Respostas interessantes marcadas com a tag

47

Basicamente, a regra seguida é a da "especificidade": https://www.w3.org/TR/css3-selectors/#specificity A especificidade é calculada da seguinte forma: O seletor universal * é ignorado. a = número de IDs em cada seletor; b = número de seletores de classes, atributos e pseudoclasses; c = número de seletores de tipo e pseudoelementos; estilos inline (...


21

Isto é delegação de eventos com elemento delegado associado a um seletor CSS mais complexo. $(document).on("click" quer dizer que o auscultador de evento está amarrado ao document. Então já temos document.addEventListener. Depois precisamos de tratar o event.target para saber que o evento foi foi nesse elemento, ou num descendente. Para isso precisamos de ...


18

Pseudo-classes não funcionam assim É comum fazer esta confusão sobre o significado dos seletores :first-child e :last-child, também chamados de pseudo-classes, além de outras pseudo-classes que denotam posição. As pseudo-classes, quando usadas em um seletor, não levam em conta o restante do seletor em questão, portanto o seletor input:first-child não se ...


15

Tira o espaço: $('.box1.destaque') http://jsfiddle.net/2w9x7/


12

O que está acontecendo é que o evento (no caso, o clique) continua a se propagar através dos elementos "pais" do li clicado. Para impedir que o evento se propague, você deve utilizar a função: event.stopPropagation(); Seu código deverá ficar parecido com: $(document).ready(function () { $(document).on('click','.item', function (event) { event....


12

Tente usar assim: $(document).ready(function () { $(document).on('click','.item', function (e) { // retirei o :last-child e.stopPropagation(); // impedir a propagaço do evento pelos li's console.log($(this).parent()); // também pode usar .closest('ul') }); }); Exemplo Repare que no seu HTML um dos <ul> näo têm o fecho ...


9

Podes usar :hidden, o pseudo :not() ou o .not() assim: $('div:hidden').addClass('color-red'); // ou $('div:not(:visible)').addClass('color-red'); // ou $('div').not(':visible').addClass('color-red'); Exemplo com :hidden: http://jsfiddle.net/68431qjn/ Exemplo com :not(:visible): http://jsfiddle.net/68431qjn/3/ Exemplo com .not(':visible'): http://jsfiddle....


9

No caso de ser só div com .box1 e .destaque: $('div.box1.destaque'); Na ordem dos seletores, o primeiro pode ser o elemento desejado, no exemplo div em seguida você vai especificar algumas características do elemento: # para ID . para classes [] para atributos, exemplo: [rel=teste] seleciona <div rel="teste"> No final é possível usar o : para ...


8

Você pode usar o seguinte: div[data-my-target] Isso busca elementos que contenham esse atributo. Também é possível filtrar o atributo pelo valor. Por exemplo: div[data-my-target="John"] O = casa elementos cujo atributo seja a string passada. Se quiser casar parcialmente o valor "John" (por exemplo, se o valor for "John Paul"), use *=: div[data-my-target*...


8

Um adendo a resposta do Sérgio é a questão dos prefixos, o Element.matches não é suportando por alguns navegadores mais antigos, ou tinham um nome diferente (como matchesSelector). Navegadores e Element.matches Até o Chrome 33, Opera 15 e Safari 7.0 usavam o prefixo: .webkitMatchesSelector Firefox até a versão 33 usava: .mozMatchesSelector Internet ...


7

o :nth-child() irá considerar todos elementos filhos "diretos" no valor/calculo passado entre os parenteses, então por exemplo um "efeito zebra": div, p { background: #cfcfcf; margin: 2px 0; } p:nth-child(2n+1) { background: #f00; } <section> <p>a</p> <p>b</p> <p>c</p> &...


6

Quando você diz que um elemento tem várias propriedades tanto no css quanto no jquery você insere todos os seletores e pseudo classes juntos Exemplo: #id.classe1.classe2[atributo=valor] { display: inherit; } O exemplo acima corresponderia a um elemento assim: <span id="id" class="classe1 classe2" atributo="valor">elemento</span> Se você ...


6

Não há seletores que façam isso infelizmente, os seletores atuais trabalham sobre a tag do elemento e não sobre a sua classe. O ideal aqui seria :first-of-class que não existe. Há uma ideia interessante que resolve o teu problema. Que é usando o seletor ~. Nesse caso aplicas o estilo a todas as classes, e depois desfazes usando o seletor .classe ~ .classe, ...


6

Tens de escapar [] dentro da string pois ela vai ser interpretada como seletor CSS e em seletores [] significa seletor de atributo no HTML. Assim com \\antes de cada [] já vai dar. $(document).on('click', '#submit', function() { console.log($('#prescricao\\[qtd\\]\\[1\\]').val()); }); <script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/2.1....


5

Vejo dois motivos para isso: Você usa a classe seletor em mais de um tipo de elemento, e quer criar uma regra CSS apenas para DIVs. Você precisa dar mais peso para essa regra na cascata do CSS. Por exemplo: .seletor1 { color: red; } .seletor2 { color: blue; } Considere uma <div class="seletor1 seletor2>.... Ela ficará azul (ambas as regras têm o ...


5

A resposta do bfavareto é a correcta. Só para documentar mais 2 exemplos e diferenças de performance. 1 : $('div[data-my-target]'); // mais compatível com browsers antigos 2 : $('div').filter('[data-my-target]'); // ou: arrayEmCache.filter('[data-my-target]'); // no caso de já haver uma array de elementos em cache 3 : document.querySelectorAll('[...


5

:eq() é um pseudo-selector para index. Ou seja se tiver n imagens descendentes de #slide então eq(0) vai escolher a primeira somente. Vale a pena lembrar que index começa em zero. Exemplo: $("#slide div:eq(0)").css('color', 'blue'); <script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/2.1.1/jquery.min.js"></script> <div id="...


5

Isto são 3 seletores a, b, c {}, um grupo de seletores é chamado de "regra" (rule), quando um dos seletores dentro de uma regra é invalido então toda a "regra" é descartada. Isto é informado em https://www.w3.org/TR/selectors4/#logical-combination, neste trecho: Warning: The equivalence is true in this example because all the selectors are valid ...


5

Do ponto de vista do seletor, não há diferença, mas há umas considerações: Aspas simples ou duplas dependem de como começou o comando para não dar conflito. Exemplo: $('input[name="val"]') ou $("input[name='val']") Se o nome contiver caracteres especiais como [] por exemplo, o seletor precisará de aspas sempre, por exemplo: $("input[name='Campo[0]....


4

Estás a fazer mal a concatenação, deves usar "" ou '', mas aí estavas a usar os dois, ou seja as pelicas (' ') eram consideradas parte do seletor: posicao = 2; $("tbody").find('tr:nth-child(' + posicao + ')').addClass("classe"); .classe { background-color: red; } <script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/2.1.1/jquery.min.js">...


3

Sugiro fazer como começou e adicionar .closest('tr') assim ele sobe ao elemento tr e pode removê-lo. $("#tabela td").closest('tr').empty(); // ou .remove(); exemplo: http://jsfiddle.net/47T9T/


3

Quando precedido de "ponto" refere-se a uma classe e quando precedido de sustenido, o famoso "#" refere-se a um id. A classe sempre deve ser utilizada quando você quer definir propriedades para um grupo de elementos e o id para um único elemento. Quando você define div.classe {} você consegue definir propriedades para esta classe exclusivamente nesta div.


3

Ao informar o seletor: .box1 .destaque você procura por a classe .destaque dentro de .box1. Como o elemento que você deseja selecionar possui ambas as classes, o seletor correto é:.box1.destaque, que iria retornar: <div class="box1 destaque"></div> Espero ter ajudado.


3

Estão usando os marcadores errados, veja esse exemplo: #pai:first-child:hover ~ #div2 { background: #999 } <div id="pai"> <div id='div1'>CONTEUDO 1</div> </div> <div id='div'>NADA</div> <div id='div'>NADA</div> <div id='div'>NADA</div> <div id='div2'>CONTEUDO 2</div> Se ...


3

Com javascript é possível. Segue um exemplo usando jquery: $("#div1").hover(function() { $("#div2").toggleClass("vermelho"); }, function() { $("#div2").toggleClass("vermelho"); }); #div1, #div2 { width: 100px; height: 100px; border: solid 1px #000; } .azul { background-color: #00F; } .vermelho { background-color: #F00; }...


3

TL;DR: O seletor .media__bd--gretting h1{} é mais rápido. Digo que é mais rápido baseado em uma série de artigos que vou citar aqui, mas vale iniciar a minha resposta dizendo o quão complicada é a sua pergunta, e o quão difícil é acertar no pulo ao construir essa resposta. Nas palavras de David Hyatt, arquiteto do Safari e do Webkit: The sad truth about ...


3

Creio que seja hidden. Exemplo: $(this).find('li:hidden').addClass('color-red'); https://api.jquery.com/hidden-selector/


3

Eu conheço dois meios de fazer isso: $('#minhaDiv input[id!="meuId1"][id!="meuId8"]'); ou $('#minhaDiv input').filter(function(){ var id = jQuery(this).attr('id'); var idInvalidos = [ 'meuId1', 'meuId8', ]; return !jQuery.inArray(id,idInvalidos); });


3

Você pode manter seu seletor como está e utilizar as funções .map() para gerar seu array dos valores, e a função .join('#') para concatenar as posições do array com a string # conforme o exemplo abaixo: $('button.vai').click(function () { var arrayValor = $("input[class^='item']").map(function () { return this.value; }).get().join('#'); ...


3

Gradientes não suportam transições ainda (embora a especificação diz que eles deveriam). transição gradiente CSS3 com background-position Embora você não pode animar directamente gradientes usando a propriedade de transição CSS, é possível animar a propriedade background-position para alcançar uma animação simples gradiente: O código para isso é ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam