Você pode usar as restrições UNIQUE para ter certeza de que não há valores duplicados digitados em colunas específicas que não participam de nenhuma chave primária de uma tabela de banco de dados.

Embora a constraint UNIQUE e a constraint PRIMARY KEY impõem exclusividade, use a constraint UNIQUE em vez da constraint PRIMARY KEY quando for impor a exclusividade de uma coluna, ou uma combinação de colunas, que não seja uma chave primária.

Várias constraint UNIQUE podem ser definidas em uma tabela, ao passo que somente uma constraint PRIMARY KEY pode ser definida em uma tabela. Além disso, ao contrário das constraint PRIMARY KEY, as constraint UNIQUE permitem um valor NULL. Porém, como com qualquer valor que participa de uma constraint UNIQUE, só um valor nulo é permitido por coluna. Uma constraint UNIQUE pode ser referenciada por uma constraint FOREIGN KEY.

histórico | histórico do fragmento