Respostas interessantes marcadas com a tag

10

Primeiramente, O Google deve ter uma API que pega alguns frames do vídeo e gera um .WEBP, esse é um formato que assim como o .GIF tb aceita animações. Veja que em um sistema do tamanho do Youtube provavelmente nada é feito "na mão" é uma escala muito grande, e muito provavelmente essa API na hora do upload do vídeo gera esse WEBP, assim como o thumbnail de ...


7

Basicamente: Quanto mais poder de processamento, melhor. Simples assim. Você não deixa de usar o CPU pra usar a GPU, mas utiliza ambos. Uma série de fenômenos históricos e mercadológicos contribuíram para um avanço incrível no poder de processamento das GPUs e na demanda de tarefas para as quais as GPUs foram projetadas. Até onde eu consigo entender, a ...


6

Como os dados estão ordenados por data decrescente, o jeito mais fácil de pegar o último vídeo sem ter que mudar a estrutura do código é manipular o parametro max-results URL: De: http://gdata.youtube.com/feeds/api/users/Rodrigoaraujooficial/uploads?max-results=10&alt=json Para: http://gdata.youtube.com/feeds/api/users/Rodrigoaraujooficial/uploads?max-...


5

Como você mesmo pôde ver nas informações do vídeo a legenda está codificada na segunda trilha de dados, inclusive, esta pode ser reproduzida normalmente pelos players que a suportem, mesmo que, talvez, seja necessário habilitar manualmente. Você tem como alternativas utilizar a marcação <track> da tag <video> desde que atente para as ...


5

Para o elemento <video/> ficar com uma altura de 100%, o elemento pai, neste caso <div id="video"/> tem que ter uma altura definida. De igual forma, a altura deve ser facultada através da propriedade de CSS height. Duas soluções podem ser implementadas, tudo depende do objetivo final: Solução 100% x 100% Nesta solução, o vídeo fica com a ...


5

Haja vista que não existe um HASH prévio (de quando se havia certeza do estado do arquivo) é necessário o uso de um programa de Terceiro FFMPEG e de um script executado via Powershell que automatiza a execução da checagem dos arquivos de vídeo de determinada pasta: Script: $logPath = "C:\Users\User\projeto1\error.log" $videosFolder = "C:\Users\User\videos" ...


4

Tente converter o video para mp4 mas desta vez usando o codec H.264 Video H.264 Audio AAC HTML5 Video Encoding


4

O problema é que o evento timeupdate não é um bubble event. Isso significa que você não pode tratá-lo através do elemento pai, tal como feito em: $(document).on("timeupdate", "#video", function(){ console.log('video playing'); }); Isso acontece porque o evento fica, no caso, associado ao document e não ao elemento #video¹. Fazer a delegação do evento ...


3

O HTML5 puro não dá suporte para legendas embutidas nos arquivos. O que você pode fazer é separar os arquivos e chamá-los como está abaixo: <video controls preload="metadata"> <source src="path/to/videos/my_video_1.mp4" type="video/mp4"> <track label="Português" kind="subtitles" srclang="pt" src="path/to/captions/my_video_1.vtt" default&...


3

HTTP Header Range (Download de arquivos por partes) O PHP permite não só para vídeos, mas para qualquer tipo de download, montar um script de gerenciamento de entrega de partes de arquivos. É dessa maneira que site como Mega ou outros especializados em Download, gerenciam a banda utilizada, velocidade e qualquer outra limitação que o serviço tiver para ...


3

Isso é uma mensagem de erro do Windows, dizendo que não conseguiu executar $ffmpeg. Percebi que você colocou o caminho completo para o executável na primeira linha, então creio que você só tenha esquecido de concatenar a variável com o resto do comando. Aliás, as variáveis $video e $output também estão indo como literais para o comando Também é importante ...


3

Em javascript isso é muito limitado por razões de segurança. O tamanho sei ser possível através do this.files[0].size e o nome, através de this.files[0].name usado um event handler no jQuery. Depois para formatar para ser perceptível pode usar uma função como esta: function humanFileSize(bytes, si) { var thresh = si ? 1000 : 1024; if(bytes < ...


3

Depende de fatores como privacidade, custo da largura de banda (que se relaciona com a quantidade de visitantes) e formatação dos vídeos adequada para web. Se é seu servidor, em teoria, os arquivos estão baixo sua custódia, mas isso vai implicar em custos com segurança, tráfego, codificação dos vídeos, instalação de um media player no site. E como bem ...


3

Várias abordagens estão à sua disposição. Escolha uma (ou várias) delas. Reduza o bitrate do vídeo em background. Utilize uma tiling mask sobre o vídeo para reduzir o efeito de granulação. Execute o vídeo por 5 minutos, e depois destrua o elemento e substitua por uma imagem estática. Converta o video para um formato que possa sofrer caching local (mp4, por ...


3

Como não obtive resposta vou postar um resultado que consegui usando mix-blend-mode https://developer.mozilla.org/pt-BR/docs/Web/CSS/mix-blend-mode A propriedade mix-blend-mode descreve como um elemento de conteúdo deve ser mesclado com os elementos abaixo dele no background. No caso a valor lighten significa que a cor preta quando está sobre um fundo ...


3

No contexto da pergunta, video frame interpolation se refere à prática de geração de frames intermediários entre dois frames de referência. Considere a animação abaixo: Ela é composta de 3 frames, onde a localização do pixel preto cria uma ilusão de movimento. Entretanto o efeito é de baixa qualidade - você percebe o 'pulo' entre as posições. A ...


2

Isso acontece porque estas a criar o elemento dinamicamente, nesses caso é necessário utilizar o observador de eventos on do jQuery e adicionar o evento função após a criação do elemento: $('#myModal').on('hide.bs.modal', function setvideo(event) { var src = $(this).data('next-video'); $('#div_video').html('<h5>Vídeo 2</h5>&...


2

No teu HTML tens esta estrutura: body |-video |-button |-button |-div#div_video A tua função JavaScript está a substituir o conteúdo da div com ID div_video. Se o que pretendes é substituir o video original por um novo então deves colocar esse video dentro da div#div_video para ser apagado/substituído e ficar assim: body |-button |-button |-div#...


2

Não consigo apagar a minha pergunta porem eu consegui fazer oque eu queria vou deixar isso como resposta pára se alguém algum dia precisar vai ter aqui: o HTML: <h1 class="nomes">...


2

Fala Cristian, Você pode usar a função Animation do Android, por exemplo: Crie um arquivo animacao.xml <animation-list xmlns:android="http://schemas.android.com/apk/res/android" android:oneshot="false"> <item android:drawable="@drawable/imagem1" android:duration="100"/> <item android:drawable="@drawable/imagem2" android:...


2

Com a resposta do @LauroMoraes tive um campo de pesquisa mais amplo e acabei descobrindo o PeerJs, que é uma biblioteca JavaScript própria para isso. No próprio site deles tem um exemplo simples de video chamada 1-1. (embora não esteja funcional no site deles por não terem SSL). Segue o exemplo dados por eles, traduzido e comentado por mim: <html> &...


2

Acredito que o escopo de sua pergunta seja fazer "live stream" com tecnologia como PHP. Tenho exatamente a mesma dúvida aqui no stackoverflow embora o mais próximo que cheguei foi utilizando javascript. Consegui implementar minha própria solução para video chamadas embora não tenha abordado a questão de video-conferencia a ideia é a mesma. WebRTC | ...


2

Thiago Benine, veja passo a passo como EU faria (considerando que os arquivos de video estão em uma pasta só em C:\videos e que os nomes dos arquivos estão sem espaço e sem acento (utilize o Bulk Rename Utility se precisar padronizar os nomes dos arquivos de uma só vez): Crie uma lista num documento texto com TODOS os nomes dos arquivos de video: Abra o MS-...


2

O que você pode fazer é usar o .on mouse event, como por exemplo: .on('mouseup', handler) ou .on('mousedown', handler) O JQuery permite o uso de atalhos para chamar estes eventos, como: $( "#alvo" ).mouseup(function() { alert( "Atalho para .mouseup() foi chamado!" ); }); Sendo assi, seu exemplo ficaria desta forma $('input range').mouseup(function() { ...


2

O seu problema é conhecido, e chama-se delegação de eventos. Veja, você mesmo disse que cria os elementos dinamicamente. Isto significa que, no momento em que você declara a rotina do evento, alguns elementos podem ainda não existir. Veja este exemplo: Exemplo 1 //evento para adicionar boxes "dinamicamente" $('button').on('click', function(){ var ...


2

sei que não é da minha conta, mas isso no futuro quando seu site crescer vai te causar muita dor de cabeça. falo por experiência propia, tive problemas com isto. eu salvava músicas no mysql, sei que deu uma sobrecarga muito tensa tive que desativar o site por 3 dias e passar tudo para arquivos, perdi bastante usuários. se eu fosse você salvaria tudo em ...


2

Supondo que esteja usando via CLI, se o vídeo for mais curto que o audio você pode simplesmente usar: -shortest (output) "Finish encoding when the shortest input stream ends." Acredito que isso seja suficiente, para teste utilizei via PowerShell: .\ffmpeg.exe ` -i "River - 6815.mp4" -i "Frontliner - Around The World (Extended Mix).wav" ` -c:v copy -c:a ...


2

Sugiro utilizar uma API JS para isso, pois esse evento ainda está com problemas em alguns browsers... Uma simples e boa api para vídeo é o video.js nele você consegue bloquear o fullscreen perfeitamente, veja o exemplo: HTML: <video id="my_video_1" class="video-js vjs-default-skin" controls preload="auto" width="340" height="268"> <source ...


2

Você pode buscar o vídeo referente à modal aberta e parar a execução desta forma, pegando o click pela classe do botão "fechar": $(".fechar").click(function(){ $(this) .closest("div") .find('video')[0] .pause(); }); Exemplo: (execute em tela cheia) $(".fechar").click(function(){ $(this) .closest("div") .find('video')[0] ....


2

O próprio HTML5 tem um atributo na tag vídeo de autoplay <video controls autoplay> <source src="https://www.w3schools.com/TAgs/movie.mp4" type="video/mp4"> <source src="https://www.w3schools.com/TAgs/movie.mp4" type="video/ogg"> Your browser does not support the video tag. </video>


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam