0

Gostaria de saber o motivo que sempre que dentro de uma classe anonima tento mudar o valor de uma variável "externa" ela não, muda continua na mesma. Teria algo similar que poderia fazer que fosse dar o mesmo resultado?

Usei o Thread como exemplo, mas em qualquer classe anônima isso acontece. (Inclusive no Android)

public class Teste {

    public boolean umIgualUm = false;

    public Teste() {
        fazerAlgo();
    }

    public void fazerAlgo() {

        new Thread() {
            public void run() {
                if (1 == 1) {
                    System.out.println("Entra aqui");
                    umIgualUm = true;
                }
            }
        }.start();

        System.out.println(umIgualUm); //Exibe false

    }

}

Exemplo Android

public class UsuarioDAO {

    public boolean metodoDeuCerto = false;

    public UsuarioDAO(){}

    public boolean cadastrarUsuario(Usuario usuario) {

        ParseUser parseUser = new ParseUser();
        parseUser.setUsername(usuario.getNome());
        parseUser.setEmail(usuario.getEmail());
        parseUser.setPassword(usuario.getSenha());

        parseUser.signUpInBackground(new SignUpCallback() {
            @Override
            public void done(ParseException e) {
                if(e == null) { //Quer dizer que deu certo
                    metodoDeuCerto = true;
                }else{
                    e.printStackTrace();
                    metodoDeuCerto = false;
                }

            }

        });

        return metodoDeuCerto;

    }
}
15
  • Na verdade acredito que seja por conta da sincronia em que as coisas dentro da classe anônima acontecem. Como no exemplo postado ao startar a thread o System.out.println é executado logo em seguida e não deu tempo de terminar o processo do run() 22/08/17 às 20:02
  • Tem a certeza que isso acontece no caso de não ser "numa Thread"? No uso de "uma Thread" acontece porque quando linha System.out.println(umIgualUm); é executada a linha umIgualUm = true; (pode) não (ter sido)foi executada.
    – ramaral
    22/08/17 às 20:03
  • Com qual outra classe anonima eu poderia testar?
    – Hamon
    22/08/17 às 20:04
  • No Android pode testar por exemplo num OnClickListener, atribuído a um botão.
    – ramaral
    22/08/17 às 20:10
  • Coloquei o exemplo do Android, que está acontecendo realmente.
    – Hamon
    22/08/17 às 20:14
0

Há dois problemas aqui:

  1. O método start pode demorar para de fato iniciar a nova thread. Com isso o System.out pode acabar executando primeiro.

  2. Variáveis podem ficar em caches específicas de threads, e com isso, threads diferentes podem enxergar valores diferentes para a mesma variável ao mesmo tempo. Para contornar-se este problema pode-se usar sincronização ou fazer as variáveis serem volatile (algo que instrui a JVM a não permitir que elas sejam mantidas em caches separadas por threads). Uma outra possibilidade é usar um AtomicBoolean.

O problema não tem nenhuma relação com o fato de a variável estar sendo acessada de dentro da classe anônima. O problema é ela estar sendo acessada de outra thread.

Se você vê esse problema acontecendo quando usa uma classe anônima que não seja uma Thread, solicito que mostre esse código.

Quanto ao seu segundo código, o métodosignUpInBackground cria uma thread nova para executar o que está na classe anônima, o que significa que o método cadastrarUsuario executará o return sem esperar o signUpInBackground ser concluído.

De fato, o método signUpInBackground() retorna uma Task<Void>.

O que é a classe Task de acordo com a documentação?

Represents the result of an asynchronous operation.

Traduzindo para o português:

Representa o resultado de uma operação assíncrona.

O que é uma operação assíncrona?

Significa que o processo que a inicia não aguarda pelo seu término, que produzirá algum resultado apenas em um futuro incerto. Ou seja, o seu método cadastrarUsuario não está de fato cadastrando um usuário, está apenas pedindo que um usuário seja cadastrado e retornando imediatamente. Note que isso não implica que o usuário foi de fato cadastrado em momento algum. Você teria que esperar a Task terminar para saber isso.

Nos dois casos, o problema é que o que aparece no corpo da classe anônima, só é executado muito tempo depois do método principal já ter retornado, e ainda por cima é executado em outra thread.

6
  • Então, criei esse exemplo somente em Java, mas estou na realidade trabalhando em um projeto Android, que usa também uma classe anonima (não é Thread) e acontece a mesma coisa. O exemplo em Java criei para simplificar. E por exemplo, se eu quisesse usar em vez do boolean, fizer isso "Excpetion ex = null", depois quando eu tentasse modificar, ele continuaria como null, mesmo passando algo diferente. Posso mandar feito em Android, usando o Parse.
    – Hamon
    22/08/17 às 20:11
  • Citei exemplo do Android
    – Hamon
    22/08/17 às 20:21
  • @Hamon Resposta editada. 22/08/17 às 20:41
  • Certo e como posso fazer o retorno certo? O método até cadastra no banco de dados o usuário, mas não chega a mudar boolean (que já temos a explicação para isso), mas como faria para poder dar um retorno, da melhor forma possivel? Sem muita perda de otimização
    – Hamon
    22/08/17 às 20:50
  • @Hamon , você precisará programar assincronamente. 22/08/17 às 20:57
0

Como já disseram antes, você não pode mudar o valor de uma variável dentro da thread e testá-la logo em seguida. Provavelmente o seu teste (if, println, ou o que seja) irá ser chamado antes da thread ser iniciada.

Uma das formas corretas a se trabalhar, seria: (Com seu próprio exemplo)

public class Teste {

    public Teste() {
        fazerAlgo();
    }

    public void fazerAlgo() {

        new Thread() {
            public void run() {                                       
                System.out.println("Entra aqui");

                if (1 == 1) {
                    metodoDeuCerto();
                } else {
                    metodoNaoDeuCerto();
                }
            }
        }.start();
    }

    public void metodoDeuCerto() {
        System.out.println("Deu certo!");
    }


    public void metodoNaoDeuCerto() {
        System.out.println("Nao deu certo!"); 
    }
}

(EDITADO)

Exemplo Android:

public class UsuarioDAO {

    private SignupListener listener;

    public UsuarioDAO(){}

    public void cadastrarUsuario(Usuario usuario) {

        ParseUser parseUser = new ParseUser();
        parseUser.setUsername(usuario.getNome());
        parseUser.setEmail(usuario.getEmail());
        parseUser.setPassword(usuario.getSenha());

        parseUser.signUpInBackground(new SignUpCallback() {
            @Override
            public void done(ParseException e) {
                if(e == null) {
                   if ( listener != null ) {
                       listener.deuCerto();
                   }
                }else{
                   e.printStackTrace();
                   if ( listener != null ) {
                       listener.naoDeuCerto();
                   }
                }

            }

        });
    }

    public void setSignupListener(SignupListener signupListener) {
        this.listener = signupListener; 
    }

    public interface SignupListener {
        void deuCerto();
        void naoDeuCerto();
    }
}

// Exemplo da Activity chamando o UsuarioDAO

public class MainActivity extends Activity {
    @Override
    public void onCreate(Bundle savedInstanceState) {
        super.onCreate(savedInstanceState);
        setContentView(R.layout.main_activity); 

        Usuario usuario = new Usuario();
        usuario.setUserName("usuario");
        usuario.setEmail("usuario@email.com");
        usuario.setPassword("senha");

        UsuarioDAO dao = new UsuarioDAO();
        dao.setSignupListener(signupListener);
        dao.cadastrarUsuario(usuario);

    }

    private UsuarioDAO.SignupListener signupListener = new UsuarioDAO.SignupListener {
        @Override
        public void deuCerto() {
           //DO SOMETHING
        }

        @Override
        public void naoDeuCerto() {
           //DO SOMETHING
        }
    }
}
7
  • Eu precisava de um retorno no metodo, pq o metodo que recebe esse retorno avisa o usuario
    – Hamon
    22/08/17 às 22:08
  • O problema é que você está usando uma classe DAO para fazer algo que não devia, que é o signup. Mas não vou entrar nesse mérito já que a pergunta não foi essa. Mas isso é facilmente contornável criando o seu próprio listener. Vou editar a resposta do exemplo com android para você ver como poderia ficar. 22/08/17 às 22:17
  • Mas o DAO nao faz os acessos ao banco? Inclusive o cadastro do usuario no.banco? Ou estou fazendo errado?
    – Hamon
    22/08/17 às 22:24
  • Da forma como está o exemplo, parece que você está fazendo algo a mais nesse signUpInBackground(), esperando a resposta de alguma api, etc. De qualquer forma eu atualizei a resposta. Essa é uma das milhares de respostas possíveis para o seu problema. 22/08/17 às 22:37
  • Achei que seria interessante esperar essa thread terminar, dai sim conseguir retornar. So que nao estou conseguindo entender como posso usar o join() para que o thread main espere ate que o outro termine
    – Hamon
    22/08/17 às 22:49

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.