Respostas interessantes marcadas com a tag

29

O Edgar Muniz Berlinck já deu uma visão geral, e a resposta do OnoSendai descreve o protocolo muito bem, mas gostaria de complementar com a motivação por trás desse protocolo (e fazer algumas pequenas retificações). Quando um cliente (digamos, Alice) se conecta a um servidor (Bob) através da internet, essa conexão é indireta - Alice manda a mensagem pra ...


29

O protocolo é consideravelmente robusto, mas pode onerar bastante a comunicação entre cliente e servidor. A lista de 'passos' ( e seu código em um SSL packet) para o estabelecimento de uma conexão SSL é a seguinte: 0x00 Hello Request Uma conexão é estabelecida pelo cliente para o servidor. 0x01 Client Hello O cliente se identifica (no nosso caso, o browser)...


25

Cara, resumidamente o protocolo TLS é uma evolução do SSL. Como é possível retirar dessa aula sobre TLS e SSL da UFRJ: As diferenças entre o SSL e o TLS são muito pequenas e técnicas, porém eles possuem normas diferentes. O TLS tem a capacidade de trabalhar em portas diferentes e usa algoritmos de criptografia mais fortes como o keyed-Hashing for Message ...


23

O SSL/TLS é uma camada de criptografia a nível de transporte. Isso significa que: Sim, os dados chegam encriptados; somente o browser do usuário e o seu servidor têm acesso a eles, ninguém no meio do caminho pode vê-los ou alterá-los sem ser percebido; Não é necessário fazer nada no PHP para descriptografar, pois o PHP opera na camada de aplicação, não de ...


17

Eu desenvolvo aplicativos para Facebook e todos estes devem ser executados por HTTPS. Para isso eu preciso instalar um certificado no meu servidor (JBoss no caso, já que uso java). Bem, quando as pessoas acessam meu aplicativo o meu JBoss identifica que se trata de um acesso por HTTPS e apresenta o certificado para o browser, confirmando que a url acessada ...


16

Em quê o SSL torna mais seguro um site? Criptografia. No HTTP normal, os dados são enviados em plaintext dentro dos pacotes de rede e alguém que estiver usando um sniffer, que é um programa que captura os pacotes, poderá ver o conteúdo deles. No entanto, se o conteúdo dos dados que trafegam na sua conexão forem de importante confidencialidade (ex: dados ...


12

É necessário que um site tenha certificado válido para que a comunicação com ele seja segura? Por que? Sim, é. Toda e qualquer requisição feita em cima de SSL requer uma chave que está contida dentro do certificado. O conteúdo da requisição é criptografado no servidor e enviado para o cliente, que descriptografa a requisição usando a chave do certificado. ...


11

A resposta do mgibsonbr já explica perfeitamente o que você deseja saber nesta pergunta. Como sei que você está interessado em criptografia end-to-end vou complementar algo importante para não usar a ferramenta errada. Usar HTTPS não é fazer criptografia end-to-end. O conceito end-to-end só consegue ser aplicado de fato quando a criptografia é usada na ...


11

O fato de ser "encriptado por padrão" não removeria a necessidade de certificados. A encritação e o certificado cumprem um papel completamente diferente. Além do mais, o HTTP/2 possui o H2C (http2 without TLS), que não é encriptado por padrão, mas isso não é suportados pelos navegadores. A encritação apenas tem o intuito de proteger os dados trafegados, ...


9

São dois grandes benefícios: todos os dados trafegados por este protocolo são criptografados, então tem pouca utilidade se alguém interceptar os pacotes entre o cliente e o servidor. Isto é feito de forma transparente, sua aplicação não precisa saber lidar com a criptografia. ele fornece uma identificação confiável dos agentes envolvidos na comunicação ...


9

Se um site é destinado ao público em geral, a única maneira de garantir a autenticidade da comunicação sem intervenção manual é através de um certificado válido. Usar um certificado inválido é só marginalmente melhor do que não usar nada - pois reduz as chances de qualquer pessoa na rede monitorar (eavesdrop) a comunicação sem ninguém perceber, em especial ...


8

Certificados mais baratos: tem menos nome, isto importa em algumas situações, em parte existe um motivo para ter menos nome, em parte é marketing; são aceitos em menos navegadores e outros softwares (em geral sistemas operacionais) que buscam certificados, mas isto não costuma ser um problema sério hoje em dia já que todos os principais são aceitos em ...


8

Os certificados oferecidos atualmente no mercado são tão baratos que, particularmente falando, não compensa a "economia" com alternativas gratuitas. Mas independente disso, o Let’s Encrypt atualmente possui um amplo suporte e é reconhecido pelos principais ambientes web (browsers). Porém ainda incompatível em outros ambientes em determinadas circunstâncias. ...


7

Além da camada de transporte e camada da aplicação, numa requisição http ou https, há alguma outra camada? Na verdade não é bem o HTTP ou HTTPS que tem camadas. É todo o tráfego que tem camadas. Isso é chamado de modelo OSI (Open Systems Interconnection) criado por esta entidade que cuida dos padrões de interconexões. Ela está oficializada pela ISO/IEC 7498-...


7

Após algumas pesquisas em diversos sites, obtive o resultado esperado. Para completar o fluxo do SSL Handshake, o servidor precisa dizer quais certificados são aceitos, desta forma o navegador irá exibir o prompt de seleção com apenas certificados possivelmente válidos para completar essa requisição, conforme o diagrama abaixo: Desta forma, É necessário ...


