Traits são um mecanismo para reutilização de código em linguagens de herança simples. Permitem reutilizar conjuntos de métodos livremente em várias classes independentes que vivem em diferentes hierarquias de classe. Usar esta tag em conjunto com a da linguagem correspondente.

Traits são um mecanismo para reutilização de código em linguagens de herança simples. Seu objetivo é a reduzir algumas limitações de herança simples, permitindo reutilizar conjuntos de métodos livremente em várias classes independentes que vivem em diferentes hierarquias de classe. A semântica da combinação de características e classes é definida de uma forma que reduz a complexidade, e evita os problemas típicos associados a herança múltipla e mixins.

Um Trait é semelhante a uma classe, mas apenas uma intenção de funcionalidade de uma maneira refinada e consistente. Não é possível instanciar um traço por conta própria. É uma adição a herança tradicional e permite o enquadramento horizontal de comportamento, isto é, a aplicação de membros da classe sem a necessidade de herança.


Exemplo de uso em PHP

A partir do PHP 5.4.0, PHP implementa Traits como um método de reutilização de código.

trait HelloWorld {
    public function sayWorld() {
        echo 'Hello World!';
    }
}

class TheWorldIsNotEnough {
    use HelloWorld;
    public function sayUniverse() {
        echo 'Hello Universe!';
    }
}

O exemplo abaixo imprime: Hello Universe!

$class = new TheWorldIsNotEnough();
$class-> sayUniverse();

O exemplo abaixo imprime: Hello World!

$class = new TheWorldIsNotEnough();
$class-> sayWorld();