20
-------------------
- TABLE           -
-------------------
ID | GRUPO | OBJETO
---|-------|-------
1  | 1     | 1
2  | 1     | 2
   |       |
3  | 2     | 1
4  | 2     | 2
   |       |
5  | 3     | 1
6  | 3     | 2
7  | 3     | 3
   |       |
5  | 4     | 1
6  | 4     | 3
   |       |
7  | 5     | 1

Preciso fazer uma consulta para retornar todos os grupos que contém exatamente os mesmos objetos. Já usei subquery com IN mas os objetos 1 e 2 também estão no grupo 3.

Por exemplo, se eu consultar usando where GRUPO = 1, preciso que retorne apenas um total de dois registros (o grupo 1 e o grupo 2).

Os objetos do grupo 1 (1 e 2), também estão no grupo 2. Mas o grupo 3 contém um objeto além, o grupo 4 contém dois objetos mas um deles é diferente dos do grupo 1, e o grupo 5 contém apenas um objeto; logo, os grupos 3, 4 e 5 não devem ser considerados.

Há alguns relacionamentos mas não fazem muita diferença no caso.


  • Grupo 1 comprou: laranja e maçã
  • Grupo 2 comprou: laranja e maçã
  • Grupo 3 comprou: laranja, maçã e banana

Se eu consultar pelo GRUPO = 1, preciso retornar SÓ e SOMENTE quem mais comprou APENAS laranja e maçã. Não quero saber em quais grupos laranja e maçã estão, por isso IN não funciona.

23
+500

Penso que a seguinte solução devolve o resultado que pretendes.

Esta query devolve todos os grupos que têm exactamente os mesmos elementos que o grupo 1.

SELECT T.GRUPO
FROM   TESTE T
LEFT JOIN 
(
  SELECT DISTINCT T1.OBJECTO,
         (SELECT COUNT(DISTINCT T2.OBJECTO) 
            FROM TESTE T2
           WHERE T2.GRUPO = T1.GRUPO) TOTAL
  FROM TESTE T1
  WHERE T1.GRUPO = 1   --filtras aqui o grupo
) SS
  ON SS.OBJECTO = T.OBJECTO
GROUP BY T.GRUPO
HAVING COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = COUNT(DISTINCT CASE WHEN SS.OBJECTO IS NOT NULL THEN SS.OBJECTO END)
   AND COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = MAX(TOTAL)

A lógica por trás desta query é a seguinte:

A subquery

SELECT DISTINCT T1.OBJECTO,
       (SELECT COUNT(DISTINCT T2.OBJECTO) 
          FROM TESTE T2
         WHERE T2.GRUPO = T1.GRUPO) TOTAL
FROM TESTE T1
WHERE T1.GRUPO = 1

tem como objectivo retornar todos os objectos do grupo 1. Esta é a base para o processo. Inicialmente, esta instrução apenas retornava os objectos, foi necessário alterar para retornar também o número total de objectos.

Com este resultado temos tudo o que é necessário para procurar os restantes grupos que têm exactamente os mesmos elementos. Isso é feito através das seguintes instruções:

HAVING COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = COUNT(DISTINCT CASE WHEN SS.OBJECTO IS NOT NULL THEN SS.OBJECTO END)
AND COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = MAX(TOTAL)

A primeira significa, "todos os elementos do grupo (COUNT(DISTINCT T.OBJECTO)) têm que estar no grupo 1 (COUNT(DISTINCT CASE WHEN SS.OBJECTO IS NOT NULL THEN SS.OBJECTO END))"

Finalmente, a instrução COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = MAX(TOTAL) guarante que o grupo tem que possuir o mesmo número de elementos que o grupo 1. Esta instrução é fundamental para excluir os grupos que, como no teu exemplo, apenas têm laranja. Laranja está no grupo 1 mas está fantando a maçã.

O MAX é necessário porque na instrução HAVING apenas podemos usar funções de agregação ou constantes.

Se quiseres obter os objectos para cada um dos grupos (os objectos serão sempre iguais), basta usar a query anterior para filtrar os resultados, por exemplo assim

SELECT T.GRUPO,
       T.OBJECTO
FROM   TESTE T
INNER JOIN
(
    SELECT T.GRUPO
    FROM   TESTE T
    LEFT JOIN 
    (
      SELECT DISTINCT T1.OBJECTO,
            (SELECT COUNT(DISTINCT T2.OBJECTO) 
               FROM TESTE T2
              WHERE T2.GRUPO = T1.GRUPO) TOTAL
      FROM TESTE T1
     WHERE T1.GRUPO = 1    --filtras aqui o grupo
    ) SS
      ON SS.OBJECTO = T.OBJECTO
    GROUP BY T.GRUPO
    HAVING COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = COUNT(DISTINCT CASE WHEN SS.OBJECTO IS NOT NULL THEN SS.OBJECTO END)
       AND COUNT(DISTINCT T.OBJECTO) = MAX(TOTAL)
) X
  ON T.GRUPO = X.GRUPO
ORDER BY 1, 2

Fica aqui também o SQLFiddle

  • Funcionou maravilhosamente bem. Poderia dar uma ligeira comentada por alto, só pra não ficar completamente perdido? – Papa Charlie 4/09/15 às 4:34
  • 2
    Claro, que sim. Editei a resposta para incluir uma explicação. Caso necessites de mais algum detalhe avisa. – bruno 4/09/15 às 12:03
  • 1
    Sim, o uso do having é para garantir que todos os objectos do grupo estão no grupo 1. Editei a resposta, avisa se precisar de algum detalhe extra. – bruno 4/09/15 às 12:46
  • 1
    Show, entendi melhor a aplicação agora. Já havia revirado o SOEN mas nada encontrei que pudesse ajudar. Sua resposta foi direto ao ponto. – Papa Charlie 4/09/15 às 13:10
  • 1
    Só estou aguardando o tempo para oferecer recompensa para marcar sua resposta. Abri um META explicando. – Papa Charlie 4/09/15 às 13:13
5

Solução:

select A.GRUPO
from TABELA A join TABELA B on B.OBJETO = A.OBJETO
where B.GRUPO = 1
group by A.GRUPO
having count(A.OBJETO) = (select count(OBJETO) from TABELA where GRUPO = 1)
and count(A.OBJETO) = (select count(OBJETO) from TABELA where GRUPO = A.GRUPO)

Esta query funciona e me parece bastante simples.

Explicando a linha de raciocínio:

Com a primeira parte da query (do select até o where) eu retorno os registros que possuem ao menos um dos objetos do grupo 1.

Para melhor visualização, veja esta primeira parte da query ligeiramente modificada:

select A.ID, A.GRUPO, A.OBJETO
from TABELA A join TABELA B on B.OBJETO = A.OBJETO
where B.GRUPO = 1

O resultado desta query seria:

-------------------
ID | GRUPO | OBJETO
---|-------|-------
1  |  1    |    1
2  |  1    |    2
   |       |
3  |  2    |    1
4  |  2    |    2
   |       |
5  |  3    |    1
6  |  3    |    2
-7 |  3    |    3
   |       |
8  |  4    |    1
-9 |  4    |    3
   |       |
10 |  5    |    1

Os registros assinalados (-) ficaram de fora do resultado, dado que seu objeto não corresponde a nenhum dos objetos do grupo 1.

Então veja que até agora eu retorno somente os grupos que possuam algum objeto do grupo 1, e também o seu respectivo objeto.

Vamos agora visualizar o agrupamento disso:

select A.GRUPO, count(A.OBJETO)
from TABELA A join TABELA B on B.OBJETO = A.OBJETO
where B.GRUPO = 1
group by A.GRUPO

Resultado:

---------------------
GRUPO | COUNT(OBJETO)
------|--------------
  1   |     2
  2   |     2
  3   |     2
  4   |     1
  5   |     1

Agora eu vou filtrar para manter somente os grupos cuja totalização de objetos seja igual ao total de objetos do grupo 1, adicionando a cláusula having:

select A.GRUPO, count(A.OBJETO)
from TABELA A join TABELA B on B.OBJETO = A.OBJETO
where B.GRUPO = 1
group by A.GRUPO
-- novo:
having count(A.OBJETO) = (select count(OBJETO) from TABELA where GRUPO = 1) 

Resultado

---------------------
GRUPO | COUNT(OBJETO)
------|--------------
  1   |     2
  2   |     2
  3   |     2

O grupo 3 tem que sair porque embora o count dele tenha ficado em 2 (porque ele de fato possui dois objetos coincidindo com os objetos do grupo 1), na verdade ele tem 3 objetos na base (um deles não coincide com nenhum objeto do grupo 1 e por isso ficou de fora do count).

Então eu adiciono mais uma condição no having, determinando que sejam mantidos apenas os grupos cujo total de objetos na base seja igual ao total de objetos do grupo 1:

select A.GRUPO, count(A.OBJETO)
from TABELA A join TABELA B on B.OBJETO = A.OBJETO
where B.GRUPO = 1
group by A.GRUPO
having count(A.OBJETO) = (select count(OBJETO) from TABELA where GRUPO = 1)
-- novo:
and count(A.OBJETO) = (select count(OBJETO) from TABELA where GRUPO = A.GRUPO) 

Por fim, eu removo o count do select porque não desejo ele na visualização do resultado, e chego à query que foi apresentada no começo da resposta.

Veja no SQL Fiddle.

  • 1
    Passou bem perto, mas o problema não é a quantidade equivalente, pois, por exemplo, o grupo 1 tem objeto (1 e 2) e o grupo 2 tem objeto (1 e 3)... Ambos tem o objeto 1 em comum e a mesma quantidade igual, mas não tem os mesmos objetos. – Papa Charlie 9/09/15 às 17:24
  • 1
    @PapaCharlie Entendi. Resolvido. – Caffé 9/09/15 às 18:21
  • 1
    @PapaCharlie E aí, testou? Works like a charm :D – Caffé 10/09/15 às 14:03
  • 1
    Estou testando ainda e adaptando... – Papa Charlie 10/09/15 às 18:42
3

A única maneira que sei como fazer é com GROUP_CONCAT, e como não é possível fazer join com campos calculados serão necessárias duas subqueries (iguais, pode até criar um view):

SELECT t2.*
FROM (
    SELECT grupo
    , GROUP_CONCAT(objeto ORDER BY objeto) objetos
    FROM tabela GROUP BY grupo
) t1 INNER JOIN (
    SELECT grupo
    , GROUP_CONCAT(objeto ORDER BY objeto) objetos
    FROM tabela GROUP BY grupo
) t2 on t1.objetos = t2.objetos
WHERE t1.grupo = 1

Fiz um SQL Fiddle demonstrando o funcionamento com o grupo 3, que tem 3 objetos.

  • 1
    Mas nesse caso, t1.objetos = t2.objetos não retornaria caso fosse a comparação de 3 objetos - ou estou enganado? E GROUP_CONCAT tem o empecilho do limite, que teria que manipular... – Papa Charlie 3/09/15 às 20:17
  • 1
    "Independe" da quantidade, vai funcionar com 3 ou mais, por causa do order by dentro de grupo_concat, mas realmente está sujeito ao limite – Pedro Sanção 3/09/15 às 20:45
  • 1
    Não funcionou, concatenou o grupo 3 também. – Papa Charlie 3/09/15 às 21:05
-6

Segue o SQL

SELECT count(distinct grupo,objecto) as tabela FROM tabela WHERE objecto in (1,2) and grupo IN (1,2) group by objecto.

Verifique se é isso que você quer. Da próxima vez tente ser mais claro.

  • 5
    Faça um teste e descubra que in não retorna o registros que contém exatamente os mesmos objetos! – Papa Charlie 3/09/15 às 17:32

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.