Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

25

A recomendação inicial é sempre usar o recurso existente na linguagem até que exista um motivo para não usar. Funcionamento da propriedade Entenda que uma propriedade é apenas syntax sugar, ou seja, na prática o compilador transforma uma propriedade em dois métodos. Por exemplo, se criar uma propriedade do tipo string chamada Nome, na verdade internamente ...


18

Ótimo ter perguntando. Nunca é legal sair usando coisas sem questionar. Mesmo que acerte, será por coincidência. Os dois códigos de uso da propriedade (os do fim da pergunta) são equivalentes. Podemos dizer que o segundo será o código realmente gerado quando usa o primeiro. Não existe nenhuma razão para escrever o segundo. A forma do segundo só é útil ...


17

Vamos por partes: Quando "toda a Internet" diz uma coisa e você não quer fazer o mesmo - quem você acha que está indo na contramão? Em Python não há o costume de se usar getters e setters, por que tem que se pensar de uma forma diferente. Quando você fala em "atributos privados" - eles são privados para "quem"? A ideia do encapsulamento em OO é que ...


13

A resposta do @Maniero já está perfeita, então vou apenas adicionar alguns pontos que considero boas práticas, e fazer notas sobre as já mencionadas: propriedades forçam o get e o set a permanecerem próximos visualmente... isso é muito bom, pois permite organizar o código de uma forma clara. propriedades podem ter getter e setter com visibilidades distintas,...


11

Não está declarando a propriedade duas vezes, está declarando um campo e uma propriedade que usa este campo. Em algo simples assim não é necessário fazer desta forma, pode fazer: public int Years { get; } O campo é automaticamente declarado internamente (não fica disponível para seu código, nem dá para saber o nome que usado salvo com reflexão, o que não ...


10

Existe exatamente essa pergunta no SO EN. Se precisas mesmo de setters e getters, dever usá-los através de property, ex: class Pessoa(object): def __init__(self, nome, idade, salario): self._nome = nome self._idade = idade self._salario = salario @property def nome(self): print('get do nome') return self....


9

Mads Torgersen (da equipa de design de C#) anunciou que esta é um feature que está a ser considerado para a próxima release (C# 6.0?). Actualmente: private readonly int x; public int X { get { return x; } } Com C# 6.0: public int X { get; } = x; Fonte: Probable C# 6.0 features illustrated


9

Basta usar o modificador readonly num campo: public readonly int Numero; Por exemplo. Assim, Numero só poderá ser atribuído um valor no Construtor da classe. Note que não se usa readonly numa propriedade; Para tornar uma propriedade somente leitura, define-se seu setter como private: public int Numero { get; private set; }


8

O objectivo é apenas facilitar a escrita da classe, como por exemplo deixar de ser necessário declarar um construtor para fazer as inicializações, ou trás algo mais? Na verdade deixar de ser necessário declarar construtores. Inicialização de variáveis já eram feitas num contexto estático. Agora a linguagem abriu possibilidade para inicialização de ...


8

A primeira forma: public string Codigo { get; private set; } declara uma propriedade de leitura pública e escrita privada. A segunda forma: public string Codigo { get; } declara uma propriedade readonly pública, como é readonly apenas é possível iniciá-la no construtor ou durante a declaração. A segunda forma garante imutabilidade externa e interna,...


8

Em C# o que você chama de atributo é tratado como campo, já que atributo é outra coisa na linguagem (algo semelhante a anotação do Java). Embora possa fazer exatamente igual no C#, não é idiomático. C# possui um açúcar sintático que facilita o seu uso. No fundo o que está sendo feito internamente é criar um campo e um par (até pode ser só um) de métodos (...


8

você pode definir um get;set; personalizado. public class Mesa { public int Cdmesa { get; set; } public int Flsituacao { get; set; } public string Status { get { switch (this.Flsituacao) { case 1: return "LIVRE"; case 2: return "OCUPADO"; default: ...


8

O primeiro propósito da existência de propriedades no C# é permitir que a classe exponha publicamente valores(estado) mantendo privado(encapsulado) a sua implementação e validação. Isso é conseguido recorrendo ao uso de um campo privado(backing field) cujo valor é acedido através dos métodos get() e set() da propriedade. A declaração do backing field ...


7

Tanto as propriedades automáticas disponíveis desde o C# 2, quanto a inicialização delas disponível desde a versão 6 são apenas açúcares sintáticos. Dá no mesmo criar a propriedade de forma mais "manual" e inicializá-la em um construtor. Claro que se for mais fundo a própria propriedade é apenas um par de métodos com características específicas, mas vamos ...


7

A primeira forma pura e simples pode ser obtida com um Dictionary var casa = new Dictionary<string, object>(); casa.Add("cor", "verde"); casa.Add("tamanho", 2000); var cor = casa["cor"]; var tamanho = casa["tamanho"]; Veja funcionando no dotNetFiddle com sintaxe de inicialização. Eu evitaria fazer isto já que o objeto fica sem tipagem. O primeiro ...


7

De acordo com a documentação, os trechos são (praticamente) equivalentes. No segundo, você define um campo da classe como privado e cria uma propriedade para gerenciá-lo. public class Person { // Define o campo `name`: private string name; // Define a propriedade `Name`: public string Name { get { return ...


7

Provavelmente a forma mais simples seria: public lateinit var prop: String fun init(param: String) { valor = Executa(param) } Kotlin tem propriedades de forma muita parecida com as propriedades de C#, com uma sintaxe melhor, então pode parecer que ali tem um campo, mas é uma propriedade, mesmo que não tivesse o lateinit. Coisas como setContentView() ...


7

As propriedades automáticas são apenas o que chamamos de syntax sugar, ou seja, uma forma para escrever menos código quando aquilo é o normal que você fará na maioria das vezes. A pergunta está bastante confusa e por isso dá para inferir que deve fazer bastante confusão em muita coisa. O exemplo de cima é bem diferente do exemplo de baixo, afinal o de cima ...


6

Tem. Existem basicamente duas opções. Uma é usando get_object_vars: var_dump(get_object_vars($classe)); E a outra é iterar sobre o objeto: foreach ($classe as $key => $value) { print "$key => $value\n"; } Aí dá para usar a criatividade para acessar de formas diferentes usando estas técnicas. O importante é que no fundo as classes são arrays ...


6

Você pode utilizar indexadores conforme exemplo da própria documentação da Microsoft (https://msdn.microsoft.com/pt-br/library/2549tw02.aspx): class Program { static void Main(string[] args) { List<Casa> lstCasas = new List<Casa>() { new Casa("Azul", 50), new Casa("...


6

A propriedade mesmo é um método ou um par de métodos get e set. Então como todo método um espaço da memória é ocupado para o código do método. É algo muito pequeno e praticamente pode ser desconsiderado. Como todo método há uma execução de código e há um custo de processamento que depende do que será executado. Mesmo um método vazio tem algum custo, se não ...


6

Você está tentando acessar a propriedade casas em um object, esta propriedade não existe em object. Você pode fazer um cast Console.WriteLine(((casa)(cidade1.casas)).dono). Mas o correto é você alterar suas classes para não usar object e sim usar o nome da classe corretamente. Claro que é possível usar object e ficar fazendo casts pra lá e pra cá, mas ...


6

Este é uma técnica de memoização. Então neste caso está declarando uma propriedade que possui um get que entregará o valor definido ali, no caso "$firstName $lastName", porém o valor ali é gerado apenas uma vez e não precisa ser calculado todas as vezes que acessar a propriedade, o que em geral é um ganho de performance, ainda mais se a informação tiver que ...


6

O código original deste é: public class C { public string estante { get; set; } public string armazem { get; set; } public string filial { get; set; } } Eu fiz a engenharia reversa da engenharia reversa :) Este código no nível mais baixo da linguagem não existe. Antes de processar para gerar o código CIL de baixo nível é preciso fazer um ...


5

Não é possível fazer a sobrecarga(overload) de propriedades. Terá de criar uma classe que encapsule esse comportamento, qualquer coisa assim: public class LogicalValue { public bool Value { get; } public LogicalValue(int value) { Value = clsGeneric.convertToBool(value); } public LogicalValue(string value) { Value = ...


5

Provavelmente o que você quer é isto: public void setEmpregados(Funcionario[] empregados) { this.empregados = empregados; } Mas como vai precisar sempre criar um array deste tipo, pode simplificar e mandar só o tamanho que deseja. public void setEmpregados(int tamanho) { this.empregados = new Funcionario[tamanho]; } Dá até para manter as duas ...


5

Em C# você cria propriedade que nada mais é que um campo privado (e não atributo que é outra coisa em C#) com um par de métodos (pode ser um só) que vão dar acesso a este campo. Você não os vê como métodos (é açúcar sintático) mas é o que ele é. Seria basicamente isso: public class Pessoa { private int idade; public int getIdade() { return idade; } ...


5

Atualmente o C# admite que você declare uma propriedade assim: public Foo foo { get; set; } E por baixo dos panos você tem o campo privado para guardar um valor através do nome da propriedade e ser lido com o nome da propriedade. Isso nem sempre foi assim... Nas versões antigas, você precisava declarar o campo. Hoje você só precisa de um campo privado ...


5

Existe em C# sim. Elas são propriedades indexadoras. E portanto servem justamente para ter um indicador de qual o índice de uma coleção de dados está querendo pegar. É possível ter mais de um parâmetro, mas todos deveriam ser índices de uma matriz. Em VB.NET é um pouco mais flexível porque pode nomear a propriedade e C# não, então é possível ter mais de um ...


5

Gambi alert Use uma enumeração: using static System.Console; public class Program { public static Naipe Naipe { get; set; } public static void Main() { Naipe = Naipe.Copas; WriteLine($"{(char)Naipe.Espada} {(char)Naipe.Paus} {(char)Naipe.Copas} {(char)Naipe.Ouro} {(char)Naipe}"); } } public enum Naipe { Espada = 9824, Paus = ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam