10

O PHP 5.5 implementou um recurso (que eu já ouvi falar que existe em outras linguagens) chamado finally, no tratamento de exceções (juntamente com o try/catch)

Temos o seguinte exemplo:

set_error_handler(function ($errno, $errstr, $errfile, $errline ) {

    throw new ErrorException($errstr, 0, $errno, $errfile, $errline); 

});

try{

    $b = (new stdClass)->non_exists; // gera um erro de propósito

} catch(Exception $e) {

 echo  $e->getMessage(), PHP_EOL; // imprime a mensagem da captura da exceção

} finally {

   echo 'acabou!'; // imprime "acabou" (indepentende de entrar no catch ou não
}

Na prática, em quê poderia ser útil utlizar o finally? (pois não entendo porque ele é executado mesmo quando não cai no catch)

9

Essencialmente é para garantir que o fluxo daquele bloco sempre seja executado. Mesmo que ocorra um exceção no bloco iniciado pelo try, o bloco do finally será executado antes de sair da função e começar derrubar a pilha de chamadas de funções.

Em geral ele é usado para encerrar recursos alocados, por exemplo fechar um arquivo.

Pode surgir aí uma dúvida de qual é a diferença para o catch que também é executado quando há uma exceção. A diferença é que o catch só é executado quando há a exceção. O finally é executado com ou sem exceção. O fluxo de execução do programa vai do try para o finally sempre, seja por que o try encerrou normalmente, seja porque ele gerou uma exceção. O catch é um bloco de execução condicionada (pelo lançamento de uma exceção), o finally é de execução obrigatória.

Lembrando que o lançamento de uma exceção forçará a execução tanto do bloco do catch, quanto do finally, mas qualquer código que venha depois do todo esse bloco try-catch-finally nada será executado.

Talvez passe uma impressão de pouca utilidade dele por causa de exemplos que não fazem nada útil efetivamente.

Documentação.

Bom exemplo genérico:

    $recurso = abrir_recurso();
    try {
        $resultado = use_rercurso($rercurso);
    } finally {
        libere_rercurso($rercurso); //acontecendo ou não uma exceção, o recurso será fechado
    }
    return $resultado;

Exemplo real retirado desse blog:

function addRecord($record, $db) {
    try {
      $db->lock($record->table);
      $db->prepare($record->sql);
      $db->exec($record->params);
    } catch(Exception $e) {
        $db->rollback($record);
        if (!write_log($e->getMessage(), $e->getTraceAsString())) {
            throw new Exception('Unable to write to error log.');
        }
    } finally {
        $db->unlock($record->table);
    }
    return true;
}

O exemplo é ruim porque captura Exception e lança de novo mas a ideia geral é esta. Sugestão de leitura. Não é a mesma linguagem mas funciona da mesma forma.

  • +1. faz sentido. Por isso é que eu tinha visto um exemplo tratando de uma escrita de um log, onde o finally finaliza a abertuda do arquivo – Wallace Maxters 26/01/15 às 14:49
  • "talvez passa uma impressão ruim dele por causa de exemplos que não fazem nada útil" me lembra a resposta que você deu quando perguntei do Array Dereferencing. O Manual do PHP tinha que mostrar de uma forma onde ele poderia ser usado para uma refatoração (ou uma simplificação, talvez) – Wallace Maxters 26/01/15 às 14:56
  • 3
    @WallaceMaxters o manual do PHP é bem malfeito. E a versão em português é medonha. – Maniero 26/01/15 às 14:58
  • 1
    Veja se a ênfase ajuda entender melhor. No seu caso não houve lançamento de uma exceção, então o resto do código será executado normalmente. – Maniero 26/01/15 às 15:03
  • 1
    @WallaceMaxters Detalhe importante é que o finally é executado sempre. Mesmo se você der um return dentro do bloco catch o return será executado depois do código em finally. – André Ribeiro 26/01/15 às 15:04
4

Try => É o bloco de comando que você quer executar

Catch = > É o bloco de comando que executar caso aconteça algum erro (Exception). Você Pode Tratar várias exceptions. Catch só será executado quando ocorre uma exceção.

finally = > Como catch é o bloco que executa somente quando ocorre uma exceção, o bloco finally sempre vai executar, independente de erro. Uma boa utilidade de finally é fechar conexão com o banco de dados.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.