1

Estou iniciando na programação frontend, e comecei a mexer com classes no JavaScript (seguindo os padrões definidos no ECMAScript 6). Mas estou com dificuldades no uso de propriedades e métodos privados.

Possuo no momento o seguinte código:

class Negociacao{

  constructor(data, quantidade, valor){

    this.data = data;

    this.quantidade = quantidade;

    this.valor = valor;

    this.volume = quantidade * valor;
  }

  getVolume(){
    return this.volume;
  }

}

As propriedades data, quantidade, valor e volume são públicas, mas queria torná-las privadas, e especificar seu comportamento através de getters e setters, de forma parecida com o que eu faria com o PHP, ou Java. Como poderia executar a tarefa?

Tentei fazer da seguinte forma, mas os dados, aparentemente, continuam públicos:

class Negociacao{
  data       = 0;
  quantidade = 0;
  valor      = 0;
  volume     = 0;

Neste exemplo, inclusive, os dados criados fora do construtor permanecem acessíveis, mesmo se o conteúdo do construtor for apagado, ao contrário do descrito aqui.

E, ao utilizar let, como no exemplo abaixo, me aparecem os erros "Uncaught SyntaxError: Unexpected identifier" e "Uncaught ReferenceError: Negociacao is not defined":

class Negociacao{
  let data       = 0;
  let quantidade = 0;
  let valor      = 0;
  let volume     = 0;  

Exemplo em PHP do que quero fazer:

class Negociacao{
  private $data;
  private $quantidade;
  private $valor;
  private $volume;

  public function __construct(Date $data, int $quantidade, float $valor){
    $this->data       = $data;
    $this->quantidade = $quantidade;
    $this->valor      = $valor;
    $this->volume     = $quantidade * $valor;
  }

  public function __get($propriedade){
    return $this->$propriedade;
  }
}
  • 1
    Arthur, existe a possibilidade de trabalhar com typescript, porém não sei se lhe atende. – Daniel Mendes 8/08 às 21:52
  • Conheço o TypeScript, mas queria aprender o funcionamento com JavaScript puro. De qualquer forma, obrigado pela recomendação. – Arthur Siqueira 9/08 às 16:30
1

Hoje, o que existe é uma proposta para que haja, de fato, membros privados de uma classe. Um exemplo é a implementação na V8. E, uma vez aprovado, os membros começarão com #, por exemplo:

class Exemplo {
  #privado = 0;
  get getPrivado() {
    return this.#privado;
  }

  setPrivado(privado) {
    this.#privado = privado;
  }

  #metodoPrivado() {}
}

E uma dica, evite ao máximo querer programar em uma linguagem X exatamente da mesma forma que você programa numa linguagem Y. Diferentes linguagens tem padrões diferentes e formas diferentes de abordar um problema, e apesar de parecer ser uma boa ideia de início, a longo prazo é uma péssima idéia. Recomendo a leitura do Idiomatic.js.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.