3

Preciso fazer o proposto:

Elabore uma função que receba como parâmetros um ponteiro de uma matriz, o número de linhas e colunas, e imprima os elementos da matriz.

Mas estou aprendendo ponteiros e tendo dificuldades, já tentei de diversas formas passar o ponteiro da matriz mas de todo jeito dá erro. Agora o erro está na linha:

            printf("\t%d",*mtr[lin][col]);
[Error] invalid types 'int* (*)[4][int*]' for array subscript

Eis o meu código:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

int matriz_ponteiro(int *mtr[3][4], int *lin, int *col){
    // imprimir a matriz
    for (*lin=0; *lin<3; *lin++){
        printf("\n");
        for (*col=0; *col<4; *col++){
            printf("\t%d",*mtr[lin][col]);
        }   
    }
    return *mtr[lin][col];

}


int main (){
    int res, mtr [3][4];
    int lin, col, cont;
    cont = 0;
    // armazenar o valor de cont em cada posição da matriz
    for (lin=0; lin<3; lin++){
        for (col=0; col<4; col++){
            mtr[lin][col]= cont++;
        }
    }
    res = matriz_ponteiro(mtr[3][4], lin, col);
}
  • 1
    Tem algum motivo de usar esses ponteiros? Eles não são necessários. – Maniero 15/11/16 às 1:38
  • Sim, sem ponteiro estava bem fácil... Mas o enunciado do exercício pede que a função receba como parâmetros um ponteiro de uma matriz :( – ADR 15/11/16 às 18:35
1

Esse código todo não faz muito sentido e em vários pontos não faz o que imagina. Ele pode ser simplificado, organizado e modernizado assim, aí funciona:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

void matriz_ponteiro(int mtr[3][4]) {
     for (int lin = 0; lin < 3; lin++) {
        for (int col = 0; col < 4; col++) {
             printf("\t%d", mtr[lin][col]);
        }   
        printf("\n");
    }
}

int main () {
    int mtr[3][4];
    int cont = 0;
    for (int lin = 0; lin < 3; lin++) {
        for (int col = 0; col < 4; col++) {
             mtr[lin][col] = cont++;
        }
    }
    matriz_ponteiro(mtr);
}

Veja funcionando no ideone e no CodingGround.

Pode ser que havia algum outro objetivo, mas isso não fica claro na pergunta, o que dá para inferir está aí. Se tiver dúvidas específicas pode fazer. Aprender a programar na tentativa e erro não é a forma mais produtiva, nem costuma dar muito certo.

Usando ponteiros:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
#define LINHA 3
#define COLUNA 4

void matriz_ponteiro(int **mtr, size_t linhas, size_t colunas) {
     for (int lin = 0; lin < linhas; lin++) {
        for (int col = 0; col < colunas; col++) {
             printf("\t%d", mtr[lin][col]);
        }   
        printf("\n");
    }
}

int main () {
    int **mtr = malloc(LINHA * sizeof(*mtr));
    int cont = 0;
    for (int lin = 0; lin < LINHA; lin++) {
        mtr[lin] = malloc(COLUNA * sizeof(*mtr[lin]));
        for (int col = 0; col < COLUNA; col++) {
             mtr[lin][col] = cont++;
        }
    }
    matriz_ponteiro(mtr, LINHA, COLUNA);
}

Veja funcionando no ideone e no CodingGround.

  • Sim, dessa forma funciona, mas vc não está usando ponteiros... E o exercício proposto solicita que : Elabore uma função que receba como parâmetros um ponteiro de uma matriz, o número de linhas e colunas, e imprima os elementos da matriz – ADR 15/11/16 às 18:36
  • O problema é que isso não faz sentido. – Maniero 15/11/16 às 18:37
  • @ADR fiz totalmente com ponteiros. – Maniero 15/11/16 às 18:55
  • Vi aqui, mas está dando erro na linha: int mtr = malloc(LINHA * sizeof(mtr)); [Error] invalid conversion from 'void' to 'int' [-fpermissive] Para você não deu erro? – ADR 15/11/16 às 19:43
  • @ADR você clicou nos links que eu forneci? Viu que está funcionando? – Maniero 15/11/16 às 19:47
2

Entendo o código - primeira alternativa

Olhe essa linha:

matriz_ponteiro(mtr[3][4], lin, col);

lin e col são do tipo int. mtr é uma matriz 3x4 do tipo int, e portanto mtr[3] é um array de 4 posições do tipo int e finalmente mtr[3][4] é um int. Ou seja, os três parâmetros que você passa são ints.

Na definição da função, temos isso:

int matriz_ponteiro(int *mtr[3][4], int *lin, int *col){

Ou seja, os parâmetros são dos tipos "ponteiro para matriz 3x4 de int", "ponteiro para int" e "ponteiro para int". Ou seja, não batem com aquilo que você usa para chamar mais em baixo.

Bem, no seu código você mistura matrizes, ponteiros e inteiros de forma mais ou menos ao acaso, o que demonstra que você não deve saber direito o que está fazendo, então vamos com calma. Aparentemente, o propósito da sua função matriz_ponteiro é imprimir a matriz. Portanto eis o cabeçalho dela:

void matriz_ponteiro(int mtr[3][4])

Por quê? Porque ela recebe uma matriz 3x4 de inteiros para imprimir (int mtr[3][4] e não devolve nenhum resultado (void).

Não são necessários os parâmetros lin e col porque ela vai percorrer todas as linhas e colunas. Assim sendo, a implementação é assim:

void matriz_ponteiro(int mtr[3][4]) {
    int lin, col;
    for (lin = 0; lin < 3; lin++) {
        printf("\n");
        for (col = 0; col < 4; col++) {
            printf("\t%d", mtr[lin][col]);
        }
    }
}

E com isso, no seu main, ao invés disso:

res = matriz_ponteiro(mtr[3][4], lin, col);

Use isso:

matriz_ponteiro(mtr);

E você também pode eliminar a variável res.

Eis como fica o seu código completo:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

void matriz_ponteiro(int mtr[3][4]) {
    int lin, col;
    for (lin = 0; lin < 3; lin++) {
        printf("\n");
        for (col = 0; col < 4; col++) {
            printf("\t%d", mtr[lin][col]);
        }
    }
}

int main() {
    int mtr[3][4];
    int lin, col, cont;
    cont = 0;
    // armazenar o valor de cont em cada posição da matriz
    for (lin = 0; lin < 3; lin++) {
        for (col = 0; col < 4; col++) {
            mtr[lin][col]= cont++;
        }

    }
    matriz_ponteiro(mtr);
}

Veja aqui funcionando no ideone.

Segunda alternativa

Se você tiver que ter o número de linhas e colunas como parâmetro, pode fazer isso:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

void matriz_ponteiro(int linhas, int colunas, int matriz[linhas][colunas]) {
    int lin, col;
    for (lin = 0; lin < linhas; lin++) {
        for (col = 0; col < colunas; col++) {
            printf("\t%d", matriz[lin][col]);
        }
        printf("\n");
    }
}

int main() {
    int mtr[3][4];
    int lin, col, cont;
    cont = 0;
    // armazenar o valor de cont em cada posição da matriz
    for (lin = 0; lin < 3; lin++) {
        for (col = 0; col < 4; col++) {
            mtr[lin][col] = cont++;
        }
    }
    matriz_ponteiro(3, 4, mtr);
}

Veja aqui funcionando no ideone. É importante se notar de que a matriz tem que ser o último parâmetro, pois a definição dela depende do número de linhas e de colunas que tem que ser declaradas antes (ou seja, nos parâmetros anteriores).

A matriz utilizada lá é um ponteiro. Para provar isso, experimente colocar no final da função matriz_ponteiro, isso:

    mtr[0][0] = 1234;

E no final do main, use isso duas vezes:

    matriz_ponteiro(3, 4, mtr);

E você vai perceber que a matriz de fato é alterada de dentro do matriz_ponteiro. Se ela fosse apenas copiada, o 1234 não ia aparecer ao chamar a função matriz_ponteiro novamente. Isso só é possível porque ocorreu uma passagem de referência, e não apenas de valores. E se ocorreu passagem de referência em C, é porque houve passagem de ponteiro.

Terceira alternativa

Entretanto, se você quiser que a função matriz_ponteiro receba um ponteiro explícito, então pode fazer assim:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

void matriz_ponteiro(int *matriz, int linhas, int colunas) {
    int lin, col;
    for (lin = 0; lin < linhas; lin++) {
        if (lin != 0) printf("\n");
        for (col = 0; col < colunas; col++) {
            printf("\t%d", matriz[lin * colunas + col]);
        }
    }
}

int main() {
    int mtr[3][4];
    int lin, col, cont;
    cont = 0;
    // armazenar o valor de cont em cada posição da matriz
    for (lin = 0; lin < 3; lin++) {
        for (col = 0; col < 4; col++) {
            mtr[lin][col] = cont++;
        }

    }
    matriz_ponteiro(mtr[0], 3, 4);
}

Veja funcionando no ideone.

Esse matriz[lin * colunas + col] precisa de uma melhor explicação. O que acontece é que os elementos da matriz são colocados na forma de uma linha atrás da outra. Ou seja, a matriz consiste de uma sequência de linhas e cada linha tem um número de elementos igual ao número de colunas. Isso também pode ser interpretado como um array com linhas * colunas elementos. Essa fórmula lin * colunas + col acessa o elemento desejado se você estiver utilizando essa forma de indexação.

O uso de mtr[0] no final é porque o tipo tem que ser um int *, e não um int **. Uma outra forma seria fazer um cast explícito também (usar (int *) mtr).

  • Obrigada pelas explicações, mas coomo disse infelizmente o enunciado pede que a função receba como parâmetro um ponteiro de uma matriz. O que o seu código completo não resolve. Sem ponteiro consigo fazer tbm, o problema é que ainda não entendi direito o uso de ponteiros. – ADR 15/11/16 às 19:40
  • @ADR Resposta editada. Está bom agora? – Victor Stafusa 15/11/16 às 20:18
  • Sim, era exatamente isso que eu queria fazer. Muito obrigada :) – ADR 16/11/16 às 16:59

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.