6

No geral, quanto mais caro o certificado, mais "confiável" ele é -- do ponto de vista do cliente. O tamanho da chave influencia também nesta confiabilidade, mas não é o principal fator. Qualquer certificado novo tem chave suficientemente forte. A chave é "até x bits" porque um browser mais antigo pode negociar uma chave menor (eu acho). "Confiável" quer ...


6

Como já fizeram a resposta curta e grossa, vou fazer a longa. Para entender os termos 'chave pública' e 'chave privada' é preciso saber um pouco sobre algoritmos de encriptação. Introdução a Encriptação Algoritmos de encriptação tem como objetivo garantir que um emissor troque uma mensagem com um destinatário sem que intermediários a obtenham. Na ...


6

Um certificado SSL possui uma cadeia de assinatura, que começa numa entidade certificadora raiz (CA root), que assinou certificado A, que assinou certificado B, até chegar no certificado final. Os browsers têm uma lista de CA roots embutida. Qualquer certificado cuja cadeia inicie num CA root conhecido, é aceito como bom, não interessa quantos intermediários ...


6

Em um SSL "normal" (sem pinning), o handshake (a "conversa inicial" que o cliente e o servidor fazem para se conectar) possui várias etapas, e em uma delas o servidor envia para o cliente o seu certificado digital. O cliente então verifica se este certificado é confiável. Para isso, ele vê se o certificado foi emitido (assinado) por ...


5

Injeções PHP, SQL e similares ocorrem na camada da aplicação, que não é o escopo do SSL - este ocorre na camada de comunicação. As preocupações a respeito da comunicação são claras e válidas. Por exemplo: Se sua comunicação com o servidor não é criptografada, governos autoritários podem interceptar o conteúdo de suas comunicações. Companhias com sérios ...


5

Como sei que a mensagem está sendo criptografada / descriptografada ? A ideia por trás de uma camada de criptografia é abstrair tudo isso do programador, se apresentando como se fosse um socket normal. Ou seja, o SSLSocket abriu? Então as mensagens estão sim sendo cifradas/decifradas. É simples assim! Você já viu em algum filme o personagem perguntar: "essa ...


5

O que você precisa implementar é autenticação, principalmente porque você falou que no segundo momento você vai ter um aplicativo mobile. Com o app mobile você não vai ter mais o controle de quem é a origem da aplicação. Se não tivesse um aplicativo mobile, talvez você poderia fazer a restrição pelo IIS já que o domínio de origem é conhecido e único. Use ...


5

Encontrei o problema. Precisei adicionar o certificado da rede da minha empresa ao certificado do JAVA CA. Utilizei o código abaixo: "%JAVA_HOME%/jre/bin/keytool" -keystore "%JAVA_HOME%/jre/lib/security/cacerts" -importcert -alias MyCertificate -file "cert.cer" A senha padrão é changeit


4

Ok, Vamos la por que esse é um problema complexo com variáveis complexas também. Seus detalhes foram poucos mas permitem inferir que: estas usando o SSL do python; Provavelmente estas trabalhando num servidor Linux ou conectando num; O erro: File "/usr/lib/python2.7/ssl.py", line 369, in do_handshake self._sslobj.do_handshake() error: [Errno 104] ...


4

Isso não parece ser possível usando o pacote rvest. Lendo o código fonte, vemos que a função read_html é um wrapper da função read_xml. O código fonte está disponível neste link. A função read_xml usa algum método dependendo do tipo de input, que pode ser character, raw ou connection. Quando passamos uma URL, para a função read_xml, ela o converte para ...


4

Agradeço ao meu amigo @GuilhermeNascimento pela resposta e pelo @Bacco ter ajudado no chat a resolver o problema. Finalmente consegui resolver! Vamos aos passos necessários. Eu estou usando a versão 5.6 do PHP. Depois de ter feita todas as configurações necessárias no apache, é necessário fazer uma configuração para o PHP. Primeiro, precisamos localizar ...


4

Você precisa de um Certificado de Validação Estendida (EV SSL). É o mais alto nível da validação de um certificado, porém é o mais caro. Para ter um você vai precisar ter um negócio válido, com telefone, endereço físico e um registro legal, que será consultado em órgãos públicos. Extended Validation Certificate


4

Após obter um certificado A1 e A3 válido (e não os de testes que foram usados para confecção da pergunta), foi possível identificar que no campo S_DN_CN do certificado contém o nome e o número do documento. No grupo de Distinguished Name (DN) no Common Name(CN) do certificado é possível visualizar uma String composta pelo Nome (e-CPF) ou Razão Social(e-...


4

Segue essa resposta traduzida de uma outra pergunta realizada no SOen: Qual é a diferença entre um arquivo cer, pvk e pfx? O Windows usa a extensão .cer para um certificado X.509. Estes podem ser em "binário" (ASN.1 DER), ou pode ser codificado com Base-64 e ter um cabeçalho e rodapé aplicado (PEM). O Windows reconhecerá também. Para verificar a ...


4

A diferença entre os dois é uma questão burocrática. Ambos garantem praticamente o mesmo nível de segurança contra ataques eletrônicos. O que o EV dá a mais é uma garantia de que a entidade que emite o certificado (i.e.: GoDaddy, Digicert etc.) realmente investigou a empresa que comprou o certificado para garantir que se trata de uma entidade legítima e ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam