Respostas interessantes marcadas com a tag

20

Vagrant Foi criado com o objetivo de se criar VMs pré-configuradas. A ideia de criar uma VM para simular ambientes e compartilhar com os seus colegas é ótima, mas é um problemão ficar horas instalando um sistema operacional do zero e depois instalando e configurando todas as ferramentas. A HashiCorp, organização que detém o Vagrant, bolou um esquema de ...


13

Em uma infraestrutura baseada em Docker, gerenciar um só servidor, ou 2 servidores é uma tarefa simples. Mas há cenários em que você tem centenas ou até milhares de servidores, e as decisões que precisam ser tomadas são: Mover container do servidor A para o servidor B Eliminar um container (e precisa descobrir em qual servidor ele está) Subir um conjunto de ...


11

De acordo com o próprio site do fabricante, Kubernetes é um sistema para automatizar a implantação, escalabilidade e gerenciamento de aplicações conteinerizadas. Qual o propósito e benefício do uso desta ferramenta? Com Kubernetes é possível: Executar diversos containers em diferentes máquinas; Escalar adicionado ou removendo containers de acordo ...


10

A manutenção de ambientes de Desenvolvimento, Homologação e Produção tem grande impacto no Gerenciamento do Ciclo de Vida da Aplicação (ALM - Application Lifecycle Management), devido a grande complexidade das aplicações. Para mitigar os riscos neste gerenciamento e manter os altos níveis de Qualidade desejados pelos usuários dos sistemas é necessário que ...


9

O que é o Kubernetes? Preambulo As tecnologias de containers, como o Docker, estão permitindo uma nova abordagem à maneira como os desenvolvedores criam e implantam aplicativos. Com containers, um desenvolvedor pode facilmente empacotar um aplicativo com todas os componentes necessários, incluindo bibliotecas e outras dependências, e enviá-lo como um único ...


9

Qual o propósito e benefício do uso desta ferramenta? Criação e implantação ágil de aplicativos: Maior facilidade e eficiência da criação de imagens de contêiner em comparação ao uso de imagens da VM. Desenvolvimento, integração e implementação contínuos: Proporciona criação e implantação confiável e freqüente de imagens de contêiner com reversões rápidas e ...


8

Virtual Machine Uma Virtual Machine (VM) consiste em rodar diversos Sistemas Operacionais (SOs) completos (Linux, Windows, BSD, …) em recursos de hardware compartilhados. Tais SOs podem ser diferentes em cada VM e também pode ser diferente do sistema operacional base, onde rodam as VMs. Cada kernel do Sistema Operacional virtualizado considera sua execução ...


8

Conforme o https://ma.ttias.be/chrome-force-dev-domains-https-via-preloaded-hsts/ e o https://chromium-review.googlesource.com/c/chromium/src/+/669923 Desde o Chrome 63 (Dezembro de 2017), irá forcar todos domínios terminados em .dev (e .foo) serem redirecionados para HTTPS pre-carregados com o header HTTP Strict Transport Security (HSTS), o que irá ...


5

Dê uma olhada nesta resposta (inglês). Em suma: LinuX Container (LXC) consiste um meio de baixo nível para virtualizar sistemas Linux. Trabalha em nível de sistema operacional. LXD é um hypervisor que usa LXC por baixo dos panos. Pense nele como LXC com um ferramental mais incrementado. Por exemplo, o LXD possui uma interface HTTP REST para administração. ...


5

Uma resposta de cada vez: Tecnicamente o Docker gera "snapshot da máquina" então todos os desenvolvedores obrigatoriamente puxam do mesmo hub para não ter diferença no container correto? Exatamente. Esse snapshot da máquina que é chamado de container. Nele container tem todo ambiente necessário para rodar o seu serviço. Esse container está na máquina ...


5

Existe duas formas de criar imagens customizadas com commit e com dockerfile. Commit: Precisamos primeiro criar um container qualquer: docker run -it --name containername ubuntu:16.04 bash Agora que estamos no bash do container, vamos instalar o nginx nele: apt-get update apt-get install nginx -y exit Vamos parar o container com o comando abaixo: ...


5

No dockerfile os volumes informam ao docker os pontos de montagem nos containers criados a partir da imagem que está construindo (com o dockerfile). Isso permite ao docker alocar volumes dinamicamente, ou ainda informar para os consumidores da imagem quais são os pontos de montagem necessários para se manter estado dos containers criados com a tal imagem. ...


4

Do lado do host faz sentido. É possível encontrar módulos puppet para gerenciar containers Docker. Do lado do cliente, não há nada ainda muito definido. Há basicamente duas situações onde o gerenciamento de configuração pode ser utilizado: No momento da construção – criação do container No momento de inicialização – para finalizar a configuração, aplicando ...


4

Sim você pode utilizar o contêiner para desenvolvimento, para que você possa entender melhor vou fazer alguns esclarecimentos. O comando CMD será executado apenas uma vez, quando seu contêiner for startado. Para efetuar uma alteração no seu arquivo hello_world.py e para que a mesma se reflita no contêiner, será necessário você linkar o volume onde encontra ...


4

Isso dependerá do navegador em uso. Aparentemente o Chrome é o único que permite a utilização de um localhost sem SSL via a seguinte flag: chrome://flags/#allow-insecure-localhost


4

Você pode fazer dessa forma: CONTAINER_NAME='mycontainername' CID=$(docker ps -q -f status=running -f name=^/${CONTAINER_NAME}$) if [ ! "${CID}" ]; then echo "Container doesn't exist" fi unset CID ou if [ ! "$(docker ps -q -f name=<name>)" ]; then if [ "$(docker ps -aq -f status=exited -f name=<name>)" ]; then # cleanup ...


4

infelizmente o Docker no Windows não é tão bom, pois ele tem que emular uma maquina linux pra servir o kernel para as imagens e so depois usar o conceito de contêiner e pilhas, e outra coisa que eu reparei é que em especial o Windows 10 recentemente esta mais lento que o normal para Docker, digo isso porque já uso Docker a mais de 3 anos, como o Docker para ...


4

Uma boa analogia para o entendimento sobre imagens e containers é essa do comentário. A classe seria a imagem, onde você cria a definição e os comportamentos que um determinado container terá, e o container é a instância que você irá efetivamente usar durante a execução. Sobre suas dúvidas, parte delas estão explicadas na documentação sobre a arquitetura ...


3

Baseado em minha experiência com Docker: A obrigatoriedade de usar ou não Docker no processo de Desenvolvimento depende do processo estabelecido. Por exemplo, no meu processo tenho uma base_container contendo todas as dependências de um Projeto (como ruby + sinatra). A partir dai tenho 2 processos, um como meu ambiente de dev e outro de builds (para ...


3

Não faz sentido ter o BD em imagem, o que você terá será o serviço de BD, e não o banco em si! Você deverá ter o banco em um docker de file system, e deverá fazer backups regulares apartir da ferramenta própria de banco de dados. Em caso de desastre o banco será recuperado através do backup, e não de uma imagem. Bancos de dados executam transações, ...


3

Vou tentar responder todas as dúvidas. Se algo não ficou claro, basta comentar que vou complementando a resposta, combinado? O Azure é um provider de nuvem. Nele encontramos dois tipo de serviços que podemos consumir: IaaS - Infrastruture as a Service: Onde, sim, é um ambiente totalmente gerenciável para virtualização de infraestrutura, ou seja, máquinas ...


3

Verifique se o Docker Daemon está rodando com o comando service docker status, caso não estiver dê um start com service docker start e verifique se o erro persiste. Se o usuario docker não pertencer ao mesmo grupo do login usado por você, adicione ele ao grupo, sudo usermod -aG docker <seusuario> Caso persistir e puder reinstalar, faça com as ...


3

Voce pode usar a funcionalidade VOLUME para isso. Suponha que seu diretório de seu Dockerfile esteja em ~/Desktop/meu-site e que o Document Root do site no Apache (Contêiner) esteja em /var/www/html Faça o seguinte: mkdir src # copie o código de seu site para este diretório src docker run -d -v ~/Desktop/meu-site/src:/var/www/html Agora faça : subl -a ...


3

O Docker utiliza o sistema de containers do Linux, onde há uma instancia do SO que compartilha o kernel com o SO da máquina, já o Vagrant é uma Virtual Machine completa. Fazendo uma analogia, Docker são containers em um navio e Vagrant seriam vários navios. O Docker é um virtualizador de ambientes e usa muito menos recursos que as maquinas virtuais criadas ...


3

A ideia é que eu possa usar esta solução em qualquer projeto que utilize "Maven + Tomcat" colocando os seguintes arquivos na raiz do projeto seguindo os passos abaixo. No exemplo utilizei o projeto que segue disponível no github: https://github.com/rogeriofonseca/docker-java-tomcat-maven 1 - Estrutura de arquivos para configuração do Docker docker-compose....


3

Como eu também estou "brincando" com docker recentemente, resolvi fazer alguns testes. main.go package main import ( "fmt" "os" mgo "gopkg.in/mgo.v2" ) func main() { url := os.Getenv("MONGO_URL") fmt.Printf("[%v]\n", url) session, err := mgo.Dial(url) if err != nil { panic(err) } fmt.Println("ping", session....


3

Ao falar "em estamos levantando uma máquiva virtual linux em background?", se estiver perguntando se o docker cria uma marquina virtual completa rodando um kernel linux próprio e a aplicação em si a resposta é não. O que realmente acontece é que o docker utiliza algumas diretivas do kernel linux como namespaces para isolar a execução de um container do ...


3

Bom dia Sorack, Nesse caso, basta alterar no seu código a porta que deseja utilizar, como por exemplo docker run -d -p 8080:8080 -e DB_URL=“127.0.0.1:BANCO” -e DB_USERNAME=“usr” -e DB_PASSWORD=“XXXXX” custom-repo.com.br/teste:1-0-0 docker run -d -p 8081:8080 -e DB_URL=“127.0.0.1:BANCO” -e DB_USERNAME=“usr” -e DB_PASSWORD=“XXXXX” custom-repo.com.br/teste:1-...


3

Me parece que tudo depende de qual "contexto" está empregando o termo "container", mas sim, no geral (geralmente) "container" vai se referir as "imagens". Agora falar do container no contexto LXC (LinuX Containers) pode também estar se referindo a capacidade de virtualizar um sistema (neste caso o Linux) em um "nível mais baixo" usando recursos do kernel do ...


3

Nesse caso é preciso alterar o hosts do container e não do host. A maneira correta de "alterar" o arquivo hosts do container é com a flag --add-host, conforme a documentação do docker: https://docs.docker.com/engine/reference/commandline/run/ Nesse seu caso, ainda é preciso verificar o IP na "rede" do docker e não o IP do host na rede em que o mesmo se ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam