Respostas interessantes marcadas com a tag

11

O REST é um estilo arquitetural que utiliza o HTTP como forma representativa, desta forma, ele sim tanto permite quanto suporta a utilização de query strings. Várias bibliotecas possuem opções para incluir query strings durante a requisição, a biblioteca Jersey do Java por exemplo utiliza a implementação javax.ws.rs.client.WebTarget, que possui a definição ...


8

A URL é um valor opaco por definição, o que significa que ela não necessariamente reflete a estrutura da sua aplicação; tanto que acessar /user/1 não é, necessariamente, acessar o arquivo em /user/1/index.html, a URL pode não representar a organização de pastas (ou pode, como é comum para os arquivos estáticos). Dito isso, a resposta final à sua pergunta é: ...


6

Acho que deseja saber sobre o roteamento como um todo. Ele é a forma de direcionar as requisições HTTP recebidas para os devidos métodos do controller. Então conforme a informação vem nessa requisição um método diferente será chamado. A rota é o caminho que ele pegará para executar algo, dependendo do contexto, de alguma forma se confunde com o URL. De uma ...


5

As rotas seriam o modo para ter acesso as Actions das Controllers (ou basicamente, a URL). Exemplo: Digamos que você tenha uma Controller chamada AreaCliente e dentro desta controller tenha uma Action chamada ListaCompras. Pra ter acesso a essa Action, você teria que escrever a URL no seguinte formato: www.siteexemplo.com/AreaCliente/ListaCompras Isso ...


5

Isso vai depender da versão do Laravel que você está usando. Laravel 5.2 Você precisa adicionar a propriedade $loginView na classe AuthController. Assim: protected $loginView = 'nome_da_minha_view'; No código fonte do trait chamado Illuminate\Foundation\Auth\AuthenticatesUsers, há um método chamado showLoginForm, que está escrito assim: /** * Show the ...


4

Melhor prática eu acho que "não tem", depende muito do conforto do que quer passar para o cliente, todavia recomendo experimentar algumas dessas Pode definir uma rota para cada: $classificados->get('/xml', function() use ($app) { //...Coloque a execução para serializer como Xml aqui Json: $classificados->get('/json', function() use ($app) { //......


4

Antes de qualquer coisa, uma breve explicação sobre as duas tecnologias: Sobre o AngularJS Ele é um framework para escrever aplicações client-side. Onde você desenvolve em JavaScript e tudo que for desenvolvido ali irá rodar do lado do cliente (no browser). Na maior parte do tempo, só é feito o envio/recebimento de dados e, por isso, se usa alguma outra ...


3

Neste caso em específico de mudar as views você vai querer seguir a recomendação do amigo @Wallace Maxters. Este é o caminho recomendável. ;) Na eventual necessidade de personalizar as rotas, você pode simplesmente comentar a linha Auth::routes() do arquivo routes/web.php e declarar as rotas manualmente seguindo o modelo de como elas foram declaradas (estou ...


3

Costumo fazer da seguinte forma: Collection - A coleção que vai guardar todas as rotas. Route - A classe que representa uma rota. Você deve fornecer informações como a uri que deseja capturar e verbos http aceitos. Router - A classe que serve para fazer a ponte entre Route e Collection. É um facilitador para criar rotas dentro da coleção. ...


3

Esta implementação que você demonstrou pode até funcionar, só que ela abre o browser do usuário com a rota mapeada. Desta forma você não tem um controle desejável das implementações e dificulta um pouco a personalização dos mapas. Existe uma biblioteca Open Source que se chama GMaps.NET (Great Maps .NET) que implementa os recursos de criação do mapa em um ...


3

Altere o config.php $config['index_page'] = "index.php" para $config['index_page'] = "" Crie ou altere o .htaccess RewriteEngine on RewriteCond $1 !^(index\.php|resources|robots\.txt) RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d RewriteRule ^(.*)$ index.php/$1 [L,QSA]


3

Adicione uma nova rota, para não precisar modificar a URI. routes.MapRoute( name:"Information", url: "{controller}/{action}/{information}", defaults: new { controller = "Home", action = "Index", information = string.Empty }); Adicionando esta rota o problema deve ser resolvido. Porém é valido lembrar que outra rota com um parâmetro string poderá ter ...


3

O problema é que sua rota padrão espera um parâmetro "id" e não um parâmetro "information". Na action, troque o nome do parâmetro para "id" ou mude a sua rota para que receba um "information" e não um "id".


3

Para isso, você utilizará Middlewares. Middlewares Middleware provê um mecanismo para filtragem de requisições HTTP na sua aplicação. Por exemplo, o Laravel inclui um middleware que verifica se o usuário da sua aplicação está autenticado. Se o usuário não estiver autenticado, o middleware will redirecionará o usuário para a página de login. ...


3

O nome da sua controller por exemplo HomeController por lei vai buscar tudo dentro da pasta Home. A action dentro dela exemplo a public IActionResult Index vai procurar dentro da pasta Home o arquivo Index.cshtml. Isso é lei. Isso no ASP.NET Core: para renomear as rotas no campo da URL você deve ir no arquivo Startup.cs na public void Configure e fazer o ...


2

Uma maneira a qual você poderia fazer isso é da seguinte forma, onde o .htaccess ficaria assim: RewriteEngine on RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d RewriteRule ^(.*)$ index.php/$1 [L] E o script php ficaria da seguinte forma: <?php $uri = $_SERVER['REQUEST_URI']; $uriParts = explode('/', $uri); var_dump($uriParts)...


2

Vamos ver se consigo ajudar, e se percebi bem a pergunta. Deixo aqui um excerto do código que utilizo numa framework que desenvolvi ao longos dos anos, e que uso em vários projectos PHP. Em primeiro lugar, o que queremos é um single point no PHP que seja responsável por toda a lógica de routing, e para isso temos de ter algo deste género no ficheiro ....


2

O uso de RedirectToAction está errado. É assim: return RedirectToAction("Index", "Home"); Veja todos os usos possíveis aqui.


2

Coloca o arquivo .htaccess da seguinte forma: RewriteEngine on RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-f RewriteCond %{REQUEST_FILENAME} !-d RewriteCond $1 !^(index\.php|images|robots\.txt) RewriteRule ^(.*)$ index.php/$1 [L]


2

Você pode separar as rotas por arquivo. Para isso crie um novo Router no novo arquivo e referencie no seu arquivo principal de rotas: app.js const express = require('express'); const app = express.Router(); const notas = require('../api/notas'); app.use('/notas', notas); notas.js const express = require('express'); const router = express.Router(); ...


2

Faça assim de acordo com a Documentação. $app->get('/produtos/mostra/{id:[0-9]+}', 'ProdutoController@mostra');


2

De acordo com a Documentação do Silex 2, você poderá usar o método Silex\Application::view para definir a configuração de apresentação de dados para o usuário. $app->view(function (array $controllerResult, Request $request) use ($app) { $acceptHeader = $request->headers->get('Accept'); $bestFormat = $app['negotiator']->getBestFormat($...


2

Troque o nome do arquivo para Relatorio_detalhado.php assim como na class class Relatorio_detalhado extends CI_Controller


2

Dentro do seu arquivo routes/web.php possui um "Auth::routes();", é ai onde ficam as rotas, é o padrão do auth


1

Para acessar a rota de uma área no Asp.Net MVC, utilize a seguinte diretiva Razor: Html.ActionLink("Link Text", "ActionName", "ControllerName", new { Area = "NomeArea" }, new{})


1

O que está acontecendo é que a sua rota é / e você está acessando /silex/ no nevegador. Você tem pelo menos três soluções para resolver este problema. Solução 1 Como você está usando o servidor Apache, você pode criar um VirtualHost para apontar diretamente para o diretório do seu projeto. Por exemplo, você cria um VirtualHost com o nome http://...


1

Você está procurando pela Rewrite API. Ela é usada pra personalizar as URLs de forma que você consiga buscar os valores dentro da sua query da forma que precisar. Exemplo do Codex: <?php function custom_rewrite_rule() { /** * add_rewrite_tag() cria "tags" que podem ser acessadas pelo * objeto de query padrão, usando get_query_var() ...


1

Trustow, a documentação da Api do Google é bem rica. Verifique no link abaixo, acredito que tem tudo que você precisa. https://developers.google.com/maps/documentation/distance-matrix/intro#RequestParameters Você consegue retornar um Json fazendo um requisição HTTPS ou HTTP.


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam