Respostas interessantes marcadas com a tag

34

Eu sou a favor de uma abordagem mista Utilize o ORM ao máximo para melhorar a legibilidade e a produtividade. No C# ou VB.Net é possível usar o LINQ, que é uma ferramenta extraordinária em termos de produtividade. Quanto mais simples melhor. Quando for necessário aumentar a performance, ou quando o ORM não oferecer as ferramentas adequadas para o trabalho, ...


23

Sobre o Entity Framework A implementação do DbSet<> faz o contexto de dados carregar o registro do banco apenas uma vez durante o ciclo de vida do Controller. Portanto, a diferença de desempenho entre o sistema escrito com SQL puro para o sistema em Entity Framework chega a ser desprezível se o banco de dados estiver normalizado corretamente (ou seja, ...


5

São dois filtros de consultas LINQ ou Lambda Expressions que tem seus equivalentes em SQL, para o caso de serem executados sobre um ORM, como no seu caso o NHibernate: Considere esta tabela nos exemplos: ID | NOME --------------------------------------------- 1 | Cliente 1 2 | Cliente 2 3 | Cliente 3 4 | Cliente 4 5 | Cliente 5 6 | Cliente 6 7 | ...


5

Vou deixar registrado aqui como resolvi este problema, caso alguém se depare com o mesmo. Este primeiro erro foi causado por que eu estava usando um banco de dados local x64 e meu instant client era x86. Eu não estava usando o banco local, mas de qualquer forma resolvi desinstalando banco. O segundo erro era porque o meu usuário estava sem permissão de ...


5

O método GroupBy retorna uma estrutura de agrupamento. Esta estrutura contém todos os dados do agrupamento em questão e também a chave (Key) dele — está chave é a responsável pelo agrupamento. Por exemplo, no seu caso, você quer agrupar os itens pela propriedade NumeroCarroId e, por isso, é esta propriedade que você passa como parâmetro para o método ...


4

Usando Fluent ficaria assim: public class ExemploMap : ClassMap<ExemploDTO> { public ExemploMap() { Id(x => x.Id); .Length(10) .Not.Nullable(); References(x => x.ServicoDTO); HasMany(x => x.PessoaDTO); } } Te aconselho a dar uma olhada aqui, aqui e aqui, com certeza vai clarear tuas ideias....


4

Defensores do ORM dirão que isso não se aplica a todos os projetos: nem todos necessitam executar joins complexos; e que o ORM é uma solução 80/20, em que 80% dos usuários necessitam de apenas 20% das funcionalidades do SQL. Mas posso dizer que isso não tem sido verdade. Somente no início de um projeto se pode trabalhar sem a utilização de joins ou usando-os ...


4

Um encadeamento de wheres é um AND. Se queres um OR, coloca um OR: return (from t1 in Session.Query<Tabela1>() join t2 in Session.Query<Tabela2>() on t1 equals t2.T1 where (from t3 in Session.Query<Tabela3>() where t3.Tabela == 1 && t3.Atualizacao >= dataAtualizacao ...


4

oid é uma chave primária. A questão é se deve deixá-la ou usar uma outra que faz ela deixar de ser usada. Não é simples cravar isso. Você obviamente pode fazê-lo. Ele tem algumas condições que indicam o seu uso. Mas não todas. Existem situações que não tem problema algum em usá-la, pode ser que você só precisa de uma chave primária por uma questão técnica, ...


4

Sim, é possível. No C# o tipo terá que ser byte[] e não File. Até porque File é uma classe estática, você nunca vai conseguir usar uma instância de File. No mapeamento ficaria: Property(x => x.Arquivo, map => { map.Type(NHibernateUtil.BinaryBlob); map.Length(Int32.MaxValue); });


4

Note que o SaveOrUpdate() só deve ser utilizado sob uma destas circunstâncias: O objeto (entidade) é novo - ou seja, chave-primária está vazia (zerada, nula, etc) e deverá ser gerada; Equivale a chamar o método Save(); O objeto (entidade) possui uma chave que já existe no banco de dados, porém ainda não foi carregado pela ISession. Equivale a chamar o ...


4

Pelo seu erro, essa pergunta: How to resolve No data type for node error in hibernate, diz: Uma Query HQL deve conter as propriedades do objeto e não os campos da estrutura da sua tabela. No SQL: select numCarroId, sum(valorGasto) gastos from Abastecimento where dataAbastecimento between '2017-05-21' and '2017-11-13' group by numCarroId SQLFiddle Você ...


3

Supondo que sua tabela de usuario possua uma FK para a table de endereco, você teria algo assim: public class UsuarioMap : ClassMap<Usuario> { public UsuarioMap() { Id(c => c.Id); Map(c => c.Nome); Map(c => c.Login); Map(c => c.Senha); Map(c => c.Status); References(c => c....


3

No NHibernate existe um UserType abstrato e específico para este caso, chamado CharBooleanType, que permite que você mapeie um tipo char como bool. Crie uma class que herda deste tipo e sobreescreva as propriedades TrueString e FlaseString: public class ActiveBoolType : CharBooleanType { public ActiveBoolType() : base(new ...


3

Eu utilizo o CompositeId() do FluentNHibernate, e utilizo o reference. o HasMany é se é alguma coleção que quero carregar junto. Pelo seu código você já deve saber a diferença. CompositeId() .KeyReference(x => x.Id, "idB")//se for uma referencia(entidade) .KeyProperty(x => x.Id2, "idB2");//se for uma propriedade(int/long) ...


3

O método BuscarTodos() obviamente, a não ser que seja modificado, nunca executará assincronamente.. O seu Get() executará assim quando for chamado com um await. Como ele é muito simples e só chama outro método síncrono, não haverá ganho. O ganho se daria só neste método, entre o seu próprio código que é quase indivisível. A assincronicidade que deseja tem ...


3

Segue um exemplo public IList<Abastecimento> ConsultaPeriodo(DateTime dataInicio, DateTime dataFim) { string hql = "SELECT a FROM Abastecimento a WHERE a.DtAbastecimento BETWEEN :dataInicial AND :dataFinal"; IQuery query = session.CreateQuery(hql) .SetParameter("dataInicial", dataInicio) .SetParameter("dataFinal", dataFinal); ...


2

Observando seu comentário: [...] Tendo todas essas informações o NHibernate poderia simplesmente dar um insert na tabela tClasse e depois dar um insert na tabela tMetodo inserindo no campo IdClasse o id da classe que eu acabei de salvar Isso não irá acontecer neste caso pois na cláusula HasMany você definiu a relação como .Inverse(). Na prática, o ...


2

O cache de primeiro nível nada mais é do que a sessão (definida pela interface ISession) que armazena as entidades (registros) carregados na memória. Também é chamado de cache de transação. Este cache previne que um mesmo registro (identificado pela chave primária) seja carregado duas vezes, reduzindo assim o consumo de memória e solicitações ao banco de ...


2

Posso sugerir algo relacionado a cache, que a meu ver faz toda a diferença na hora de atender altos volumes de transações/acessos concorrentes. Trata-se do framework AppFabric, que depois de longo tempo de desenvolvimento é um sistema estável e seguro e grátis. Há farto material de apoio, com vídeos e documentação disponível.


2

Verifique a sua busca pode, ser que você tenha alguma tabela que esteja com o valor incorreto, todas as formas de mapeamento que você tentou utilizar estão corretas. Em Oracle é necessário que você tenha o cuidado de colocar o nome de referencia das colunas iguais. Pode ser que um espaço venha a dar todo esse problema para você. No erro que você listou o ...


2

O mapeamento de suas Entidades seriam os mesmos, porém cada SGBD possui um arquivo de configuração com as connections strings, providers de conexão, etc... EX: usando Postgres: <hibernate-configuration xmlns="urn:nhibernate-configuration-2.2"> <session-factory> <property name="connection.provider">NHibernate.Connection....


2

Amigo, eu não uso Fluent, apenas o NHibernate puro com Mapping-by-code. O que faço nesse caso é referenciar tudo certinho, criando corretamente as "bags" para que eu possa fazer a iteração e retornar todos os registros filhos desta classe. Ex.: public partial class Pessoa { public virtual long IdPessoa { get; set; } // Nossa PK // ...Suas ...


2

O Problema esta descrito no log do stack de erro na seguinte linha: composite-id class must override Equals(), onde para você utilizar e mapear um CompositeId (chave composta) em seu mapeamento, você deve sobrescrever o Equals() de sua entidade, fazendo com que ele represente as chaves compostas de forma unica. No seu caso algo assim: // override object....


2

Já vi isso acontecer quando você tenta trabalhar com o mesmo objeto em sessions diferentes. Exemplo: se cria uma session para recuperar um objeto A, porém ao salvar/atualizar o objeto A você cria e usa outra session. Tente implementar de forma que apenas uma session seja utilizada para fazer a tarefa de recuperar e salvar aquele objeto, no código abaixo ...


2

Sim, é possível, porém ao contrário do Java e a implementação do Hibernate, não tem nenhuma propriedade que você simplesmente "seta" e o SQL é mostrado no LOG.... Por c#, você pode escrever/implementar um interceptador e fazer o que quiser com a query - até modificá-la em tempo real. using NHibernate; using System.Diagnostics; public class SqlInterceptor :...


2

Solução baseado nesta resposta do SO. Você pode utilizar Projections.SqlFunction, para aplicar um projection customizado no Projections.Sum, utilizando o NHibernate.Dialect.Function.VarArgsSQLFunction para informar o template do bind SQL. Algo similar ao seguinte exemplo: Tabela itemAlias = null; var query = Session.QueryOver<Tabela>(() => ...


2

Uma alternativa para você seria fazer com que suas classes implementem uma interface, por exemplo IMinhaClasse. Ficando assim: public class MinhaClasse1 : IMinhaClasse { } public class MinhaClasse2 : IMinhaClasse { } public class MinhaClasse3 { } Observe que a MinhaClasse3 não implementa a IMinhaClasse. Fiz uma classe Pessoa da seguinte forma public ...


2

Tente alterar seu método para; public Compra ConsultaValor() { return Session.Query<Compra>() .OrderByDescending(x => x.DtCompra) .FirstOrDefault(); } E na chamada var utimaCompra = ckm.ConsultaValor(); Abastecimento abastecimento = viewModel.CriaAbastecimento(); abastecimento.VlrUnit = utimaCompra.VlrUnit; ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam