Respostas interessantes marcadas com a tag

18

Polymer é uma biblioteca que facilita a criação de Web Components, que são elementos HTML customizados, independentes e reutilizáveis. A ideia é que você consiga criar seus próprios componentes apenas com HTML, os mesmos tendo um comportamento único e focado. Vejamos o elemento select. Ele tem um único objetivo: selecionar um ou mais item(ns) de uma lista ...


7

Bom, as duas tem objetivos diferentes, e em algum ponto podem até se cruzar. O Polymer tem como objetivo encapsular o html, js e css utilizando a spec de importação de .html, shadow DOM e componentes web. Importação de arquivo html (html import) ex: Adicionando um menu html em um site sem importação de html: <link rel="stylesheet" href="menu.css"> &...


5

Após muito pesquisar sobre o assunto, descobri que existe um polyfill que foi feito pela equipe do Polymer, que é independente do plataform.js e adiciona suporte aos browsers modernos a Custom Elements de forma bem completa. https://github.com/Polymer/CustomElements Fiz testes com essa lib independente do Polymer com o Opera 12 e obtive sucesso ao utilizar ...


5

Como nunca usei nenhuma das duas bibliotecas, respondo com o que entendo ser a diferença básica entre elas: enquanto o Polymer é uma tentativa de dar suporte imediato às novas especificações do W3C que, em conjunto, são chamadas de Web Components, o ReactJS é um framework totalmente independente dessas especificações. O objetivo das duas é semelhante (criar ...


4

Complementando a resposta do @Danguilherme segue alguns detalhes importantes: Benefícios São muitos os benefícios do Polymer onde podemos destacar: Programação Declarativa Permite implementar Linguagem Específica de Dominio - DSL usando Markup poderoso, intuitivo, significativo e expressivo. Composição à partir de Componentes menores Blocos de ...


3

Você pode ocultar o scroll quando o mouse passar em uma determinada área, no meu exemplo eu coloquei para ocultar o overflow ao passar pela <div id="azul">. var azul = document.getElementById("azul"); azul.onmouseover = function(){ document.body.style.overflowY = "hidden"; }; azul.onmouseout = function(){ document.body.style....


3

O principal problema no seu código é estar tentando acessar a propriedade href de um conjunto de valores. A função getElementsByTagName, como o próprio nome diz, traz uma lista de elementos pelo nome da tag, mas você tentou acessar a propriedade href da lista, não dos elementos. De qualquer forma, existe uma maneira mais simples: Basta você utilizar o ...


2

Eu uso o Polymer e não vejo necessidade de usar o Angular e explico porque. Para entender isso devemos responder a pergunta: Como o AngularJS 2.0 e o Polymer estão relacionados ? Resposta direta: eles não estão relacionados. O Angular 2.0 foi totalmente reescrito com o intuito de se apoiar nos web-componentes usando uma abordagem própria com directivas ...


2

Usando .filter(): function teste(){ var div = document.querySelectorAll('.box'); [].filter.call(div, function(e){ if(e.querySelectorAll("a:not([href='#'])").length == 0) e.hidden = true; }); } <div class="box"> <a href="#">A</a> <a href="#">B</a> <a href="#">C</a> <a href="#"&...


1

Consegui resolver, criei uma variável para guardar o this, e a usei para adicionar a classe. Segue abaixo ready(){ super.ready(); var element = this setTimeout(function(){ element.$.load.classList.add('hidden'); }, 4000); }


1

No seu código: function isFree(){ var preco = document.getElementsByClassName('comprar'); for(n = 0; n < preco.length; n++){ var validaPreco = preco[n].innerHTML; if(validaPreco == '$ 0'){ validaPreco = 'Grátis' } } } Você define o valor de validaPreco como "Grátis", mas isso não irá se refletir no DOM, pois ...


1

Eu vi uma solução com replace também e eu achei ruim exatamente por causa desses conflitos que pode dar. Eu resolvi isso utilizando o gulp-hash de maneira que ele coloca o hash no nome do arquivo e gera um json com o hash gerado. Exemplo do gulp: gulp.task('css-default', function() { return gulp.src([ './static/css/*.css' ]) .pipe(...


1

Cara, tenho uma solução que pode lhe ajudar. String.prototype.template = function (obj) { return this.replace(/\{\{([\w]+)\}\}/g, function (str, prop) { return obj[prop]; }); }; var varString = '<input data-index="0" type="checkbox" name="name" value="{{id}}"> {{nome}}'; var users = [ { ...


1

As linhas que criam a célula são var texto=document.createTextNode(conteudo[i][o]); t.appendChild(texto); Repare que a variável texto é atribuída com o resultado de um chamado à função createTextNode, que cria um nó de texto com a string fornecida como parâmetro. Se você fornecer uma tag a essa função, ela vai escapar os caracteres especiais pra imprimir o ...


1

João Paulo, não acredito ser boa prática alterar conteúdo do "insertion point" à partir de seu componente pois isto destroi o encapsulamento. O "insertion point" serve para implementar injeção de dependência e permitir que o cliente especifique conteúdo a ser inserido em pontos definidos do layout do componente. Seguramente deve existir outra forma de ...


1

Seria uma extensão para o HTML. Onde muitas funções seriam encapsuladas em tags HTML. Por exemplo adicionar um mapa com o Google Maps: <!-- Import element --> <link rel="import" href="google-map.html"> <!-- Use element --> <google-map lat="37.790" long="-122.390"></google-map>


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam