2

Tenho um sistema que está totalmente no estilo procedural, e quero saber quais são os pontos de que preciso identificar para transformar esse código em orientado a objeto.

fechada como ampla demais por Bacco, brasofilo, Fernando Leal, Marcelo Bezerra, Joao Paulo 19/06/14 às 5:49

Limite a pergunta a um problema específico, e forneça detalhes suficientes para conseguir uma resposta adequada. Evite fazer várias perguntas ao mesmo tempo. Para ajuda sobre como esclarecer a pergunta, veja Como Perguntar Conheça as regras na central de ajuda e edite a pergunta para que fique adequada.

5

Tive tal procedimento em um site que eu mesmo desenvolvi quando PHP não tinha POO ainda. O grande problema é entender a regra de negócio atual e traduzir a Programação Orientada a Objeto. São coisas diferentes, e a principal meta sua é entender o Procedural e Analisar antes de implementar em POO.

Dica:

1) O que o seu sistema faz ?

Exemplo: Faz um cadastro de cliente, como você pode reaproveitar alguma coisa, talvez a View e alguns código, mas, em termos reais, a parte codigo terá que ser reescrita, é um trabalho grande.

2) Posso reaproveitar código ?

Exemplo: As SQL você pode aproveitar, acredito que são iguais ou praticamente. Agora com certeza vai ter que usar PDO ou MySqli, então, ai começa as alterações.

3) Vale a pena mudar ou fazer outro?

Muitas vezes é melhor projetar em POO um novo sistema que possa ser feito em paralelo ao antigo, evitando assim a parada do sistema, e dando enfase ao novo sistema.

4) Trabalhar com Padrões ?

Eu indico trabalhar com padrões e nomenclaturas atuais, interfaces, abstract, class. Um fator importante é saber POO bem, e talvez até implementar com Frameworks MVC, exemplo, Laravel ou Zend (indico Laravel é mais rápido o aprendizado, o Zend a curva de aprendizado é maior)

5) Código Procedural para Código POO, cuidado?

Cuidado, como já foi relatado POO é conceito, siga os conceitos POO e faça um novo código com tais conceito. Experiência: uma vez trabalhei numa equipe que tinha a programação em Cobol e eles começaram a fazer um sistema em VB6, o que aconteceu, tudo que eles faziam no Cobol eles replicavam no VB6, isso foi o pior absurdo que eu já presenciei.

  • 3
    Boa resposta, muitos pontos relevantes. Destaco: "é melhor projetar em POO um novo sistema que possa ser feito em paralelo ao antigo". – utluiz 12/06/14 às 17:12
5

Participei de um projeto recentemente onde tive que portar um sistema desktop programado em VB6 para ASP.NET C# OO (3 camadas).

Minha análise foi a seguinte:

  • Entender como o sistema(e cada página dele) funciona e como usá-lo (Identificar o que é o que e pra que serve).
  • Entender a regra de negócio (isso é muito importante pois você pode encontrar restrições que acabam quebrando outras páginas que dependem dessa regra).
  • Identificar os objetos e métodos do sistema e listá-los.
  • Procurar por funções e métodos que podem se tornar genéricos.

Como OO é um conceito creio que minha experiência pode te ajudar

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.