Respostas interessantes marcadas com a tag

73

O NullPointerException é lançado quando se tenta utilizar o null tal como se fosse um objeto. Ou seja, é quando você tenta manipular as propriedades, campos, atributos ou métodos de um objeto, mas sem ter esse objeto. Em muitas outras linguagens de programação também existe o mesmo conceito. Por exemplo, no C# há o NullReferenceException. No JavaScript, ...


15

A exceção NullPointerException é lançada quando se tenta usar um objecto que não tenha sido ainda instanciado. Tendo como base este classe: public class Endereco{ public String rua; public String localidade; public Endereco(String rua, String localidade){ this.rua = rua; this.localidade = localidade; } public String ...


14

Qual estilo de código utilizar? Existem dois tipos de programação que podemos utilizar: por contrato ou defensiva. A programação por contrato é algo mais difícil de encontrar por aí. Ela prega que a pessoa deve ver o que o método espera, o que a documentação diz para usar e seguir. Problema do desenvolvedor se não seguir essas regras. Erros acontecerão mas ...


11

A segunda não será chamada. Isso chama-se short circuit evaluation (em português). Quando a expressão já obtém um valor final garantindo, não tem porque continuar verificando o resto e a execução encerra. No caso como o operador relacional é um "AND" e os dois operando precisam ser verdadeiros para resultar em true, se o primeiro já for false já se sabe que ...


10

Essa exceção é lançada sempre que se tentar acessar um objeto que ainda não foi inicializado. O que pode lançar a exceção: Acessar métodos de objetos nulos. Acessar ou modificar campos de objetos nulos. Pegar o length de um null Acessar ou modificar os slots de um null Lançar uma exceção como se fosse 'lançável' Em Java, é necessário sempre fazer duas ...


10

O que é NullPointerException? NullPointerException é uma exceção lançada quando se tenta acessar membros de um objeto que não existe. Ou seja, o código presume que uma determinada variável referencia uma instância de um objeto e tenta acessar membros desta instância; então, quando não há instância de fato (a variável aponta para null em vez de ...


8

Isto é um erro de programação portanto não deve capturar exceção alguma. Fazer isto seria tentar jogar a sujeira embaixo do tapete. Este erro não é normal, é é o sintoma de que há algo errado no código e a solução é consertar o erro. Como não há detalhes não posso dizer qual é a solução exata mas em linhas gerais o que deve ser feito é evitar que está ...


7

Causa por tentar acessar uma variável que deveria ter um objeto por referência e tem nada ali, ou seja, ele é nulo, portanto ela não foi inicializada com um valor válido. Isto nunca ocorre em objetos por valor, a não ser que os modifique para serem anuláveis. Em C# 8 é possível ligar uma proteção para nunca acontecer, desde que se programe pensando nisso ...


7

Um dos problemas no código é ao tentar adicionar um produto em uma lista não inicializada produtos da classe Orcamento, para inicializar sua lista você pode fazer assim: private List<Produto>produtos = new ArrayList<>(); Ainda para esse caso, você poderia otimizar sua classe pois dificilmente você vai adicionar uma lista inteira de Produtos no ...


7

Tipos primitivos não podem assumir o valor null, só objetos if(usuario.getIdUsuario() != 0){ aleterar(usuario); }else { cadastrar(usuario); }


7

De uma maneira geral é sim. Isto normalmente ocorre por um erro de programação. Se há a expectativa de que uma informação possa ser nula, teste antes de acessá-la. Esta é a única prática aceitável em quase todas situações. Eu diria em todas dentro da normalidade, mas estou sendo precavido porque pode ter alguma situação útil. As exceções ficam por conta de ...


7

Não faça em hipótese alguma o que está na outra resposta engolindo a exceção. Isto não resolve problema algum, só piora a situação. Isto é até mais terrível que capturar Exception. E usar goto é pior ainda. Só capture exceção se precisar mesmo. Ela é lenta e só deve ser usada em situações excepcionais, não para controle de fluxo. Se está recebendo um ...


6

Erro de NullPointerException não deve ser tratado, ele deve ser resolvido, afinal é um erro de programação. Na verdade boa parte das exceções não devem ser tratadas. Dentro do setEmail() há uma linha: if (email.equals("") || email == null) { Mude ela para: if (email == null || email.equals("")) { No original quando o email é null ele ...


6

Se precisa verificar se o objeto é nulo, verifique só ele, se precisa verificar o resultado, então a verificação deve ser outra, depende do retorno do método usado: public void salvar(Usuario usuario) { if (usuario != null) alterar(usuario); else cadastrar(usuario); } Coloquei no GitHub para referência futura.


