Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

42

Teste de Software Usando os termos da Wikipédia: É a investigação do software a fim de fornecer informações sobre sua qualidade em relação ao contexto em que ele deve operar. Isso inclui o processo de utilizar o produto para encontrar seus defeitos. Teste é o termo mais geral para ver se um determinado software funciona. Pode ser um produto inteiro, ...


13

O termo "regressão de software" vem do inglês "software regression", significa "regresso de bug no software" ou "reemergência de falha". No dia-a-dia também usamos o termo "efeito colateral" (side-effect): aplicamos boas doses de correção, mas o software enfermo ainda sofre, justamente de algum mal causado pela correção. Se usarmos a noção de que o software ...


9

Como já mencionado nas ótimas respostas existentes, a regressão (entendida simplesmente como algo que funcionava como esperado deixar de funcionar) é um fenômeno natural em sistemas complexos, ao ponto de até mesmo ser argumentado como algo inevitável. De todas as formas, a experiência indica que há algumas formas de diminuir o risco desse indesejável efeito....


8

Bom, sua pergunta está relacionada a um contexto mais amplo: o Gerenciamento de Testes de Software. Um bom guia básico, é a apostila usada para o estudo da certificação ISTQB (International Software Testing Qualifications Board): faça o download gratuitamente nesta página. Dito isto, você vai precisar de cobertura em duas frentes. Comentarei aqui com base ...


7

TL;DR Existe muitos tipos diferentes de testes em diferentes níveis de abstração do sistema, desde testes unitários até o teste de aceitação do usuário. Veja mais detalhes nesta outra resposta. A testabilidade é a capacidade do software de ser testado em todos aqueles níveis, sendo maior quanto mais fácil é implementar e executar o teste e menor quanto ...


5

Minhas opções Você pode usar o MSTest juntamente com um framework de Mock como o Moq, e algum framework de inversão de controle, tal como o SimpleInjector... dessa forma seu sistema poderá ser testado facilmente. Existem outras opções, mas eu pessoalmente uso esta configuração. Outras opções Testes: NUnit (já usei, acho muito bom) MSTest (Microsoft, já ...


4

Tente alterar a propriedade Delay Between actions conforme imagem abaixo: Talvez isso possa te ajudar.


3

Escreva um método que instancia o contexto de execução (que por sua vez instancia o atributo de autorização, que é um filtro) e faça um mock da requisição, mais ou menos assim: public void TesteDoFiltroDeAutorizacao() { var context = new ActionExecutedContext(); var httpRequest = new HttpRequest("", "http://umenderecoqualquer/", ""); var ...


1

Se tiver o Apache instalado na sua máquina, então pode usar o comando de linha ab (ApacheBench), supondo que esteja em pastas, exemplo de uso (laravel): ab -n 1000 -c 10 http://localhost/laravel/ Codeigniter: ab -n 1000 -c 10 http://localhost/codeigniter/ Em windows o comando não deve estar global, se tiver Xampp, Wamp ou EasyPHP com apache (tem ...


1

Testes de regressão: Todos os testes que serão reexecutados para garantir o funcionamento do software (das funcionalidades existentes e cobertas por testes). Caso alguma funcionalidade tenha o comportamento alterado de forma indesejada, estes testes vão falhar e evidenciar qual parte do sistema foi impactada pelo novo código. Pode ser manual, automatizado, ...


1

Depois de muito ler vi que a resposta correta é que o espresso é desenvolvido para testes em cenario isolados, ou seja, deve ser montado um teste para quando o fragment estiver visivel.


1

Como resolvi: protected static ActionExecutedContext FakeExecutedContext(IPrincipal principal = null, Controller controller = null) { var request = new Mock<HttpRequestBase>(); request.SetupGet(x => x.HttpMethod).Returns("GET"); request.SetupGet(x => x.Url).Returns(new Uri("http://example.com/action")); var httpContext = ...


1

Quando eu testo a API eu devo testar novamente os casos que já foram testados no service? Não, não deve. O problema não é a redundância no sentido de o mesmo código ser executado por testes em diferentes níveis. Os problemas são: Você está explicitamente testando a mesma regra duas vezes. Você está testando em uma camada do sistema as regras de outra ...


1

Não se preocupe com redundância. Testes de integração são pra testar como os vários componentes do seu sistema trabalham em conjunto. Principalmente casos de falha. Na realidade os testes são o lugar perfeito pra ver o que acontece se estourar uma exceção três ou mais camadas abaixo do serviço sendo testado. Persistência e acesso a serviços externos (SOAP,...


1

Você pode evitar esse trabalho usando o Arquillian. Ele permite que você suba uma parte do seu programa para o servidor e execute os testes. Preferencialmente em ambiente idêntico ao da produção. Da forma que você está fazendo, o teste pode passar e a aplicação falhar quando for colocada em produção, já que o ambiente de testes é diferente.


1

Verifique outras tabelas É possível que a funcionalidade em questão grave dados em outra(s) tabela(s) e haja algum registro. O sistema, vendo que algo já existe, não grava o usuário. Erro "mascarado" Outra possibilidade é estar ocorrendo um erro, mas o seu teste não está pegando isso. Seria interessante olhar cuidadosamente o log de retorno de cada ...


1

Você tem acesso total a todos os métodos da activity seja implicitamente ou explicitamente. Tipo: public void testNomeAplicacao() { TextView nomeAplicacao = (TextView) demo.findViewById(R.id.nomeAplicacao); assertEquals(nomeAplicacao.getText().toString(), "Helo World, EuAndroid"); } Mais informações aqui


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam