Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

49

Ao dar permissões 777 para um arquivo você faz com que todos os usuários possam ler, escrever e executar o mesmo. Isso significa que qualquer vulnerabilidade do seu sistema permite que um invasor faça o que bem entender com esse arquivo. Pior ainda, com a combinação de permissões de escrita e leitura, um atacante com conhecimento suficiente sobre o seu ...


39

TL;DR; Dar permissão 777 é o mesmo que : "Confiar em todo mundo, independente de quem seja". "Permitir que qualquer um faça o que quiser". Você "confia" que ninguém, absolutamente ninguém, vai fazer nada que você não queira e todos seguiram as regras. - (É por isso que não nos preocupamos com segurança não é mesmo?) Porque 777, e não 7 ou 77 O sistema ...


22

Cada um desses muda a forma como um diretório é referenciado. Suponhamos um arquivo teste.txt: /teste.txt: significa que o arquivo teste.txt está na pasta raiz do sistema; ./teste.txt: significa que o arquivo teste.txt está na mesma pasta que o script está rodando; ../teste.txt: significa que o arquivo teste.txt está na pasta imediatamente acima da pasta ...


16

Tendo a estrutura de pasta a baixo: Levando em consideração que estou no arquivo conteúdo.html e quiser incluir o arquivo horas.html, como os dois estão no mesmo no mesmo nível de pastas então eu deverei usar: include "./horas.html"; Para incluir o arquivo dicas.html que está na pasta recursos deverei usar: include "./recursos/dicas.html"; Já que a ...


11

Se você estiver usando pelo menos o .NET 4.0 basicamente você precisa disto: Directory.EnumerateFiles(fbd.SelectedPath, "*.*", SearchOption.AllDirectories)) Documentação Ou pode usar desde a versão 2.0: Directory.GetFiles(fbd.SelectedPath, "*.*", SearchOption.AllDirectories)) Documentação Ou seja, o que você precisava conhecer é a sobrecarga com o ...


11

Verificar caminho relativo O método File.isAbsolute() diz se o caminho é absoluto. Então basta negar (!) o retorno para saber se ele é relativo. Veja um exemplo: File f1 = new File(".."); System.out.println("\"" + f1.getPath() + "\" -> " + f1.isAbsolute()); File f2 = new File("c:\\temp"); System.out.println("\"" + f2.getPath() + "\" -> " + f2....


11

Basicamente é um problema de ambiguidade em parsing. É um problema semelhante ao que temos em strings nas linguagens onde alguns caracteres são especiais, tais como a própria aspas, a barra invertida e a porcentagem ou chaves, etc. Estes caracteres possuem um significado em comandos do sistema operacional, no caso o MS-DOS inicialmente e depois o Windows. ...


11

Há diferenças sim. No primeiro caso o arquivo será carregado inteiramente na memória do servidor antes de ser enviado para o cliente. No segundo caso o arquivo será parcialmente carregado na memória e sendo enviado aos poucos para o cliente. Desta forma você compromete menos a memória do servidor, pois ele poderá atender múltiplas requisições consumindo ...


9

Um link simbólico (soft link) se comporta como um "atalho" para outro arquivo ou diretório. Ou seja, ele praticamente só aponta para este outro arquivo. Ao deletar o arquivo original, o link simbólico irá falhar. Ao deletar o link simbólico, nada irá acontecer com o arquivo original. Para criar um link simbólico, utilize a opção -s no comando ln: # Cria ...


9

Segundo esta postagem , é possível fazer isso alterando o arquivo .htaccess com o seguinte: <FilesMatch "\.(?i:txt)$"> ForceType application/octet-stream Header set Content-Disposition attachment </FilesMatch> Isso faz com que todos os arquivos de texto sejam servidos com os headers: Content-Type: application/octet-stream Content-...


6

Depende um pouco da linguagem, mas de forma geral não deveria lidar com paths por conta própria, as linguagens possuem biblioteca própria que sabe como lidar com isso e você trabalha com o caminho sem se preocupar com esse detalhe que é do sistema operacional. Em alguns casos se a linguagem não tem uma biblioteca padrão é possível usar alguma que lida com ...


6

Somente complementando a resposta do amigo com uma curiosidade, já que você disse que nunca entendeu o porquê de alguns sistemas utilizarem a barra \ e outros usarem a / para a mesma finalidade. Bom, o windows é o único que utiliza \, sistemas Unix e URLs utilizam /, isso se dá nos primórdios da Microsoft na época do MS-DOS 1.0. Muitos dos utilitários do ...


5

Para mim parece ser apenas um problema de codificação na hora da impressão (chamada do método print) dos nomes de arquivos/pastas. Tente utilizar a codificação com Unicode, alterando a sua fução imprimir da seguinte forma (note a adição de .encode('utf8') ao final das linhas com chamada para print): def imprimir(pasta): print pasta.encode('utf8') ...


5

Basta alterar a configuração core.filemode do repositório: git config core.fileMode false Se você quiser desabilitar isso para todos os repositórios do seu usuário, adicione a flag --global: git config --global core.fileMode false


5

Nos dois casos, linux e mac, apenas os caracteres / e \0 (null) são totalmente bloqueados, todos os outros podem ser usados, apesar de não recomendados. Se você criar um arquivo com ponto e vírgula, ou outro caractere não convencional, você vai precisar de um escape para acessar o arquivo manualmente. Exemplo: Meu;arquivo.txt Para ler: cat Meu\;arquivo....


4

Com base na resposta do @Luiz Vieira, e nessa pergunta no SO em inglês, consegui achar uma solução. O problema não estava no acesso ao arquivo em si, mas apenas ao imprimir seu nome na tela. O código abaixo, por exemplo, funciona normalmente: if os.path.isfile(sub): with open(sub, 'rb') as f: with open(sub + u'.saida', 'wb') as s: ...


4

Coloque o código String nomeArq="Relatorio.pdf"; imediatamente antes do try. Mas já defina o nome que você vai querer, no caso... String nomeArq = "Relatorio-" + nome + ".txt"; try {


4

O ideal seria testar com preg_match se o arquivo contém o que tu precisa. Percorre os arquivos e com a string do nome de cada um, faz algo do gênero. <?php $encontrou = preg_match("/(?:holerith)(?:.+?)(?<codigo_usuario>\d+)/", $string_com_arquivo, $output_array); ?> No $output_array, terá um índice codigo_usuario, compara com o que tu tem e ...


4

A grafia é "ASCII". Abreviação de "American Standard Code for Information Interchange", que é "Código Padrão Americano para o Intercâmbio de Informação". Em princípio, não há o que converter. Os encodings mais comuns, seja ISO-8859-1, WIN-1252, ou mesmo UTF-8, usam a tabela ASCII como base. ASCII são os caracteres de 0 a 127, conforme a tabela a seguir: ...


4

Em princípio, pode, mas se for usar por linha de comando, precisa de "escape" ou aspas em Unix. Apesar de aceito no nome de arquivo, no Shell ele tem um significado especial, ele separa os comandos. No Windows é aceito sem restrições. Como complemento, a Wikipedia em inglês tem um compêndio muito bom de informações sobre nomes de arquivo: Artigo: ...


4

O módulo os dá acesso a certos recursos de baixo nível, raramente utilizados na programação em python normal. Um exemplo são essas funções que lidam diretamente com os descritores de arquivo e de diretório. Em sistemas baseados em UNIX, quando tem um recurso de entrada e saída aberto, ele é associado a um número inteiro não negativo, que é chamado descritor....


3

A classe java.nio.files.Files traz consigo grande parte destas novas Funcionalidades e facilidades. No caso da necessidade de criacão de um ou mais diretórios, vamos ver como os métodos estáticos Files.createDirectory(Path) e Files.createDirectories(Path) funcionam. Como criamos um diretório usando tais recursos? import java.io.IOException; import java....


3

Se o que você quer é esquivar dos diretórios aos quais não tenha permissão, e continuar procurando nos diretórios que tiver permissão, terá de implementar a busca recursivamente por conta própria, um diretório por vez, e usar try/catch em volta das chamadas Directory.GetFiles e Directory.GetDirectories. public static IEnumerable<string> ...


3

Sim, usando Triple DES. Este artigo do CodeProject ensina como fazer. Se precisar, coloco o código aqui, traduzido.


3

Se me permite o comentário, esta é uma abordagem que pode ser considerada frágil. Um usuário mais experiente irá alterar as rotas diretamente no roteador e deixar o arquivo HOSTS intocado. Algo mais seguro seria implementar um mecanismo de token encriptado que apenas os dois lados legítimos da aplicação poderiam interpretar. Assim, mesmo se o arquivo HOSTS ...


3

Aparentemente o jeito de fazer isto é com WMI, segundo essa resposta no SO. Faça o teste com este código para ver se retorna o que deseja e adapte ao que precisa. var searcher = new ManagementObjectSearcher("root\\CIMV2", "SELECT * FROM Win32_MappedLogicalDisk"); foreach (var queryObj in searcher.Get()) { Console.WriteLine("...


3

É possível de se fazer em qualquer linguagem, mas não é tão simples :-(, você vai precisar decodificar o áudio e armazenar de forma pura dentro de um vetor ou matriz, o processo lógico é: Decodificar o primeiro arquivo .mp3 armazenar o áudio decodificado em um Vetor de N posições Decodificar o próximo arquivo .mp3 Concatenar o novo vetor decodificado no ...


3

O que está errado é o .Lnk no nome do arquivo - isto está duplicado. Crie o atalho novamente colocando apenas "estoque Box - Gerenciamento de estoque". Dai o próprio Windows criará um .lnk. Ou renomeie o arquivo e remova o .Lnk. Daí basta usar: "\\estoque Box - Gerenciamento de estoque.lnk"


3

Isto depende de sistema operacional. Como e quando esses arquivos são removidos? Existe alguma configuração no sistema operacional quanto a isso? No Windows não tem nada, deve ser manual. Limpar o que é temporário deve ser responsabilidade da aplicação. Colocar algo ali só quer dizer que ele pode desaparecer a qualquer momento sem controle da aplicação. ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam