Novas respostas marcadas com a tag

0

isso deve resolver, porem cuidado pode dar bug e crashar o pre-compilador do python aguardo resposta! alias Bem vindo a nossa comunidade :3 from pynput import keyboard import threading import sys print("press esc to stop this program") dic = [] def print_key(key): global dic dic.append(key) def on_press(key): try: if len(str(...


0

deve ter formas mais simples de fazer, mas eu achei essa aqui, veja se serve pra ti def retornar_palavra_maior(digitado): string_cortada = digitado.split() lista_de_palavras = [] for elemento in string_cortada: lista_de_palavras.append(elemento) tamanho_da_lista = [len(x) for x in lista_de_palavras] id_da_palavra_maior = ...


2

Você pode utilizar o plt.xticks: import matplotlib.pyplot as plt %matplotlib inline X = [k for k in range(20)] y = rmse_val plt.xticks(range(len(X))) plt.plot(X,y,color='green' , marker='o', markersize=2, linestyle='--', linewidth=2)


0

Pelo que entendi, você deseja implementar um algoritmo que pegue todos os valores menores ou iguais a 500 de uma determinada lista e calcule sua Média Aritmética. Pois bem, você não precisa criar outra lista. Basta você percorrer a lista original através de um laço de repetição for e verificar se cada item da respectiva interação é menor ou igual a 500. Caso ...


-1

Você pode criar uma lista para realizar isso como abaixo, colocando o \n no fim de cada frase e abrindo e fechando os arquivos para escrita e leitura: import random desculpa = open("desculpa.txt", "r+") desculpa.write('Tentei fazer o dever, mas \n') desculpa.write('Quando comecei a estudar, \n') desculpa.write('Estava indo para a ...


0

Para fazer isso você tem que percorrer os valores da sua lista e, se for menor ou igual a 500 adicionar a uma segunda lista. Depois, para fazer a média é só domar todos os valores da segunda lista e dividir pelo número de elementos. Mais ou menos assim: acid_vit_lista = [100,500, 200, 230, 400, 500, 600, 700, 900, 2000, 1100] segunda_lista = [] soma = 0 for ...


-3

Acredito que isso aqui possa lhe ajudar, utilizando a função open do próprio Python. f = open("conteudo.txt") lista = [] for x in f: lista.append(x.split("|"))


1

Olá, Tente testar os extremos primeiro: Por exemplo, todas as alturas menor do 1.20, e dentro disso, todos os pesos. E igualmente para os pesos: menores do que 60, ou maiores do que 90. Exemplo: alt = float(input("Digite a sua altura")) p = float(input('Digite seu peso')) if alt < 1.20: if p <= 60: print(f'Classificação A') elif p &...


3

Dá para simplificar bastante o código. Por exemplo, ao dividir 1 / cotação_dólar, o resultado já será um float (pois a cotação já é um float), então não precisa forçar o resultado para float. E para construir a lista do exercício 7, pode usar um range e eliminar algumas variáveis: def exercício_7(cotação_dólar): lista = [] for valor in range(1, 101): ...


1

Utilize o código abaixo para pegar esse padrão no texto: import re # Biblioteca para utilizar REGEX(Já vem por padrão instalada no Python) arquivo = open(r"C:\Users\danie\Downloads\arquivo.txt", "r") # Substituir o caminho texto = arquivo.read() # Pega o texto do arquivo arquivo.close() # Fecha o arquivo # Utiliza REGEX para ...


1

Se o formato é sempre esse, você pode usar uma regex para extrair todos os dados de uma vez, ir guardando os resultados em uma lista e no final criar o dataframe: import pandas as pd import re r = re.compile(r'(\d{2}/\d{2}/\d{4}) (\d{2}:\d{2}) - ([^:]+)') itens = [] with open('dados.txt') as arq: for linha in arq: # para cada linha do arquivo m =...


2

Para selecionar o ultimo elemento você pode utilizar o iloc: df['Mínimo da Temporada'].iloc[-1] Saída: 10 Edit Para adicionar o valor na variável mint: mint = df['Mínimo da Temporada'].iloc[-1] print(mint) 10


-1

Você pode declarar uma lista constante contendo os dias da semana, sendo assim conseguiria identificar o dia usando o index, ex(Esse código é só para mostrar a ideia): DIAS = ['Domingo', 'Segunda', 'Terça', 'Quarta', 'Quinta', 'Sexta', 'Sábado'] dia = int(input("Dia: ")) print(f'Hoje eh {DIAS[dia]}') Para calcular o "dia futuro" ...


0

Solução dada pelo autor na própria pergunta. Na verdade foi mais simples do que eu pensava. Apenas precisei chamar a função para realizar os processos que ela já faria e depois salvar estes dados no banco de dados. Segue abaixo os arquivos views.py e models.py view.py def WarmView(request): if str(request.method) == 'GET': image_path = r"C:\Users\...


0

Estou lendo o mesmo livro e iniciando no Python, acredito que surgirão outros usuários com a mesma dúvida. Tendo em vista o pouco conhecimento até aqui adquirido, meu programa ficou assim: spam = ['apples','bananas','tofu','cats'] # a lista apresentada no livro def separar(item): frase = '' #criei uma string em branco para ir acrescentando os valores ...


4

Quando você faz oi() (com os parênteses) está chamando a função (ou seja, está executando ela) e o retorno dela é colocado como valor do dicionário. Mas como você não colocou nenhum return nela, então ela retorna None. Mas as funções são executadas já quando o dicionário é criado, tanto que o código já imprime "oi" e "ola" ao se criar o ...


2

Use o selector equivalente de CSS para atributos que checa se o ID começa com como post_message_: [atributo^=valor] O seletor deve ser algo como div[id^=post_message_] junto com o método select() do Beautiful Soup ou select_one() se desejar pegar só a primeira ocorrência, exemplo: pagina.select('div[id^=post_message_]') Para pegar apenas o primeiro: pagina....


-1

Como você disse que está começando por aqui vou fazer bem didático, mas você pode simplificar o meu código bem mais (por exemplo, começando a contagem em 0, como é o padrão da maioria das linguagens de programação e contando até 12). Em resumo o que você deve fazer é analisar cada caractere contando a sua posição de 1 a 13. Assim, se chegar em 13 você deve ...


0

Olá, No seu teclado numérico, aperte a tecla **0 (zero) **, isto irá retirar o modo insert ( Vim Emmulator). Fonte: https://intellij-support.jetbrains.com/hc/en-us/community/posts/207026025-Change-from-insert-to-type-over-cursor-mode-


0

Creio que quando ele esta querendo dizer que é para abrir o terminal dentro da pasta, é acessar pasta através do CMD do windows ( prompt de comando ), para isto faça o seguinte: Abra o menu iniciar > Digite "cmd" sem as aspas > Irá abrir até o prompt de comando ( uma tela preta ); Navegue até a pasta que deseja ( segundo você, esta no ...


1

Se os valores da segunda lista sempre forem uma progressão aritmética, você não precisa criá-la em memória, basta usar um range() para iterar pelos valores e printar apenas os valores que esteja contidos na sua primeira lista. Para testar o valor está contido com eficiência podemos converter sua lista1 para um conjunto utilizando set(). Dessa maneira o ...


1

Primeiro detalhe é que os valores de M e N serão lidos no mesmo input, não separadamente. limits = input() M, N = map(int, limits.split()) Você pode construir o seu laço sempre partindo do M até o N, mas caso M for maior, inverter os valores: if M > N: M, N = N, M Código ficaria assim: while True: limites = input() M, N = map(int, limites....


2

Uma possibilidade é utilizar a função built-in filter(função , iterável ) que cria um iterador a partir dos elementos de iterável para os quais a função filtro, passada no primeiro parâmetro, retorne true. O iterável pode ser uma sequência, um contêiner que suporta iteração ou um iterador. Como filtro passe uma expressão lambda que nada mais é uma função ...


4

Você pode utilizar compreensão de listas para resolver o seu problema: lista = list(range(100)) lista = [x for x in lista if x % 10 != 7] Na segunda linha de código estamos dizendo que queremos todos os elementos da lista desde que o elemento dividido por 10 tenha resto diferente de 7.


0

Tente: for i in range((len(lista)-1),-1,-1): if (lista[i] % 10) == 7: del(lista[i])


0

você precisa retornar os valores da função map e quando for imprimir precisa chamar list: Celsius = [39.2, 36.5, 37.3, 37.8] def Fahrenheit(temperatura): return map(lambda temp: (temp*9/5) + 32, temperatura) print(list(Fahrenheit(Celsius))) Saída: 102.56, 97.7, 99.14, 100.0399


1

Encontrei uma configuração que funcionou utilizando o KivyMD: from kivy.config import Config Config.set('kivy', 'keyboard_mode', 'systemandmulti') Adicionei apenas isso e funcionou normalmente. Também deve funcionar para o Kivy.


0

Você pode usar list comprehension: lista1 = [0, 3, 7, 10, 15] lista2 = [0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7,8 ,9 ,10 ,11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20] lista3 = [item if item in lista1 not in lista2 else 'falha' for item in lista2] Sua saída: print(lista3) [0, 'falha', 'falha', 3, 'falha', 'falha', 'falha', 7, 'falha', 'falha', 10, 'falha', 'falha', 'falha', '...


2

Se você só quer imprimir o resultado, não precisa guardar em outra lista, nem modificar a lista1. Bastaria percorrer as listas e ir imprimindo de acordo com os valores: lista1 = [0, 3, 7, 10, 15] lista2 = [0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20] i = j = 0 while i < len(lista1) and j < len(lista2): if lista1[i] == ...


0

Ao invés de utilizar XPath ou qualquer outro método de seleção, utilize o seguinte: seguir = driver.find_element_by_css_selector('button') seguir.click() Eu utilizei este código e consegui clicar no botão. E, realmente, utilizando outros métodos não foi possível localizar o botão de seguir. Talvez seja alguma medida de segurança do Instagram para evitar ...


0

Pelo que entendi você quer adicionar nomes dentro de uma lista até decidir parar. Para isso, você pode utilizar o seguinte algoritmo: cont = 0 elementos = list() while True: cont += 1 elementos.append(input(f'Nome do {cont}º elemento: ')) resp = input('Fim [S/N]? ').upper() while (len(resp) != 1) or (resp not in 'SN'): print('\033[...


0

No seu exemplo existem alguns erros: fim não está como string você está comparando fim com uma variável que contem um número inteiro while(!=fim) já indica se você digitar 'fim' no input ele vai fazer o break automaticamente sem você precisar fazer um if pra isso. Mas aqui o fim também não é uma string. E=[] i = input('Nome do elemento: ') while (i != '...


0

numeros = input("Digite uma lista com números inteiros: ") lista = numeros.split() # transforma em listas print("Você digitou os seguintes números: ") print(lista) def remove_repetidos(lista_qualquer): lista_sem_elementos_repetidos = [] lista_qualquer.sort() # ordena a lista_qualquer for numero in lista_qualquer: ...


2

Isso é chamado de list comprehension, tem como função minimizar linhas de código e deixar o código mais 'pythonico'. Para explicar melhor, essa mesma variável poderia ser escrita assim: # instanciação da var self.cards = [] # para cada suit na var self.suits for suit in self.suits: # para cada rank na var self.ranks for rank in self.ranks: # ...


0

Para resolver esta questão devemos seguir as seguintes etapas: Capturar os valores; Armazena-los em uma lista; Exibir a lista armazenada; Enviar a referida lista - como argumento - para a função remove_repetidos; Remover os valores repetidos; Exibir a lista sem os valores repetidos. Então, desenvolvi o seguinte algoritmo: def remove_repetidos(li): ...


0

Para resolver esta questão você pode utilizar o seguinte algoritmo: import numpy as np m = int(input('Digite o número de linhas: ')) n = int(input('Digite o número de colunas: ')) lista = list() for i in range(1, m + 1): linha = list() for j in range(1, n + 1): while True: try: v = int(input(f'Digite o {j}º valor ...


0

Esta questão se refere ao problema de número 1557, do site Uri Online Judge da categoria Iniciantes. Veja aqui a íntegra do enunciado. Como é possível perceber o primeiro parágrafo do enunciado diz: Escreva um algoritmo que leia um inteiro N (0 ≤ N ≤ 15), correspondente a ordem de uma matriz M de inteiros, e construa a matriz de acordo com o exemplo abaixo. ...


1

Uma alternativa é inicializar a variável teste1 como string e verificar o tipo dela, caso o casting para float dê errado ele volta pra linha inicial do while, até a pessoa digitar algo válido Aproveitando sua lógica: teste = [] for k in range(1, 6): teste1 = '' while type(teste1) != float: try: teste1 = float(input(f'test {k}: ')) ...


0

O python tem uma biblioteca padrão instalada chamada base64 que tem funções para codificar dados binários em uma sequência de caracteres. Não é exatamente uma criptografia (ao pé da letra), mas pode funcionar para cifrar uma mensagem. Exemplo: import base64 # codificando a mensagem mensagemCodificada = base64.b64encode(b'data to be encoded') # o 'b' antes ...


1

Use o timeit, ele é mais preciso do que o time para trecho de códigos rápidos. import timeit tempo_inicial = timeit.default_timer() print('Olá Mundo!') tempo_final = timeit.default_timer() print('Tempo Total:', tempo_final - tempo_inicial) Além disso, dentro do seu loop for tem uma linha start = time.time(), acho que você precisa remover essa linha.


1

Em vez de inserir os dígitos no final da lista e depois invertê-la, por que não inserir os novos elementos sempre no início dela? Assim eles já ficam na ordem certa. Basta usar sempre o índice zero no insert, assim: n = # ler o número result = [] while n > 0: result.insert(0, n % 2) # insere sempre no início da lista n //= 2 # depois você ...


3

A necessidade do espaço adicionado ao inicio da entrada se dá por conta do mal uso do método str.find() e uma conversão de tipos desastrosa. O método str.find() retorna um valor numérico inteiro(zero ou positivo) que é o índice da primeira aparição de substring, passado por parâmetro, dentro de uma string. Ou então retorna -1 caso a string não seja ...


0

Outra forma interessante para se implementar um conversor de decimal para binário é: print('=' * 68) print(f'\033[34m{"Conversor Decimal para Binário":^68}\033[m') print('=' * 68) cont = 0 while True: cont += 1 if cont == 1: msg = f'um' else: msg = f'outro' n = int(input(f'Insira {msg} número em decimal para ...


0

Somente mudar o tamanho do aux ou adicionar - 1 não vai funcionar no caso acima: Segue uma solução baseada no seu raciocínio: n = int(input('Insira um número decimal para conversão em binário ')) cont = [] while n >= 1: cont.append(n % 2) n = n // 2 for item in cont[::-1]: print(item)


0

Tente mudar esta linha: aux = len(cont) Para isto: aux = len(cont) - 1


0

Quando estamos trabalhando com matrizes devemos saber o número de linhas e também o número de colunas. Se a sua intenção é montar uma matriz você pode utilizar o seguinte algoritmo abaixo. Observe que, neste algoritmo, utilizei o laço de repetição for em vez do while. import numpy as np m = int(input('Digite o número de linhas: ')) n = int(input('Digite o ...


0

Ao invés de receber calc_corte como parâmetro, você pode declará-lo dentro do método calculo_peso: # Como o método aproveitamento retorna o calc_corte, voce pode fazer isso def calculo_peso(self): calc_corte = self.aproveitamento() # <- dessa forma! peso_m = float(input("Insira o peso por metro da barra: ")) peso_t = (...


0

import speech_recognition as sr r = sr.Recognizer() while True : with sr.Microphone() as source: print("Diga algo!") audio = r.listen(source,timeout = None) try: print("Você disse: " + r.recognize_google(audio, language = 'pt-BR')) except sr.UnknownValueError: pass except sr.RequestError as ...


1

Uma alternativa é guardar os horários disponíveis e os respectivos médicos em um dicionário. Uma sugestão é ter esta estrutura: from datetime import datetime, time # dias da semana: 0 - segunda, 1 - terça, etc horarios = { 'Carlos': { 0: (time(10, 0), time(12, 0)), # segunda, das 10h às 12h 3: (time(15, 0), time(16, 30)) # quinta, das ...


2

lista = [['pedro', 'marcos', 'mario', 'pedro', 'marcos', 'mario'],[5.2, 2.2, 6.1, 6.2, 1.1, 5.0]] nova_lista = [[],[]] for l, j in zip(lista[0], lista[1]): if l not in nova_lista[0]: nova_lista[0].append(l) nova_lista[1].append(j) if l in nova_lista[0] and nova_lista[1][nova_lista[0].index(l)] < j: ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas