Novas respostas marcadas com a tag

1

Para colocar uma lista dentro de outra lista, basta usar o método append na lista externa com a lista interna como parâmetro. a = [] for _ in range(10): a.append([1, 2, 3]) # Lista a agora contém 10 sub-listas [1, 2, 3] Você também pode usar list comprehension para deixar o código mais compacto a = [[1, 2, 3] for _ in range(10)] # Equivalente ao ...


0

É algo como isso que você deseja ? import os numbers = [] while True: os.system("cls") # Esse comando só serve para limpar a tela, então ignore caso você ainda não conheça sobre o módulo "os" num = input("\n Digite um número: ") if not num: break #Sai do bloco caso o usuário apenas aperte ENTER num = float(num) numbers.append(num) # ...


0

Eu substituiria o seu while por um while True, e dentro dele colocaria um if. n = int(input()) while true: if n<0 for bases in range(3, 10 + 1): convertido = converte(n, bases) print() n = int(input()) print(convertido, end=" ") else pass


0

Python tem uma library chamada smtplib que te permite conectar a um server STMP, como o do gmail. import smtplib gmail_user = 'seu@gmail.com' gmail_password = 'senha' try: server = smtplib.SMTP_SSL('smtp.gmail.com', 465) server.ehlo() server.login(gmail_user, gmail_password) server.sendmail(sent_from, to, email_text) server.close() ...


0

Para solucionar o problema, eu precisava apenas colocar o recv dentro de um bloco try e caso algum erro fosse lançado, eu apenas utilizaria o break para sair do bloco. Dessa forma: while not self.__stop: try: data = self.__socket.recv(1024) except: break O problema é que eu não sabia que o recv lançava um erro, e além de lançar um ...


0

Consegui fazer, mesmo que parecendo uma gambiarra de certo! kkk for i in range(len(dados)): if(dados['data'][i] == pd.Timestamp(cal.add_working_days(date(anos[i], meses[i], 1), 5))): dados['dia5'][i] = 1 if(dados['data'][i] == pd.Timestamp(cal.add_working_days(date(anos[i], meses[i], 1), 10))): dados['dia10'][i] = 1 Basicamente eu solicitei uma ...


-2

Uma classe é a definição para um conjunto de atributos que diferenciam características próprias entre eles, como frutas, cores, marcas, etc. Tudo isso pode e deve ser balanceado para que não ocorra underfitting ou overfitting. Algo como o preço não se define como uma classe de algo, por isso ele não pode ser balanceado, mas pode ser normalizado, para que os ...


0

Eu também tive que fazer esse código para um curso. Eu percebi que o caso era especial não apenas para n=1, mas também para n=2. Para n=2, a função seria chamada "parcialmente". Por tanto, resolvi dessa forma: def incomodam(n): if n <= 0: return "" elif n % 1 == 0: return "incomodam " + incomodam(n-1) else: return "" ...


0

tens aqui um exemplo de como fazer isso, precisas de utilizar uma ACTION , seria algo assim: from django.http import HttpResponse from django.template.loader import render_to_string from .models import Report from weasyprint import HTML class EmpresaAdmin(admin.ModelAdmin): list_display = ('nome', 'telefone', 'cnpj',) search_fields = ('...


0

Você pode usar também a função range: print("===================== EX-01 ================") magicos = ["Mario", "João", "Maria"] '''Exibe uma saudação aos magicos''' def nomes_dos_magicos(): for i in range(len(magicos)): magicos[i] = "O Grande " + magicos[i] nomes_dos_magicos() print(magicos) Ou, se quiser usar list comprehension, a função ...


1

Para isso, é necessário alterar o valor da váriavel mágicos quando chama a função nomes_dos_magicos. Aqui uso a função enumerate para poder aceder ao indíce da lista quando estamos a fazer o for loop: print("===================== EX-01 ================") magicos = ["Mario", "João", "Maria"] '''Exibe uma saudação aos magicos''' def nomes_dos_magicos(nome): ...


1

Helder, acredito que esteja querendo substituir o valor presente na variável count na string, existem diversas formas de fazer isso no Python, abaixo alguns exemplos: count = 1 print(f'ip address 10.0.0.{count} 0\n') print('ip address 10.0.0.' + str(count) + ' 0\n') print('ip address 10.0.0.%s 0\n'%count) print('ip address 10.0.0.{} 0\n'.format(count))


1

Utilize o strip. ex: string_2.strip().


0

Chris Albon explica bem este processo, para seu caso você deve especificar um retângulo que cobrirá a imagem como por exemplo: Usando o seguinte retângulo: rectangle = (121, 66, 158, 493) Consegui este resultado:


0

Olá! Eu estava com o mesmo problema que você. Utilizo o anaconda; e através do CMD fiz a instalação do lxml no ambiente correto... Até aí tudo bem, pois estava utilizando o cmd diretamente para rodar meu algoritmo. Entretanto, quando tentei utilizar o terminal do vscode, encontrei esse problema aí que vc relatou. O que eu fiz: Fui nas configurações de ...


1

Isso te atende? import csv csv_tec = None tec_matriculas = set() with open('tecnicos.csv', mode = 'r') as f: csv_tec = csv.DictReader(f, delimiter = ';', quoting = csv.QUOTE_NONE) tec_matriculas = set([ x.get('Matrícula') for x in csv_tec]) csv_pes = None pesq_tec = set() with open('pesquisas.csv', mode = 'r') as f: csv_pes = csv.DictReader(f, ...


2

A função os.rmdir chama diretamente a APi do sistema operacional equivalente a essa chamada, e, tradicionalmente, essa chamada só apaga mesmo um diretório vazio. No entanto, a linguagem Python inclui, além dessas chamadas diretas, o módulo shutil que tem algumas facilidades para manipulação de arquivos. Entre elas está o shutil.rmtree - essa sim, uma ...


0

Para você conseguir excluir o diretório, você deverá primeiro apagar os arquivos e pastas dentro dele. Utilize a função walk para percorrer todos os arquivos e subpastas do diretório raiz e apague-os utilizando o remove. Exemplo: import os def rmdir(path): for dir_,dirnames,filenames in list(os.walk(path))[::-1]: for filename in filenames: ...


1

Como o nome diz, o método destroy serve para destruir o widget criado. Caso você utilize o método em um Label, apenas este objeto será destruído. Caso você utilize o método em um Frame contendo dois labels, ele será destruído junto com as labels. Isso acontece porque o método destroy, destrói o widget junto com outros widgets dentro dele ( widgets filhos )....


-1

numeros = [] while True: numero = input() if not numero: break numeros.append(float(numero)) print("Menor Lido: ", min(numeros)) print("Maior Lido: ", max(numeros)) print("Media", sum(numeros)/len(numeros))


1

Amigo, além do aux > count como o @Anderson comentou, no seu código else: print(repetido(entrada, n)) Você pede para printar o retorno da função repetido() mas ela não esta retornanado nada. Fora essas duas coisas, talvez você poderia simplificar seu código utilizando mode. import statistics from statistics import mode def repetido(numeros): ...


2

Você pode utilizar a função strftime: <td>{{ form[f].last_seen.strftime('%d/%m/%Y') }}</td> Ou então, criar um filtro específico para isto. app = ... # instância do Flask. @app.app_template_filter('to_date') def format_datetime(value): return value.strftime('%d/%m/%Y') E então usar no seu template como: <td>{{ form[f].last_seen|...


2

A maneira mais simples é: id_parada = request.GET.get("id_parada", "") Neste caso você está usando o método .get() para recuperar o conteúdo da chave id_parada em request.GET e, caso ela não exista, retornar "" (o padrão é None).


1

A URL que está requisitando retorna um JSON. A biblioteca BeatifulSoup serve para analisar documentos XML (e, por consequência, HTML). Ou seja, não precisa utilizá-la. A própria biblioteca Requests já faz tudo o que precisa: import requests response = requests.post(url, data) if response.ok: json = response.json() world = json['World'] status ...


0

Primeiro, coloque o que voce deseja 'splitar' dentro da funcao split(): Mude valores = input().split() para valores = input().split(',') Depois, faça um if para o caso em que o input venha vazio: if valores == ['']: print("Nenhum valor lido") return O código ficara mais ou menos assim: def maior(colecao): if len(colecao) > ...


1

Se você quer que a entrada aceite tanto os números na mesma linha quanto em linhas diferentes, uma opção é fazer um loop desta forma: numeros = [] while True: valores = input().split(); if not valores: # lista vazia, nenhum número foi digitado, encerrar a leitura break for s in valores: try: # tenta transformar em ...


2

O seu problema é que maior está retornando uma lista ao invés de um só elemento. E então, basta função imprimir testar pelo None. def maior(colecao): if len(colecao) == 0: return None if len(colecao) == 1: return colecao[0] r = maior(colecao[1:]) if r < colecao[0]: r = colecao[0] return r def imprimir(e): ...


1

Você está tentando chutar senhas aleatoriamente, usando o random.choice(alphabet). Dessa forma você não mantém nenhum controle sobre as senhas já tentadas, ou sobre a ordenação dos chutes. Não tenho certeza sobre o termo técnico, mas por mim, chutar de forma completamente aleatória não seria nem chamado de força bruta. Porque você não tenta, chutar as ...


-1

print('equação do 2° gral') print('x²-x+1=0, a = x², b = x, c = 1') a = int(input('De valor à a')) b = int(input('De valor à b')) c = int(input('De valor à c')) print('A formula é (b*b - 4*a*c)') delta= b*b-4*a*c print('delta é {}'.format(delta)) print('Ainda não acabamos') x = (-b - (delta)**(1/2)/(2*a) x1 = (-b + (delta)**(1/2)/(2*a) print('x1 = {}, x2 = {}...


2

Utilize o comando plt.tick_params(labelsize=30) para aumentar o tamanho da fonte nos eixos do gráfico, substituindo 30 pelo tamanho desejado. Exemplo from matplotlib import pyplot as plt import math # Dados de exemplo -- sen(x) calculado de 0 a 10 x = [v/10.0 for v in range(0, 100, 1)] y = [math.sin(v) for v in x] # Gráfico 1 - Tamanho da fonte normal ...


8

Conforme já comentado, não haverá diferença no resultado. Porém vamos fazer uma depuração simples do seu código: Usando i+=2 from dis import dis code = ''' i=1 i+=2 ''' print(dis(code)) 2 0 LOAD_CONST 0 (1) 3 STORE_NAME ...


3

Eu encontrei algo interessante no PEP-203 que é onde eles propoem o augmented assignment (i += 2): A idéia por trás da atribuição aumentada em Python é que não é apenas uma maneira mais fácil de escrever a prática comum de armazenar o resultado de uma operação binária em seu operando à esquerda, mas também uma maneira de o operando da esquerda em questão ...


-6

Ambos tem o mesma função e resultados. O primeiro termo é apenas mais elegante e menos verboso, já que não repete a variável.


-1

analisando seu código encontrei uma solução simples e rápida. A entidade escolha está recebendo uma string, sugiro adicionar uma cast tipo inteira para realizar a conversão. escolha = int (escolha) resultado:


0

Para inserir um texto no Label use o método config e passe o diretório obtido como argumento para o parâmetro text. O objeto Label funciona também como um dicionário, logo você também pode definir a chave text do objeto com o diretório: Exemplo: label.config(text=path) label["text"] = path O seu programa está abrindo duas vezes a caixa de diálogo porque ...


0

Eu gosto(opinião pessoal) de fazer o parse após o carregamento dos dados por dois motivos: (1) Deixa o código mais legível e (2) com o comando pd.to_datetime é possivel tratar erros que podem ocorrer durante a transformação. Tente apenas carregar os dados sem fazer o parse, e após, use o to_datetime tratando eventuais erros com o o parâmetro coerce(datas ...


0

Testei aqui na minha máquina e tive o mesmo problema. No fim das contas, o problema era bem simples, causado apenas por uma diferença na codificação do caractere - (hífen) no comando que você digitou. Copie e cole exatamente esse comando abaixo no CMD, na mesma pasta onde você baixou o arquivo mysqlclient‑1.4.2‑cp38‑cp38m‑win_amd64.whl, que vai funcionar: ...


1

Como a "matriz" é na verdade uma lista de listas, basta percorrê-la com um for simples para iterar pelas linhas (não precisa criar um range para isso, veja mais detalhes abaixo). E como cada linha é uma lista de números, basta usar a função sum para encontrar a soma dos seus valores: m = gerar(5, 4, 1, 10) for i, linha in enumerate(m): print('soma da ...


1

Saudações, meu amigo ! Eu rodei seu código aqui, pra implementar o que se pede diretamente nele, e bom, eu criei a seguinte função que faz exatamente o que você está pedindo, da uma olhada nela, não é nada difícil e garanto que irás entender rápido: def somaLinhas(vals, colMax): n = 1 for val in vals: soma = 0 j = 0 while j &...


0

Para plotar uma linha no matplotlib, você deve passar uma lista de coordenadas x e y para o método plt.plot(). Exemplo: plt.plot([1, 10], [1, 10]) irá traçar uma reta ligando os pontos (1,1) e (10,10) do plano cartesiano. Segue exemplo funcional, baseado no seu código: import matplotlib.pyplot as plt # Dados fictícios a_min1 = 1 a_max1 = 5 mass1 = 10 ...


1

Precisamente. Em um método, o self vai ser inserido como primeiro argumento na chamada. Na sua verificação você checa o tipo de todos os argumentos passados - e o tipo do primeiro sempre vai ser igual o tipo da classe. Pra deixar claro - o problema não tem nada a ver com "2 decoradores" - o decorador property.setter sempre espera uma função que vai receber ...


1

Sim, você pode utilizar o open para abrir um arquivo em formato de leitura, obter o valor, somá-lo dentro do programa e depois escrever o arquivo novamente com o valor atualizado. Exemplo: def atualizaGastos(valor): with open("data.txt") as file: gastos = float(file.read()) with open("data.txt","w") as file: file.write(str(gastos+...


0

Opa, saudações! Cara existe um jeito mais fácil de converter números em bases diferentes para inteiros na base decimal, vou dar um exemplo abaixo: Abaixo é um conversão de um número(String) binário para a base decimal: b = '0111' print(int(b, 2)) >> 7 O int() nesse caso recebe dois parâmetros, o primeiro sendo o número a ser convertido que deve ser ...


1

Use o método sort. Você pode passar no parâmetro key uma função de callback para gerar o valor que será utilizado para comparar e organizar os itens da matriz. Para esse caso basta usa a função sum para somar todos os itens de cada lista. O resultados das somas serão comparados internamente e a matriz será organizada em ordem crescente pelos resultados das ...


2

O problema é que na linha do r1 e do r2 você não fechou os parênteses do float. Veja abaixo: Original: r1=float((-b +(delta ** (1/2))/2) r2=float((-b -(delta ** (1/2))/2) Modificado: r1=float((-b +(delta ** (1/2))/2)) r2=float((-b -(delta ** (1/2))/2)) Outros erros: No bloco das condicionais, você esqueceu de iniciar os blocos de código com ":" e no ...


1

É bem simples. A função input retorna sempre uma string, independentemente se o usuário digitou somente números. Na linguagem Python não é possível realizar operações aritméticas com strings ( mesmo sendo números em formato de string ). Para corrigir este erro, você deverá convertê-lo para float ou int. Exemplo: Este código dará o mesmo erro: print("98.3"/...


0

Olá, você deve converter a velocidade para int ou float: velocidade = int(input('{}, digite agora a velocidade média praticado na viagem: '.format(nome))) Ou velocidade = float(input('{}, digite agora a velocidade média praticado na viagem: '.format(nome))) Ou ainda: consumo = float(int(velocidade)/12)


1

Eu não entendi muito bem o que significa esses valores "X" e "Y", mas seria algo como isto o que você quer ? import json items_list = ["frango a passarinho","pizza de calabresa"] id_item_list = ["ID_i234","ID_i566"] id_submenu = ["ID_s1923","ID_s2341"] items = zip(items_list,id_item_list,id_submenu) dic = {"Menu":{}} for item in items: dic["Menu"][...


0

Acontece que a sua função numpar não tem retorno quando o número não é par, como não possui um retorno explícito, ela vai acabar retornando None. Um possível solução é fazer a sua função numpar não retornar um número e sim um valor lógico, indicando se o número recebido é par ou não: def numpar(numero): return numero % 2 == 0 for numero in range(0,20): ...


-1

Antes de abrir o próximo formulário coloque self.hide()


As 50 principais respostas recentes são incluídas