Respostas interessantes marcadas com a tag

4

final: final é usado para aplicar restrições na classe, método e variável. A classe final não pode ser herdada, o método final não pode ser substituído e o valor final da variável não pode ser alterado. Exemplo: class FinalExample{ public static void main(String[] args){ final int x=100; x=200; //Compile Time Error } }...


2

Estou até na dúvida se a dúvida é essa mesmo, porque me pareceu simples demais (se for isso eu completo a resposta, senão eu apago): class Main { public static void main(String[] args) { User usuario = new User("joao", "123"); System.out.println(usuario); } } class User { private String usuario; private String senha; public User(...


2

sim tem como, no netBeans a maneira mais pratica é clicar com o botao direito em cima do seu jframe e ir em propriedades.. na primeira linha ja vai ter um defaulCloseOperation... tem 4 opções.. também outra idéia é criar um evento que salve sua aplicação antes de fechar literalmente o programa.. isso você pode fazer por exemplo clicando no seu frame com o ...


2

O que é serialização, se fosse que queria perguntar seria duplicata: O que é serialização? Quando usar? Como implementar no C#?. Respondendo o que perguntou: Serialização é usada para trabalhar o objeto em uma forma simples e agnóstica, em geral para ser transportada de um lugar para outro (seja um armazenamento em banco de dados, ...


2

Utilize o next(); no lugar do nextLine();. Fiz um teste, tentei replicar seu código, apenas sem os métodos da classe Conta. Ele rodou até o final de acordo. public static void main(String[] args) { // TODO code application logic here Scanner in = new Scanner(System.in); String resp; int op; do{ System.out.println("/////////////////...


1

Sobre o construtor já foi respondido em: Para que serve um construtor?. Em geral é um erro trabalhar só com getters/setters justamente pelo que está escrito no link acima, mas pra tudo existe exceção. É muito comum trabalhar sem setters porque muitos objetos devem ser imutáveis. Há casos que se trabalha sem is getters também por duas razões: essa ideia de ...


1

Uso de namespaces Encapsulamento de atributos de classes Visibilidade no PHP Uso de propriedade de classes - veja Métodos Mágicos - Destrutores Uso de namespaces Em NewConex: Para usar a classe PDO (que é global do PHP) dentro do seu namespace, neste caso classes\NewConex, você precisa inserir um barra invertida '\' antes do nome da classe para indicar ...


1

O erro o corre porque você ta tentando da um print na função em vez de tu chamar ela o correto seria clientes = Cliente('Joaquin',21,'04040505') print(clientes.dados()) outra coisa sua função dados esta errada, acredito que no código esteja correta, mas faltou um paramento, que por convenção deve ser passado sempre que se criar um método/função o `self. ...


1

Eu também não sou muito fã de jogar exceção, como falado pelo @Maniero, pois isso será lançado em tempo de execução e não faria diferença alguma em relação a verificação de null. Ao invés de lançar exceção, use import org.springframework.lang.NonNull; @NonNull na variável. Isso mostrará ao desenvolvedor que existe a possibilidade de estar criando um objeto ...


1

A sua premissa está errada. Em C++ não há como "forçar" a implementação de um método (virtual ou puramente virtual) em uma determinada classe na cadeia de heranças. A única regra é que todas as funções virtuais devem ter uma implementação para que essa classe possa ser instanciável, ou seja, o erro em tempo de compilação que você está esperando só poderia ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam