Respostas interessantes marcadas com a tag

44

Abrir e fechar recursos no Java, até o Java 6, era uma tarefa muito tediosa de se fazer e muito propensa a erros. Fechar os recursos abertos (invocando o método close()) frequentemente é algo que ou acaba sendo esquecido de ser feito ou que o programador o faz de forma inadequada, pois há vários complicadores para se fazer isso. Por exemplo, veja este ...


22

Outras respostas já responderam o mais importante sobre a questão. Complementando, o uso mais comum para o finally é a limpeza de recursos. Quando você usa uma declaração de variável com using na verdade está usando um try-finally Então quando faz: using (Font font1 = new Font("Arial", 10.0f)) { byte charset = font1.GdiCharSet; } É o mesmo que: { ...


16

TL;DR do try-with-resources O que é: um recurso sintático do Java para uso seguro de recursos de forma segura. Objetivo: garantir que recursos escassos - como conexões com o banco de dados, referências a arquivos, conexões de rede - sejam devidamente fechadas após o uso, mesmo num cenário excepcional. Funcionamento: os recursos declarados no try (entre os ...


15

O bloco finally sempre será executado, salvo em raras situações. De forma geral ele é a garantia de que seu código irá liberar recursos ocupados mesmo que ocorram exceções (Exceptions) ou o método contendo o try retorne prematuramente (return). Os únicos momentos em que o finally não será chamado são: Se você chamar System.exit() ou um outro thread ...


13

Você deve utilizar finally para finalizar/liberar recursos que você possa ter usado em um try, mesmo que um exceção seja lançada, o código no finally será executado. A funcionamento é basicamente esse: try { // seu código } catch { // exceção } finally { // sempre faz isso } Por exemplo: Supondo você abre um arquivo no try, mas ocorre ...


9

Essencialmente é para garantir que o fluxo daquele bloco sempre seja executado. Mesmo que ocorra um exceção no bloco iniciado pelo try, o bloco do finally será executado antes de sair da função e começar derrubar a pilha de chamadas de funções. Em geral ele é usado para encerrar recursos alocados, por exemplo fechar um arquivo. Pode surgir aí uma dúvida ...


8

A intenção do finally é garantir que este bloco seja executado em qualquer circunstância (a não ser que toda plataforma tenha algum comportamento catastrófico, claro, ou por um System.exit()). Então não importa o que aconteça no método, ele será executado. Não importa se ele vai sair por return ou throw. Então a saída será: Parte 1 Parte 2 Veja ...


7

Como funciona o fluxo de execução em um bloco try/catch/finally no exemplo abaixo? Você vai entrar no try e jogar uma exceção. Como previsto, o println depois de makeException() não vai ser executado. Depois disso, programa vai executar o bloco catch(ExceptionBeta e depois disso o bloco dentro do finally. O bloco finally sempre executa no final, ...


6

O finally só serve para uso juntamente com um try/catch. O uso dele é indicado para situações de um bloco try em que, havendo sucesso ou falha, o código sempre será executado. Isto é útil para desalocação de objetos, auditoria em log de alguma informação, ou algum código que seja imprescindível a execução. Assim como o catch, o bloco finally é opcional. ...


6

Sim, ele sempre será executado! O bloco finally é utilizado para garantir que um código seja executado após um try, mesmo que uma exceção tenha sido gerada. Mesmo que tenha um return no try ou no catch, o bloco finally é sempre executado. Por qual motivo isso acontece? O bloco finally, geralmente, é utilizado para fechar conexões, arquivos e liberar ...


5

Sim. O bloco Finally sempre será executado mesmo se cair no catch. Faça esse teste: public class Teste { public static void main(String[] args){ try { int a = 0; int b = 0; int res = a/b; System.out.println(res); } catch (Exception e) { System.out.println("Erro."); } finally { ...


5

O output vai ser: Parte 1 Parte 2 E em seguida false vai ser retornado. O bloco finally executa sempre que o bloco try termina, mesmo se ele tiver lançado uma exceção, retornado, abortado um laço ou qualquer coisa assim. Internamente, a JVM salva o valor retornado em uma variável local que ela inventa para isso, executa o finally e depois retorna o valor ...


4

final: final é usado para aplicar restrições na classe, método e variável. A classe final não pode ser herdada, o método final não pode ser substituído e o valor final da variável não pode ser alterado. Exemplo: class FinalExample{ public static void main(String[] args){ final int x=100; x=200; //Compile Time Error } }...


4

O código dentro de um bloco finally será executado independentemente se há ou não uma exceção. Isso é útil quando se trata de certas funções em que você precisa fazer conexões de fechamento, desconectar-se ou liberar um objeto. try { FazerAlgumaCoisa(); } catch { CapturarAlgo(); } finally { SempreFazerIsso(); } Você poderia estar fazendo isso: ...


4

De fato, dentro da minha observação, uns 90 a 99% dos programadores acham que o try resolve problemas, quando muitas vezes vezes o que ocorre é o oposto. Tem linguagens que tem uma cultura de uso de exceções, outras usam só quando é realmente útil. Não sei como é no Delphi, e costumo recomendar seguir a cultura da linguagem, na maioria das vezes. Mas também ...


4

Try => É o bloco de comando que você quer executar Catch = > É o bloco de comando que executar caso aconteça algum erro (Exception). Você Pode Tratar várias exceptions. Catch só será executado quando ocorre uma exceção. finally = > Como catch é o bloco que executa somente quando ocorre uma exceção, o bloco finally sempre vai executar, independente de erro. ...


3

O "finally" é muito útil quando você abre uma conexão de banco dados e, antes de fechá-la, decide usar um "try catch()". Você pode fechar esta mesma conexão dentro do finally, assim você garante que a conexão será fechada.


2

Devemos utilizar o idioma try-with-resources Também conhecido como try-with-resourses statement, este artifício está disponível a partir da versão 1.7 da plataforma Java SE. Como? No try-with-resources, podemos escrever código que se utilize de resources para aplicação, tais como Connections e arquivos. Desde que tais classes implementem a interface ...


1

Então - as exceções que colocamos no comando except tem que ser as classes em Python que declaram as exceções, não só os nomes delas, nem só strings. No caso, o erro te diz em que arquivo ela está declarada: selenium.common.exceptions.WebDriverException Ou seja, você deve conseguir importa-la no arquivo Python onde vai colocar o try...except com um import ...


1

Outro caso em que você pode utilizar o finally após o try/catch, é na situação de manipular arquivos no meio do seu processo e para não encher o código com File.Delete, você pode apenas limpar a pasta no finally ou ainda gravar os caminhos e nomes numa variável e limpar antes de sair.


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam