Novas respostas marcadas com a tag

1

Eu ia falar pra você criar um array adapter pra cada filtragem que vc quer, então se vc quer só os nome dos users chama um array adapter só com o "this.usuario.setNome".


0

Certo, existem algumas abordagens que você pode usar: Cadastrar no momento da inserção Uma opção seria cadastrar o valor desta coluna na inserção, nesse caso você precisa criar esta coluna em sua tabela, uma vez criada você pode criar um trigger no BEFORE INSERT OR UPDATE, este trigger pode alterar o NEW.totaldia para ser investimentodia*30, ex: CREATE OR ...


0

Por favor especifique a chave primária das suas tabelas: Talvez o codigo abaixo te atenda. UPDATE pcp.estoque_movimento As T SET T.entrada = NEW.saldo Where T.prefixoproduto = NEW.prefixoproduto and T.id = NEW.id and T.id_departamento = NEW.id_departamento;


0

Os identificadores no banco de dados não podem conter caracteres inválidos, como neste caso o '-', ou seja, o nome de sua tabela "TB-PRODUTO" é inválido. O nome correto deveria ser "TB_PRODUTO".


0

Conforme indicações de @RicardoPontual e @Motta, a solução que estava desenvolvendo não daria certo, pois acabaria caindo em uma recursão da execução da query, foi indicado a resolução por meio de uma procedure onde apenas faria a chamada da mesma, não sei se a execução foi a melhor, acredito que dê para melhorar, mas segue o código desenvolvido. CREATE OR ...


-1

Se sua classe ApirestApplication estiver na raiz do projeto não precisa ter essa configuração @EntityScan("com.produtos.apirest.models") Pois o Spring irá ler tudo desde que esteja na raiz. Com relação ao erro que você está tomando pode ser que seja a propriedade abaixo: spring.jpa.hibernate.ddl-auto=update Mude para: spring.jpa.hibernate.ddl-auto=...


-1

Nessa solução busquei oferecer 3 opções de resolução, sendo elas: Solução Proposta 01 - Com GROUP BY Solução Proposta 02 - Com SubConsulta Solução Proposta 03 - Com CASE WHEN As soluções foram testadas no SQL Fiddle. Utilizei como base inicial o modelo de dados fornecido pelo @rLinhares na resposta dele com pequenos ajustes. No final da resposta, mostrarei ...


-1

Uma forma de fazer esse controle é, ao invés de dois joins com a tabela de histórico, trazer o controle de aprovado/reprovado do where, somando (sum) de acordo com o conceito - controle feito via CASE. SELECT D.nome, SUM(CASE WHEN H.conceito = 'aprovado' THEN 1 ELSE 0 END) as aprovado, SUM(CASE WHEN H.conceito = 'reprovado' THEN 1 ELSE 0 END) ...


0

Acredito que o problema esteja em obter a conexão, pois como você mesmo afirmou, a consulta está funcionado quando consulta por meio do terminal. Para solucionar: Altere a forma de conexão informando os parâmetros necessários. import psycopg2 connection = psycopg2.connect("dbname='vone' user='postgres' host='localhost' password='123456'") print(...


As 50 principais respostas recentes são incluídas