Respostas interessantes marcadas com a tag

1

Você pode criar um bloco de código anônimo através da cláusula DO, resumidamente é uma function que não pode ter retorno e não é preciso gravar um objeto no banco de dados. Na function será realizado um loop no resultado da consulta SQL e para cada tupla será executado o comando para renomear a tabela. do $$ declare tables record; begin for tables ...


1

Infelizmente (ou felizmente), em PostgreSQL não existem TRIGGERS do tipo AFTER SELECT. Porém, você pode resolver o seu problema "encapsulando" sua tabela em uma stored procedure escrita em PL/pgSQL. Essa stored procedure seria capaz de recuperar os dados da tabela e depois gravar essa atividade em uma outra tabela específica, a tabela não poderia ser ...


1

Pelo que me passou pelo chat, e utilizando a data para ordenar os registros (sim, se precisa do momento em que teve o saldo 0, você precisa ter o registros dos momentos em que aconteceram) fiz a seguinte query: with temp as ( SELECT row_number() OVER(ORDER BY a.data, a.num) AS i, a.num, coalesce(a.credito,0) as credito, coalesce(a.debito,0)*-1 as debito, a....


1

Você pode usar o IF EXISTS, verificando se o valor existe na tabela com a FK: IF NOT EXISTS (SELECT 1 FROM TabelaFK WHERE campo = valor) THEN -- insere os dados na tabela "FK" END IF; Referência (em inglês) do PostgreSQL: EXIST Também pode ser feito assim: declare tot integer; SELECT count(*) INTO tot FROM forma_pagamento WHERE descricao like '%...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam