A query string é a parte da URL que contém dados a serem transmitidos para aplicações web tais como programas CGI. Use essa tag para perguntas envolvendo o seu uso correto, construção e manipulação programática, por exemplo via JavaScript.

A query string é a parte da URL (Uniform Resource Locator) que contém dados a serem transmitidos para aplicações web tais como programas CGI.

Quando uma página web é requisitada através do Protocolo de Transferência de Hipertexto (HTTP), o servidor localiza um arquivo no seu sistema de arquivos com base na URL requisitada. Esse arquivo pode ser um arquivo comum ou um programa. No segundo caso, o servidor pode (dependendo da sua configuração) exeutar o programa, enviando sua saída como a página requisitada. A query string é uma parte da URL que é passada como parâmetro para o programa. Seu uso permite que dados sejam enviados do cliente HTTP (frequentemente um navegador web) para o programa que gera a página web.

Uma URL típica contendo a query string:

http://servidor/caminho/pro/programa/?query_string

Quando o servidor recebe a requisição para tal página, ele pode executar o programa, passando a query_string como parâmetro para o programa sem modificações. O ponto de interrogação é usado como separador e não faz parte da query string.

Um link numa página web pode ter uma URL que contém a query string, entretanto, HTML define três maneiras que um navegador web pode gerar a query string:

  • um formulário HTML através do elemento <form>...</form>
  • um mapa de imagens no lado do servidor via o atributo ismap do elemento <img> pela construção <a><img ismap></a>
  • uma busca indexada via o já obsoleto elemento <isindex>

Destes, o principal uso de query strings é capturar o conteúdo de um formulários HTML, também conhecido como formulário web. Em particular, quando um formulário contendo os campos campo1, campo2 e campo3 é submetido, o conteúdo dos campos é codificado como uma query string da seguinte maneira:

campo1=valor1&campo2=valor2&campo3=valor3

A query string é composta de uma séria de pares campo-valor. Em cada par, o nome do campo é separado de seu valor por um sinal de igual: =. A séria de pares é separado pelo "e comercial" (em inglês, ampersand): &. Em alguns casos, também pode ser usado o ponto-e-vírgula, ;, embora este não seja gerado por formulários.

Tecnicamente, o conteúdo do formulário só é codificado como uma query string quando o método de submissão do formulário é GET. A mesma codificação é usada por padrão quando o método de submissão é POST, mas o resultado não é enviado como uma query string. Em vez disso, a string é enviada no corpo da requisição HTTP.