Novas respostas marcadas com a tag

1

Com o pedido de como escrever a base depois de separada em ficheiro Excel, o meu comentário acima passa a resposta. Primeiro cria-se uma base exemplo, depois separa-se a base por DIRETOR e GERENTE, finalmente escreve-se a base em ficheiro Excel com a função writexl::write_xlsx. # Base exemplo set.seed(2022) base <- data.frame(DIRETORES = rep(1:6, 4), ...


3

A solução é traçar os gráficos das densidades dos valores previstos e não esses valores. Em relação à distribuição Gama, o gamlss, função GA, ajusta um modelo logarítmico para os parâmetros mu e sigma e portanto deve-se calcular a densidade da exponencial dos valores previstos. De help("GA"): mu.link Defines the mu.link, with "log" link ...


1

Não está funcionando porque não tem nenhum valor que corresponda à condição ("/01/" não é o mesmo que "12/01/2022", por exemplo). Pode usar grepl, que identifica padrão: ifelse(grepl("/05/", dt_criacao), "mai", "outros") #> [1] "mai" Mas se vai fazer isso para 12 meses, é mais simples converter ...


2

Pode fazer o gráfico que deseja de maneira bem mais simples com facet_wrap. Como não forneceu um exemplo reproduzível dos seus dados, estou simulando um conjunto: library(ggplot2) # Dados de exemplo set.seed(9826) dados <- data.frame( UTI = rep(c('Sim', 'Não'), each = 12), Faixa = rep(rep(letters[1:3], each = 4), 2), Trimestre = rep(paste("...


1

Tente a seguinte função. ler_ficheiros <- function(anos, path = "."){ pattern <- paste0("^", anos, ".xls") pattern <- paste(pattern, collapse = "|") fich <- list.files(path = path, pattern = pattern, full.names = TRUE) df_list <- lapply(fich, read_excel) base_actual <- Reduce(full_join, ...


1

Aqui a opção usando o if_else() do dplyr teste %>% mutate(infectado = if_else(condition = HIV|HPV|Sifilis == 1, true = 1, false = 0, missing = 0)) resultado: HIV HPV Sifilis infectado 1 0 0 0 0 2 0 0 1 1 3 NA NA 1 ...


1

Aqui uma sugestão usando case_when() library(tidyverse) teste %>% mutate(infectado = case_when(HIV|HPV|Sifilis == 1 ~ 1, TRUE ~ 0)) Com mutate vc cria uma coluna infectado que será preenchida da seguinte forma: caso (case_when()) a coluna HIV ou HPV ou Sifilis (HIV|HPV|Sifilis): for igual (== 1), preencher com "1&...


0

library (tidyverse) Uma possibilidade é utilizar a função case_when() combinada com str_detect(), empregando regex para filtrar o que você quer. O detalhe é que quando a função case_when() encontra o padrão especificado, ela retorna o resultado. Quando não encontra, ela retorna justamente o NA que você está buscando. Aproveitando o df criado pelo @Guilherme ...


1

Eu encontrei a resposta muito simples em: https://lhmet.github.io/adar-ebook/exportando-e-recuperando-objetos-do-r-no-formato-textual.html basta somente atribuir uma variável ao texto de saída: saude_df<-structure(list(Diastolic_BP_mmHg = c(0.93, -0.43, 0.58, 0.19, -2.05, -0.43, 1.39, -0.7, 0.81, -0.31), Sistolic_BP_mmHg = c(0.82, -0.05, 0.46, 0.82, -1.98,...


2

Uma resposta com rowSums. as.integer(rowSums(teste == 1, na.rm = TRUE) > 0) #[1] 0 1 1 1 0 1 teste$Infetado <- as.integer(rowSums(teste == 1, na.rm = TRUE) > 0) Teste comparativo Já há várias respostas e aqui vai um teste comparativo de desempenho. Em primeiro lugar, O código das respostas do Marcus Nunes e do Carlos Eduardo Lagosta é reescrito ...


-2

Em vez de usar uma outra função ali no "pipe", você pode fazer o seguinte: y=.87 igpm=ts(rbind(igpm,y),start=c(2000,01),freq=12)


3

Pode aplicar any às linhas ("margem 1") para ver se ao menos uma coluna corresponde à condição desejada: apply(teste == 1, 1, any, na.rm = TRUE) #> [1] FALSE TRUE TRUE TRUE FALSE TRUE Como R codifica VERDADEIRO/FALSO como 0/1, pode usar as.integer para armazenar no formato desejado: teste$Infectado <- as.integer(apply(teste == 1, 1, any, ...


3

Uma maneira de fazer o que é desejado é utilizando a função ifelse. Ela irá testar se alguma das colunas HIV, HPV ou Sifilis possui o valor 1. Caso possua, a coluna Infectado será criada com o valor 1. Caso contrário, o valor utilizado em Infectado será 0. teste <- data.frame(HIV = c(0, 0, NA, 2, 0, 1), HPV = c(0, 0, NA, NA, NA, 0), ...


4

Você pode usar stat_count() para incluir texto de contagens de variáveis discretas ("integers"). No exemplo utilizo os dados "iris" do pacote datasets library(ggplot2) plot <- ggplot(iris, aes(Petal.Width, fill = Species)) + geom_bar(stat = 'count') + stat_count(geom = 'text', color = 'white', aes(label = .....


As 50 principais respostas recentes são incluídas