SQLite é uma biblioteca em linguagem C que implementa um banco de dados SQL embutido. Programas que usam a biblioteca SQLite podem ter acesso a banco de dados SQL sem executar um processo SGBD separado, não exigindo configuração de serviço.

SQLite é uma biblioteca de software que implementa um engine de banco de dados SQL auto-contido, sem servidor, sem configuração e transacional. SQLite é o engine de banco de dados SQL mais amplamente implantado no mundo. O código fonte para SQLite é de domínio público.

SQLite é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional contido em uma pequena (~ 350 KB) biblioteca C. Em contraste com outros sistemas de gerenciamento de banco de dados, SQLite não é um processo separado, que é acessado a partir do aplicativo cliente, mas uma parte integrante do mesmo.

SQLite é contempla os critérios ACID e implementa a maior parte do padrão SQL, usando uma sintaxe SQL de forma dinâmica e sem rigidez de tipos que não garante a integridade de domínio.

Design

Ao contrário dos sistemas de gerenciamento de banco de dados cliente-servidor, o engine SQLite não tem processos autônomos com que o programa de aplicação comunica. Em vez disso, a biblioteca SQLite está ligada ao processo e torna-se uma parte integral do programa de aplicação.

O programa de aplicação usa a funcionalidade do SQLite através de chamadas de funções simples, que reduzem a latência no acesso de banco de dados: chamadas de função dentro de um único processo são mais eficientes do que a comunicação inter-processo. SQLite armazena todo o banco de dados como um arquivo de multiplataforma única em uma máquina host.

SQLite não é uma biblioteca cliente usada para conectar com um grande servidor de banco de dados, mas sim o próprio servidor. A biblioteca SQLite lê e escreve diretamente para e do arquivo do banco de dados no disco.

Referências

histórico | histórico do fragmento

Linguagem de Código (usado para realce de sintaxe): lang-sql