Respostas interessantes marcadas com a tag

174

Não deve, faça o que for melhor para a legibilidade do código Basicamente essa regra é chamada de Single Entry, Single Exit (SESE) e é uma recomendação importante em linguagens que usam gerenciamento explícito (ou manual) de memória. Especialmente em linguagens que não contam com tratamento de erros por exceções. É importante perceber que o uso de SESE ...


66

Atenção: A resposta do @Maniero (para a pergunta do @Maniero :) está claramente correta. Minha resposta é mais curta e direta, mas meramente complementar, com o objetivo de salientar um ponto que considero importante. Para linguagens em um nível mais alto (com gerenciamento automático de memória: C#, Java, JavaScript, Python etc.) na verdade chega até a ...


19

Discutindo questão paralela... MEDOS Como a pergunta refere-se a qualquer linguagem, qualquer situação... Me recordei de situações onde o problema não era estilo, elegância, legibilidade, etc. mas o comportamento lógico da função. O uso mal pensado do return, ou a visão de um monte de returns, dá um certo "medo de errar", de surgirem bugs misteriosos... ...


19

O return acaba com a execução do método independente de onde estiver e retorna o valor. O break força (manualmente) a saida de um laço ou condicional no caso o switch. No segundo código se existir algo mais a ser executado depois switch será executado, se fosse um return como no primeiro exemplo o método acabaria ali mesmo. O exemplo abaixo mostra que ...


19

Porque nem todos os caminhos de execução retornam um valor esperado. Note que o único return existe neste código está dentro de um if, portanto ele só será executado condicionalmente. O que acontece se o código não entrar no if? Ele retorna alguma coisa? O código não diz para retornar alguma coisa. Tirando o return do if resolve o problema. A lista ficará ...


17

Eu havia perguntado em comentário porque no começo estava abstrato demais, ainda continua um pouco abstrato do que quer de fato, mas vamos lá as opções. Isto não é possível. O return tem duas funções: estabelecer uma valor obtido por uma expressão contida nele, no caso usou apenas uma variável que será usado como resultado da função em algum outro lugar ...


16

A classe deve ser criada se fizer sentido, se o conteúdo tem algum significado especial, quando os membros realmente são relacionados e faz parte de um objeto único. Normalmente quando será usado em mais de um lugar. Não crie uma classe só para agrupar um conjunto de valores não relacionados. A tupla é mais adequada quando só serve para retornar mais de um ...


15

De acordo com o manual do php. Simplificando: Um se trata e um retorno de um valor, outro é para criação de um Generator. YIELD Uma declaração yield se parece muito com um retorno, exceto que em vez de parar a execução da função e retornar, o yield fornece um valor para o código de loop sobre o generator e pausa a execução da função do generator. Não ...


14

Seu código precisa retornar um valor para Todos os casos, na sua classe ObterLista isto não acontece, quando o código entra na condição IF ele tem um return, mas para o caso de não entrar(Else) ele não retorna nada, oque gera a exceção, basta adicionar um Else que retorne um valor(uma lista nula por exemplo, mas lembre-se de tratar este valor para não gerar ...


13

resposta rápida seria em relação a Manutenibilidade do código, o fato de existir apenas um return ajuda a mapear com facilidade o fluxo dentro do método ou função


11

Como em qualquer linguagem mainstream, o return encerra a execução da função corrente, voltando exatamente para o ponto onde ela foi chamada. Eventualmente ela poderá devolver um valor como resultado da função, ou seja, onde a função foi chamada terá o valor de retorno usado na expressão ali construída. Não tem nada de especial no return quando é usado em ...


11

Por causa disso: if (leitor.HasRows) { while (leitor.Read()) { componente componente = new componente(); componente.ID = Convert.ToInt32(leitor["id"]); componente.NOME = leitor["nome"].ToString(); componente.LOCAL_ARMAZENAMENTO = leitor["...


11

É possível, se estiver a usar C#7 ou superior, usando Tuples. public (string, string) OseuMetodo() { string imagePath = "~/Images/QrCode.jpg"; string normalPath = "~/Images/TESTE.jpg"; return (imagePath, normalPath); } Chame o método desta forma: var (imagePath, normalPath) = OseuMetodo(); O código acima não só declara as variáveis ...


10

O break, só encerra a execução do switch e vai para a próxima instrução depois dele, é essencialmente o mesmo que ocorre em um laço. O return não faz nada de especial dentro dele, ele encerra a execução da função onde está esse código. A resposta aceita lá no SO está confusa e quase errada.


9

Retorno múltiplo Nem C nem C++ permitem retornar vários valores na função. O mais comum quando é necessário retornar mais de um valor seria passar um parâmetro por referência, assim você coloca um valor nele dentro da função e quando sair dela, esse valor ficará na variável passada. Isto costuma ser usado quando os valores retornados tem pouca relação ou ...


9

Ocorre porque o método ObterLista não está retornando resultado quando leitor.HasRows é igual a falso. Altere para: private List<componente> ObterLista(string nome_componente) { MySqlConnection caminho = new MySqlConnection(@"SERVER=LOCALHOST;DATABASE=portfolio;UID=root;PASSWORD=vertrigo"); List<componente> lista = new List&...


9

Você só está retornando a lista no método ObterLista, se entrar no if (leitor.HasRows), se não entra, ainda assim o método deve retornar algo. Segue alteração no código: private List<componente> ObterLista(string nome_componente) { MySqlConnection caminho = new MySqlConnection(@"SERVER=LOCALHOST;DATABASE=portfolio;UID=root;PASSWORD=...


9

void soma (int a, int b) { int s = a + b; System.out.println (s); } Isso aí em cima é um método, que é um tipo de função ou subrotina. A primeira linha diz que O tipo de retorno é void, ou seja, o método não retorna valor O nome do método é soma Os argumentos que ele pode receber são dois inteiros, a e b. O resultado da soma não é um retorno, é ...


9

O seu exemplo não tem objetivo algum, então não tem como dar muitos detalhes. Se você precisa retornar mais de um valor da função, você pode retornar uma sequência, tal como uma lista, tupla, conjunto, etc. def função(): ... return (x, y) x, y = função() Porém, outra forma é retornar da função um gerador. O gerador também será um objeto iterável ...


8

A intenção do finally é garantir que este bloco seja executado em qualquer circunstância (a não ser que toda plataforma tenha algum comportamento catastrófico, claro, ou por um System.exit()). Então não importa o que aconteça no método, ele será executado. Não importa se ele vai sair por return ou throw. Então a saída será: Parte 1 Parte 2 Veja ...


8

Existem 5 métodos para obter o último ID inserido, são eles: @@IDENTITY SCOPE_IDENTITY() IDENT_CURRENT('nome da tabela aqui') OUTPUT SELECT MAX Abaixo cada um explorado de maneira breve. @@IDENTITY Retorna o último ID gerado na sessão atual do usuário. Esse ID pode ter sido gerado por um comando INSERT explícito dado pelo usuário ou indiretamente por uma ...


8

Há uma diferença semântica importante em C++. O return encerrará o escopo e chamará todos os destrutores pendentes. Se for o encerramento da aplicação mesmo, raramente a chamada dos destrutores produzirá um resultado diferente, mas tecnicamente é possível que algum delas faça algo que seja importante para o fim da aplicação, nem que seja imprimir uma ...


8

De acordo com este site, que compara as "melhores possibilidades" de se retornar 2 ou mais valores em C#, a melhor forma baseado na performance é a seguinte: public KeyValuePair<int,string> GetValues() { return new KeyValuePair<int,string>(10,"xxx"); }


8

Isto nada tem a ver com o sistema operacional, tem a ver com o compilador. Provavelmente está usando o Microsoft VC++ no Windows e o GCC no Linux. Na verdade pode até depender de configuração. Tem compilador que pode decidir que uma função tem sempre um return do tipo especificado implícito se não colocar nada. Tem compilador que obriga ser explícito para ...


7

O que você está usando sem perceber é o obscuro Operador Vírgula. Esse operador avalia a expressão à esquerda, descarta seu valor, avalia o da direita e retorna seu valor. Por exemplo: 1, 2 tem o valor 2. Então, int x = 1, 2; é equivalente a int x = 2; . Isso parece sem sentido, mas, se você tiver uma expressão do tipo int x = a(), b(); e a função a tiver ...


7

Isso é chamado de varargs. Essa é a forma de indicar que o último parâmetro é na verdade um array do tipo mencionado. Então os argumentos na chamada do método podem ter uma quantidade variável. Ou seja, após os argumentos fixos e obrigatórios, podem contar de zero à "infinitos" argumentos desde que seja do tipo declarado. Quando for acessar s (no seu ...


7

Existem casos em que você só quer executar uma rotina, seguir em algoritmo, um procedimento, sem gerar resultados. Ele faz uma ação mas não produz um valor para ser usado em uma expressão. Cada linguagem pode dar um nome e um jeito de tratar isto. Isto é possível virtualmente em todas as linguagens. Algumas exigem que esse algoritmo tenha outro nome (...


7

O return termina imediatamente a execução da função retornando o valor em questão e o fluxo ao chamador. mesmo uma função que não defina explicitamente o return irá retornar None. def grok(): # faz alguma coisa >>> valor = grok() >>> valor is None True Por terminar imediatamente a execução da função outras declarações abaixo do mesmo ...


6

Se há uma exceção, você deveria propagar ela e deixar que outro método lide com o problema, esta não é a forma correta de lidar com isto. Você vai ter que lidar com o problema, fazer do jeito certo ou errado. Se quiser insistir, acredito que a melhor forma é criar uma classe só para isto (já que o Java não dá muitas facilidades) cujos membros será esta ...


6

O erro de sintaxe já quebra o código e isso é um problema. Esse erro quer dizer "Olha, aqui tem código morto (nunca será executado) depois do return. Remova ele antes que alguém ache que ele serve para alguma coisa". O ideal é remover o código morto no lugar de comentá-lo pois algum outro programador pode querer testar ele.


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam