Respostas interessantes marcadas com a tag

41

Teste de Software Usando os termos da Wikipédia: É a investigação do software a fim de fornecer informações sobre sua qualidade em relação ao contexto em que ele deve operar. Isso inclui o processo de utilizar o produto para encontrar seus defeitos. Teste é o termo mais geral para ver se um determinado software funciona. Pode ser um produto inteiro, ...


31

Imagine o seguinte cenário: Você tem aquele programa enorme com uns trocentos módulos. E então você tem que mexer alguma coisa lá no meio. Talvez seja pegar uma classe ou uma função e dividir em duas, mudar a forma de alguns parâmetros, fazer alguma mudança em uma determinada estrutura, qualquer coisa assim. Como você sabe que a sua mudança deu certo e não ...


24

Qual a diferença entre mock e stub? Enquanto um stub apenas provê respostas prontas para as chamadas que serão feitas durante o teste, o mock vai mais além e, além de prover as respostas, também valida as chamadas - ele conhece o comportamento esperado do sistema e testa este comportamento. Assim, ao substituir um componente durante os testes, um stub ...


17

Acho que a referência canônica sobre o assunto é o artigo do Martin Fowler. Ele mostra a diferença entre 4 tipos de substitutos: Dummy São objetos usados para preencher uma lista parâmetros quando o que contém neles não é relevante. Este objetos não serão usados de fato. Fake São objetos com implementações reais mas que não fazem exatamente o que se ...


15

Testes de Unidade, ou Testes Unitários, têm como objetivo se certificar que certas unidades de processamento (em geral métodos e funções) não apenas façam o que se espera delas, mas que continuem fazendo isso mesmo quando o sistema evolui. Em outras palavras, se uma determinada função hoje recebe a entrada X e produz a saída Y, criar um teste de unidade onde ...


13

O termo "regressão de software" vem do inglês "software regression", significa "regresso de bug no software" ou "reemergência de falha". No dia-a-dia também usamos o termo "efeito colateral" (side-effect): aplicamos boas doses de correção, mas o software enfermo ainda sofre, justamente de algum mal causado pela correção. Se usarmos a noção de que o software ...


11

Conforme diz o site da MSDN (http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms243175.aspx) basta usar o atributo Timeout. [TestMethod(), Timeout(80)] public void MyTestMethod()


10

Existem várias opções dependendo do que você quer fazer. Você pode dividir seus testes em dois tipos: Unitários Funcionais E tem duas opções de onde executar eles: Dalvik (Dentro do aparelho) JVM (Dentro da sua maquina) Os testes Unitários focam no teste de uma unidade isolada, normalmente uma classe. Já os testes funcionais testam varias unidades de ...


9

Assert Um dos módulos do node é o assert. Não é uma ferramenta completa para testes unitários mas é possível utilizá-lo sem nenhum adicional para realizar seus testes. Métodos fail: Compara dois valores (estilo atual e esperado). ok: Confere se a expressão passada é verdadeira. throws, doesNotThrow: A função passada deve/não deve lançar uma exceção. ...


9

Como já mencionado nas ótimas respostas existentes, a regressão (entendida simplesmente como algo que funcionava como esperado deixar de funcionar) é um fenômeno natural em sistemas complexos, ao ponto de até mesmo ser argumentado como algo inevitável. De todas as formas, a experiência indica que há algumas formas de diminuir o risco desse indesejável efeito....


9

No Laravel especificamente você pode usar as classes do namespace/pacote Illuminate\Foundation\Testing\ (fonte: https://laravel.com/docs/5.2/testing) Note que o exemplo aqui é para Laravel5.2 Dentro da pasta tests que fica dentro da sua aplicação Laravel deve conter dois arquivos, o TestCase.php que é a "base" para criar os seus testes e o ExampleTest....


9

A pergunta foi modificada depois da resposta Tudo em engenharia precisa ser pensado para o que está fazendo. Pra variar a resposta é um enorme DEPENDE. A primeira coisa é se perguntar se realmente fará diferença ter situações diferentes. Muitas vezes só precisa saber que a exceção ocorreu, não precisa saber a situação exata, então pode conviver com isto. ...


8

Bom, sua pergunta está relacionada a um contexto mais amplo: o Gerenciamento de Testes de Software. Um bom guia básico, é a apostila usada para o estudo da certificação ISTQB (International Software Testing Qualifications Board): faça o download gratuitamente nesta página. Dito isto, você vai precisar de cobertura em duas frentes. Comentarei aqui com base ...


8

É uma boa pergunta. Vou me concentrar nas "subperguntas" (em diferente ordem) para elaborar uma resposta... E se a classe faz coisas como conexão com a rede, leitura e escrita de arquivos (o que ainda por cima pode depender do estado do sistema de arquivos), conexão com bancos de dados, etc? Nem tudo é teste unitário A primeira coisa é que não estamos ...


8

São conceitos distintos. TDD é uma filosofia de desenvolvimento de software: para implementar qualquer funcionalidade (ou fazer alterações no código), você: Cria um (ou mais) teste(s), que provavelmente serão unitários, mas nem sempre Executa o teste, observando que ele vai falhar (é possível que, além do teste, você precise também implementar algo tipo ...


8

Garantir que um contrato seja cumprido é um conceito desejável mas nem sempre viável. Pois em primeiro lugar é preciso expressar os termos do contrato em lógica, depois é preciso provar que a lógica desejada foi implementada. E essa "prova", quando possível, causa no mínimo um tempo maior de compilação, no máximo exige que checagens sejam feitas ...


8

A princípio, não deveria testar. A ideia dos testes unitários é testar se a API pública está trabalhando da maneira esperada. De qualquer forma, é possível usar a classe PrivateObject do namespace Microsoft.VisualStudio.TestTools.UnitTesting. Ela foi criada justamente para esta finalidade. Um exemplo de como usá-la: [TestMethod] public void ...


8

A resposta que deseja mesmo é a do jbueno. Porém fazer teste unitários em métodos privados é um erro conceitual. Testes unitários devem verificar se a API pública está sempre respondendo da maneira esperada. Métodos privados são detalhes de implementação e não fazer parte da API pública. Testá-los não faz sentido porque eles precisam tr a liberdade de poder ...


7

Vou passar uma maneira minha de testar. Não sei se é a melhor, mas pode ser um ponto de partida pra gente produzir algo mais conciso e coerente. O método de testes e Mocks do Cigano Demorei bastante tempo pra encontrar algo que fosse bom o suficiente para um Mock e nunca encontrei. Os textos que encontro a respeito normalmente falam de tudo e não explicam ...


7

TL;DR Existe muitos tipos diferentes de testes em diferentes níveis de abstração do sistema, desde testes unitários até o teste de aceitação do usuário. Veja mais detalhes nesta outra resposta. A testabilidade é a capacidade do software de ser testado em todos aqueles níveis, sendo maior quanto mais fácil é implementar e executar o teste e menor quanto ...


7

Você testa os side-effects causado pelo método. Por exemplo se seu método void altera algum atributo da classe o teste deve checar se antes da chamada o valor do atributo era X e após a chamada mudou para Y, exemplo: class TarefaDeCasa { public String feita = "Não"; public void perguntarNoStackoverflow() { this.feita = "Sim"; } } ...


7

Primeiro vou falar um pouquinho sobre herança. Herança não serve para a escrita de testes. Não use herança para isso. Aliás, há pessoas que defendem, inclusive eu, que herança não deveria ser usada para nada, devendo ser sempre que possível substituída por composição ou por alguma outra coisa com o objetivo de atingir-se um acoplamento mais fraco e uma ...


6

Não estarei respondendo sua pergunta, mas existem outras alternativas de testes para o node.js. Se você está procurando algo mais ao estilo TDD: o módulo assert embutido no node.js nodeunit (que faz uso do módulo assert) - https://github.com/caolan/nodeunit Se você prefere ao estilo BDD, como o Jasmine: tem o Mocha (serve tanto pra TDD como para BDD) - ...


6

O ASP clássico (Active Server Pages), só pra deixar claro, não é uma linguagem de programação, a linguagem é o VB ou Jscript. Existe um framework chamado aspunit baseado em junit, o aspunit é uma implementação VBScript e necessita do IIS 5.0 or IIS 5.1. Download: https://sourceforge.net/projects/aspunit/files/ (última atualização 2004). Na pasta ...


6

JUnit é um framework para produzir testes. Ele sabe melhor que os programadores como fazer isso de forma correta. Está tudo pronto para seu uso. Claro que o programador precisa saber usar. A vantagem de fazer testes é saber se o método está atendendo os requisitos especificados no próprio teste. Você pode modificar seus métodos normais e rodar o JUnit para ...


5

Você tem um EntityManager por thread, mas todos compartilham o mesmo banco. Se você executa os testes concorrentemente, o que um teste faz, pode afetar os outros testes. É necessário criar o banco em memória a cada teste. Vou citar um tutorial. Aonde ele cria um arquivo hibernate.cfg.xml <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?> <!DOCTYPE hibernate-...


5

Introdução Testes de qualquer tipo precisam testar alguma coisa. Esse do exemplo está testando nada. Você pode testar o que desejar no teste, pode acessar banco de dados sem problemas. Claro que não é o ideal porque testes devem, idealmente, rodar muito rápido e não ter muitas dependências. Para fazer testes significativos e eficazes é preciso um design ...


5

DbC Existe um paradigma secundário de desenvolvimento chamado Design by Contract (DbC). Ele pode ser usado em qualquer linguagem, mas algumas possuem sintaxe própria para facilitar. Ele é usado para dar mais confiabilidade ao código, para tornar mais explícito no código como o código deve interagir nas suas pontas. Assim como se colocar tipo explícito de ...


5

Métodos estáticos são tão flexíveis quanto granito. Se você precisa fazer o mock de um método estático, é sinal de que há algo errado no projeto. Um método estático idealmente oferece uma funcionalidade definitiva e imutável. Se você precisa mocká-lo para isolar o seu teste de suas dependências, então é porque ou ele não é definitivo e nem imutável, e ...


5

A classe PessoaMapperUtil não representa um conceito de programação orientada a objetos! Partindo de um modelo MVC, a classe Pessoa é a sua classe responsável por modelar as regras de negócio. Ou seja, está na camada Modelo. A classe PessoaResponse seria algo que transporta dados do modelo para fora, em direção a camada de visão, e portanto é algo que está ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam