18

Como inverter datas no PHP? Preciso inverter datas no PHP independente do formato de entrada, seja YYYY-mm-dd ou dd/mm/YYYYY.

23

Versão com explode():

function inverteData($data){
    if(count(explode("/",$data)) > 1){
        return implode("-",array_reverse(explode("/",$data)));
    }elseif(count(explode("-",$data)) > 1){
        return implode("/",array_reverse(explode("-",$data)));
    }
}

Exemplo de uso:

$data = "1992-10-01"; //ou 01/10/1992
echo inverteData($data);

Obs.: Lembrando que esta solução funciona corretamente apenas com as entradas dd/mm/YYYY ou YYYY-mm-dd, alternando o resultado entre os dois formatos.

  • ótima solução para o problema! – Flaviano Silva 18/06/14 às 16:10
  • 3
    -1 Por assumir que irá receber uma entrada esperada sem validar se ela é de fato o que se espera. – Paulo Freitas 19/06/14 às 18:50
  • 1
    @Bacco pelo que eu entendi da pergunta dele, "independente do formato de entrada" seria relativo à "YYYY-mm-dd ou dd/mm/YYYYY" e não a todos os tipos de data suportados pela linguagem. – Kazzkiq 19/06/14 às 23:03
  • 1
    @Kazzkiq até entendi isso, o que eu acho complicado é que na maior parte das respostas, não apenas na sua, não está claro o que é dia e o que é mês (mas concordo que a pergunta está com problemas, e não a resposta em si) – Bacco 19/06/14 às 23:05
  • 5
    O mais interessante é que ele não afirmou que quer inverter de um formato pra outro e vice versa, daria pra interpretar de mil maneiras. O accept é sinal de que você fez o que ele queria (ou, no pior caso, que ele não testou ambas as condições). Realmente só o @FlavianoSilva comentando mesmo pra entendermos o que ele gostou e o que não gostou em cada caso :) – Bacco 20/06/14 às 0:14
18

Ao invés de usar funções maiores, você pode seguir por 2 caminhos mais "rápidos" ou "melhores" ao meu olhar.

Caso você esteja usando algum banco SQL e queira que ele retorne a data já formatada você pode utilizar:

SELECT DATE_FORMAT(tbl_data,'%d/%m/%Y') as data FROM tb_tabela

Caso queira fazer a conversão no PHP mesmo, utilize :

date('d-m-Y', strtotime($ln['data_cadastro']));
  • 1
    Essa é uma excelente resposta, parabéns ... – user6026 20/06/14 às 0:07
  • 1
    Fico grato @HarryPotter – Douglas Bernardino 20/06/14 às 12:44
10

Baseado no que foi descrito...

function swap_date($date_str)
{
    if ($date = \DateTime::createFromFormat('Y-m-d', $date_str)) {
        return $date->format('d/m/Y');
    } elseif ($date = \DateTime::createFromFormat('d/m/Y', $date_str)) {
        return $date->format('Y-m-d');
    }

    throw new \InvalidArgumentException('Invalid input date format.');
}
8

Uma solução deveras elegante na minha opinião, criada por um colega de fórum gira em torno da solução proposta pelo Harry Potter logo acima (ou abaixo :p):

/**
 * Altera uma data para outro formato
 * 
 * @param string $date String contendo a data a ser formatada
 * @param string $outputFormat Formato de saida
 * @throws Exception Quando não puder converter a data
 * @return string Data formatada
 * @author Hugo Ferreira da Silva
 */
function parseDate($date, $outputFormat = 'd/m/Y'){
    $formats = array(
        'd/m/Y',
        'd/m/Y H',
        'd/m/Y H:i',
        'd/m/Y H:i:s',
        'Y-m-d',
        'Y-m-d H',
        'Y-m-d H:i',
        'Y-m-d H:i:s',
    );

    foreach($formats as $format){
        $dateObj = DateTime::createFromFormat($format, $date);
        if($dateObj !== false){
            break;
        }
    }

    if($dateObj === false){
        throw new Exception('Invalid date:' . $date);
    }

    return $dateObj->format($outputFormat);
}

Nela podemos informar a data em qualquer formato de entrada e um formato de saída. Contanto que o formato seja suportado pela classe DateTime:

$testDates = array(
    '2012-10-30 00:00:00',
    '06/01/1986 14',
    '06/12/1983 14:30:10',
    '1984-01-06 14:30:10',
);

foreach($testDates as $date){
    echo parseDate($date, 'd/m/Y H:i:s'), PHP_EOL;
}

Demo no PHP Sandbox


A solução atualmente marcada como melhor resposta, desculpa a franqueza, sofre de um problema conceitual sério descrito no paradigma do DRY (Don't Repeat Yourself) que não é algo unicamente voltado à orientação a Objetos.

Na solução apresentada toda a lógica poderia ser reaproveitada por utilizar parametrização. Parece complicado por causa do palavrão (:p), mas é simples, bastaria adicionar um outro parâmetro com o separador a ser utilizado:

function invertDate( $date, $separator ) {
    return implode( $separator, array_reverse( explode( $separator, $date ) ) );
}

E tudo é resolvido numa única linha.

Há quem diga que essa simplificação é prejudicial pois apesar de inverter a data mantém o separador de entrada.

Para esses, posso fazer duas considerações:

  1. Se a Aplicação precisar normalizar um dado de entrada, teoricamente ela deve armazenar o dado normalizado num único formato. Nesse caso, bastaria trocar a primeira ocorrência de $separator por uma string fixa:

    function invertDate( $date, $separator ) {
        return implode( '/', array_reverse( explode( $separator, $date ) ) );
    }
    
  2. Se o dado de entrada aceitar vários formatos de entrada, a Aplicação tem sérios problemas de modelagem e/ou carece de validação de dados.

Mas ainda assim é possível melhorar para não haver repetição. Uma de muitas possibilidades seria, depois de remover as letras do dado de entrada, contar a quantidade de caracteres não numéricos da string e usá-lo como separador. Aqui, um código grosseiro que demonstra a idéia.

A idéia é analisar a string ver qual caractere não (alfa-)numérico mais se repete e usá-lo como separador.

O código do link acima não foi otimizado onde possível por não se tratar MESMO da melhor alternativa.

  • Essa é uma excelente resposta, parabéns ... – user6026 19/06/14 às 19:42
  • 1
    Pelo visto não é a opinião de dois cidadãos que preferiram negativar sem motivo claro. Tsc...tsc... – Bruno Augusto 20/06/14 às 14:00
  • 1
    A resposta enfatizou mais a função invertDate(), suscetível aos mesmos problemas da resposta original, do que a parseDate(), de fato elegante e, mais que isso, adequada para trabalhar com datas. Como a resposta ficou longa, se analisada de forma prematura, acaba deixando a desejar... Mesmo que uma aplicação faça validação de seus dados antes de usar uma função como esta, não há como assumir que a função realmente irá receber os argumentos da maneira esperada. – Paulo Freitas 20/06/14 às 17:39
  • É, olhando por esse ângulo, matar dois coelhos com uma cajadada só pode não ter sido mesmo a melhor saída. Vou colocar pelo menos um separador pra ficar mais evidente. – Bruno Augusto 20/06/14 às 19:57
  • Inverter a resposta, colocando a solução elegante em evidência, e comentando a solução marcada como melhor resposta depois, certamente agregaria mais à resposta. Isso porque, não importa de onde venha o dado ou se ele foi alterado antes de passar pela função parseDate(), ao contrário da invertDate(), ela não falhará a ponto de gerar um erro dentro dela. :) – Paulo Freitas 21/06/14 às 19:14
4
function InvertData($campo){

    if(substr($campo,2,1)=='/'){
        $campo=substr($campo,6,4).'-'.substr($campo,3,2).'-'.substr($campo,0,2);//2012-10-10
    } else {
        $campo=substr($campo,8,2).'/'.substr($campo,5,2).'/'.substr($campo,0,4); //10/10/2012
    }

    return($campo);

}
  • Esta função inverte datas de formato dd/mm/aaaa para YYYY-mm-dd e de YYYY-mm-dd para dd/mm/aaaa. – Flaviano Silva 18/06/14 às 14:01
  • -1 Por assumir que irá receber uma entrada esperada sem validar se ela é de fato o que se espera. – Paulo Freitas 19/06/14 às 18:51

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.