1

Como eu poderia fazer um select na tabela abaixo (MySQL) para resolver o método (Java)?

re         data        is_folga
10     01/01/2017         0
10     02/01/2017         0 
10     03/01/2017         0
10     04/01/2017         0
10     05/01/2017         1
10     06/01/2017         1
10     07/01/2017         0
10     08/01/2017         0 
10     09/01/2017         0
10     10/01/2017         0
10     11/01/2017         1
10     12/01/2017         1
20     01/01/2017         0
20     02/01/2017         0 
20     03/01/2017         0
20     04/01/2017         1
20     05/01/2017         1
20     06/01/2017         0
20     07/01/2017         0
20     08/01/2017         0 
20     09/01/2017         0
20     10/01/2017         1
20     11/01/2017         1
20     12/01/2017         0
public boolean trocaFolga(int re_A, int re_B, String data_A, String data_B){
boolean ok = false;

....
//fazer um select que verifique quantos dias o re_A trabalharia sem folga se a troca for feita 
//e o mesmo select para o re_B

  if(retorno do select < 7){
       ok=true;
    }
....

return ok;
}

Exemplo:

Sou o re 10 quero trocar o dia 04/01 pelo dia 04/01 do re 20. Se for feita a troca, eu ou o re 20 vamos ficar mais de 7 dias sem folgar?

1 Resposta 1

1

Primeiro, considerei que a estrutura da tabela é essa:

CREATE TABLE tabela (
  re INTEGER NOT NULL,
  data DATE NOT NULL,
  is_folga BIT NOT NULL,
  PRIMARY KEY(re, data)
);

Em especial, observe que data é do tipo DATE, e não VARCHAR. Isso é importante.

Acho que a solução seria isso:

private static final String URL = "jdbc:mysql://localhost/folgas";
private static final String USERNAME = "root";
private static final String SENHA = "root";

private static final String SQL_FOLGAS = ""
        "SELECT a.is_folga "
        "FROM tabela a "
        "WHERE a.re = ? "
        "AND a.data >= DATE_ADD(?, INTERVAL 6 DAY) "
        "AND a.data <= DATE_SUB(?, INTERVAL 6 DAY) "
        "ORDER BY a.data";

private Connection conectar() throws SQLException {
    return DriverManager.getConnection(URL, USERNAME, SENHA);
}

private static enum ResultadoFolga {
    NAO_PODE_TROCAR,
    VAI_FOLGAR,
    NAO_VAI_FOLGAR,
}

private ResultadoFolga trocaFolgas(Connection c, int re, LocalDate data)
        throws SQLException
{
    try (PreparedStatement ps = c.prepareStatement(SQL_FOLGAS)) {
        ps.setInt(1, re);
        ps.setDate(2, java.sql.Date.valueOf(data));
        ps.setDate(3, java.sql.Date.valueOf(data));
        int consecutivos = 0;
        int contador = 0;
        boolean folgandoNoDia = false;
        try (ResultSet rs = ps.executeQuery()) {
            while (rs.next()) {
                boolean folga = rs.getInt(1) == 1;
                if (folga != (contador == 6)) {
                    consecutivos++;
                } else {
                    consecutivos = 0;
                }
                if (consecutivos == 7) return ResultadoFolga.NAO_PODE_TROCAR;
                if (contador == 6 && folga) folgandoNoDia = true;
                contador++;
            }
            return folgandoNoDia
                    ? ResultadoFolga.NAO_VAI_FOLGAR
                    : ResultadoFolga.VAI_FOLGAR;
        }
    }
}

public boolean trocaFolgas(int reA, int reB, LocalDate dataA, LocalDate dataB)
        throws SQLException
{
    try (Connection c = conectar()) {
        ResultadoFolga a = trocaFolgas(c, reA, dataA);
        ResultadoFolga b = trocaFolgas(c, reB, dataB);
        return a != ResultadoFolga.NAO_PODE_TROCAR
                && b != ResultadoFolga.NAO_PODE_TROCAR
                && a != b;
    }
}

Se entendi direito a sua pergunta, ninguém pode ficar 7 ou mais dias consecutivos sem descanso. Ou seja, não podem haver 7 zeros seguidos caso a troca seja efetuada.

A ideia então é verificar o funcionário ao fazer o SELECT de 13 campos is_folga de dias consecutivos, indo de 6 dias antes da folga até 6 dias depois, e trocando o valor do dia desejado, e ver se ocorre o caso de haver 7 zeros consecutivos. É suficiente verificar-se 6 para trás e 6 para frente, por que se o primeiro dia dos 7 dias sem folgar for a data desejada, o último seria 6 dias depois. Da mesma forma, se o último dia dos 7 dias sem folgar for essa data, então o primeiro seria 6 dias antes.

Não é necessário verificar-se mais além porque se houver uma sequência de 7 ou mais dias sem folga antes ou depois desse período, ela já estará longe o suficiente para que a troca na data desejada não possa alterar essa situação. Se você garantir que o banco de dados nunca conterá 7 zeros consecutivos, esse procedimento vai garantir que a troca não incluirá isso. Mas se você não puder garantir isso, o procedimento acima também não poderá garanti-lo.

Esse trecho requer melhores explicações:

        int consecutivos = 0;
        int contador = 0;
        boolean folgandoNoDia = false;
        try (ResultSet rs = ps.executeQuery()) {
            while (rs.next()) {
                boolean folga = rs.getInt(1) == 1;
                if (folga != (contador == 6)) {
                    consecutivos++;
                } else {
                    consecutivos = 0;
                }
                if (consecutivos == 7) return ResultadoFolga.NAO_PODE_TROCAR;
                if (contador == 6 && folga) folgandoNoDia = true;
                contador++;
            }
            return folgandoNoDia
                    ? ResultadoFolga.NAO_VAI_FOLGAR
                    : ResultadoFolga.VAI_FOLGAR;
        }

Primeiro, há 3 resultados possíveis determinados pelo enum ResultadoFolga. Isso ocorre porque os resultados são três:

  • Não pode fazer a troca;
  • Pode fazer a troca e o re que iria folgar não vai mais e;
  • Pode fazer a troca e o re que não iria folgar, agora irá.

O que ocorre aqui é que temos o contador que contará os registros lidos, indo de 0 no primeiro registro até 12 no último. O contador == 6 só será verdadeiro no sétimo dia (lembre-se que o primeiro é 0, logo o sétimo será 6). Esse dia será justamente o dia desejado para a realização da troca.

O boolean folga = rs.getInt(1) == 1; faz com que a variável folga receba true se o valor lido for igual a 1 e false se não for.

Nos dias que não são o da realização da troca, contador != 6 é avaliado como true, e então folga == true é avaliado apenas como folga (se folga for false, isso resultará em false, e se folga for true, isso resultará em true). Já no dia da realização da troca ,contador != 6 é avaliado como false, e então folga == false será equivalente a !folga, ou seja, será a inversão do valor lido do banco de dados. Ou seja, isso daí avalia se o dia é de folga de acordo com o banco de dados, mas invertendo o valor lido no dia desejado. Logo, isso determina se após feita a inversão, trata-se de um dia de folga.

Se após feita a inversão desejada, se isso for um dia de folga, consecutivos vai para zero, afinal de contas não é mais um dia de trabalho consecutivo. Caso contrário, conta como mais um dia consecutivo de trabalho, e portanto consecutivos++. Quando o valor de consecutivos chegar a 7, temos então 7 dias consecutivos de trabalho (se feita a troca), e portanto retorna-se ResultadoFolga.NAO_PODE_TROCAR, indicando que a troca não pode ser feita.

Se após percorrer todos esses 13 dias e não ocorrer de consecutivos chegar a 7 em momento nenhum, então a troca não vai introduzir uma sequência de 7 dias consecutivos sem folga. Mas ainda precisamos saber se o re trabalhará ou não nesse dia. É aí que entra a variável folgandoNoDia. Ela é inicializada como false. Se no dia em que contador == 6, ela for verdadeira, então é porque de acordo com o banco de dados, esse seria um dia de folga, e então folgandoNoDia passa a ser true.

No fim, após os 13 dias, supondo que não tenha achado 7 dias consecutivos de trabalho e tenha caído no ResultadoFolga.NAO_PODE_TROCAR, retornamos ResultadoFolga.VAI_FOLGAR ou ResultadoFolga.NAO_VAI_FOLGAR dependendo do inverso do valor se o re for ou não folgar no dia. Se ele folgaria, passará a não mais folgar com a troca. Se ele não folgaria, então vai folgar agora.

Olhando então para o caso de dois funcionários, fazemos esse processo para ambos separadamente (e chamamos os resultados de a e b) e depois verificamos se a troca é válida da seguinte forma: Se qualquer um deles não puder trocar, então a troca não é possível e retorna-se false. Se ambos puderem trocar, então é necessário que um vá folgar e o outro não (caso contrário não é uma troca), e isso é verdadeiro quando temos a != b.

Para consultar o banco de dados, utilizo o try-with-resources para gerenciar o Connection, o PreparedStatement e o ResultSet. Há apenas um Connection, mas são executadas duas consultas no banco de dados (uma para cada re) e com isso temos dois PreparedStatements e dois ResultSets. Os campos URL, USERNAME e SENHA são os parâmetros de conexão com o banco de dados. O tratamento de qualquer SQLException resultante (isso significa erro ao conectar ou consultar o banco de dados) fica por sua conta.

Para datas, ao invés de usar strings, estou usando um tipo nativo e especializado que serve para representar datas, o LocalDate. Faço isso porque usar strings para representar datas é uma má prática de programação. Para saber mais sobre o LocalDate, veja essa pergunta.

É possível fazer-se tudo isso direto na SQL, mas a SQL resultante disso seria bastante complicada, provavelmente teria que estar amarrada ao MySQL/MariaDB (ou seja, não seria portável para outros bancos de dados) e isso reduziria pouca coisa da complexidade do lado do Java.

Se a tabela do banco de dados ter alguma lacuna em alguma data (por exemplo, para o re de número 123, ela pula do dia 14 para o dia 16), ela vai dar errado. É importante que você não deixe que o banco de dados possa ter lacunas desse tipo. Em especial, o pior caso é quando a data consultada não está no banco de dados. O código não verifica esses casos. Não é muito difícil acrescentar essas verificações, mas isso deixará o código um pouco mais complicado (basicamente, certificar-se de que há exatamente 13 linhas no resultado e decidir o que fazer se não houver).

  • Victor, primeiramente muito obrigado pela ajuda! Estou tentando executar o método conforme acima, mas está sempre me retornando como "falso", mesmo tendo menos de 7 dias sem folga. Tentei simular o comando sql direto no MySQL,mas ele não retorna valores. Você conseguiria simular no sqlfiddle? – Jovani 12/01/18 às 23:43

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.