5

O seu erro ocorre aqui: if(msg.equals("quit")){ Na verdade, há duas linhas assim. Uma forma simples de resolver isso é: if("quit".equals(msg)) { E não haverá mais NullPointerException. Ainda há o problema de um dos sockets para o cliente terminar sem nunca enviar um quit, e com isso ele ficaria preso no laço interno porque br.readLine() sempre ...


5

Observe o código abaixo: cliente = new Cliente(); cliente.setNome(JOptionPane.showInputDialog("Nome: ")); cliente.setCpf(Long.parseLong(JOptionPane .showInputDialog("Cpf: "))); try { cliente.conta.setNumeroConta(); Cria-se um cliente que inicialmente terá o campo conta como null. Depois você tenta acessar um método do campo conta que é null. ...


5

Esse código é suspeito: public Sensors createSensor(int id, String name, String description, boolean status) { Users user = new Users(); user.sensors[id]= new Sensors(id, name, description, status); return user.sensors[id]; } Observe que o objeto Users criado não sobrevive a chamada do método. Esse código é equivalente a ...


5

Possivelmente isto resolve o problema específico (ainda pode ter outros): public class Principal extends AppCompatActivity { private Button btn; private EditText texto; BancodeDados DB = new BancodeDados(); // <===================== aqui Coloquei no GitHub para referência futura. Você precisa ter uma instância criada para poder acessar seus ...


5

O Erro mostra o seguinte : to read from field 'java.lang.String com.project.meuapp2.elemento.dado' on a null object reference Quer dizer, que um objeto está nulo! Seguindo o stack, o erro ocorre quando há o click na pagina2, quando chama o BancodeDados.removeDado at com.project.meuapp2.BancodeDados.removeDado(BancodeDados.java:43) at com.project....


5

O erro é justamente porque o membro participantes do objeto papelX está nulo. Você não pode tentar adicionar alguma coisa em nada. Antes é preciso inicializar esse membro, provavelmente com um new List<Usuario>(), assim passa ter uma lista vazia ali, aí pode adicionar. Em condições normais isso já deveria ser feito na propriedade, campo ou construtor ...


5

Vou considerar que DataContext é do tipo VMUniversityMembers, se não for, tá aí o erro. Parece estar depois. A propriedade ProjectContext não parece estar sendo inicializada em lugar algum, parece que o problema está aí. UniversityMembers certamente não está inicializada, aí também tem erro. Algumas outras observações: using (db) Isso não funciona, não ...


5

Isso ocorre porque a variável cliente não foi inicializada. A solução paliativa deve ser algo assim: Cliente cliente = new Cliente(); O ideal é que a classe Cliente fosse feita de outra forma, mas isso é outro problema. A classe Pedido também permite que esse tipo de coisa aconteça. O ideal é que o objeto nunca esteja em estado inválido. Para isso existe o ...


5

Desculpe a sinceridade, mas o seu código está muito cheio de problemas e bastante gambiarrado. A causa do seu NullPointerException é isso: public void Roteiros() { // ... } Não coloque void na assinatura dos construtores! Isso não é um construtor na verdade, é apenas um método com o mesmo nome da classe fingindo ser um construtor! Além disso, seu ...


5

você está tetando fazer uma chamada de método em um objeto vazio null, você precisa instanciar em algum momento, depende da sua implementação. private CadastroPresenter cadastroPresenter = new CadastroPresenter(); ou btnEnviar.setOnClickListener(new View.OnClickListener() { @Override public void onClick(View view) { ...


5

Você está esquecendo de instanciar o vetor lAVL[x] naquela linha adicione a instancia: if(x == rest){ lAVL[x] = new ArvoreAvl(); lAVL[x].inserir(valor); } No construtor da sua classe, você está definindo o tamanho do seu vetor, mas não está instanciando a classe ArvoreAVL para as posições do vetor. Mesma coisa que eu fizesse: ClasseQualquer[] ...


5

Olá, Sobre suas dúvidas: eu trato isso no banco, gerando valores vazios para esses registros Não faria isto, a não ser que faça sentido no contexto de negócio da aplicação. Eventualmente fará sentido para um ou outro campo, mas não para todos. Os dados são aqueles e sua aplicação precisa lidar com eles, então o problema continuará. ou eu trato isso ...


4

Complementando as respostas acima, tenho mais uma sugestão. Ela até que foge bastante do que você normalmente vê em Java, mas é muito interessante. A API Google Guava, que é mais um desses canivetes que você tem disponíveis pra te ajudar, tem uma parte orientada ao tratamento de nulos. Eles mesmos exemplificam na documentação mas vou deixar uns exemplos ...


4

De imediato vejo um problema no uso do .ToArray(). Se você tem uma variável que é uma lista e vai guardar em outra variável que também é uma lista do mesmo tipo não tem porque converter a lista em array. O código apresentado na versão atual da pergunta (antes tinha o .ToArray()) não contém o erro declarado: using System.Collections.Generic; public class ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam