Novas respostas marcadas com a tag

3

A sua dúvida é em como está estruturada a memória de um programa. Pesquise por artigos sobre a organização da memória de um processo para ter uma visão mais ampla. Aqui vou dar apenas as noções mais básicas que te ajudarão a visualizar o que acontece na máquina. Quando você manda executar um programa, o SO aloca um bloco na memória para armazenar as ...


1

Sim, a função se transforma em um conjunto de instruções em código de máquina. Esse conjunto de instruções da função fica armazenado em um endereço de memoria, por isso, por exemplo, se consegue usar a mesma função muitas vezes no programa em "lugares" diferentes. Quando se declara a função é a mesma coisa de estar se declarando uma variavel. Um endereço ...


0

Se você possui o array no seu escopo, você pode usar a função sizeof pra descobrir o tamanho em bytes e usar divisão para calcular a quantidade de elementos, da seguinte maneira: #define NUMERO_DE_ELEMENTOS 10 int arr[NUMERO_DE_ELEMENTOS]; tamanho_arr NumeroDeElementos= sizeof(arr)/sizeof(arr[0]); Agora, se você esta passando o array como argumento de uma ...


6

Uma função está onde? Na memória, certo? E toda a memória é endereçável, certo? Portanto a pergunta é por que uma função pode ser endereçada? Na verdade uma função sempre é endereçada, mesmo que você não veja o ponteiro para ela (muito comum as maioria das linguagens esconderem ponteiros), ainda assim quando chama uma função está na verdade desviando a ...


0

O problema é que o trecho de código abaixo aloca memória para apenas o ponteiro nome do primeiro elemento do vetor. ptr1->nome = (char*) malloc(sizeof(char) * tamanho_nome); O certo seria iterar por todos elementos e alocar para cada um. Como embaixo: ptr1 = (struct Aluno*) malloc(sizeof(struct Aluno) * tamanho_vetor); for(int i = 0; i < ...


5

É permitido fazer isto de acordo com o padrão, só não é obrigatório, então alguns compiladores podem deixar ou não e podem inclusive deixar só onde faça sentido. Mesmo que o compilador deixe pode não faz sentido, ou pode causar problemas em certas situações. Lembro sempre: Tem compilador que não aceita. Mas depende de configuração. Mas olha que beleza ...


4

Basicamente você entendeu. O & cria uma referência, então o valor que obterá é um ponteiro, ou seja, um endereço de memória do local onde realmente está o dado (referência é algo que se refere a algo). Entenda a referência como um endereço onde está uma casa, e a casa é o objeto real. Quando você declara x com valor 10. implicitamente está dizendo que o ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas