Respostas interessantes marcadas com a tag

15

Segundo o artigo da Wikipedia: É característica de um estado que sobrevive ao processo que o criou. Sem essa capacidade, o estado só existiria na RAM, e seria perdido quando a RAM parasse (desligando-se o computador, por exemplo). É só um nome bonito pra dizer que gravou os dados em algum lugar e que não se perderá quando o computador for desligado (HDD, ...


9

Os dados em memória se perdem assim que o programa termina. Para que esses dados não se percam é necessário que sejam gravados em um dispositivo físico. Portanto: a persistência de dados, na computação, refere-se ao armazenamento não-volátil de dados, por exemplo, o armazenamento em um dispositivo físico como um disco rígido.


6

Vamos lá: onSavedIntanceState : Este guarda informações adicionais da tela, como variáveis que não estão associados a View, para quando recriar a Activity, os dados sejam populados! Ele salva (temporariamente) as informações da tela quando destruída através do método onSaveInstanceState e disponibiliza através do método onRestoreInstanceState. O ...


5

Depende do tipo de problema que você espera ter. Se for só erro de lógica me parece que esta é a melhor forma mesmo. Ela já diz se alguma operação persistiu ou não. Mas pode não ter persistido por uma série de razões que o próprio EF informação através de exceção, aí só capturando uma exceção para saber. Sempre capture as exceções esperadas e que pode ...


3

Suponha uma classe mapeada e anotada com JPA/Hibernate que represente Usuario com esses campos, refletindo uma tabela que você já tenha no banco de dados: @Entity class Usuario { @Id private long id; private String login; (...) //getters e setters } Agora suponha o seu método de consulta no banco que deseja trazer um Usuario a partir de uma ...


3

Não existe nada incorreto. Ocorre que o 0.0000000000 está sendo representado pela notação científica quando visualizado pelo debug. Enfim, isso não vai causar nenhum erro, já que é apenas uma representação. Suas contas serão feitas com 0. UPDATE - Complementado a resposta: Fiquei curioso com o fato de que pra alguns casos o toString() do BigDecimal ...


2

No JPA existe o conceito de dono do relacionamento (relationship owner). No seu caso é a entidade Adicao que possui uma chave estrangeira para a entidade DeclaracaoImportacao, portanto é a entidade Adicao que é dona do relacionamento! Se você criar uma nova adição e adicioná-la na lista de uma declaracaoImportacao, ao salvar a declaracao a adicao também ...


2

sim existem diferença de comportamento entre os dois, porem apenas onde a especificação não deixa clara o que deve ser feito, segue os links para mais informações. http://blog.caelum.com.br/jpa-hibernate-ou-eclipselink/ http://blog.caelum.com.br/jpa-2-curiosidades-nas-implementacoes-parte-2/ De modo geral o Hibernate costuma apresentar uma performance ...


2

O que acho que esta acontecendo em seu código é que você deve ter gerado uma tabela antes com dados diferentes, o porque disso é que ao analisar o erro ele retorna: Column 'pais_id' cannot be null Mas não vejo no seu código você declarando essa coluna com esse nome @Id @GeneratedValue public Long getId() { return id; } E por ser informado que essa ...


2

No Hibernate 5.2 o persistence provider padrão é o org.hibernate.jpa.HibernatePersistenceProvider. O provider no pacote ejb já estava sendo deprecated desde a versão 4.3 do Hibernate ORM. Mude a linha do provider no persistence.xml para: <provider>org.hibernate.jpa.HibernatePersistenceProvider</provider> E tudo deve funcionar. Fonte: SOen - ...


2

sim tem como, no netBeans a maneira mais pratica é clicar com o botao direito em cima do seu jframe e ir em propriedades.. na primeira linha ja vai ter um defaulCloseOperation... tem 4 opções.. também outra idéia é criar um evento que salve sua aplicação antes de fechar literalmente o programa.. isso você pode fazer por exemplo clicando no seu frame com o ...


1

Você poderia verificar se o usuário, baseando-se pelo login do mesmo, já existe antes de realizar a inserção. public boolean usuarioExistente(Usuario usuario) { try { Usuario usuario = (Usuario) entidadeGerenciamento.createQuery("SELECT u FROM Usuario u WHERE u.login LIKE :login").setParameter("login", "%" + usuario.getLogin() + "%")....


1

Seu problema, possivelmente, está aqui: @ManyToOne @JoinColumn(nullable = false) public Pais getPais() { return pais; } A coluna pais_id não é referenciada em nenhum momento no seu mapeamento, logo ela não é mapeada e, por consequência, não preenchida na hora da gravação dos dados. Como ela tem uma constraint de não poder ser nula, o erro ocorre. ...


1

Ambos os frameworks de persistência implementam a JPA. 1 - Existe diferença entre os dois? Sim, existe diferenças. No entanto, o senso comum entenda que o propósito é o mesmo: ambos implementam a Especificação JPA. O Hibernate nasceu sem JPA mas hoje em dia é comum acessar o Hibernate pela especificação JPA: podemos citar: Hibernate da JBoss, EclipseLink ...


1

Em geral, não é uma boa ideia usar as entidades JPA/Hibernate e transformá-las em Json, ou envolvê-las em qualquer outro tipo de serialização. Como ela pode envolver mapeamentos circulares (como no seu caso), isto pode criar situações como a sua, além de muitos outros problema que vão de desempenho até manutenção. Para este tipo de problema, é mais flexível ...


1

O @JoinColumn serve para vc informar a coluna da tabela q referencia outra tabela. Por exemplo: se vc tem a tabela Venda, essa tabela deve ter uma coluna onde vc informar o cliente (clienteId por exemplo), então vc informaria: @ManyToOne @JoinColumn(name="clienteId") private Cliente cliente ; No caso do OneToMany, normalmente vc informar a coluna na tabela ...


1

Conforme citado nos comentários, suas configurações utilizam o MySQL e não o Oracle. Para utilizar o Oracle faça: <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?> <persistence xmlns="http://java.sun.com/xml/ns/persistence" xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xsi:schemaLocation="http://java.sun.com/xml/ns/persistence http://java.sun.com/xml/...


1

Com um try/catch, no caso de falhar o Add ou o savechanges é lançada uma excepcao. public bool IncluirRegistro(Pessoa tEntEF) { try{ db.Pessoa.Add(tEntEF); int DadosSalvos = db.SaveChanges(); return true; } catch(Exception e){ return false; } }


1

Considerando que: As tabelas estão corretamente mapeadas em classes; As classes se chamam, respectivamente, Tabela1, Tabela2 e Tabela3; Os atributos das classes se chamam tabela2 e tabela3: Então você pode fazer: select avg(t.valor) from Tabela1 t where t.tabela2.tabela3.id = {valor}


1

Simplesmente deixei a classe Shop(responsável pelo pojo) sem usar os argumentos para conseguir pegar as informações do Firebase com onDataChange(). data class Shop (val name : String, val subTitle: String, val thumbnail : Int) { constructor() : this("", "",0 ) } Na classe ShopAdapter dentro do método onBindViewHolder além do necessário do Firebase ...


1

O propósito do Lock é impedir o surgimento de inconsistências devido ao acesso concorrente a um recurso. Existem basicamente duas estratégias de lock: O otimista e o pessimista. O pessimista simplesmente bloqueia o acesso ao recurso até que o mesmo esteja disponível novamente. Já o otimista permite o acesso mas verifica se o item foi modificado após o seu ...


1

Na classe Curso, o CursoId substituiu os campos sigla e periodo, e o @IdClass foi removido: @EmbeddedId private CursoId cursoId; //getter e setter pro CursoId também adicionados Na classe CursoId foi adicionada a annotation @Embeddable: @Embeddable public class CursoId implements Serializable


1

É necessário criar o EntityManagerFactory a partir do Hibernate/JPA. Mas qual a necessidade de usar o EntityManager? O Session provê tudo que você precisa e ainda com mais funções. Mas seria algo como: EntityManagerFactory factory = Persistence.createEntityManagerFactory("entidade"); EntityManager manager = factory.createEntityManager(); Mas se for só ...


1

Tente assim: "SELECT COUNT(e) FROM Empregados e" Fonte: http://www.java2s.com/Tutorials/Java/JPA/4510__JPA_Query_COUNT.htm


1

O método Persistence.createEntityManagerFactory tem um overload que você pode passar um Map com as configurações do persistence.xml, aí você carrega elas de onde achar melhor (ex: um arquivo de configuração); Map properties = new HashMap(); properties.put("javax.persistence.jdbc.driver", "oracle.jdbc.OracleDriver"); properties.put("javax.persistence.jdbc....


1

Acredito que a melhor solução seja informar suas configurações de conexão no Tomcat, e não no projeto. Seguindo a documentação do Tomcat 7: Dentro do Context da sua aplicação, crie um Resource (atenção para o nome: jdbc/TestDB): <Context> <Resource name="jdbc/TestDB" auth="Container" type="javax.sql.DataSource" maxActive="100" ...


1

O tipo de banco de dados que você usa para implementar o Event Sourcing é indiferente. Creio que nisso resida o fato da dúvida sobre esse tema: não é sobre aplicar ferramentas diferentes para solucionar novos problemas mas sim enxergar velhos problemas de maneira diferente e modelá-los de maneira diferente. Isso independe da ferramenta utilizada. Apesar do ...


1

Veja se são essas que você quer. <dependency> <groupId>org.eclipse.persistence</groupId> <artifactId>org.eclipse.persistence.jpa.jpql</artifactId> <version>2.5.0</version> </dependency> <dependency> <groupId>org.eclipse.persistence</groupId> <artifactId>eclipselink&...


1

eu acabei achando uma solução simples para este problema. Este erro ocorre devido alguns bugs no Glassfish 4.1 que já vem com Netbeans,a solução simples e você baixa direto do Site do GlassFish a versão instável. Espero ajudar aqueles que tenha o mesmo problema que eu. Obrigado um bom dia a todos.


1

eu já tive problemas semelhantes a este por usar versões diferentes de alguma biblioteca. Confirma se as bibliotecas da máquina nova são as mesmas da antiga.


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam