Respostas interessantes marcadas com a tag

6

Corriga por: suspeitos: [{ type: ObjectId, ref: 'suspeitosSchema' }] const acoesSchema = new mongoose.Schema({ dataCadastro: { type: Date, default: Date.now }, fonte: { type: Array, required: true },/* bo: { type: String },*/ numeroBo: { type: Number, required: true }, imagem: { type: String }, relato: { type: String, required: true }, modus: ...


6

É só indexar o vetor de modo a excluir os zeros. x <- c(12,20,15,0,7,0) mean(x[x != 0]) #[1] 13.5 Se o vetor tiver valores NA, use o argumento na.rm = TRUE ou a função which. y <- x y[3] <- NA mean(y[y != 0], na.rm = TRUE) #[1] 13 mean(y[which(y != 0)]) #[1] 13


4

A média de cada espécie registrada em cada local dentro de cada etapa: dplyr::group_by(data, especie, local, etapa) %>% summarise(Total=mean(frequencia)) # A tibble: 13 x 4 # Groups: especie, local [?] # especie local etapa Total # <fct> <fct> <fct> <dbl> # 1 aa A A1 25.5 # 2 aa A A2 17.5 # 3 aa ...


3

Acredito que o código abaixo satisfaz tudo o que foi pedido: Dataset %>% ggplot(aes(x = media, y = specie)) + geom_point(aes(fill=energetic_level, size=log(bodymass)), alpha = .9, pch=21, colour="black", stroke=2) + scale_fill_continuous(low = 'green', high = 'red') + labs(x = 'media', y = 'Species') + ggthemes::theme_few() + theme(axis....


3

Tens alguns erros no teu código. O teu primeiro erro não me parece relacionado com o código que mostras na pergunta. Route.get() implica usar i router do express e não vejo isso no teu código. Há duas maneiras comuns de gerir rotas de maneira modular em ficheiros diferentes. Uma delas é com routes, como nesta pergunta, a outra é como estás a usar (com ...


3

Com certeza, consegue sim. Dê uma olhada nestes aplicativos de exemplo para se inspirar. Você pode fazer a comunicação usando REST, Websockets, ZeroMQ, Torrent, etc. O desenho dessa arquitetura vai depender mais das regras do seu negócio, por exemplo a natureza do conteúdo, se precisa ser real-time, a frequência em que novo conteúdo é produzido, se a ...


2

Consegui corrigir. O problema se encontrava no arquivo de configuração do express. Estava chamando primeiro o express-load para importação dos arquivos antes de definir o body-parser. Apenas inverti a ordem das chamadas e a requisição funcionou. O erro de fato era que o objeto não estava chegando no servidor devido ao body-parser não esta apto no momento ...


2

MEAN A stack MEAN é um acrônimo das tecnologias Mongo, Express, Angular.js e Node.js. Então o MEAN utiliza o express, caso contrário será outro acrônimo. Para iniciar a stack atualizada do MEAN é recomendado utilizar o generator angular-fullstack Para instalar: npm install -g yo gulp-cli generator-angular-fullstack para iniciar (escolha as tecnologias ...


1

Outra solução é utilizar a função subset: x <- c(12,20,15,0,7,0) mean(subset(x, x != 0)) [1] 13.5 ou mean(subset(x, x > 0)) [1] 13.5 No entanto, é preferível dar preferência ao operador [, como propôs o @Rui. Nesta pergunta há uma explicação mais detalhada sobre a preferência do uso de [ ao invés de subset.


1

Crie uma coluna nova com as contagens utilizando mutate. A seguir, use summarise_each para dizer qual função deve ser aplicada a cada variável, exceto a primeira. library(dplyr) temp %>% mutate(n = n()) %>% summarise_each(mean, -1) ## a b c d n ##1 33.21111 19.74444 16.66667 25.72222 9 Esta solução supõe que sempre a ...


1

A pergunta está bastante confusa. Pergunta por médias da frequencia agrupada por campanha e depois só dá exemplos de código em que o agrupamento é por local e especie. Vou primeiro agrupar por campanha. aggregate(frequencia ~ campanha, dados, mean, na.rm = TRUE) # campanha frequencia #1 1 2.400000 #2 2 19.666667 #3 3 2.666667 #...


1

Não sei se é exatamente isso que vc quer. A média de cada espécie em cada local. library(dplyr) group_by(dados, especie, local)%>%summarise(Total=mean(frequencia))


1

Pelo código apresentado no link do Gist do github, está faltando o arquivo de configuração do mongoose. O seu arquivo dado, está faltando fazer o require do seu arquivo de configuração do mongoose. ex: var db = require('./meu_arquivo_de_config_do_mongo'); Ficando algo similar a isto. var db = require('./meu_arquivo_de_config_do_mongo'); var mongoose ...


1

Paulo, vou trazer a recomendação que coloquei na resposta dessa pergunta aqui: Pense sempre em como os dados vão ser acessados/inseridos/atualizados. Diferente dos bancos relacionais, que são agnósticos em relação a quem e como os dados vão ser acessados, para aplicações usando MongoDB isso faz toda a diferença. Lembra também do que você está abrindo mão ...


1

Dê uma pesquisada em como funciona o padrão de autentificação OAuth2, é a solução mais utilizada para garantir o acesso à seus recursos de forma segura.


1

Quando fazes . estás dizendo "nesta atual pasta". Por exemplo, fazendo ./app/controller/home, o que está na verdade a tentar importar é um file que se chama home que está situado numa pasta (ou repositório) que se chama controller que é uma sub-pasta da pasta app, que por sua vez se encontra na pasta donde estás a tentar importar. Mas acho que não é ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam