Respostas interessantes marcadas com a tag

14

Experimente echo -e "Bom dia\nfulano" A opção e faz com que o carácter de newline seja interpretado.


13

Antes de mais nada, o #! em um shell script é conhecido como shebang ou hashbang. Ele tem o formato de um comment (linhas iniciadas com # normalmente são ignoradas pelo shell), mas o ! logo em seguida serve para indicar qual é o executável que vai processar aquele script. Quando você diz: #!/usr/bin/bash ou #!/bin/bash está chamando o executável bash ...


7

Para adicionar um script dentro de outro e poder realizar o uso das funções é necessário adicionar a seguinte linha no inicio do arquivo source <arquivo_alvo> e para executar a função não é necessário () o código no final ficará como abaixo arquivoa.sh #!/bin/bash echo "Arquivo A" function funcaoA(){ echo "Executando a funcao A" } arquivob.sh ...


7

Operador binário é aquele que recebe dois operandos. E isso pode ser uma dor em Bash. Algo que eu costumo e muito é verificar se um número é maior do que ou igual a outro. Para isso, eu uso o test com o operador gt: if [ "$numero" -gt 2 ]; then ... fi Onde podem surgir os principais gargalos com operadores binários em Bash? Bem, além da sintaxe com ...


6

No Ubuntu 15.04: Abra o Nautilus e clique no menu Edit depois em Preferences. Na janela que abrir, clique na aba Behavior e marque uma das opções indicada pelas setas. Além disso, o seu arquivo precisa estar com permissão de execução. A mesma pode ser concedida via linha de comando: chmod +x arquivoShell.sh ou via Nautilus. Para esse caso, clique com o ...


6

Tem um procedimento que pode solucionar o seu problema chmod 000 chattr +i -R com o chattr +i esse código nem o root pode efetuar alterações na pasta e nos atributes dele. O -R é para tornar recursivo. para desfazer é o código a seguir chattr -i -R alguns link legais: 5 chattr uteis Outras explicações


6

Substitui o ls pelo find, ele irá trazer a lista de arquivos e sub-arquivos. Algo como: find . -name "*.txt" | rename "s/$1/$2/g" O ponto traz o diretório local, mas você pode substituir até por outros diretórios, ex: find /home/diretorio_de_usuario -name "*.txt" | rename "s/$1/$2/g"


6

Encontrei uma resposta que detecta diferentes tipos de arquiteturas no SOen, note que cada case faz uma checagem: #!/bin/bash HOST_ARCH=$(uname -m) case "$HOST_ARCH" in x86) HOST_ARCH="x86" ;; i?86) HOST_ARCH="x86" ;; ia64) HOST_ARCH="ia64" ;; amd64) HOST_ARCH="amd64" ;; x86_64) HOST_ARCH="...


5

Dê uma olhada no código abaixo, remove o primeiro espaço em branco encontrado. echo "4 980 Rafael" | sed '0,/[[:blank:]]/s/[[:blank:]]//' [[:blank:]] é uma classe POSIX regex que remove espaços em branco, tabs... para mais informações sobre essa classe, regex posix output: 4980 Rafael A Regex utilizada funciona da seguinte forma: 0,/padrao/s/padrao/...


5

Operadores unários é uma "instrução" composta por dois símbolos, que não precisam estar necessariamente entre dois termos (variáveis, etc). Ao se referir ao operador unário, o interpretador refere-se a sua sequencia comparação == que está sendo usada de forma errada. No caso do seu código, o erro é dado por causa do jeito que se usa o operador. O operador =...


5

Fiz um teste aqui assim: >>> import matplotlib.pyplot as plt >>> x = [1491828000,1491828180,1491828360,1491828540,1491828720,1491828900,1491829080,1491829260,1491829440,1491829620,1491829800,1491829980,1491830160] >>> y = [5284,4856,4880,4854,4903,4806,4873,4910,4914,4914,4944,4751,4863] >>> plt.plot(x, y, 'ro') [<...


5

A entrada de dados proposta na pergunta provoca a execução do código antes de passar a variável para o script. O uso de subshell $() executa o comando imediatamente e substitui seu resultado na string: nunks@yokoi:~$ TESTE="Diretorio atual: $(pwd)" nunks@yokoi:~$ echo $TESTE Diretorio atual: /home/nunks Sendo assim, a execução proposta está primeiro ...


5

Você pode usar a expressão regular [\|], veja só: grep: $ diff -y ontem.csv hoje.csv | grep '[\|]' egrep: $ diff -y ontem.csv hoje.csv | egrep '[\|]' awk: $ diff -y ontem.csv hoje.csv | awk '/[\\|]/{print}' perl: $ diff -y ontem.csv hoje.csv | perl -nle 'print if m{[\\|]}' sed: $ diff -y novas.csv entrada.txt | sed -n '/[\|]/p'


5

Tem muitas maneiras, essa é uma: echo `date +"%Y-%m-%d %H:%M"` \; `ps -ef | grep osh | wc -l` \; `ps -ef | wc -l` >> log.csv Tudo que vem entre backticks é executado pelo shell, como se o resultado tivesse sido digitado no lugar do comando. Para separar as colunas, usei o escape \ antes do ; para não ser interpretado como divisor da linha de comando


4

Basta executar o comando ssh-keygen -H -F <hostname>. O comando retorna a linha em que o hostname está incluído, ou não retorna nada caso não encontrar.


4

Não sei se você pode atribuir algo a palavra python, em específico. Ela deve estar atrelada aos binários do python e deve ser meio complicado mudar. O que eu sei é que você pode criar um alias pro seu comando, algo como $ alias meu_comando = 'xvfb-run python' O uso seria $ meu_comando foo.py . Leia sobre alias aqui EDIT: De acordo com este link: An ...


4

Você pode utilizar os argumentos argc e argv[] da função main. Os parâmetros argc e argv dão ao programador acesso à linha de comando com a qual o programa foi chamado. O argc (argument count) é um inteiro e possui o número de argumentos com os quais a função main() foi chamada na linha de comando. O argv (argument values) é um vetor de strings. Cada ...


4

Utilizando a linha de comando no Linux, é possível utilizando o comando shell pwd para obter o caminho(path) do diretório alvo. No entanto, quando se executa este comando dentro de um diretório que é um link simbólico, este comando normalmente retornará o caminho para o link simbólico e não o diretório real apontado. Este comportamento está correto e é o ...


4

Redirecione a saída de erros para /dev/null: ping 8.asd.8.8 -c1 -q 2>/dev/null if [ $? == 0 ] then echo 'ok' else echo 'erro' fi Mais informações: O que é e para que serve “2>&1”?


4

Script: #!/bin/bash INPUT=$1 OUTPUT=$2 awk '{ print $1 }' $INPUT > $$.1 awk '{ print $2 }' $INPUT | sort -n > $$.2 awk '{ print $2 }' $INPUT > $$.3 paste $$.1 $$.2 $$.3 > $OUTPUT rm $$1 $$.2 $$.3


4

Talvez seja mais apropriado usar o find para essa tarefa: find . -name "*.TS" | while read -r ARQUIVO; do ARQ_DESTINO="${ARQUIVO%%.TS}.avi" echo "Convertendo $ARQUIVO para $ARQ_DESTINO" #.... done O ponto . indica o diretório atual, a busca inicia-se a partir dele.


4

Você vai precisar escapar os espaços para que o comando funcione, quando você usa o comando cd $home é o mesmo que: /home/douglas/Minha Pasta, ele vai ler até o Minha e não vai encontrar a pasta; Faça home="/home/douglas/Minha\ Pasta", com o \ antes do espaço.


4

Se você quiser executar o comando através da url do arquivo, exemplo http://exemplo.com/teste.php e nesse teste.php tem seu shell_exec, você precisa certificar-se que o Apache tem permissão para executar esse comando. Para dar a permissão ao Apache basta saber o usuário, isso vai depender da distribuição do Linux que esteja utilizando. Se você estiver ...


4

Você pode debugar bash executando o script com o parâmetro -x: bash -x nome_do_seu_script.sh Se você só quiser debugar uma parte do código, pode encerrar ela com set: set -x <código> set +x


4

Tomei a liberdade de alterar seu script pra um modo mais simplificado e legível, ficando assim: #!/bin/bash operacao="" echo "Digite o primeiro valor" read valor1 sleep 3 echo "" echo "Digite o segundo valor" read valor 2 sleep 3 echo "" echo "Escolha a operação: " echo "1 - soma" echo "2 - Subtração" echo "3 - Multiplicação" echo "4 - Divisão" read ...


4

Olá. Complementando a excelente resposta dada, vale lembrar que, além de source arquivo.sh você também pode usar . arquivo.sh Caso não haja uma barra no nome do arquivo.sh, o Shell tentará localizar o referido nome de arquivo no PATH do sistema. Ainda, como o arquivo será incluído, arquivo.sh não precisa ser executável. Segundo a página de manual do ...


4

Lembrando que uma mesma máquina pode possuir vários endereços de IP. As soluções aqui propostas se aplicam a máquinas Linux e retornam somente o endereço de IP primário: 1) Utilizando hostname + cut: $ hostname -I | cut -f1 -d' ' 2) Utilizando hostname + awk: $ hostname -I | awk '{print $1}' 3) Utilizando ifconfig + grep: $ ifconfig | grep -Eo 'inet (...


4

Vamos lá... Bem, irei tentar auxiliar a resolver esses empecilhos porém se tivesse postado o código seria mais fácil... DATA Utilizando esse código concatenado a string onde a data é inserida irá pegar a data do dia atual. date +%d/%m/%Y AUTOMATIZAÇÃO Para automatizar a execução desse script basta utulizar o cron. Para adicionar uma tarefa ao cron é ...


4

utilizando cut seu comando ficaria assim: ls ?arquivo | cut -c2-80 utilizando comando awk fica assim: ls ?arquivo | awk '{ print substr($0,2,length($0)); }' Só para níveis didáticos: utilizando expressão regular isso ? equivale a qualquer caractere ou seja ?arquivo pode ser (1arquivo,2arquivo,3arquivo), e esse código * equivale a qualquer coisa ou seja (...


4

É possível fazer uma pesquisa no retorno dos utilitários tasklist e wmic com o comando for, em ambos é necessário passar o nome do processo. Nos exemplos abaixo defini a variável app com o nome do aplicativo que eu quero saber o PID. Exemplo com tasklist: set app=notepad.exe start %app% for /F "TOKENS=1,2,*" %%a in ('tasklist /FI "IMAGENAME eq %app%"')...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam