Respostas interessantes marcadas com a tag

3

Me parece que o join que resolve o teu problema é o left_join. Veja abaixo: library(dplyr) library(lubridate) # criacao dos dias de referencia dias <- seq.Date(from = dmy("01-01-2001"), to = dmy("10-01-2001"), by = "1 day") # data frame de exemplo dados <- data.frame(dias, observacoes = 1:10) # retirando ...


3

Primeiro vamos criar um objeto dados com os dados brutos da tabela. dados <- read.table(text = "DIA;JAN;FEV;MAR;ABR;MAI;JUN;JUL;AGO;SET;OUT;NOV;DEZ 1;NA;NA;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0 2;NA;NA;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0 3;NA;NA;.0;.0;.0;.0;4.4;.0;.0;.0;.0;.0 4;NA;NA;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0;.0 5;NA;NA;.0;.0;.0;.0;.0;1.9;.0;.0;.0;.0 6;...


2

Não é possível evitar este deslocamento. Ele é uma característica inerente dos modelos ARIMA(p,d,q). Em particular, dos modelos AR(p), que fazem parte dos modelos ARIMA(p,d,q). ARIMA é a sigla, em inglês, para Autoregressive Integrated Moving Average. Ele é a generalização dos modelos ARMA(p,q) (Autoregressive Moving Average), justamente para lidar com os ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam