve sumir em breve.


2

Onde ficam os projetos, clica em com o botão direito "Mark directory as..." depois "Sources Root"


2

Como eu disse no comentário a nomeação funções/métodos não permite o uso do caractere ., por isso o erro de sintaxe. O que você pode fazer é com o método decorado com @property retornar a instância da classe pygame.Surface.Rect da seguinte forma: import pygame class Sprite(pygame.sprite.Sprite): def __init__(self, imagem, x, y): self.imagem = ...


2

Seria legal você colocar um exemplo de quais variáveis está tentando alterar. Mas de qualquer forma, se você estiver tentando mudar variáveis locais em uma função que está debugando, isso não é possível por conta de como o Python é implementado: Os mecanismos internos da própria linguagem que permitem a depuração e outros, sempre atualizam as variáveis ...


2

No exemplo abaixo, o banco de dados SQLite é criado no arquivo foobar.db, onde uma tabela chamada tb_fruta é criada e seus itens manipulados (inclusão, alteração e exclusão) por meio de comandos SQL: import sqlite3 conn = sqlite3.connect('foobar.db') c = conn.cursor() c.execute("CREATE TABLE tb_fruta ( id integer, nome text );") c.execute("INSERT INTO ...


2

Isso é devido às configurações do PyCharm, que considera o termo "todo" como to do, do inglês "a fazer" e destaca o conteúdo como forma de alertar o desenvolvedor sobre as pendências. Inclusive você pode configurar o comportamento do editor em relação a isso nesta parte. Tal ferramenta pode ser utilizada, inclusive, quando for fazer algum commit através do ...


2

Verifique suas configurações de execução e depuração: run/debug configurations (em inglês) Veja se o caminho para o interpretador (Python interpreter), é o mesmo onde você instalou os pacotes ou usa em outra ferramenta.


1

O Python3 não tem problema nenhum. Com você pode ver, o erro é de "Java", como na mensagem "java.io.FileNotFoundException: C:\Users\Dikson.PyCharmEdu2018.3\config\port (Acesso negado) " - que alias conta toda a história do erro. Vicê teve um erro com o Pycharm - não com o Python. Pycharm é o editor de textos com ferramentas extras - um "Ambiente ...


1

Basta você posicionar o mouse sobre a notificação que aparecerá a mensagem do que a IDE estranhou: Em tradução livre, o nome cor pode não estar definido. Isto é um aviso, não um erro. O aviso está mais para "Cuidado! Algo pode estar errado". Isso porque você fez: if cont == 0: cor = cores['tri'] elif cont == 1: cor = cores['per'] elif cont == 2: ...


1

Menu File/Settings/Editor/File Types Veja a figura, é intuitivo.


1

No editor, clique com o botão direito sobre o número das linhas e ative "Soft-Wrap":


1

Consegui solucionar o meu problema atualizando o interpretador do Python dentro do Pycharm. 1) Primeiro cliquei na aba superior em File ->Settings. 2) Cliquei em Project: untitled (Nome do meu projeto) -> Project interpreter -> Show All.. 3) O próximo passo foi entrar em add interpreter(+). 4) Por fim, entrei em Virtualenv Environment, selecionei New ...


1

Você instalou o pygame, certo? Verificou se a configuração do interpretador python está correta? Digo, está apontando para o virtualenv ou docker que você está trabalhando? Nas configurações do interpratador você pode inclusive ver as bibliotecas listas em suas respectivas versões. Uma sugestão adicional seria reduzir o escopo dos imports: from pygame ...


1

Outra forma simples é utilizar a ast.literal_eval. eval vs ast.literal_eval: quais as diferenças? Assim, você não abre brechas em segurança utilizando a função eval, nem precisa prever todos os formatos de entrada com expressões regulares. import ast while True: entrada = input('Entre com alguma coisa:') valor = ast.literal_eval(entrada) ...


1

A resposta está na pergunta. Não tem o que fazer. Você sempre saberá o tipo do valor, não importa como ele é obtido e saberá o tipo da variável naquele momento. Na verdade linguagens como Python não possuem tipos de variáveis, apenas uma etiqueta dizendo que tipo ela está representando naquele momento. Se o código já sabe qual é o tipo não tem porque ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam