Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

8

Você não criou um construtor. Na verdade você criou um método que retorna um boolean, e que por acaso tem o mesmo nome da classe. Mas quando você faz new ContaFisica(...), está chamando o construtor, não o método. Construtores não devem ter o tipo de retorno declarado, pois eles já retornam uma instância da própria classe. Se quer validar algo no construtor ...


8

Tenho minhas dúvidas se a afirmação do primeiro parágrafo está correta, na verdade nem sei se ela está clara. Qual a vantagem dos objetos em PHP serem passados por referências por padrão? Basicamente duas: não precisar copiar o objeto, o que muitas vezes pode ser uma operação relativamente custosa porque alguns objetos tendem ser um pouco grandes (...


7

Deveria criar tudo o que é comum na classe abstrata, tanto campos quanto métodos, o que for possível porque é o mesmo em todas as classes. Mesmo que o comportamento dos métodos sejam potencialmente diferentes pode colocá-los e sobrescrever se for diferente na classe herdada, mas o contrato já está na classe superior. Outros problemas Inclusive não faz ...


5

Tem alguns erros aí. Herança não é quase errado, é certo quando faz sentido, geralmente quando atende o princípio de Liskov. Quando a herança não é adequada então a composição é mais interessante. É comum, mas não obrigatório que só deveria herdar de classes abstratas ou interfaces, então a herança está certa, até porque herdar delas ainda é herança de ...


5

Não existe essa relação direta entre paradigmas e tamanho de executável, principalmente de forma absoluta. E confunde duas coisas diferentes também sem relação, afinal o imperativo certamente é um paradigma, e orientação a objeto talvez não seja, pelo menos algumas não consideram assim, mas se for é um paradigma secundário, tanto que ele é usado junto com ...


4

Você está chamando esse toString() (que aceita um Object) porque não tem um método que manda imprimir a representação textual de depuração de um array de Apartamento, tem só um que imprime um array de Object que imprime exatamente isto que está aparecendo, afinal um Object é algo genérico. Se você quer algo diferente disto tem que escrever um código que ...


3

É assim mesmo que funciona o polimorfismo. Quando você criou um objeto do tipo Homem ele tenta executar os métodos deste objeto, certo? E ele achou o ver(). Se um método não existe neste tipo o que ele faz? Ele procura o método no tipo ascendente dele, no caso no Primata, e acha o andar(), certo? E se ainda não achar procura no próximo ascendente, por isso ...


3

Você precisa chamar o método de validação dentro de __init__, por exemplo: class Data(): def __init__(self, dia = 1, mes = 1, ano = 1980): self.__dia = dia self.__mes = mes self.__ano = ano if not self._valida(): raise ValueError("valores inválidos") Também seria mais Pythônico usar os atributos da ...


2

Acho deve fazer o setter e getter de outra forma, fiz um exemplo simples para demonstração class GetSet: def __init__(self, arg): self._valor = arg @property def valor(self): return self._valor @valor.setter def valor(self, arg): self._valor = arg E a forma de fazer uso teste = GetSet(10) print(teste.valor) ...


2

Lucas, o erro que você está cometendo é na hora de iniciar os atributos da sua estrutura. Note que ao invés de iniciar os atributos como preco, nome e local, você está reatribuindo os argumentos da função (precoin, nomein, localin) com os valores não iniciados da sua estrutura. Outra coisa: apesar de "funcionar", a forma com a qual você calcula os tamanhos ...


2

Em OO existe a preocupação de não violar o encapsulamento das classes, ou melhor, a ocultação das informações. Podemos dizer que é um princípio de design. Essa violação ocorre por exemplo quando a classe tem um campo na forma de uma coleção (por exemplo, uma lista) de itens e você expõe essa coleção através de um getter. Existe o perigo de manipular a ...


1

Você precisa ter em mente que em JavaScript algumas coisas são diferentes da maioria das linguagens que trabalham com OO. As propriedades são membros definidos diretamente nos objetos e não nas classes como seria em outras linguagens. Por isso, o primeiro parâmetro de Object.defineProperty é o objeto onde a propriedade será definida, não uma definição de ...


1

Antes de começar tenho que dizer que o que chama de atributo na verdade se chama campo e o que está usando de fato é nenhum dos dois, é a propriedade. Também tenho que alertar que está tentando fazer algo que não é simples. Parece simples e pode dar certo de início, mas no momento que for usar para os tipos de produto reais pode não dar tão certo assim. ...


1

Isso nada tem a ver com segurança, nem de uma forma, nem de outra, segurança é outra coisa. O que podem estar falando é que evita-se algum problemas fazer assim, então seria seguro por causa disto, mas não tem a ver com o conceito de segurança que costumamos falar. Então se viu em algum lugar sobre código mal intencionado explorar algo por causa da forma ...


1

Voce poderia lançar uma exceção ou ainda criar um novo atributo this.valido = true | false, além do mais Construtor não pode retornar nada além de um novo objeto da classe. Por exemplo: public boolean ContaFisica(int agenciaConta, int numeroConta, int digitoConta, String tipoConta, String senha, String confirmacaoSenha) { if(! senha.equals(...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam