Respostas interessantes marcadas com a tag

4

O segredo aqui está em entender o output da função gather. Vejamos ele em detalhes abaixo. df <- read.table( text = "c1 c2 c3 x 2 4 5 0 3 5 2 0 6 7 8 0 1 2 5 1 2 5 6 1 3 3 3 1", header = TRUE) library(tidyverse) df %>% gather("id", "value", 1:3) #...


4

Nem todas as fontes e glifos são suportados pelo driver postscript. A forma mais simples de resolver é usar o driver cairo. Ele não é suportado pelo ggsave, então abra o dispositivo manualmente. Eis um exemplo mínimo com seus dados: library(ggplot2) p <- ggplot(dt, aes(x = periodo, y = peso, fill = Variedade)) + geom_col(position = "dodge&...


3

Há mais de uma forma de fazer isso. A minha preferida é utilizando a função grid.arrange do pacote gridExtra. Para isto, basta criar dois os gráficos independentemente e salvá-los dentro de objetos no R. Neste caso, criei o gráfico de colunas e salvei-o em um objeto chamado g_col, enquanto o gráfico de pontos e linhas foi salvo no objeto g_point. Depois ...


3

R base É só aplicar a função base scale a cada uma das colunas. res <- teste res[-1] <- lapply(res[-1], scale) res # ANO C1 C2 #1 2011 -0.7071068 -0.7071068 #2 2012 0.7071068 0.7071068 Pacote dplyr teste %>% mutate(across(C1:C2, scale)) # ANO C1 C2 #1 2011 -0.7071068 -0.7071068 #2 2012 0.7071068 0.7071068 Em ...


3

Pode usar subset para especificar o subconjunto dos dados a serem plotados e expandir os limites dos eixos com a opção limits das scale_*. Eis um exemplo simplificado: ggplot(subset(dados, Mes %in% c("Jan", "Fev")), aes(Mes)) + geom_line(aes(y = captura1), group = 1) + geom_point(aes(y = captura1), group = 1) + scale_x_discrete(...


3

Aqui vai uma solução em uma linha com ave e seq_along. dados$Numero.do.Cargo.2 <- as.integer(ave(dados$Cargo, dados$Cargo, FUN = seq_along)) Como pode ver, a 3ª coluna é idêntica à 2ª. Este problema surge de vez em quando, a função que se segue pode ser aplicada diretamente à base e à coluna que define os grupos. seq_by_group <- function(x, col){ ...


3

Para ter as barras agrupadas, precisa de uma variável que indique para o ggplot qual linha pertence a qual grupo: library(ggplot2) dt$grupo <- rep(c("A", "B"), each = nrow(dt)/2) # Ordena os níveis da variável período para serem plotados na ordem correta dt$periodo <- factor(dt$periodo, levels = c("junho", "julho&...


2

O gráfico base é simples, chama-se barplot e depois legend para a legenda do gráfico. O passo importante é guardar a saída de barplot, para depois usar em spline. cores <- c("#2e8b57", "#9acd32", "#4eee94") lgnd <- paste("Coleta", 1:3) bp <- barplot(dados, beside = TRUE, main = "Dados Clorofila", ...


2

Eis duas soluções, R base e pacote ggplot2. 1. Os dados A leitura dos dados pode ser feita com textConnection e scan. txt <- "7 2 3 3 2 4 3 4 4" riq1 <- scan(textConnection(txt)) txt <- "4 5 6 5 6 6 6 6 4" riq2 <- scan(textConnection(txt)) dados <- data.frame(riq1, riq2) 2. R base Com a função barplot é muito simples ...


2

Basta colocar o argumento axis.text.x = element_text(face = "bold") dentro da função theme. O argumento axis.text.x informa que a alteração desejada deve ocorrer nas marcações do eixo x (faça o paralelo com o argumento axis.text.y, também presente na criação do gráfico) e element_text(face = "bold") informa que tais marcações devem ser ...


2

A maneira atual avalia a variável com {{.}}. packageVersion("dplyr") #[1] ‘1.0.7’ df_funcao = function(PERIODO){ df %>% dplyr::select({{PERIODO}}) %>% filter(!is.na({{PERIODO}})) %>% summarise(soma = sum({{PERIODO}})) } df_2 <- df_funcao(C1) df_2 # soma #1 6 A maneira anterior (a partir de dplyr versão 0.6.0) era ...


2

Os valores que não estão na coluna CAATINGA aparecem na legenda porque estão no vetor cols. E como só alguns desses valores também são names do vetor labels, os que não o são estão na legenda com os names que têm em cols. Os valores comuns a ambos os vetores estão na legenda com os valores esperados. Para resolver o problema, no código abaixo usa-se ...


2

1. Primeiro carregar os pacotes necessários, sem o pacote lubridate que não é utilizado no código abaixo. library(ggplot2) library(gridExtra) library(ggpubr) E simplificar ambos os gráficos criando um theme próprio, comum a todos os gráficos abaixo. theme_patrick <- function(){ theme_gray() %+replace% #replace elements we want to change theme( ...


2

Complementando a resposta de Marcus Nunes (e aproveitando os mesmos dados) com mais uma opção: o pacote ggpubr. É menos flexível do que gridExtra, mas para múltiplos gráficos tem opção de alinhar as áreas de plotagem e compartilhar legendas: library(ggpubr) ggarrange(g_col + labs(x = NULL), g_point, ncol = 1, align = "v", common.legend = TRUE, ...


1

Pode usar row.names com indexação lógica para identificar a linha com nome "Null". Como não forneceu seus dados em um formato reproduzível, estou criando um exemplo simples: # matriz de exemplo tabela <- matrix(1:3, dimnames = list(c("A", "Null", "C"))) tabela #> [,1] #> A 1 #> Null 2 #> D ...


1

ggplot(df, aes(x = factor(Período), y = Valor, fill = Variedades)) + geom_bar(stat = "identity", position = "dodge") + scale_fill_manual(values = c("1", "3")) + geom_text(aes(y = Valor, label = Valor), vjust = -0.2, # COLOCAR VALORES EM CIMA DAS BARRAS position = position_dodge(width = 1)) + labs(x =...


1

A pergunta está com a tag dplyr e Rui Barradas já forneceu uma resposta ótima. Mas como a questão cita "seja pelo dplyr ou por outro pacote", eis duas alternativas, para ficar registrado: R base A função aggregate calcula sumários por grupo. Assim como no caso de usar dplyr, os dados precisam estar em formato longo: # Empilha as variáveis ...


1

Reformate para formato longo e depois agrupe e calcule as médias todas de uma vez. library(dplyr) library(tidyr) mtcars %>% select(mpg, vs, am, gear, carb) %>% pivot_longer(-mpg) %>% group_by(name, value) %>% summarise(mean_mpg = mean(mpg))


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam